Uma história do Jazz | Digestivo Cultural

busca | avançada
16941 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> Dança de Santa Cruz e arte cigana são temas das Rodas em Conversa no Teatro do Incêndio em abril
>>> Mostra gratuita reúne obras de 14 artistas em Curitiba
>>> Livro reúne contos consagrados de João Carrascoza
>>> 'Os trabalhos da mão' traz parceria entre Alfredo Bosi e Nelson Cruz
>>> Exposição Malabaristas Urbanas de Carolina Saidenberg
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
Últimos Posts
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
>>> Sem troco
>>> Libertarias
>>> A mandioca e o canário da terra
>>> Lua nova
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Casa Arrumada
>>> Anti-Jô Soares
>>> Algo em común
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
>>> Entrevista com Claudio Willer
>>> 22 de Abril #digestivo10anos
>>> A arapuca da poesia de Ana Marques
>>> 2010 e os meus álbuns musicais
>>> O Frankenstein de Mary Shelley
>>> Apresentação
Mais Recentes
>>> Los Efectos Perversos Del Petróleo
>>> Afiliadas, a Tv Que Te Vê
>>> O Ajudante de Mentiroso
>>> Toulouse Lautrec miniguia de arte
>>> Farrapos de Lembranças
>>> Next
>>> A Expansão da Memória (Uma Sátira à Informática)
>>> O Jogo de Runas
>>> Escola Gaiola
>>> Poemas Seletos
>>> De volta à cabana
>>> O Guarda noturno da literatura brasileira vida e obra de Joaquim Osório Duque Estrada
>>> Saber Viver Pessoalmente Profissionalmente Financeiramente
>>> O feitiço da ilha do pavão
>>> Folhas da Fortuna
>>> Adube sua Carreira
>>> Marketing para negocios de sucesso Volume II
>>> O que os Ricos sabem e não contam
>>> Vai Fundo! O Guru das Midias Sociais Ensina a Ganhar Dinheiro Fazendo o que Voce Gosta
>>> Os Panzers da Morte
>>> Fissurar o Capitalismo
>>> Trauma - Condutas na abordagem inicial
>>> Cristo
>>> Os segredos de o simbolo perdido
>>> Hadoop:the Definitive Guide (inglês)
>>> Dieta Ortomolecular
>>> Tratado de Medicina Física e Reabilitação de Krusen Vol 2
>>> Tratado de Medicina Física e Reabilitação de Krusen Vol 1
>>> Dor nas costas
>>> Aspectos Biomecânicos - Cadeias Musculares e Articulares- Método GDS
>>> Exame da OAB Unificado. 1ª Fase
>>> Anatomia Funcional das Cadeias Musculares
>>> Os Doze Passos e as Doze Tradições
>>> Vivendo Sóbrio
>>> Pedra Bonita - Coleção Literatura Brasileira Contemporânea
>>> Pensão Riso da Noite - Coleção Literatura Brasileira Contemporânea
>>> Olhai os Lírios do Campo - Coleção Literatura Brasileira Contemporânea
>>> As Três Irmãs / Contos
>>> Estado de Sítio / o Estrangeiro
>>> Dicionário de Milagres
>>> Minha Fama de Mau
>>> Só É Gordo Quem Quer
>>> Feliz Aniversário - o Poder dos Dias, Estrelas e Números na Sua Vida
>>> Serafim Ponte Grande - Coleção Grandes da Literatura Brasileira
>>> Macunaíma - Coleção os Grandes da Literatura Brasileira
>>> O Fio da Navalha
>>> Os Mandarins - Volume Único
>>> História de Pobres Amantes
>>> Clarissa
>>> A Bagaceira - Coleção os Grandes da Literatura Brasileira
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 5/11/2007
Uma história do Jazz

+ de 2000 Acessos

Entre discussões polêmicas e opiniões calorosas, o pianista e regente Leandro Oliveira começou o curso Uma história do Jazz, na Casa do Saber, de maneira impactante. Ele desconstruiu ao longo das aulas todos os mitos que envolvem a definição desse estilo de música. Basta ter improviso? Não. É uma maneira de interpretar? Também não. Para Leandro, o jazz pode se resumir a uma maneira de pensar.

O músico optou por discorrer sobre a trajetória do gênero de acordo com o contexto social de cada época e as respectivas evoluções musicais, diferente do que muitos acadêmicos ou o próprio mercado costuma fazer, que é dividir a história do jazz com base nas carreiras de grandes ícones.

Basicamente, pode-se dizer que uma das particularidades do jazz é a união que faz das duas principais técnicas de transmissão de informação musical: a oral, típica da música folclórica (como é o caso do blues), e a escrita, característica da música clássica.

Apesar de muitas controvérsias sobre o nascimento do gênero, há um ano e um disco que marcaram sua história. Em 1917, foi gravado o primeiro disco considerado de jazz, pela Original Dixieland Jazz Band. É nesse momento, em que surge também o fonograma, que o estilo se solidifica, pois além de se propagar, a música também começará a ser comercializada.

Ao longo das décadas, o jazz foi se modificando, incorporando gêneros e gerando outros a partir dele. Uma das primeiras vertentes que surgiu foi o ragtime, inspirado em ritmos militares franceses. O ritmo abrange uma série de outras danças populares, como o foxtrot. O próprio nome da banda, dixieland, se tornou um estilo, derivado do ragtime.

Na década de 30, logo após a depressão econômica que os Estados Unidos enfrentaram, outra plataforma do jazz surge e tem sua fase mais marcante: o swing. O termo significa balanço e oscilação e tecnicamente, tem uma dinâmica, provocada pelos acentos nos tempos fracos do compasso e uma pulsação rítmica bastante marcada, tornando o ritmo bem dançante. Por outro lado, essa vertente deixa de lado a polifonia existente nos estilos anteriores. É nessa época em que ocorre um amadurecimento das big bands e a formação de um primeiro cânone do gênero.

O bebop surge na década seguinte, quando acontece uma releitura das estruturas do jazz, estabelecidas até então, e novamente a fusão de melodias e solos em uma mesma música. Para isso, os músicos precisaram ter um conhecimento mais profundo de música para a execução de canções mais elaboradas e sofisticadas. Nesse momento, o público que acompanhava o jazz também mudou, passou a ser mais especializado, seguindo as mudanças do próprio estilo.

Mas foi a partir da década de 50 que as estruturas do jazz foram de fato abaladas. Houve uma bifurcação a partir do bebop, que gerou o cool jazz e o hard bop. Basicamente, pode-se dizer que o primeiro segue as tradições eruditas, complexificando ainda mais a música ao voltar a utilizar a polifonia. Já o hard bop faz uma leitura a partir da dinâmica oral, absorvendo alguns elementos da música folclórica, como o blues e o R&B e, desta forma, simplificando e tornando mais previsível sua música, ao contrário do que acontece no cool jazz, que se utiliza bastante do improviso. A partir dessas duas grandes vertentes é que surgem o latin jazz, smooth jazz, free jazz e até uma troca de influêcias entre o jazz e a bossa nova.

Definir o que é jazz e estudar sua história não é tarefa fácil, ainda mais se considerarmos o pouco tempo que durou o curso. Mesmo assim, em cinco aulas, o regente Leandro Oliveira conseguiu traçar um panorama rico em explicações técnicas, ao mesmo tempo em que contextualizou o momento histórico de cada época, além de ilustrar e exemplificar tudo com uma ótima seleção de músicas que levou para os alunos.

Para ir além
Casa do Saber


Postado por Débora Costa e Silva
Em 5/11/2007 às 16h39


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Leve um Livro e Sarau Leve de Ana Elisa Ribeiro
02. Pulga na praça de Ana Elisa Ribeiro
03. Temporada 3 Leve um Livro de Ana Elisa Ribeiro
04. Ajudando um amigo de Julio Daio Borges
05. Lançamento e workshop em BH de Ana Elisa Ribeiro


Mais Débora Costa e Silva no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOSSO FILHO VAI SER MÃE - WALMIR AYALA (TEATRO BRASILEIRO)
WALMIR AYALA
LETRAS E ARTES
(1965)
R$ 18,00



DIETA E EMAGRECIMENTO - GUIA DE BELEZA E BOA FORMA
NÃO CONSTA
NÃO CONSTA
R$ 8,99



A CIDADES E AS SERRAS
EÇA DE QUEIROZ
GARNIER
(2018)
R$ 15,00



MILAGRES ACONTECEM DE FATO
BRIEGE MCKENNA, HENRY LIBERSAT
LOYOLA
(1997)
R$ 6,70



CARAPEÇO - POESIAS
HERMES PIRES LEÃO
BELO HORIZONTE
(1958)
R$ 169,90



OS 50 MAIORES ERROS DA HUMANIDADE
TRAJANO LEME FILHO
AXCEL BOOKS
(2004)
R$ 38,99



INFÂNCIA
GRACILIANO RAMOS
RECORD
(1976)
R$ 8,60



ARENA CONTA TIRADENTES - AUGUSTO BOAL E GIANFRANCESCO GUARNIERI (TEATRO BRASILEIRO)
AUGUSTO BOAL E GIANFRANCESCO GUARNIERI
SAGARANA
(1967)
R$ 35,00



SIGNO Y SIGNIFICACIÓN - GONZALO ABRIL (EM ESPANHOL)
GONZALO ABRIL
PABLO DEL RÍO
(1976)
R$ 8,00



A REVOLUÇÃO FRANCESA - HISTÓRIA MUNDIAL EM QUADRINHOS
DINIZ
ESCALA EDUCACIONAL
(2008)
R$ 12,00





busca | avançada
16941 visitas/dia
829 mil/mês