Democracia é liberdade? | Américo Leal Viana

busca | avançada
74378 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zé Guilherme recebe o pianista Matheus Ferreira na série EntreMeios
>>> Chamada Vale recebe cadastro de cerca de 3 mil projetos
>>> Lançamento do Mini Doc Tempo dell'Anima
>>> Cinema in Concert com João Carlos Martins une o cinema à música sinfônica em espetáculo audiovisual
>>> Editora Unesp lança 20 livros para download gratuito
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aerosmith no Morumbi
>>> E aí...
>>> Goodbye, virtual. Hello, new.
>>> Alguém ainda acredita em Deus?
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> A soberba de Beauvoir
>>> Somos todos consumidores
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
Mais Recentes
>>> Nintendo world--29--2001--espetacular de Conrad pela Conrad
>>> Nintendo world--193--the legend of zelda--tri force heroes de Conrad pela Conrad
>>> Nintendo--52--invasao metroid. de Conrad pela Conrad
>>> Nintendo world--6--nos temos a força! de Conrad pela Conrad
>>> Maria Antonieta de Obras Completas de Stefan Zweig pela Guanabara (1951)
>>> As Três Paixões de Obras Completas de Stefan Zweig pela Guanabara (1950)
>>> Maria Stuart - Obras Completas Stefan Zweig de Stefan Zweig pela Guanabara
>>> Jeremias - Obras Completas Stefan Zweig de Stefan Zweig pela Guanabara
>>> Um Minuto Para Mim de Spencer Johnson M.D. pela Record (2000)
>>> Mulheres que Amam Demais de Robin Norwood pela Siciliano (1997)
>>> Pais Liberados, Filhos Liberados de Adele Faber e Elaine Mazlish pela Ibrasa (1989)
>>> Grandes Escritores de Minas Gerais - Antologia Literária de Giancarlo José e outros (Autográfado) pela Litteris (1999)
>>> Eu Sou Malala - Edição Juvenil - 2015 de Malala Yousafzai com Patricia McCormick pela Seguinte (2015)
>>> O Menino no Espelho - 2002 de Fernando Sabino pela Record (2002)
>>> A Arte de Ser Feliz Sem Sair do Lugar - Aprenda a Amar a Vida Como Ela É de Maurice Fullard Smith pela Thomas Nelson (2007)
>>> Os Sentidos do Sintoma - Psicanálise e Gastroenterologia de Paulo Roberto de Sousa pela Papirus (1992)
>>> Nintendo world--85--o mundo ligado sem fios de Conrad pela Conrad
>>> Dinâmica de Grupos Populares - 2011 de William Cesar Caastilho Pereira pela Vozes (2011)
>>> A Relação entre Mãe & Filha de Malvine Zalcberg pela Campus/Elsevier (2003)
>>> Coletânea de Pensamentos da Sabedoria Universal de José da Silva Martins pela Martin Claret
>>> Nintendo world--41--quebra-pau! de Conrad pela Conrad (2002)
>>> Paixões - Amores e Desamores que Mudaram a História de Rosa Montero pela Ediouro (2005)
>>> Um Amor Para Recordar - 2011 de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2011)
>>> Nintendo world--28--banjo-tooie de Conrad pela Conrad
>>> Toda Sua - da Trilogia Crossfire de Sylvia Day pela Parelela (2012)
>>> O Adolescente por Ele Mesmo - 1999 de Tania Zagury pela Record (1999)
>>> Nintendo world--47--eternal darkness de Conrad pela Conrad
>>> Metamorfose - Edição Bilíngue - Português/ Inglês - 2017 de Franz Kafka pela Pé da Letra (2017)
>>> Adolescentes:) Quem Ama Educa ! - 2010 de Içami Tiba pela Integrare (2010)
>>> O Espadachim de Carvão - 2015 de Affonso Solano pela Casa da Palavra (2015)
>>> Darkfever - Febre Negra - 2012 de Karen Marie Moning pela Novo Século (2012)
>>> O Caçador de Pipas - 2006 de Klaled Hosseini pela Nova Fronteira (2006)
>>> Sebastião & Clara - 2016 de Tadeu Rodrigues pela Penalux (2016)
>>> Morreu e não Sabia - A História de um Jovem Desencarnado de José Manuel Fernández pela Petit (2015)
>>> A História das Coisas - 2016 de Annie Leonard com Ariane Conrad pela Zahar (2016)
>>> O Pintassilgo - 2015 de Donna Tartt pela Cia.das Letras (2015)
>>> Os Thibault - em 2 volumes - Coleção Nobel de Roger Martin Du Gard pela Globo (1943)
>>> Nintendo world--54--pokemon--ruby e sapphire de Conrad pela Conrad
>>> Nintendo world--5--1999 dicas,truques e codigos de Conrad pela Conrad
>>> Nintendo world--53--segura essa!--dicas,truques e codigos (gc,n64,gba,gbc,snes) de Conrad pela Conrad (2003)
>>> Nintendo worlld especial--1--007 goldeneye--quake ii--the legnd of zelda de Conrad pela Conrad
>>> Reaprendendo a Sonhar de Edson Simon pela Novo Século (2011)
>>> As três balas de Boris Bardin de Milo J. Krmpotíc pela Tordesilhas (2012)
>>> O dobro ou nada de Cal Fussman pela Landscape (2009)
>>> Imagens de Foucault e Deleuze - Ressonâncias Nietzschianas de Margareth Rago/Luiz B. Lacerda Orlandi/ Alfredo Veiga-Neto (Orgs.) pela Dp&a (2002)
>>> Portugal e o fim do ultracolonialismo. de Perry Anderson pela Civilização Brasileira (1966)
>>> Evolução urbana do Rio de Janeiro. de Maurício de Almeida Abreu pela Jorge Zahar Editores (1987)
>>> A revolução nacionalista no Peru. de Juan Velasco Alvarado. pela Paralelo, (1973)
>>> The Phantom of the Opera [ sem CD ] de Gaston Leroux pela MacMillan readers (2017)
>>> Tenório - O Homem e o Mito de Do Carmo Cavalcanti Fortes pela Record (1986)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 12/9/2008
Comentários
Leitores


Democracia é liberdade?
Se for, então, estamos no caminho errado. A lei eleitoral, "rigorosíssima", acabou por tirar aquele certo brilho de eleições passadas. Acabou com o brilho, não com as falcaturas de alguns candidatos, que ainda insistem em transformar a votação em um balcão de negócios, e quem acaba pagando o pato é sempre o eleitor, culpado pelos descalabros. Interessante, que, quem julga e condena o eleitor, são os "céticos", pessoas que se dizem politizadas o bastante para rejeitar o processo eleitoral brasileiro (parece que têm saudade dos áureos tempos da ditatura militar), tentando convencer os menos politizados a desisitir de votar, com o discurso de que a política é coisa "de" e "para" bandidos. Se não sei em quem votar, por que não assistir ao horário gratuito eleitoral, apesar da quantidade enorme de bobagens? Sim, preciso assisti-lo para comparar "quem é quem" no jogo eleitoral. Não há nenhum demérito nisso. O país mudou, porque a nossa democria mudou - e para melhor.

[Sobre "A evolução da nova democracia brasileira"]

por Américo Leal Viana
12/9/2008 às
09h29 200.223.252.194
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Ainda o País de Leitores
O bom seria que fôssemos um país de leitores. É claro, que não alcançaríamos a totalidade. Mas, que tal 70% da população? Isso! Certamente nos daria "visões" desse tipo: um ônibus com metade da lotação, lendo; um trem, um navio ou um avião repletos de pessoas com um livros nas mãos; nos bares e restaurantes, as mesas cheias de gente se deliciando com uma boa história; nos escritórios ou em consultórios, bancos e cadeiras com clientes esperando, enquanto lêem; enfim. Mas, enquanto não atingimos "metas" como essas, não percamos a esperança, sem desconsiderar também aqueles, que, por razões diversas, preferem a "hora da química, da física ou da biologia" à "hora do conto", sem, contudo, rejeitarem por completo a literatura. Apenas, dedicam menos tempo (e dinheiro, é claro) a ela.

