Ainda o País de Leitores | Américo Leal Viana

busca | avançada
89721 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Escafandro e a Borboleta, com Mathieu Amalric
>>> A literatura contra o sistema
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Uma vida para James Joyce
>>> As Classes e as Redes Sociais
>>> Crônica de um jantar em São Paulo
>>> Defesa eloqüente do Twitter
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Margarita Paksa: Percepção e Política
>>> A primeira ofensa recebida sobre algo que escrevi
Mais Recentes
>>> Ecce Homo de Friedrich Nietzsche pela L&PM (2003)
>>> No Mundo Maior de Francisco Cândido Xavier - André Luiz pela Feb (2013)
>>> Quase Verdade de Jennifer Kaufman - Karen Mack pela Leya Casa Da Palavra (2011)
>>> A Arte de Cultivar Líderes Como Se Tornar um Mestre de Ram Charan e Bill Conaty pela Campus (2011)
>>> The Secret - o Segredo de Rhonda Byrne pela Ediouro (2007)
>>> Ramses o Filho da Luz de Christian Jacq pela Bertrand Brasill (2000)
>>> Portugal e a Revolução Global de Martin Page pela Nova Fronteira (2011)
>>> O Código da Vinci Roteiro Ilustrado de Akiva Goldsman pela Sextante (2006)
>>> Os Estudantes de Medicina e o Ato Médico de Conselho Federal de Medicina pela Cfm (2004)
>>> Lábios Que Beijei - o Romance da Lapa de Aguinaldo Silva pela Siciliano (1992)
>>> O Novo Mundo Digital Você já Está Nele de Ricardo Neves pela Refume Dumara (2007)
>>> Comunicação Tecnoestética Nas Mídias Audiovisuais de Denise Azevedo Duarte Guimarães pela Sulina (2007)
>>> A Filha mais Velha - Uma Imagem de Família de Selma Carvalho Souza pela Catavento (2005)
>>> Livro da Sorte e do Destino de J. Della Monica pela Madras (2000)
>>> Vencedor de Varios Autores pela New Live
>>> O Livro do Bem de F. Ramon pela Espaço e Tempo (1994)
>>> Pequeno Livro da Sorte de Heloisa Galves pela AlemdaLenda (2016)
>>> Ânimo de Lourival Lopes pela Otimismo (2007)
>>> Minuto Mediúnico de Vitor Ronaldo Costa pela Seda
>>> Memorização - Aumente em até 10 vezes a Capacidade da Memorização de Varios Autores pela Sintec
>>> Sexo e Felicidade de L. Silveira pela Saúde Brasil (1992)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Feesp (1991)
>>> Reiki, Guia de Referência Livro 3 de 3 de Joel Cardoso pela Escala (2000)
>>> Uma Viagem Entre o Céu e o Inferno de Luiz H. Leite Lopes - Maria Ziravello pela Planeta (2007)
>>> O Testamento de São João de J.J. Benítez pela Mercuryo (2006)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 12/9/2008
Comentários
Leitores


Ainda o País de Leitores
O bom seria que fôssemos um país de leitores. É claro, que não alcançaríamos a totalidade. Mas, que tal 70% da população? Isso! Certamente nos daria "visões" desse tipo: um ônibus com metade da lotação, lendo; um trem, um navio ou um avião repletos de pessoas com um livros nas mãos; nos bares e restaurantes, as mesas cheias de gente se deliciando com uma boa história; nos escritórios ou em consultórios, bancos e cadeiras com clientes esperando, enquanto lêem; enfim. Mas, enquanto não atingimos "metas" como essas, não percamos a esperança, sem desconsiderar também aqueles, que, por razões diversas, preferem a "hora da química, da física ou da biologia" à "hora do conto", sem, contudo, rejeitarem por completo a literatura. Apenas, dedicam menos tempo (e dinheiro, é claro) a ela.

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por Américo Leal Viana
12/9/2008 às
08h27 200.223.252.194
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Triste, triste
Infelizmente, o que fez "crescer" nossa classe média foi seu rebaixamento. Classe média até certo tempo atrás não significava equilibrar-se precariamente à beira da pobreza. No entanto, a nossa sociedade em termos culturais até que é solidária; pois a "elite" cultural do país também não é lá essas coisas. Pelo menos, enquanto estrato social, pessoas cultas e consumidoras de cultura, que realmente frequentam museus, teatros e lêem e quantidade e qualidade, representam um traço estatístico - honrosas exceções. E, surpreendentemente, estes casos nem sempre são determinados por sua classe sócio-econômica. Triste, triste. Pois se nossos desafios econômicos e sociais são imensos, é desalentador reconhecer que, cada vez mais, nos falta uma elite visionária e realizadora - ou uma classe média ambiciosa e questionadora. Parecemos presos a um circulo vicioso de mediocridade, autocomplacência e acomodação.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Werner
12/9/2008 às
02h28 189.104.173.149
(+) Werner no Digestivo...
 
A prioridade é o celular
Primeiro: descobriram que a Terra é redonda. Segundo: duvido que alguém, passando por uma loja de celulares agora mesmo, não vá encontrar a mesma abarrotada de gente. Pra porcaria o brasileiro tem grana. Só não gasta com livro porque não quer.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Barbara Pollac
11/9/2008 às
19h35 200.155.121.105
(+) Barbara Pollac no Digestivo...
 
Filosofando o facultativo
... então filosofemos um tiquinho: por mais desfavorecida que seja uma porção da sociedade, a mesma é dotada de uma consciência, pois todos nós nascemos com uma, tenhamos ou não passado por uma escola ou qualquer que seja a forma de instrução. Costumo dizer que os seres humanos vivem numa simbiose, trocando atitudes uns com os outros. Os dez anos vividos em cidade pequena e trabalhando em serviço público municipal me deram a noção de que nada é diferente dentro das sociedades, pois todas são movidas pela política. As pessoas menos favorecidas têm a noção exata do que estão fazendo ao trocarem seus votos por favores, sim. E até a mais favorecida faz o mesmo, tirando proveito nas épocas das eleições. Como tudo evolui, o Brasil, que é um jovem país, ainda passará para a fase do voto facultativo, sim; ainda chegará lá, e por que não?! Poderá (ou não) ter efeitos negativos, como deixar as decisões nas mãos dos menos informados, mas tudo é transitório...

[Sobre "Pelo direito (e não o dever) de votar"]

por maria josé trindade
11/9/2008 às
18h35 77.54.63.46
(+) maria josé trindade no Digestivo...
 
Aragonês
Interessantes as suas "soluções" para a língua portuguesa. De fato, as línguas de normatização recente têm adotado a idéia de um som = um fonema. Um exemplo é o Aragonês. Procura no YouTube por "mallacan subtitulos". Só não gosto da grafia por ser totalmente baseada no Espanhol, mas aí a questão já é ideológica... :D

[Sobre "Contra reforma ortográfica"]

por Yuji
http://yuji.ws/
11/9/2008 às
17h58 201.43.52.110
(+) Yuji no Digestivo...
 
Só para menores
Estou promovendo uma mesa redonda com crianças de dez a quatorze anos para debaterem sobre importância da leitura. Essas crianças participam do Bando da Leitura há mais de um ano. Fiquei impressionada com o nível da conversa. Nesta mesa redonda que se chama "Só para menores", os adultos só se pronunciam por meio de bilhetes que são enviados à mediadora e encaminhados aos debatedores da mesa. Em breve publicarei no blog um vídeo sobre o evento!

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por lucelia
http://www.bandodaleitura.blogspost.com
11/9/2008 às
16h51 201.10.84.13
(+) lucelia no Digestivo...
 
falta apetite para ler
"Segundo Bourdieu, a posse do capital econômico confere, aos que o possuem, poder sobre os desprovidos, mas é pelo controle do capital simbólico que os dominantes impõem aos dominados seu arbitrário cultural, as hierarquias...". Bem, em se tratando do Brasil, isto é meia-verdade. Vejamos: o Abílio Diniz gasta horas em uma academia fazendo ginástica (classe dominante), os netos e filhos da alta burguesia freqüentam escolas onde o livro e a formação humanística não representam valor: os intelectuais ou próximos disso não são a elite econômica do Brasil, porque fora todo o refugo produzido pela TV, artistas e escritores estão à mercê, então o que nos resta? O filódofo francês está falando de uma sociedade européia e não uma sociedade tupiniquim. Não dá para comparar e tentar transpor ao pé da letra. Não temos problemas de falta de dinheiro para comprar livros, o que não temos é o apetite para lê-los. Porque está determinado pela cultura grosseira de massa que não é preciso estudar.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Júlia Silveira
11/9/2008 às
12h32 189.120.179.157
(+) Júlia Silveira no Digestivo...
 
Literatura e Infância
Caros leitores, do meu ponto de vista, há imposições e restrições quanto à leitura por parte dos pais, das instituições escolares e da mídia. No século XXI, em qual vestibular um texto de Franz Kafka é leitura obrigatória? Por outro lado, há clássicos que não foram escritos para crianças e, no entanto, as crianças se apropriaram dos referidos, como, por exemplo, "As viagens de Gulliver", de Jonathan Swift; "Moby Dick", de Hermam Melville; as obras de Charles Dickens e tantos outros. Tais escritos visavam o público adulto, jamais o infantil! Concordo com Daniel Penac, e com ele proclamo por "todos os direitos imprescindíveis do leitor", desde a infância!

[Sobre "Literatura é coisa para jovem?"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
11/9/2008 às
12h14 201.68.66.128
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Quem tem educação?
Um país que privilegia o "se dar bem na vida" a qualquer custo, em vez da criação de um "projeto de vida pessoal", baseado na constância da leitura e no estudo; onde o mau exemplo vem da maioria dos pais, que mentem, enganam e são dissimulados para com os filhos; um país que culturalmente incentiva a polarização dos seus cidadãos entre "espertos" e "manés"; que não protege seu meio ambiente; que produz um eleitor que não sabe em quem votou nas últimas eleições; elege governantes desqualificados, que têm o interesse em perpetuar o status quo vigente degradado, que o geriu, mantém e privilegia. Esse país nos leva a sucumbir e merecer o que temos, embora não aceitemos. E ainda nos deixa a todos culpados pela falta de atitude. Talvez só as novas gerações (que temos a incumbência de educar) possam salvar nosso país. Ainda assim, é preciso que saibamos como educar. Educação começa no exemplo e na ação. A reflexão que você propõe é um bom exemplo de educação. Somos aprendizes de ensinar.

[Sobre "Nossa classe média é culturalmente pobre"]

por Guto Maia
http://canaldonicolau.blogspot.com/
11/9/2008 às
11h33 189.78.114.244
(+) Guto Maia no Digestivo...
 
Voto não é para qualquer um
A compaixão, piedade, amor e solidariedade são assuntos de Estado. Ao pagarmos impostos, colaboramos para que educação, saúde e segurança, dos menos afortunados, sejam garantidas. Os fracos, burros, doentes e desprotegidos têm a nossa contribuição para a melhoria das suas vidas, compulsoriamente, asseguradas. Entretanto, sua incapacidade de dicerimento, sua ignorância e sua condição inferior sob todos os aspectos, os transformam em presas fáceis para os espertalhões e desonestos. São eles que validam, com seus votos cegos, congressos e governos pífios, formados por bandidos e malfeitores. Os cultos, bons, bem intencionados, honestos, éticos não formam ou não têm massa critica para neutralizar a patifaria que compra apoios com conversa fiada e presentinhos. Os éticos são minoria. Os éticos inteligentes e preparados, então, nem se fala. O direito a voto deve ser conquistado com qualidade individual. Não é para qualquer um.

[Sobre "Pelo direito (e não o dever) de votar"]

por Raul Almeida
http://contubernioideocratico.blogspot.com
11/9/2008 às
10h14 189.106.67.52
(+) Raul Almeida no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Controle dos Atos de Concentração nos Mercados de Energia
Claudio Schuller Maciel
Unicamp Aneel e Nipe
(2001)



Juizados Especiais Civeis e Criminais
André Estefam
Saraiva
(2006)



Cenas Admiráveis 2 - Manifestações de Jesus Crucificado e Ressusc
Max Seltmann
Nova Revelação
(1998)



Direito do Estado Novos Rumos Tomo 3 Direito Tributário
Paulo Modesto - Oscar Mendonça
Caj
(2001)



Ateliês Brasil
Bruno Giovannetti
Empresa das Artes
(2004)



Contistas Brasileiros Conteurs Brésiliens
Saldanha Coelho (seleção)
Revista Branca
(1958)



Contos Populares Ucranianos Com Mandalas de Wira Wowk
Wira Wowk
Cia Bras. de Artes Gráficas
(1983)



As Causas Sociais das Iniquidades Em Saúde no Brasil
Vários Autores
Fiocruz
(2008)



Pesquisa e Realidade no Ensino de 1º Grau
Gizelda Santana Morais
Cortez
(1980)



Desenho Tecnico
Malighendler Barragan
Lep
(1964)





busca | avançada
89721 visitas/dia
2,7 milhões/mês