foi o povo que elegeu! | Andre Parra

busca | avançada
87108 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Melhor que o JB
>>> Como se faz um best-seller
>>> Manual de redação Rabisco
>>> Sobre o preço dos e-books
>>> Speak, Memory
>>> Entrevista com Noga Sklar
>>> Minhas Férias (reloaded)
>>> Poema em Linha Reta - Pessoa
>>> Perturbador e cosmogônico
>>> O Fino da Fina
Mais Recentes
>>> Contos de Machado de Assis pela Agir (1963)
>>> Contos de Machado de Assis pela L&PM Pocket (1999)
>>> O Alienista de Machado de Assis pela L&PM Pocket (1998)
>>> Helena de Machado de Assis pela Tecno Print (1967)
>>> Uma mulher na escuridão de Charlie Donlea pela Faro Editorial (2017)
>>> Morte Súbita de J.K. Rowling pela Casa dos Livros (2012)
>>> Ressurreição de Machado de Assis pela Sociedade (1962)
>>> Levando a Vida Numa Boa de Ernie J. Zelinski pela Sextante (2003)
>>> Corpos Inversos de Rodrigo Noval pela LP-Books (2017)
>>> Parábolas Eternas - Reflexões para enriquecer a vida com sabedoria, alegria e emoção de Legrand pela Soler (2004)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Ciranda Cultural / W. Bucb (2007)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Abril Cultural (1981)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Ática (1976)
>>> Fundamentos em Ecologia de Colin R. Townsend, Michael Begon e JohnL. Harper pela Artmed (2006)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Zero Hora / Click (1997)
>>> Folhas do Jardim de Morya Livro 2 de Mestre Morya pela Agna Yoga (1973)
>>> O banquete dos sentidos de Lúcia faria Nascimento e Edir Nascimento e Silva pela Bei (1998)
>>> Revista da Faculdade de Direito da FMP nº 06 de Fundação Escola Superior do Ministério Público (org) pela Fmp (2011)
>>> Repartição da renda - pobres e ricos sob o regime militar de Paulo Singer pela Zahar (1986)
>>> O código Da Vinci de Dan Brown pela Sextante (2004)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa (2004)
>>> Tropical Sol da Liberdade de Ana Maria Machado pela Nova Fronteira (1988)
>>> Manuscritos do Mar Morto de Adam Blake pela Novo Conceito (2013)
>>> Estudios del Trabajo - nº 37/38 de Asociación Argentina de Especisalistas en Estudios del Trabajo (org) pela Aset (2009)
>>> Contos de amor rasgados de Marina Colasanti pela Rocco (1986)
>>> Quincas Borga de Machado de Assis pela Tecno Print
>>> Ciranda de pedra de Lygia Fagundes Telles pela José Olympio (1981)
>>> Amplitude 1- Você onde se põe -só para quem quer a verdade de Gasparetto pela Vida E Consciencia (1997)
>>> O que é psicologia de Richard H. Henneman pela José Olympio (1982)
>>> Amar, verbo intransitivo de Mário de Andrade pela Ime (1980)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (2010)
>>> Quincas Borba de Machado de Assis pela Globo (1997)
>>> Estudios del Trabajo - nº 34 de Asociación Argentina de Especisalistas en Estudios del Trabajo (org) pela Aset (2007)
>>> Magno de Maria Luiza de Queiroz pela José Olympio (2007)
>>> Filhotes de Cube Book pela Sextante (2010)
>>> A extinção do crédito tributário por decurso de prazo de José Hable pela Brasília Jurídica (2004)
>>> Procedimentos Básicos em Microbiologia Clínica de Vários pela Sarvier (2000)
>>> Canine - Feline Nutricion de Vários pela Mosby (2010)
>>> Você é Insubstituível - este livro revela a sua biografia de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Da ação cautelar fiscal de Carlos Henrique Abrão pela Universitária de direito (1992)
>>> Adão e Eva Voavam em Atlântida de José Francisco pela Futurama (2013)
>>> O mundo mudou ... bem na minha vez! de Dado Schneider pela Integrare (2013)
>>> Coreção monetária: concordata e créditos fiscais de Eros roberto Grau pela Revista dos Tribunais (1984)
>>> O Lugar dos Inocentes - A Trilha levava até a entrada dessa clareira de Núbia Moura Ribeiro pela Pensamento (1999)
>>> Memorial de Aires / Ressurreição de Machado de Assis pela Iracema (1975)
>>> Quincas Borba de Machado de Assis pela Iracema (1975)
>>> Iaiá Garcia / Helena de Machado de Assis pela Iracema (1975)
>>> Esaú e Jacó de Machado de Assis pela Iracema (1975)
>>> A aventura de Miguel Littin clandestino no Chile de Gabriel García Márquez pela Record (1986)
>>> A chave do tamanho de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1950)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 7/11/2006
Comentários
Leitores


foi o povo que elegeu!
Cada povo tem o governo que merece. Isso é a demacracia, não reclamem depois, foi o povo que elegeu!

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Andre Parra
7/11/2006 às
10h17 200.204.181.239
(+) Andre Parra no Digestivo...
 
Resposta ao Vitor - Parte 2
Mas o voto. Vamos imaginar um médico, mas não um médico comum: ele só é médico por que metade da cidade acha que ele tem o direito de ser médico. Você deixaria, sei lá, ele operar sua cabeça? A cabeça de um parente seu? Ou pior, sentiria orgulho por ele ter sido eleito médico pela metade da "população trabalhadora", do "povo humilde", das "classes mais necessitadas"? O exemplo é batido e meio apelativo, mas não achei uma forma mais clara que essa. Abraços.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
7/11/2006 às
08h48 201.83.149.209
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Resposta ao Vitor - Parte 1
Oi, Vitor, eu já não respondi isso? O que não ficou claro? Você acha que o voto é a base da democracia, eu não. Para mim, tanto faz a eleição, por voto ou por concurso, o que importa numa democracia é a possibilidade de tirar do poder quem não estiver fazendo seu serviço direito. São opiniões opostas, mas a respeito da democracia. Não vejo o porquê dessa vontade de me vestir uma farda. Devo até ficar bonito mesmo em uma, mas não entendo a insistência. Por causa do Roberto Campos? Não posso nem dizer o nome do cara que gente já se vê na cadeia. E o que seria deterioração salarial? A política dele ajustou o salário conforme o desenvolvimento, e não conforme planos populistas ou conforme o que os sindicatos achavam conveniente. E se você não ignorar o conceito de inflação, de concordar.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
7/11/2006 às
08h44 201.83.149.209
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
O Gênio do Crime
O Gênio do Crime foi filmado em 73, e até está no site do IMDB. Me marcou muito também porque fui eu que fiz o Bolacha naquela versão. Talvez você ainda encontre alguma edição em VHS em São Paulo. A produtora foi a Lutafilmes.

[Sobre "Minha Estante"]

por José Arlindo Paulino
7/11/2006 às
03h51 62.169.109.95
(+) José Arlindo Paulino no Digestivo...
 
Conceitos são relativos
Volto a dizer: para mim, pelo menos, a alternativa ao voto é o não-voto, premissa de uma ditadura. Do ponto de vista do autor, isso não ficou claro. Sobre Bob Fields e Bulhões serem bons economistas, por terem combatido a inflação (quão malvados foram JK e outros, não?), é preciso discutir o conceito de "bom". Porque a dupla iniciou um período de grande perda salarial e deterioração na distribuição de renda. Isso, claro, com a ajuda de intervenções em sindicatos (400 só em 1964), entre outras questões pragmáticas - para eles, certamente.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Vitor
7/11/2006 à
00h13 200.147.93.212
(+) Vitor no Digestivo...
 
Nosso foco é a multiplicação
Pessoal, obrigado pelos comentários e pelas críticas. Bom, o que posso dizer é que eu conheço um pouco da realidade do Nordeste, sim, pois desde 2003 eu participo da equipe ação social do Rally dos Sertões e vi como os programas sociais são recebidos lá. Sem entrar no mérito do assistencialismo, nosso foco é a multiplicação. Se quiserem saber como fazemos isso, acessem este link. Não acredito que devemos encarar meros roubos como algo menos importante, e para começarmos a mudar temos que acabar com a impunidade, seja qual for o governo, e seja qual for o escalão do governo acusado de corrupção. Marcelo, quando eu disse "bunda no sofá", me referi a nós todos, ricos, pobres, classe média, enfim, acho que esta guerra de classes é extremamente nociva para o Brasil. Não é por aí que o país vai mudar. Um abraço a todos, Diogo Salles

[Sobre "Engolindo Sapo Barbudo"]

por Diogo Salles
http://corruptoslivro.blogspot.com/
6/11/2006 às
22h21 201.52.192.74
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
Fábulas do Orkut
O orkut é uma floresta bela, mas não encantada, e você é mais um bichinho de orelha nesse habitat. Como não é sonho [orkut], você pode não ter um feliz natal, porque será mais fácil ser seqüestrado por um Noel [ir para dentro do saco do presumível velhinho] do que ganhar um presentinho. Mas no orkut também têm "Chapeuzinhos Vermelhos" como no conto dos "Irmãos Grimm" e nem sempre todo lobo é mal! De qualquer forma me armo com paus e com pétalas!

[Sobre "Tabus do Orkut"]

por Crônicas do Joel
http://www.cronicasdojoel.blogspot.com
6/11/2006 às
20h24 201.39.122.34
(+) Crônicas do Joel no Digestivo...
 
Respostas - parte 2
E, ok, o voto nulo significa jogar meu voto no lixo. Mas numa escolha entre o Lula, o Alckmin e a minha lixeira, minha lixeira leva. Fácil. Syda, nem eu. Voto nulo não é solução, da mesma forma como votar no Lula, ou no Alckmin, ou em qualquer outro. O Brasil continuará dependendo do bom humor da economia mundial pra pagar os mensalões, as esmolas sociais, as aposentadorias, etc. E não encaro como desilusão porque nunca me iludi. A minha idéia com este texto não era nem tanto debater o voto nulo, mas a qualidade baixa dos políticos, que me põe contra o Estado e a favor de sua diminuição. Marcello, eu gostei das minhas citações e achei que deu um ar todo inteligente sim, qual o problema? Quer falar que meu texto não tem solução, que é raso, que é fraco, ok, mas deixe minhas citações fora disso, ok?

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
6/11/2006 às
17h33 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Respostas - parte 1
Nilmar, olá. Caramba, lendo você sobre Roberto Campos, dá a impressão de que ele passava madrugadas balançando lâmpadas em delegacias e batendo em moleques que se imaginavam Che Guevara. Mas não, ele era só um economista. E bom economista, porque junto com Bulhões no período de 64 reverteu a crise inflacionária que o Brasil vivia desde o JK e que se agravou incrivelmente em 62. Bom, daí a um suposto apoio meu a ditadura vai uma diferença. Não digo apenas na questão moral da repressão, mas acontece que poucos governos tiveram um modelo tão burro quanto os militares depois 68. Não sei como alguém a favor do Estado pode ser contra os militares. Eles foram os maiores responsáveis pelo gigantismo estatal, etc., etc. E você diz que é preciso respeitar para ser respeitado, mas isto não legitima uma ditadura? Digo, se você não respeita a ditadura, você perde o direito de ser respeitado, imagino, segundo o que entendi, e isso validaria uns cascudos.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
6/11/2006 às
17h05 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Sentir, pensar, ser feliz...
Depois da tempestade... os olhos se abrem para novos horizontes. E como o dia parece mais belo então... Assim a gente vai aprendendo a enfrentar as tormentas da vida. Concordo com você, Marcelo, quando diz que "pensar dói" e que "ser feliz, sentir e pensar podem ser conciliáveis". Parabéns mais uma vez! É sempre um prazer ler os seus textos.

[Sobre "Uma nota sobre a leveza do ser"]

por Rose Peixer
6/11/2006 às
16h39 200.247.140.194
(+) Rose Peixer no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INICIAÇÃO A FILOSOFIA VOLUME ÚNICO
MARILENA CHAUI
ATICA
(2013)
R$ 14,00



GERAÇÃO DO DESERTO
GUIDO W SASSI
MOVIMENTO
(2000)
R$ 17,00



O MELHOR DO KARATÊ - 2 KUMITE
NAKAYAMA
CULTIX
(1999)
R$ 36,00



NO MAR E EM TERRA: HISTÓRIA E CULTURA DE TRABALHADORES ESCRAVOS E LIVRES
JAIME RODRIGUES
ALAMEDA EDITORIAL
(2016)
R$ 64,00



O DESTINO QUE ELA QUIS
THEREZA CHRISTINA
EDIBOLSO
R$ 6,90



TEAM ZEBRA
STEPHEN J. FARNGOS E STEVEN J. BENNETT
NOBEL
(1999)
R$ 7,50



THÉRAPEUTIQUE CHIRURGICALE TOME 2
P. LECENE R. LERICHE
MASSON
(1926)
R$ 100,48



PLAYBOY IRRESISTÍVEL
CHRISTINA LAUREN; FELIPE C. F. VIEIRA
UNIVERSO DOS LIVROS
(2014)
R$ 19,90



FELICIDADE ONDE MORAS ?
ROQUE SCHNEIDER
VOZES
(1972)
R$ 10,00



MACROTENDENCIAS - DEZ NOVAS ORIENTAÇÕES QUE TRANSFORMAM AS NOSSAS VIDA
JOHN NAISBITT
EDITORIAL PRESENÇA
(1988)
R$ 14,00





busca | avançada
87108 visitas/dia
2,2 milhões/mês