Crowdsourcing, o livro de Jeff Howe | Digestivo Cultural

busca | avançada
60396 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Em defesa da arte urbana nos muros
>>> Sombras Persas (IV)
>>> I’ve been up, I’ve been down
>>> Sombras Persas (VIII)
>>> 8 de Agosto #digestivo10anos
>>> Situação da poesia hoje
>>> Leitura vertical e leitura horizontal
>>> United States of Brazil
>>> Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha
>>> A Onda, de Dennis Gansel
Mais Recentes
>>> Minhas Aventuras na América do Sul de Gerson Galli pela Visei (2021)
>>> O livro do silêncio: Livro 1 da trilogia deuses de dois mundos de Pj Pereira pela Planeta (2018)
>>> Dia 21 de Kass Morgan pela Record (2015)
>>> The 100 - Os Escolhidos de Kass Morgan pela Record (2014)
>>> A Terceira Visão de Lobsang Rampa pela Nova Era (2005)
>>> O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota de Olavo de Carvalho pela Record (2013)
>>> O Cirurgião de Tess Gerritsen pela Record (2013)
>>> A Honra do Poderoso Prizzi de Richard Condon pela Record (1982)
>>> O Amante do Vulcão de Susan Sontag pela Cia. das Letras (1992)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrísica (2014)
>>> A primeira Impressão é a que Fica. de Ann Damarais pela Sextante (2005)
>>> Bruxas e Bruxos de James Patterson pela Novo Conceito (2013)
>>> Amor de Puta de Ricardo Daumas pela Sensus (2016)
>>> Somos Todos Inocentes de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciência (2000)
>>> A Odisséia dos Essênios de Hugh Schonfield pela Mercuryo (1991)
>>> A Solidão do Espinho de Américo Simões pela Barbara (2011)
>>> Grimpow de Rafael Abalos pela Ediouro (2006)
>>> O Complo de Heather Graham pela Harlequin (2006)
>>> Despertar de um Imperio de Sam Bourne pela Suma (2010)
>>> A Promessa de Halan Coben pela Arx (2008)
>>> Técnico em Informática de Antonio Álvaro de Assis Moura e equipe da editora pela Etb (2014)
>>> O Uno e o Múltiplo nas Relações entre as Áreas do Saber de Maria L. Martinelli Maria Lucia R. Salma Tannus M. pela Cortez (2001)
>>> Coletânea Martinista - Escritos Esotéricos Cristãos Livro III de Escola Internacional de Estudos Esotéricos pela Ágora Hermética (2013)
>>> Coletânea Martinista - Escritos Esotéricos Cristãos Livro II de Escola Internacional de Estudos Esotéricos pela Ágora Hermética (2013)
>>> Introdução à Teoria da Literatura de Antonio Augusto Soares Amora pela Cultrix (1994)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Internet

Segunda-feira, 22/3/2010
Crowdsourcing, o livro de Jeff Howe
Julio Daio Borges

+ de 7100 Acessos




Digestivo nº 459 >>> Crowdsourcing, o artigo, saiu — como o Free, de Chris Anderson — originalmente na Wired (2006). Mas, ao contrário da pesquisa de Anderson, a de Jeff Howe, sobre "terceirizar para a multidão", perdeu o que em inglês se chama de momentum, e o livro não teve grande repercussão (2008). Está ressuscitando, agora, graças ao Kindle. Aparentemente, Clay Shirky foi mais rápido, e mais esperto, com seu Here Comes Everybody (2008) — onde descreveu como "organizar sem organizações" (pela internet, é lógico). Quando duas ou mais pessoas dão nomes diferentes para o mesmo fenômeno, prevalece a nomenclatura que for melhor aceita. E crowdsourcing talvez não consiga ficar, mas o livro, mesmo assim, é interessante. No plano original da obra — que Howe divulgava, periodicamente, no blog homônimo — havia a teoria de que as pessoas, que hoje frequentam universidades, são "super educadas" (overeducated). Ou seja, para chegarmos até o nível superior (e para sairmos dele), aprendemos uma porção de coisas que nunca mais usamos; desenvolvemos, em paralelo, habilidades que, em nossas profissões, não temos condições de aproveitar; e, antes da internet, frustrávamo-nos todos... Com o advento da Web, e a noção talvez "junguiana" de que uma pessoa não é apenas sua profissão, Howe advoga que surgiu uma nova categoria de Pro-Ams, "profissionais amadores", ou, melhor, "amadores profissionais". Em Crowdsourcing, ele investiga o sucesso de iniciativas como o iStockphoto, onde os melhores fotógrafos "amadores", às vezes estudantes de outras áreas (como medicina!), chegam a faturar 10 mil dólares mensais, desbancando "profissionais"... E conta, mais uma vez, é claro, a historia da Wikipedia, o maior fenômeno de colaboração de que se tem notícia. Outra base, conceitual, para Howe é o onipresente A Sabedoria das Multidões, de James Surowiecki, que não teve uma das melhores traduções no Brasil, mas que aparece em 9 entre 10 livros sobre internet. Como Surowiecki, Howe igualmente acredita que a "multidão" (crowd) tende a ser mais "sábia" que um grupo de "especialistas" (que tende a concordar entre si, principalmente se a "formação" for parecida, pecando pela falta de diversidade). É a diferença de "cultura" que talvez explique por que tantas velhas empresas hoje sofrem para se adaptar ao novo cenário da "digitalização": ao contrário das novas empresas de internet, elas não são "permeáveis" às novas ideias, preferindo se agarrar a princípios obsoletos. Juntando a frase, atualmente em voga, de Bill Joy ("no matter how many smart people work for you, the smartest people work somewhere else") com o desejo, crescente, de participação, colaboração, crowdsourcing — das próprias pessoas —, as organizações deveriam ouvir o apelo de Jeff Howe e terceirizar, sem medo, "para a multidão". ;-)
>>> Crowdsourcing
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Fernando Pessoa, o Livro das Citações, por José Paulo Cavalcanti Filho (Literatura)
02. The Shallows, by Nicholas Carr (Internet)
03. Alfa, o leitor eletrônico da Positivo (Literatura)
04. Siba e a Fuloresta (Música)
05. Que Falta ele Faz!, de Elizabeth Lorenzotti (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Corpo Humano no Tempo
Kenneth Jon Rose
Mcgraw Hill
(1989)



Vencendo as Barreiras do Infinito
Fátima Moura
Celd
(2003)



Enfermagem Pediatrica
Cecilia Helena de Siqueira Sigaud
Epu
(1996)



Auditoria Jurídica Apontamento para o Moderno Exercício da Advocacia
Jayme Vita Roso
Hammulabi
(2003)



Cairbar Schutel e a Mediunidade Missionária
Aziz Cury
Elevacao
(2010)



La Palabra de Dios, los Derechos Humanos y El Pueblo de Dios
Metodista
Metodista
(1981)



Fundamentos Economicos das Politicas de Defesa da Concorrencia
Jorge Fernandes
Singular
(2003)



Históricas Políticas
Obras Completas de J. M. Vargas Vila
Ramón Sopena



Livro dos Sonetos: 1500 - 1900
Sérgio Faraco
L e Pm
(2002)



Estações
Gabriel Chalita
Globo
(2010)





busca | avançada
60396 visitas/dia
2,2 milhões/mês