Especiais | Digestivo Cultural

busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
>>> Ana Cañas e Raíces de América abrem a programação musical de junho, no Sesc Santo André
>>> Sesc Santo André recebe Cia. Vagalum Tum Tum, em junho
>>> 3º K-Pop Joinville Festival já está com inscrições abertas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> La Cena
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Uma história da Sambatech
>>> The Shallows chegou
>>> Ceifadores
>>> É hoje (de novo)!
>>> Trump e adjacências
>>> Entrevista com Pollyana Ferrari
>>> O novo sempre vem
>>> O estilo de Freddie Hubbard
Mais Recentes
>>> A Arte da Guerra - Os Documentos perdidos de Sun Tzu II pela Record (1996)
>>> Competindo pelo Futuro de Gary Hamel e C K Prahald pela Campus (1995)
>>> 80 Mágicas com cartas de 80 Mágicas com cartas pela COPAg (1985)
>>> Idade do Zero de Zeh Gustavo pela Escrituras (2005)
>>> Os Três Ratos Cegos e Outras Histórias de Agatha Christie pela Nova Fronteira (1979)
>>> Outra Independência o Federalismo Pernambucano de 1817 a 1824 de Evaldo Cabral de Mello pela 34 (2004)
>>> A Décima Profecia de James Redfield pela Objetiva (1996)
>>> Condutas no Paciente Grave Nº 1 e 2 de Elias Knobel pela Atheneu (1998)
>>> Na Palma da Minha Mão de Leilah Assumpção pela Globo (1998)
>>> Missão no Oriente de Luiz Puntel pela Atica (1999)
>>> Previsão e controle das fundações de Urbano Rodriguez Alonso pela Edgard Blucher (1995)
>>> A Riqueza das Nações 1 e 2 de Adam Smith pela Nova Cultural (1985)
>>> Moreninha de Joaquim Manuel de Machado pela Moderna (1993)
>>> Diário de um cucaracha de Henfil pela Record (1984)
>>> Sinais de Esperança: uma Leitura Surpreendente dos Acontecimentos Atua de Alejandro Bullón pela Casa Publicadora (2008)
>>> Manual de Bioquimica de Conn Stumpf pela Edgar Blucher (1972)
>>> O Senhor March de Geraldine Brooks; Marcos Malvezzi Leal pela Ediouro (2009)
>>> Devezenquandario de Leita Rosa Cangucu de Lourenço Cazarre pela Lge (2003)
>>> Clássicos Literatura Juvenil 12 - Aventuras de Huck de Mark Twain pela Abril (1972)
>>> Naruto 58 de Masashi Kishimoto pela Panini Comics
>>> Super Seek and Find Students Book & Digital Pack (volume 2) de Lucy Crichton pela Macmilian Education (2018)
>>> O jovem Torless de Robert Musil pela O globo (2009)
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma - Série Bom Livro de Lima Barreto pela Ática (1989)
>>> Naruto 57 de Masashi Kishimoto pela Panini Comics
>>> O Veneno da Madrugada de Gabriel García Márquez pela Sabiá (1970)
ESPECIAIS

Junho, 2014
Especiais
Colunistas



Copa 2014 >>> A Copa mais triste de todos os tempos
Uma cidade deserta e vulnerável por tantas greves e manifestações antecede a festa. Um campo vazio se abre na pátria incerta, dividido ao meio e obscuro em terra batida. Num lado a paixão pelo futebol, que se desvanece, de cujo alimento talvez já estejamos extasiados. Do outro, dialoga uma tímida euforia, estamos impedidos, afinal, de manifestar contentamento. Neste clima pré-Copa, a cidade está irreconhecível, titubeante; antes hesitante. Para qual lado ir? O brasileiro está entre honrar seus compromissos e botar tudo abaixo, entre partilhar suas alegrias mais íntimas ou lançar seus protestos mais verdadeiros ou hediondos.
por Elisa Andrade Buzzo
Leia Mais

Copa 2010 >>> Futebol: 10 mandamentos e 5 mitos
Horário de jogo é sagrado. E o embate deve ser assistido só, sem perturbações. A única exceção é se sua mulher/namorada aparecer pelada. Nesse caso, e apenas e tão somente nesse caso, vá para cima, ganhe de goleada e aceite com raça e 110% de comprometimento tanto a prorrogação quanto os pênaltis. Afinal, os canais a cabo sempre reprisam os jogos. Mas partidas decisivas são realmente sagradas, sem apelação.
por Rafael Fernandes
Leia Mais

Idade >>> 40
Paulo Francis escreveu que "a vida não começa aos 40" ― "começa a acabar". Quando fiz 30 anos, confesso que não senti muita diferença (dos 20). Até pensei em escrever sobre, mas, se não tinha mudado tanta coisa, pra quê? Já dos 30 para os 40, senti diferença. Minha ideia, aqui, seria reconhecer primeiramente a idade. Falar sobre o que sinto que mudou com ela. Depois, como estou lidando com este "novo" momento. Espero que não soe como papo de velho ;-)
por Julio Daio Borges
Leia Mais

Origens >>> Mamãe
A Mamãe foi, provavelmente, a maior leitora do Digestivo Cultural. E eu tinha de publicar, no Digestivo, a minha homenagem a ela. Comentava sempre. Conhecia os Colunistas pelo nome. Os primeiros textos sem a perspectiva de leitura dela foram muito difíceis de escrever. E este, mais ainda. Porque a nossa mãe não cabe em palavras. Assim como a vida não cabe em palavras. Mas eu devia esta homenagem a ela. Sem a pretensão de esgotá-la. Sem a pretensão de dar conta dela. Simplesmente como um filho tenta agradecer a quem lhe deu a vida.
por Julio Daio Borges
Leia Mais

Protestos >>> Para entender os protestos e o momento histórico
Política não é o meu forte (quem me lê, sabe). Mas ajudei a escrever algumas páginas da internet brasileira e, pela minha experiência e vivência, identifico uma grande "dissonância" entre a "visão de mundo" de nossos governantes e a dos jovens que estão liderando as manifestações. Logo, me disponho a expor alguns conceitos, que são "chave", na época em que vivemos, e que não foram devidamente assimilados por aqueles que nos governam.
por Julio Daio Borges
Leia Mais

Millôr Fernandes >>> Meu encontro com o Millôr
O Millôr era uma lenda viva da imprensa e da cultura do Brasil e não encontro ninguém à altura para substituí-lo. Além do Paulo Francis, conviveu com outro ídolo meu, o Nélson Rodrigues. (Foi, durante muito tempo, o único homem a frequentar a casa da família Rodrigues.) O Daniel Piza ― que o Millôr chamava de "aquele moço amigo do Paulo Francis" ― uma vez me confessou que tinha passado um tempão em dúvida sobre quem admirava mais: se o Francis ou se o Millôr.
por Julio Daio Borges
Leia Mais

Daniel Piza (1970-2011) >>> Encontros (e desencontros) com Daniel Piza
Lamento, sinceramente, não ter tido mais encontros com o Daniel Piza. Perdi alguém que, além de uma admiração, foi uma espécie de mentor. Quase um irmão mais velho que o jornalismo cultural me legou. E perdi um intelocutor como poucos. Gostaria de dizer, ainda, que perdi um amigo, se não estivéssemos, muitas vezes, em arenas opostas, e se tivéssemos sabido aproveitar mais a amizade, pura e simples.
por Julio Daio Borges
Leia Mais

Steve Jobs (1955-2011) >>> Steve Jobs (1955-2011)
Como toda pessoa preocupada em organizar seu tempo, eu tento programar minha semana e meus dias. Mas tive de mudar minha programação. Bloqueei minha agenda para homenagear Steve Jobs. É muito cedo para fazer qualquer julgamento sobre o futuro sem ele. Mas, obviamente, a Apple não será mais a mesma. Nem a tecnologia, muito provavelmente. Prefiro pensar no que Jobs deixa, para nós, como legado.
por Julio Daio Borges
Leia Mais

11/9: Dez Anos Depois >>> 11 de Setembro e a Era do Terror
O fato notável do 11 de Setembro é o de ter reduzido a maior potência do Ocidente, e sua prepotência exacerbada, à impotência diante de aviões comerciais que foram usados como armas e que partiram do interior do próprio país. Armas inesperadas, os aviões que caíram sobre prédios americanos anunciam uma nova forma de guerra, mais sutil, traiçoeira, que pode partir de qualquer lugar e do desejo de qualquer um.
por Jardel Dias Cavalcanti
Leia Mais

Séries de TV >>> A sete palmos, inevitavelmente
Cada episódio de A sete palmos inicia-se com uma morte acidental ou abrupta. Talvez a morte sirva como uma metáfora para um inescapável fosso psicológico, quiçá uma punição pelas escolhas hedonistas ou inconseqüentes dos indivíduos. No caso dos protagonistas, a sombra de um corvo está sempre à espreita, mas cada vez mais próxima, "palmo a palmo". São personagens repletos de Freud e Dostoiévski.
por Wellington Machado
Leia Mais

Julio Daio Borges
Editor
mais especiais | topo


Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mistério 1 - Veneno
Alan Scholefield
Abril
(1981)



Dossiê Super Interessante Nº 386 a - Gravidez, o Antes o Durante
Editora Abril
Abril
(2018)



Da Figura do Mestre
Marlene de Souza Dozol
Autores Associados
(2003)



Análise da Estrutura dos Vertebrados
Milton Hildebrand
Atheneu
(1995)



Tdah Inclusão na Escola
Chary A. Alba Castro
Moderna
(2009)



O Livro dos nomes
Regina Obata
Nobel
(1994)



O Dom do Amor
Viviane Claudia Florencio
Panorama
(2002)



As Aventuras do Sr. Pickwick Volume 1 e 2
Charles Dickens
Abril Cultural
(1982)



O Túnel de Pombos
John Le Carré
Record
(2018)



Aprendendo Sobre los Juegos Olímpicos
Roberta Amendola
Santillana
(2014)





busca | avançada
51627 visitas/dia
1,8 milhão/mês