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por Américo Leal Viana
12/9/2008 às
08h27 200.223.252.194
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Triste, triste
Infelizmente, o que fez "crescer" nossa classe média foi seu rebaixamento. Classe média até certo tempo atrás não significava equilibrar-se precariamente à beira da pobreza. No entanto, a nossa sociedade em termos culturais até que é solidária; pois a "elite" cultural do país também não é lá essas coisas. Pelo menos, enquanto estrato social, pessoas cultas e consumidoras de cultura, que realmente frequentam museus, teatros e lêem e quantidade e qualidade, representam um traço estatístico - honrosas exceções. E, surpreendentemente, estes casos nem sempre são determinados por sua classe sócio-econômica. Triste, triste. Pois se nossos desafios econômicos e sociais são imensos, é desalentador reconhecer que, cada vez mais, nos falta uma elite visionária e realizadora - ou uma classe média ambiciosa e questionadora. Parecemos presos a um circulo vicioso de mediocridade, autocomplacência e acomodação.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Werner
12/9/2008 às
02h28 189.104.173.149
(+) Werner no Digestivo...
 
A prioridade é o celular
Primeiro: descobriram que a Terra é redonda. Segundo: duvido que alguém, passando por uma loja de celulares agora mesmo, não vá encontrar a mesma abarrotada de gente. Pra porcaria o brasileiro tem grana. Só não gasta com livro porque não quer.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Barbara Pollac
11/9/2008 às
19h35 200.155.121.105
(+) Barbara Pollac no Digestivo...
 
Filosofando o facultativo
... então filosofemos um tiquinho: por mais desfavorecida que seja uma porção da sociedade, a mesma é dotada de uma consciência, pois todos nós nascemos com uma, tenhamos ou não passado por uma escola ou qualquer que seja a forma de instrução. Costumo dizer que os seres humanos vivem numa simbiose, trocando atitudes uns com os outros. Os dez anos vividos em cidade pequena e trabalhando em serviço público municipal me deram a noção de que nada é diferente dentro das sociedades, pois todas são movidas pela política. As pessoas menos favorecidas têm a noção exata do que estão fazendo ao trocarem seus votos por favores, sim. E até a mais favorecida faz o mesmo, tirando proveito nas épocas das eleições. Como tudo evolui, o Brasil, que é um jovem país, ainda passará para a fase do voto facultativo, sim; ainda chegará lá, e por que não?! Poderá (ou não) ter efeitos negativos, como deixar as decisões nas mãos dos menos informados, mas tudo é transitório...

[Sobre "Pelo direito (e não o dever) de votar"]

por maria josé trindade
11/9/2008 às
18h35 77.54.63.46
(+) maria josé trindade no Digestivo...
 
Aragonês
Interessantes as suas "soluções" para a língua portuguesa. De fato, as línguas de normatização recente têm adotado a idéia de um som = um fonema. Um exemplo é o Aragonês. Procura no YouTube por "mallacan subtitulos". Só não gosto da grafia por ser totalmente baseada no Espanhol, mas aí a questão já é ideológica... :D

[Sobre "Contra reforma ortográfica"]

por Yuji
http://yuji.ws/
11/9/2008 às
17h58 201.43.52.110
(+) Yuji no Digestivo...
 
Só para menores
Estou promovendo uma mesa redonda com crianças de dez a quatorze anos para debaterem sobre importância da leitura. Essas crianças participam do Bando da Leitura há mais de um ano. Fiquei impressionada com o nível da conversa. Nesta mesa redonda que se chama "Só para menores", os adultos só se pronunciam por meio de bilhetes que são enviados à mediadora e encaminhados aos debatedores da mesa. Em breve publicarei no blog um vídeo sobre o evento!

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por lucelia
http://www.bandodaleitura.blogspost.com
11/9/2008 às
16h51 201.10.84.13
(+) lucelia no Digestivo...
 
falta apetite para ler
"Segundo Bourdieu, a posse do capital econômico confere, aos que o possuem, poder sobre os desprovidos, mas é pelo controle do capital simbólico que os dominantes impõem aos dominados seu arbitrário cultural, as hierarquias...". Bem, em se tratando do Brasil, isto é meia-verdade. Vejamos: o Abílio Diniz gasta horas em uma academia fazendo ginástica (classe dominante), os netos e filhos da alta burguesia freqüentam escolas onde o livro e a formação humanística não representam valor: os intelectuais ou próximos disso não são a elite econômica do Brasil, porque fora todo o refugo produzido pela TV, artistas e escritores estão à mercê, então o que nos resta? O filódofo francês está falando de uma sociedade européia e não uma sociedade tupiniquim. Não dá para comparar e tentar transpor ao pé da letra. Não temos problemas de falta de dinheiro para comprar livros, o que não temos é o apetite para lê-los. Porque está determinado pela cultura grosseira de massa que não é preciso estudar.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Júlia Silveira
11/9/2008 às
12h32 189.120.179.157
(+) Júlia Silveira no Digestivo...
 
Literatura e Infância
Caros leitores, do meu ponto de vista, há imposições e restrições quanto à leitura por parte dos pais, das instituições escolares e da mídia. No século XXI, em qual vestibular um texto de Franz Kafka é leitura obrigatória? Por outro lado, há clássicos que não foram escritos para crianças e, no entanto, as crianças se apropriaram dos referidos, como, por exemplo, "As viagens de Gulliver", de Jonathan Swift; "Moby Dick", de Hermam Melville; as obras de Charles Dickens e tantos outros. Tais escritos visavam o público adulto, jamais o infantil! Concordo com Daniel Penac, e com ele proclamo por "todos os direitos imprescindíveis do leitor", desde a infância!

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
11/9/2008 às
12h14 201.68.66.128
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Quem tem educação?
Um país que privilegia o "se dar bem na vida" a qualquer custo, em vez da criação de um "projeto de vida pessoal", baseado na constância da leitura e no estudo; onde o mau exemplo vem da maioria dos pais, que mentem, enganam e são dissimulados para com os filhos; um país que culturalmente incentiva a polarização dos seus cidadãos entre "espertos" e "manés"; que não protege seu meio ambiente; que produz um eleitor que não sabe em quem votou nas últimas eleições; elege governantes desqualificados, que têm o interesse em perpetuar o status quo vigente degradado, que o geriu, mantém e privilegia. Esse país nos leva a sucumbir e merecer o que temos, embora não aceitemos. E ainda nos deixa a todos culpados pela falta de atitude. Talvez só as novas gerações (que temos a incumbência de educar) possam salvar nosso país. Ainda assim, é preciso que saibamos como educar. Educação começa no exemplo e na ação. A reflexão que você propõe é um bom exemplo de educação. Somos aprendizes de ensinar.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Guto Maia
http://canaldonicolau.blogspot.com/
11/9/2008 às
11h33 189.78.114.244
(+) Guto Maia no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TRANSPORTE, PRIVILÉGIO E POLÍTICA
MARCOS FONTOURA DE OLIVEIRA
GUANABARA
(2002)
R$ 24,74



NFTATH, A RAINHA REENCARNADA
CARLOS DE BRITO IMBASSAHY
LAKE
(1996)
R$ 16,80



CIÊNCIA EM QUADRINHOS Nº 4
DIREÇÃO, ADOLFO AIZEN
BRASIL AMÉRICA
(1954)
R$ 17,00



ABC DO XADREZ - COLECÇÃO CULTURA E TEMPOS LIVRES
VARIOS
PRESENÇA
(1878)
R$ 6,90



RESPONSABILIDADE CIVIL DO ENFERMEIRO
JOACIR DA SILVA
DO AUTOR
(2006)
R$ 13,80



REVOLTA DE COLONOS IMIGRANTES
ELIANE ROBERT MORAES
ATICA
(2000)
R$ 6,90



MINIGRAMATICA
JESUS. SAMIRA
SARAIVA
(1997)
R$ 9,90



NÃO OLHA PARA ATRÁS DA PORTA
LIA NEIVA
AO LIVRO TECNICO
(2005)
R$ 6,00



FAZENDO POSE
CLAIRE DEDERER
SEXTANTE
(2011)
R$ 5,00



PODER DE CURA DE VITAMINAS, MINERAIS E OUTROS
READERS DIGEST
READERS DIGEST LV
(2001)
R$ 28,00





busca | avançada
74378 visitas/dia
2,1 milhões/mês