Introdução à história da filosofia, volume II, por Marilena Chaui | Digestivo Cultural

busca | avançada
50856 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Prêmio AF de Arte Contemporânea abre inscrições para a edição comemorativa de 10 anos
>>> Inscrições abertas para o Prêmio LOBA Festival: objetivo é fomentar o protagonismo de escritoras
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Construção de um sonho
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> A crise dos 28
>>> Snoop Dogg - Ups & Downs
>>> Leitura vertical e leitura horizontal
>>> Cameron Frye: o rapaz que se cansou de sentir medo
>>> O delfim, de José Cardoso Pires
>>> The best is yet to come
Mais Recentes
>>> Livro História do Brasil A Revolução Farroupilha Coleção Síntese Rio- Grandense Edição de Bolso de Moacyr Flores pela Ufrgs (2004)
>>> Gibi Mônica Especial de Natal de Érico Rodrigo Maioli Rosa pela Panini (2014)
>>> Mangá Video Girl Ai #3 de Masakazu Katsura pela Jbc (1989)
>>> Mangá Love #27 de Ken Akamatsu pela Jbc (1999)
>>> Highschool Of The Dead #4 de Daisuke Sato pela Panini (2008)
>>> Teatro de Maria Clara Machado pela Agir (1997)
>>> Os Mistérios de Órion de Yuri Mendes pela Abdr (2007)
>>> O Homem mais Rico da Babilônia de George S. Clason pela HarperCollins (2017)
>>> O Relacionamento com os Filhos de Jennie Hernandez Hanks pela Butterfly (2003)
>>> Proporcionalismo de Waldemar De Gregori / Silvio L.Sant'Anna pela Lorosae (2002)
>>> Planejamento E Organização Em Turismo de Margarita Barretto pela Papirus (2000)
>>> Maktub de Paulo Coelho pela Gold
>>> Tá Todo Mundo Mal - Livro das Crises de Jout Jout pela Companhia Das Letras (2016)
>>> A Vida Que Ninguém Vê de Eliane Brum pela Arquipélago (2006)
>>> Todas As Dores De Que Me Libertei. E Sobrevivi de Felipe Rocha pela Astral (2021)
>>> Sintomas e Tratamento de seu Filho de Jonh Garwood / Amanda Bennett pela Paulinas (2000)
>>> Sexualidade de Dr. Edison Glienke pela Ciranda Cultural
>>> Sob Fogo Cerrado de Oliver North / William Novak pela Círculo do Livro
>>> Diario De Uma Garota Nada Popular de Rachel Renée Russel pela Verus (2011)
>>> Fogo Pálido de Vladimir Nabokov pela Círculo do Livro
>>> As Memórias de Roger Vadim de Bardot, Deneuve e Fonda pela Círculo do Livro (1991)
>>> Livro Crianças francesas dia a dia: Um guia prático com 100 dicas para educar os filhos de Pamela Druckerman pela Fontanar (2014)
>>> Histórias que Inspiram o Mundo de Lorene Patigra pela Escrita Empreendedora (2020)
>>> Fazenda Modelo de Chico Buarque pela Círculo do Livro (1976)
>>> Livro O Dom Do Dialogo: Saber escutar de Louis Sahuc pela Paulinas (2002)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Além do Mais

Quarta-feira, 15/12/2010
Introdução à história da filosofia, volume II, por Marilena Chaui
Julio Daio Borges
+ de 12300 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 474 >>> Muitos filósofos acharam que tinham de escrever sua própria História da Filosofia. Ou dar sua versão da História. Uma das mais famosas, durante o século XX, foi a de Bertrand Russell. Escrita num inglês com laivos de latim, valorizava os antigos e os modernos, enquanto menosprezava a Idade Média. Russell não considerava filosofia alguém partir para a investigação com os resultados dados de antemão. E ter de conciliar investigação filosófica com verdades reveladas da religião. Aqui no Brasil, Marilena Chaui, nossa maior filósofa, está publicando, também, a sua história, que chega ao segundo volume agora. A filosofia, ao contrário da ciência, não é cumulativa, e sua história pode ser lida de vários pontos. Até porque muitos filósofos pretenderam inaugurar, do zero, uma nova filosofia. Chaui não é especialista em filosofia antiga, seu objeto de estudo, digamos assim, é Spinoza. Mas, neste volume, soube se apoiar sobre os ombros de profundos conhecedores, inclusive brasileiros, e atravessou, de maneira correta, o período que denomina "Escolas Helenísticas". Historicamente, são quase 400 páginas sobre a perda da hegemonia da Grécia, no mundo antigo, a ascensão de Alexandre, sua morte, e seu legado para o Ocidente, o helenismo. Embora considerado bárbaro, o jovem conquistador da Macedônia foi aluno de Aristóteles e fez questão de perpetuar a cultura da Grécia por onde passou. Graças a esse esforço, o Império Romano, e a filosofia que se desenvolveu durante seus séculos de dominação, até praticamente o cristianismo, é tributária do pensamento grego. A ponto de Hegel - Chaui observa - ignorar o período romano, afirmando que havia nele pouca investigação, tendo Roma produzido, no máximo, bons advogados e pensadores morais. Chaui, portanto, constrói a ponte, que vai desde Pirro, passando por Epicuro, pelo estoicismo grego, desembarcando na "filosofia que fala latim", de Cícero, e Lucrécio, até o estoicismo romano, de Sêneca, Epicteto e Marco Aurélio, terminando com os céticos Enesidemo e Sexto Empírico. O neoplatonismo ensaiaria seus primeiros passos, e a revalorização de Aristóteles, durante a Idade Média, viria na sequência. Pode soar estranho, para nós, um período em que Sócrates era mais lembrado que os dois outros monumentos da filosofia grega. Ocorre que a Academia havia perdido sua força, também o Liceu, e o período de guerras sangrentas, que começou com a do Peloponeso, se alimentou das conquistas romanas e se encerrou apenas com a queda do Império, exigiu um outro tipo de filosofia. Nesse ponto, o estoicismo, a "sabedoria", o equilíbrio (interno, para além do mundo externo, que desmoronava) era a única saída. Numa época de tantos estímulos, tantas possibilidades, tamanhas mudanças, como a nossa, ler os estóicos é uma experiência, no mínimo, interessante. Nossa rotina de incontáveis tarefas, inúmeros compromissos, infinitas "oportunidades" lhes pareceria exasperante. Ou, diante da nossa aparente confusão, lançariam apenas um olhar frio, mantendo-se imperturbáveis e preferindo a indiferença a ter de argumentar com seres tão infelizes. Marilena Chaui nos permite "trocar uma ideia" com pensadores desse calibre, que já conheciam as principais questões da vida, antes de Cristo.
>>> Introdução à história da filosofia, volume II
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Pra você, eu digo sim (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/1/2011
13h20min
A Marilena Chaui só se deixa ler para procurar peças de humor involuntário como "... a teoria da relatividade mostrou que as leis da Natureza dependem da posição ocupada pelo observador... para um observador situado fora de nosso sistema planetário a Natureza poderá seguir leis completamente diferentes". Aprender o que com quem escreve isso, a não ser a rir?
[Leia outros Comentários de Felipe Pait]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Demônio do Esquecimento
Michel Del Castillo
Francisco Alves
(1989)



Livro Literatura Estrangeira The Strange Crime of John Boulnois
G. K. Chesterton
Penguin Books



Livro Capa Dura Ladies and Gentlemen of the Jury Greatest Closing Arguments in Modern Law
Michael S Lief e Outros
A Lisa Drew Book
(1998)



A Imundação
Pedro Bandeira; Osnei Rocha
Moderna
(1992)



Classics in Spectroscopy: Isolation and Structure Elucidation of Natural Products
Stefan Berger, Dieter Sicker
Wiley-vch
(2009)



Pão de Mel
Rachel Cohn
Galera
(2008)



Doces E Sobremesas - Colecao Grandes Receitas De Ofelia
Ofelia
Gold
(2006)



A Viúva Clicquot
Tilar J. Mazzeo
Rocco
(2009)



Schnauzer
Márcio Infante Vieira
Sem
(2007)



O Caçador de Pipas
Khaled Hosseini
Nova Fronteira
(2005)





busca | avançada
50856 visitas/dia
2,3 milhões/mês