Digestivo nº 327 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
>>> Em busca de cristãos e especiarias
Mais Recentes
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Caravanas de James Michener pela Record (1976)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Deus Protege os Que Amam de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1977)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> O Quarto das Senhoras de Jeanne Bourin pela Difel (1980)
>>> Beco sem Saída de John Wainwright pela José Olympio (1984)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Abril (1982)
>>> O Hotel New Hampshire Encadernado de John Irving pela Círculo do Livro (1981)
>>> As Moças de Azul de Janet Dailey pela Record (1985)
>>> Amante Indócil Encadernado de Janet Dailey pela Círculo do Livro (1987)
>>> A Rebelde Apaixonada de Frank G. Slaughter pela Nova Cultural (1986)
>>> Escândalo de Médicos de Charles Knickerbocker pela Record (1970)
>>> A Turma do Meet de Annie Piagetti Muller pela Target Preview (2005)
>>> O Roteiro da Morte de Marc Avril pela Abril (1973)
>>> Luz de Esperança de Lloyd Douglas pela José Olympio (1956)
>>> Confissões de Duas Garotas de Aluguel de Linda Tracey e Julie Nelson pela Golfinho (1973)
>>> Propósitos do Acaso de Ronaldo Wrobel pela Nova Fronteira (1998)
>>> Olho Vermelho de Richard Aellen pela Record (1988)
>>> A Comédia da Paixão de Jerzy Kosinski pela Nova Fronteira (1983)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Böll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> O Caminho das Estrêlas de Christian Signol pela Círculo do Livro (1987)
>>> Longo Amanhecer de Joe Gores pela Best-seller (1988)
>>> As Damas do Crime de B. M. Gill pela Círculo do Livro (1986)
>>> Os Melhores Contos de Alexandre Herculano de Alexandre Herculano pela Círculo do Livro (1982)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 4/5/2007
Digestivo nº 327
Julio Daio Borges

+ de 1400 Acessos




Literatura >>> Na pior em Parati e em Londres
Houve uma época em que A Revolução dos Bichos, de George Orwell, era indicado na escola. Será que era bem compreendido? É provável que não. A parte da fábula — dos animais que se revoltam na fazenda contra o domínio dos homens — é facilmente assimilável na infância. Mas a conclusão de que sempre existirão "explorados" e "exploradores" — no regime que for — não parece ao alcance nem de alguns adultos hoje... O fato é que o livro é um clássico, para ser lido "numa sentada" (bem ao gosto do clichê), e foi reeditado, neste ano, pela Companhia das Letras, com posfácio de Christopher Hitchens. Hitchens se portou mal em Parati, na Flip 2006, contrastando, ironicamente, com Fernando Gabeira (que, na comparação, deu uma aula magna). Chegou ao Brasil declarando, pelos jornais, que era impressionante o que Orwell havia realizado tendo — "apenas" — uma mente mediana. Mediana ou não, para quem prometia tanto, o posfácio de Hitchens deixa, novamente, a desejar. Por haver se tornado persona non grata aqui, talvez, inclusive, seu posfácio tenha até prejudicado a edição de Animal Farm (o título original). O fato, mais uma vez, é que se trata de um page-turner tão brilhante que é praticamente impossível não passar dias (meses ou, até, anos) pensando nos personagens — tão demasiadamente humanos — que Orwell criou. Seu molde — está na cara para quem conhece História — é a Rússia pós-Revolução, com Lênin, Stalin e Trotski suinamente representados. Com laivos de nazismo, claro; afinal é difícil não associar o porco Garganta, do Ministério da Propaganda (1984), com Goebbels, para quem uma mentira repetida mil vezes vira verdade. Enfim, estamos falando de uma lição de século XX que não pode ser esquecida. E que, no Brasil, ou não foi aprendida ainda ou precisa urgentemente ser relembrada. Viva a Revolução. De Orwell. [3 Comentário(s)]
>>> A Revolução dos Bichos
 



Gastronomia >>> O Conselheiro também come (e bebe)
A moda da “thai food” varreu os Estados Unidos. Com menor intensidade, mas se fazendo conhecer, também, aqui. Para quem quer experimentar e ainda não conhece mas quer, justamente, saborear sem correr riscos (pois as refeições picantes são famosas), as indicações do Thailand Brand (em 2004) e do Thailand Select Brand (em 2006), ambos selos de autenticidade concedidos pelo Ministério do Comércio Exterior (da Tailândia), apontam para a cozinha do Nam Thai, no Itaim Bibi, na rua Manuel Guedes. Stanley Kubrick, o diretor de 2001: Uma Odisséia no Espaço, além de obcecado pelo personagem, tinha o mesmo prazer de Napoleão em misturar o doce com o salgado no mesmo prato. Coincidentemente, essa é uma das características mais lembradas da cozinha tailandesa, que não mistura necessariamente a sobremesa com o prato principal (como faziam os radicais Napoleão e Kubrick), mas, conforme coloca David Zisman, o chefe e proprietário do Nam Thai, “apela para os sentidos”, combinando os “picantes” com os “ácidos”, o açúcar com o sal. Zisman, aliás, tem uma história interessante: depois de 30 anos de medicina, como clínico geral, resolveu ser, quase que oficialmente, embaixador da cozinha e da cultura tailandesa, primeiro no Rio, a sua cidade, depois em São Paulo, com o Nam Thai, desde 2005. Além de se diplomar em culinária na Tailândia, junto com sua esposa Isabel, David reproduz no Nam Thai a arquitetura e a decoração tailandesas, desde o lounge, na entrada, até mesas e bancos rústicos, vasos de fibra natural, no salão principal, xaxins e plantas silvestres, ao fundo. Para os preocupados com a pimenta, e os demais temperos, os pratos são classificados de “pouco picante” até “muito picante”, passando, claro, pelo “mediano”. Com o desconto do Almoço Thai e com a sofisticação dos Favoritos Thai, no jantar, não tem como errar. A thai food está, definitivamente, entre nós. [Comente esta Nota]
>>> Nam Thai
 



Música >>> Carinho, alegria e música
Em São Paulo, os ouvintes da Cultura FM conheciam Heloísa Fischer de suas intervenções bem-humoradas, às quartas e às sextas no final da tarde, comentando, com muita propriedade, a temporada de música erudita no Rio. Em sua cidade, Heloísa poderia ser encontrada na Rádio Mec, de segunda a sexta às 13 horas; e agora, nacionalmente, Heloísa Fischer dá o ar da graça na CBN, às terças e quintas, precisamente às 16h30. Toda essa evolução da jornalista Heloísa no rádio apenas para dizer que, “paralelamente”, seu anuário VivaMúsica! cresceu e frutificou, culminando com uma belíssima edição, neste ano, em quase uma década de existência. Além de ser “a” referência para temporadas de música clássica no Brasil inteiro, e um imenso diretório de efemérides, agentes, centros, concursos, espaços, festivais, órgãos, orquestras, prêmios, produtores, entre outros, o VivaMúsica! é um exemplo de persistência, criatividade e competência, numa época em que as mídias, geralmente, nascem, vivem e morrem, permanentemente, em crise. De revista a site, de site a anuário (em formato de livro), o VivaMúsica! revelou uma cena, fortaleceu e ampliou, muito possivelmente, essa mesma cena de música erudita – num país, economicamente, de terceiro mundo, com uma população à mercê de reality shows e com representantes cujo português não é, digamos, o orgulho nacional. Quem folheia o VivaMúsica!, não tem a impressão – felizmente – de viver no mesmo País que mostra a televisão e que está impresso, diariamente, nas manchetes dos jornais. Aplausos a Heloísa Fischer, por seu heroísmo (não existe outra palavra), e também a todos aqueles que figuram no VivaMúsica!. Pois, quando alguém vier dizer que o País vai de mal a pior, culturalmente falando, poderemos brandir o VivaMúsica! no ar e afirmar que, a despeito de tudo, tem gente, no Brasil, querendo construir uma civilização – com música. [Comente esta Nota]
>>> VivaMúsica!
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A REDENÇÃO DE GABRIEL
SYLVAIN REYNARD
ARQUEIRO
(2013)
R$ 32,31
+ frete grátis



TRACE
PATRICIA CORNWELL
PUTNAM
(2004)
R$ 31,22
+ frete grátis



CONDOMÍNIO URBANO
DARNLEY VILLAS BOAS
DESTAQUE
(1993)
R$ 7,90



FOCO -UMA QUESTÃO DE VIDA OU MORTE PARA SUA EMPRESA
AL RIES
MAKRON
(1996)
R$ 7,90



METODOLOGIA CIENTÍFICA
LINO RAMPAZZO
LOYOLA
(2009)
R$ 15,00



VENTURAS E AVENTURAS DE UM PIONEIRO
GUSTAVO S. STORCH
ADVENTISTAS 7º DIA
(1982)
R$ 9,00



FÉ, ESPERANÇA E CURA
BERNIE SIEGEL
CULTRIX
(2011)
R$ 18,90



HISTÓRIA ATHOS 7° ANO
JOELZA ESTHER
FTD
(2015)
R$ 152,00



MIDNIGHT AWAKENING (THE MIDNIGHT BREED, BOOK 3)
LARA ADRIAN
DELL
(2007)
R$ 25,90
+ frete grátis



LIVRO O VERMELHO E O NEGRO
STENDHAL
PUBLIFOLHA
(1998)
R$ 9,00





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês