Amores & Arte de Amar, de Ovídio | Digestivo Cultural

busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
>>> Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho durante o 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Amor muito mata
>>> Garganta profunda
>>> Monte Sinai (reeditado)
>>> Antonio Candido
>>> O Rosto de Cristo
>>> A morte absoluta
>>> Eleições na quinta série
>>> Desenrock-se
>>> Tabus do Orkut
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
Mais Recentes
>>> Toda Sua de Sylvia Day e Alexandre Boide pela Paralela (2012)
>>> Aqueles de Brasília de Rubens Ferneda pela Giostri (2013)
>>> Os Pensadores - Piaget de Jean Piaget pela Abril Cultural (1978)
>>> Revista Martha Stewart Weddings - Number 78 de Martha Stewart pela Martha Stewart (2016)
>>> Mais Esperto Que o Diabo de Napoleon Hill pela Cdg (2014)
>>> Se Eu Pudesse Viver Minha Vida Novamente de Rubem Alves pela Verus (2006)
>>> S.O.S - Dinâmica de Grupo de Albigenor; Rose Militão pela Qualitymark (2003)
>>> Venha Ver o por do Sol e Outros Contos de Lygia Fagundes Telles pela Atica (1999)
>>> Leitura Dinamica de Melchisedech Dominiciano Reis pela Intittuto Universal Brasileiro
>>> Busque Dentro de Você de Chade-Meng Tan pela Novas Ideias (2014)
>>> Mentes Perigosas - O Psicopata Mora ao Lado de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Futebol ao Sol e à Sombra de Eduardo Galeano pela L&pm (2015)
>>> Acima de Tudo o Amor de Henrique Prata pela Gente (2012)
>>> Psicoterapias - Cognitivo-Comportamentais de Bernard Rangé pela Artmed (2001)
>>> O Ateneu - Série Bom Livro de Raul Pompéia pela Atica
>>> Los pueblos indios de México - Evolucíon Crítica de su Concepto y Realidad Social de Carlos Montemayor pela Debolsillo (2008)
>>> Manual do Advogado - advocacia prática, civil, trabalhista e criminal 31ª ed. de Valdemar P. da Luz pela Manole (2019)
>>> Historia Da America Latina de Piere Chaunu pela Editorial Universitária de Buenos Aires (1964)
>>> El Cuento Hispanoamericano: Antologia Critico-Historica de Seymour Menton pela Fondo de Cultura Económica (1993)
>>> Correspondência - Linguagem & Comunicação de Odacir Beltrão pela Atlas (1981)
>>> Contabilidade Industrial de Varios Autores pela Atlas (1974)
>>> Historia contemporánea de América Latina de Tulio Halperín Donghi pela ‎ Alianza; (1989)
>>> Factoring no Brasil de Luiz Lemos Leite pela Atlas (1993)
>>> A Hora do Amor de Álvaro Cardoso Gomes pela Ftd (1999)
>>> América latina II - La época colonial de Richard Konetzke pela Siglo XXI (1977)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Artes

Quarta-feira, 10/4/2013
Amores & Arte de Amar, de Ovídio
Julio Daio Borges

+ de 24100 Acessos




Digestivo nº 490 >>> Num mundo que supostamete caminha para a igualdade entre os sexos, o dom-juanismo está fora de moda. Mulheres querem ser conquistadas tanto quanto querem, agora, tomar a iniciativa? Quem paga a conta? Quem quer casar e quem quer ter filhos? No meio da confusão de papéis desde a revolução sexual proporcionada pela pílula, são editados, em nosso País, Amores e Arte de Amar, de Ovídio. Mais conhecido como o poeta das Metamorfoses, Ovídio era um especialista em amor, tanto que isso serviu de motivo para que fosse banido de Roma, por decreto do próprio imperator e princepsAugusto, quem mais? Ovídio tentou se redimir, mas nunca voltou do exílio. Se não fosse um grande poeta, estaria condenado, como se diz no Brasil, à lata de lixo da História. Mas a verdade é que quem já ouviu falar de Ovídio, geralmente, não sabe do seu desterro... São dois poemas na atual edição da Penguin Companhia. Amores foi composto durante a juventude de Ovídio. Provavelmente sob a inspiração de sua primeira esposa. Não é tão divertido, para nós, como Arte de Amar. (Este composto na maturidade.) Alguns consideram que retrata a liberação de costumes na época de Augusto. Que, aliás, tentou coibir o adultério por decreto. Seja como for, Ovídio se transformou num praeceptor amoris ou "no flagelo dos cornudos" ― na expressão de Peter Green, que escreve um prefácio magistral. Ovídio admirava quem se dedicava às artes do amor e queria elevar essa categoria a um outro status. Segundo Green: "(...) na sua escala de valores, o amante não leva uma vida menos dura que a do soldado e não merece menos que este a estima da sociedade". Ao mesmo tempo, logo na abertura, Ovídio declara suas intenções: "Quanto mais o Amor me atingiu, quanto mais na sua violência me abrasou, tanto melhor vingador hei de ser dos golpes que sofri". Arte de Amar seria, portanto, um acerto de contas? (E, sim, Ovídio sempre grafa "amor" com "a" maísculo, como se este fosse um deus da mitologia...) Um verdadeiro manual da conquista, Arte de Amar inclui um passo a passo desde a "escolha do alvo" até a aproximação, até a conquista propriamente dita, não deixando passar nada. Diz, por exemplo: "Pequenos gestos cativam corações delicados". Ou então: "O vinho põe o coração a jeito e torna-o pronto para a fogueira". Inclusive, dá alertas como: "[a paixão da mulher] é mais intensa que a nossa e possui fúria bem maior". Ou: "Uma beleza desarranjada é o que fica bem aos homens". Ovídio é, no dizer de hoje, um otimista. Não acredita que haja conquista impossível. Sobre as mulheres, em geral, afirma: "Até mesmo aquela que podes supor que não quer... quer". Ou, ainda: "Enquanto resiste, porém, o que ela quer é ser vencida". Não significa, contudo, que seja fácil a missão do "amante" (apesar da suave recompensa): "A noite e o Inverno e jornadas sem fim e dores terríveis e toda a sorte de padecimentos, eis o que nos espera nos campos da doçura". Ovído, apesar de parecer, não é nada machista e dedica uma parte especial de Arte de Amar a aconselhar... as mulheres. Diz, por exemplo, sobre a passagem do tempo: "Com passo rápido se escapa a idade, e não é tão boa a que vem depois, quão boa foi a que veio antes". A seção "as artes do prazer", na página 363, é quase impublicável ― e merece, ao menos, uma discreta folheada na livraria. O pudor é do próprio Ovídio: "Tenho vergonha de ir mais além nos conselhos", anuncia. Mas, para o deleite de seus leitores, prossegue... Conquanto, em nossa época, homens e mulheres, aparentemente, não saibam mais seu lugar, o amor, apesar dos pesares, continua no ar... E Ovídio ainda tem muito o que nos ensinar.
>>> Amores & Arte de Amar
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Gabriel García Márquez (1927-2014) (Literatura)
02. Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke (Literatura)
03. Coleção MPBaby, pela MCD (Música)
04. A vida até parece uma festa, o filme em DVD (Música)
05. Pelo Sabor do Gesto, de Zélia Duncan (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Projetos Transportes Vol 9
Comissão Mista Brasil/estados Unidos para o Desenv
Não Indicada
(1953)



Um Portal no Tempo
Manoel Bertozzi
Del Rey
(2010)



Uma Oficina de Atores: a Escola de Arte Dramatica de Alfredo Mesq
Armando Sergio da Silva
Edusp
(1989)



Biologia 1 Manual do Mestre
Vivian L. Mendonça
Ajs
(2016)



Por Que Sonhei Com Isso?
Lauri Quinn Loewenberg
Best Seller
(2017)



Envolvido Pela Luz
Betty J. Eadie
Nova Era
(1997)



Minha Mae, Meu Mundo - Versao Pocket
Anderson Cavalcante; Simone Paulino
Gente
(2008)



Um Homem Invencível
Jack London
Peninsular
(1944)



O Ponto de Vista do Outro (lacrado)
Jurandir Freire Costa
Garamond
(2010)



Teste de Q. I. para Auto Avaliação
Alfred W. Munzert
Ediouro
(1981)





busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês