Comentários do IP 201.6.253.3 | Digestivo Cultural

busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês
Mais Recentes
>>> CRIANÇAS DE HELIÓPOLIS REALIZAM CONCERTO DE GENTE GRANDE
>>> Winter Fest agita Jurerê Internacional a partir deste final de semana
>>> Coletivo Roda Gigante inicia temporada no Jazz B a partir de 14 de julho
>>> Plataforma Shop Sui dança dois trabalhos no Centro de Referência da Dança
>>> Seminário 'Dança contemporânea, olhares plurais'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> É cena que segue...
>>> Imagens & Efeitos
>>> Segredos da alma
>>> O Mundo Nunca Foi Tão Intenso Nem Tão Frágil
>>> João Gilberto
>>> Retalhos ao pôr do sol
>>> Pelagem de flor III: AMARELO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Historia de Hotmail
>>> Maria Rita: música em estado febril
>>> Ser mãe
>>> Companheiros de Jornada
>>> Aloysio Nunes sobre a mentira
>>> ambiguities and lies
>>> Literatura brasileira hoje
>>> Detefon, almofada e trato
>>> Noturno para os notívagos
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> Wild Cards: Ases nas Alturas de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: O Começo de Tudo de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Superman: Uma Biografia Não Autorizada de Glen Weldon pela Leya (2016)
>>> Os Últimos Dias de Krypton de Kevin J. Anderson pela Leya (2013)
>>> Wayne de Gotham de Tracy Hickman pela Leya (2013)
>>> Tokyo Ghoul: re v.1 de Siu Ishida pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Ataque dos Titãs v.19 de Hajime Isayama pela Panini Comics, Planet Manga (2016)
>>> Jojo's Bizarre Adventure: (Parte 2) Battle Tendency v.2 de Hirohiko Araki pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> Jojo's Bizarre Adventure: (Parte 2) Battle Tendency v.3 de Hirohiko Araki pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> Berserk v.30 de Kentaro Miura pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> BTOOOM! v.6 de Junya Inoue pela Jbc (2014)
>>> Assassination Classroom v.15 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2016)
>>> Assassination Classroom v.16 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.17 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.18 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.21 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.19 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Gentleman - A Timesless Guide to Fashion de Bernhard Roetzel pela H. F. Ullmann (2009)
>>> Obras Completas - Volume VI de Gil Vicente pela Sá da Costa (1955)
>>> Curso de Português Jurídico de Regina Toledo Damião e Antonio Henriques pela Atlas (1999)
>>> Bíblia Sagrada para a Família Católica de Padre Antônio Pereira de Figueiredo (trad.) pela Barsa (1969)
>>> Toda sua de Sylvia Day pela Paralela (2012)
>>> As Primícias: Alegoria Político- Sexual Em 7 Quadros de Dias Gomes pela Civilização Brasileira (1978)
>>> Sangue Errante (Série Negra) de James Ellroy pela Record/ RJ. (2011)
>>> Tao-Te King de Lao-Tzu pela Pensamento (1995)
>>> O Rei de Ramos (com as Letras e Canções de Chico Buarque) de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1979)
>>> A Invasão de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1983)
>>> O Rei de Ramos (com as Letras e Canções de Chico Buarque) de Dias Gomes; Prefácio: Flávio Rangel pela Civilização Brasileira/ Rio (1979)
>>> Carter e o Diabo de Glen David Gold pela Record (2004)
>>> O Fazedor de Cercas de Sun Ling pela Carthago & Forte (1995)
>>> Vitória na Derrota: a morte de Getúlio Vargas de Ronaldo Conde Aguiar pela Verbena (2014)
>>> Percy Jackson e Os Olimpianos A maldição do Titã de Rick Riordan pela Intrínseca (2009)
>>> A Invasão de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1983)
>>> Uma Fênix em Praga de Suely Burriasco pela Novo Século (2009)
>>> Violência, Democracia e Segurança Cidadã: o caso das polícias no Distrito Federal de Maria Stella Grossi Porto (Org.) pela Verbena (2017)
>>> Raízes do Turismo no Brasil de Mário Jorge Pires pela Manole (2002)
>>> Um Aprendiz de Quixote de Rogério Cezar de Cerqueira Leite pela Verbena (2016)
>>> Sucupira, Ame-a Ou Deixe-a: Venturas e Desventuras de Zeca Diabo... de Dias Gomes pela Bertrand Brasil/ Rj. (1998)
>>> Histórias de Amor Ardente de Louise Erdrich pela Record (1998)
>>> O Orgulho de Ser Mulher de Shere Hite pela Sextante (2004)
>>> Comédias para se Ler na Escola de Luís Fernando Veríssimo pela Objetiva (2008)
>>> Teatro V: A Cigarra e os Formigas/ Camaleão e a Batatas Mágicas/ Quem Matou o Leão? O Patinho Feio de Maria Clara Machado pela Agir/ RJ. (1979)
>>> Trinta Anos Esta Noite: 1964, o que vi e vivi de Paulo Francis pela Verbena (2019)
>>> Histórias de Autômatos de Mario G. Losano pela Companhia das Letras (1992)
>>> Sociologia da Violência: do conceito às representações sociais de Maria Stella Grossi Porto pela Verbena (2010)
>>> Percy Jackson e os Olimpianos O Mar de Monstros de Rick Riordan pela Intrínseca (2013)
>>> O Curto Reinado de Pepino IV de John Steinbeck pela Record (1970)
>>> Saúde Penitenciária no Brasil: plano e política de Martinho Silva pela Verbena (2015)
>>> Olhos Abertos: a história da nova China de Ivan Quagio pela Verbena (2009)
>>> Sereníssima de Erica Jong pela Circulo do Livro (1987)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 27/3/2009
Comentários
201.6.253.3


Holy crap
Ahn, do Raymundo até o homem moderno e legalzão que escreve "tecidos de fina ironia" ou "ai, eu me mataaaava se eu tivesse que mandar em alguém, ui, ui" acho que teve uma decadência vergonhosa da minha turma. E posta a situação das coisas, dá pra defender bastante o que Raymundo escreveu. Mesmo sem precisar mostrar um casal retardado de hoje em dia nesse tom zombeteiro de "ai, gente, que absurdo, né?" Fazê-lo-ei, fazê-lo-ei. =]

[Sobre "Aconselhamentos aos casais ― módulo I"]

por Eduardo Mineo
http://www.calcaslargas.com.br
27/3/2009 às
09h11 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo no Digestivo...
 
Respondendo a Roberta (2)
Então eu acabei adaptando a Cristina ao que eu queria bater no meu texto, mas eu forcei um pouco ali. Ela não é uma garota certinha. Ela não sabe o que é e talvez nunca saiba. Como disse o próprio Woody, o filme é bonito, tem gente bonita e músicas bonitas, mas é um filme triste e pessimista.

[Sobre "Pelo que sempre serei lembrado"]

por Eduardo
http://iaad.blogspot.com
16/12/2008 às
12h04 201.6.253.3
(+) Eduardo no Digestivo...
 
Respondendo a Roberta (1)
Oi Roberta. Pensando depois e lendo algumas entrevistas do Woody, eu realmente mudei minha forma de ver a Cristina. Numa entrevista sobre Vicky Christina ele disse o seguinte: "E Scarlett Johansson sabe o que ela não quer, mas não sabe o que ela quer e provavelmente nunca saberá. Ela caminha por sua vida e tem um relacionamento seja lá qual for, e pensa, 'Este é o que vai me dar uma sensação de satisfação.' E então, conforme o tempo passa, porque é desconfortável para ela, há uma ansiedade dentro dela que faz com que ela se agarre a qualquer relacionamento mais cedo ou mais tarde, e pensa que o problema está no relacionamento, quando na verdade está nela. E ela na verdade jamais achará exatamente o que ela está procurando."

[Sobre "Pelo que sempre serei lembrado"]

por Eduardo
http://iaad.blogspot.com
16/12/2008 às
12h03 201.6.253.3
(+) Eduardo no Digestivo...
 
Barba
Meu caro Guga, usei uma barbicha dos 17 até pouco tempo atrás. Lembro que a primeira vez que minha mãe me viu, ela disse "onde você pensa que vai com essa coisa ridícula?", mas depois se acostumou e estranhou quando eu tirei. É como cigarro, você sabe que é ruim, mas uma vez com barba, você não larga mais. Quando eu a tirava, eu me sentia nu. Mas agora tirei. E não foi por sem-vergonhice de querer me sentir pelado, mas porque sei lá, passou. O ruim é que durante o primeiro mês, ficou aquela marca patética branca em torno do queixo hehe.

[Sobre "Barba e bigode"]

por Eduardo Mineo Bloom
http://iaad.blogspot.com
28/6/2007 às
11h01 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo Bloom no Digestivo...
 
Resposta
Viktor, tem bastante espaço, sim. Vai mandando que eu vou rebatendo. Agora, comentário de boa fé? Você vem aqui, coloca palavras na minha boca dando a entender aquilo que você acha, apenas acha, que eu penso e chama isto de boa fé? Deve ser a mesma boa fé dos vândalos que invadiram a reitoria. Se eu sei pouco, se o que eu escrevi está errado, aponte que eu argumento. Pois bem, aquela assembléia pode ter sido representativa dos alunos petistas e variantes, que é o que tem nestas assembléias gerais, não representativa da USP, como deu a entender nos noticiários. Tanto que das 66 instituições, apenas 3 aderiram à greve (por assembléia interna das faculdades). Até a faculdade de filosofia da FFLCH votou contra a greve. Ninguém apartidário participa destas assembléias gerais porque é só isto que tem lá: variações de petistas e sindicalistas que, quando contrariados, aplicam suas vontades democráticas no braço. Então pergunto novamente, que papo é este de opinião dos alunos da USP?

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
29/5/2007 às
18h02 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
preguiça ou desonestidade
"Repare que, sem exceção, os seus argumentos estão incorretos ou no mínimo duvidáveis." Se é tão claro assim, aponte quais argumentos. E por quê? "Você, ao se olhar no espelho, acha-se realmente mais bem preparado do que quase todos os outros brasileiros para o ensino superior?" Acho. "Seria a prova de química do vestibular indicador irrefutável da inteligência de uma pessoa, ou de seu senso crítico?" Alguma sugestão alternativa? "Ou não seria isso prova de que você estudou em escola particular?" Ou seja, nos dias atuais, quem teve uma boa educação? Sim, é isso mesmo. "Geneticamente, a nossa estirpe deve ter sido favorecida, não é isso? Não é isso que você ia dizer?" Não, nem passou pela minha cabeça, embora lendo este tipo de mensagem seja difícil negar que existam pessoas desfavorecidas intelectualmente. E repare que você não justificou nada, nem tentou, nem ao menos tentou convencer. É preguiça demais. Ou desonestidade.

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
29/5/2007 às
10h19 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Oh God
Lúcio, eu realmente não respondi nada porque não havia o que responder. Eu lhe corrigi, foi diferente. E devo respeitar aquela gente por quê? Porque quando eles são contrariados, eles aplicam sua "democracia" no braço? Os motivos que eles usaram como desculpa foram desmontados. Os três reitores afirmaram que não há intervenção na autonomia (o assunto morreu) e as universidades já receberam as verbas que foram suspensas no começo do ano (o assunto morreu). Que mais? E é uma fábula não só a Marilena, como todos da USP serem sustentados pela burguesia, pela iniciativa privada, pelo mercado, enfim? Como você acha que a verba aparece na USP? O Estado inventa o dinheiro e dá para a USP? É não é ilusão acreditar no modelo neoliberal, meu filho. É o pensamento econômico nos principais países emergentes e foi o modelo que salvou os EUA e a Inglaterra na década de 80. E foi justamente a abertura comercial que salvou a China e a colocou em franco desenvolvimento. E... chega por enquanto.

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
16h45 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Mauro
Olá Mauro! Sim, sim, e este questionamento dos decretos não existe, nem reivindicações. Até as reclamações da infra-estrutura precária de algumas faculdades dá pra questionar a responsabilidade do governo, uma vez que isto é um assunto interno da USP, por causa da autonomia. E verba a USP tem, para todas as faculdades. 10% da principal fonte de renda do Estado de São Paulo é grana pra burro, aliás. Agora, o que cada instituição faz com sua verba já é outro assunto. Não que eu defenda o Serra, credo, mas esta coisa toda foi mesmo jogada política do Sintusp pra conseguir matéria para a próxima eleição "ó, o Serra oprimindo os universitários." Usam o nome da USP pra este tipo de coisa e querem que a gente apóie.

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
15h32 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Parte 2
Sobre as fundações, é o inverso do que disse o Marcos Leite. O MBA é pago e injeta dinheiro nas fundações, sendo uma parte dele repassado para a USP inteira, incluindo aí, a FFLCH. Não é gozado os "ideais burgueses capitalistas" ajudarem a pagar o salário da Marilena Chauí?

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
14h05 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Parte 1
Marcos Leite, eu falei de opinião geral da população, que é o que vale para a política. A maioria da população nem sabe o que é FFLCH, mas eu sei e conheço o estacionamento de lá e jamais o classificaria como um estacionamento de "filhos de uma classe trabalhadora explorada pelas leis do mercado". Mas você diz que o responsável pela atual situação das coisas é o modelo de Estado neoliberal. Acontece que o modelo de Estado atual é um modelo de interferência no mercado, de funcionalismo público, de aparelhamento, de alta taxa de imposto que trava a iniciativa privada e a classe trabalhadora, um modelo de grandes estatais, de grandes estruturas burocráticas com dezenas de ministérios, secretarias, etc., portanto, onde você enxerga neoliberalismo aí? Neoliberalismo é demissão de funcionário público em massa, privatizações, diminuição da estrutura burocrática, o que deixaria o Estado em situação favorável de administração e, conseqüentemente, de eficiência. Cadê o neoliberalismo?

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
14h00 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Lúcio, parte 2
"se não houvesse a invasão, ninguém daria atenção para a greve." É o papo de que os fins justificam os meios. Levado adiante, este tipo de pensamento valida um estupro, um massacre. E daí que a revolução de Lenin matou em 6 meses mais gente que a família do Tzar em 100 anos? O importante é o ideal, né?

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
09h41 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Lúcio, parte 1
Lúcio, em primeiro, fico longe, sim, porque a invasão foi criminosa. O contra-argumento é que os decretos também foram criminosos, o que é discutível, mas uma coisa não anula a outra. Quando lhe roubam a carteira, significa que você pode sair por aí roubando carteiras? Em segundo, fico longe porque o motivo para a greve e para a invasão não existe. Expliquei bem isto no texto. E o que tem de preconceituoso alí, no começo? Ou você pensa que a população acha tranquilo bancar a USP e não ter acesso? "A USP é paga pelos impostos do povo." Não foi o que eu disse? Os alunos são bancados pelo imposto do povo para que estudem, não para passarem o dia brincando de movimento estudantil.

[Sobre "Exceção e regra"]

por Eduardo Mineo(Bloom)
http://iaad.blogspot.com
28/5/2007 às
09h41 201.6.253.3
(+) Eduardo Mineo(Bloom) no Digestivo...
 
Qualquer dia destes...
Quase comprei um Dom Quixote de 1m2 só para ter um livro de 1m2 em casa, num pedestal e cheio de poeira. Mas foi só vontade, ainda não criei interesse para ler este livro. Talvez eu goste, já que dou risadas indefinidamente toda vez que assisto A revolta dos Nerds e Monty Phyton. Qualquer dia ainda tento. Abraços!

[Sobre "Quixote que nada"]

por Bloom
http://iaad.blogspot.com
16/5/2007 às
09h29 201.6.253.3
(+) Bloom no Digestivo...
 
Jornalismo
Aliás, estamos falando de literatura, né? Porque existem outras formas de escrita, que não a artística, que querer vendê-las eu acho tranqüilo e tal, tipo o jornalismo, por exemplo.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
14/5/2007 às
14h08 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Vender arte
Que discussão boa, Julio, parabéns. Mas, Rafa, eu acho complicado falar nesses estímulos de cultura porque pode cair naquele discurso de querer atribuir à cultura a responsabilidade de acabar com as nossas incompetências econômicas e sociais. Cultura não serve pra isso. Não pode servir pra isso. Se alguém quer ser escritor, quer ser artista, tudo bem, mas não me convenço de que a sociedade tenha que bancá-lo. E viver de arte é uma coisa estranha pra mim, porque vender arte me parece estranho. Sempre tive pudor com isso, sempre separei bem as coisas. Ganhar dinheiro é uma coisa, fazer arte é outra. Eu tratei disto na minha última coluna. Um artista, na minha concepção perspicaz, deveria estar preocupado com a arte, e só. Um escritor deveria estar preocupado em ser lido, e só. Aí faço a mesma pergunta que o Julio: por que precisa publicar um livro? Blogs são tão mais fáceis, tão mais acessíveis.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
14/5/2007 às
14h01 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESPERTE A DEUSA DO SEXO QUE EXISTE EM VOCÊ
OLIVIA CLAIRE
EDIOURO
(1998)
R$ 12,00



AGENT OF THE TERRAN EMPIRE
POUL ANDERSON
ACE BOOKS
(1979)
R$ 14,00



JESUS VERSUS LÚCIFER
CARLOS ALBERTO MOYSES
OFFICE
(2013)
R$ 28,00



NATIONAL GEOGRAPHIC ; VOL. 128 ; N°5, NOVEMBER 1965
NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY
NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY -
(1965)
R$ 11,00



MEUS FILHOS
ALFONS BALBACH
A EDIFICAÇÃO DO LAR
R$ 39,90
+ frete grátis



A CASA A VAPOR
JULIO VERNE
MATOS PEIXOTO
(1966)
R$ 4,90



AGORA É PRA VALER! (1315)
MARCIA LUZ AUTOGRAFADO!!
DVS
(2012)
R$ 25,00



AUTOCAD 2000 CURSO PASSO A PASSO - FASCICULO 6
IVAN MACDOWELL E ROSANGELA MACDOWELL
TERRA
(2001)
R$ 9,00



UMA ESPIÃ IMPERFEITA
AMANDA CROSS
BEST SELLER
(2001)
R$ 12,80



O PACIENTE PSIQUIÁTRICO: ESBOÇO DE PSICOPATOLOGIA FENOMENOLÓGICA (6303
J. H. VAN DEN BERG
MESTRE JOU
(1973)
R$ 90,00





busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês