O Discurso do Rei, com Colin Firth e Geoffrey Rush | Digestivo Cultural

busca | avançada
74821 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Cinema

Quarta-feira, 19/10/2011
O Discurso do Rei, com Colin Firth e Geoffrey Rush
Julio Daio Borges

+ de 6500 Acessos




Digestivo nº 483 >>> Nem todos os monarcas foram campeões de mídia, como o príncipe William, em seu casamento, com a "plebeia" Kate. Vide seu próprio pai, o príncipe Charles, eternamente ofuscado pela mãe tragicamente morta de William, a princesa Diana... Que, inclusive, preferiu uma segunda esposa mal-ajambrada, como ele próprio, à lembrança da fulgurante "Lady Di"... Reza a lenda que o rei George V já se preocupava com o "broadcasting" na primeira metade do século XX, e atormentava seu filho "Bertie", futuro rei George VI, que não se sentia à vontade e gaguejava, de maneira desconcertante, ao microfone. Ocorre que com a morte do rei George V, e com a abdicação de seu irmão mais velho, "Bertie" teve de assumir, e se tornar o anunciado rei George VI. E para socorrê-lo, na gagueira, Lionel Logue, até então um preparador de atores fracassado, interpretado pelo craque Geoffrey Rush. "Sem credenciais", como se diz em inglês, mas com alguma prática em tratar soldados de traumas de guerra, Logue conseguiu apostar (e ganhar) que "Bertie" poderia ler sem gaguejar. Meteu-lhe dois fones de ouvido com uma música "no máximo" e fê-lo recitar o "To be, or not to be", de Shakespeare, sem titubear, enquanto sua fala era registrada por um gravador... "Bertie" demorou algum tempo para acreditar, mas acabou se submetendo às sessões pouco ortodoxas do tratamento de Logue. Este, por sua vez, tornou-se uma espécie de anjo da guarda do novo rei entronizado, e preparou-o, inclusive, para a cerimônia de coroação, quando suas "credenciais", novamente, foram questionadas, no interior da Abadia de Westminster... Para completar, eram os tempos bicudos da ascensão de Adolf Hitler, que, como sabemos, levou a situação até o limite, na Europa, obrigando a Inglaterra a declarar guerra contra a Alemanha. E a quem coube pronunciar o discurso, oficial, no rádio? Você adivinhou se respondeu "ao gago rei George VI". E lá foi Logue, meter-se na cabine, com seu soberando, "regendo" sua voz, como se conduzisse uma orquestra, salvando todo um discurso, preservando a credibilidade de seu monarca, e produzindo um verdadeiro clímax em matéria de sétima arte. Historiadores ― sempre eles ― dizem que não foi bem assim "na vida real": que o rei gaguejou ainda um pouco, embora tivesse aprendido "a administrar" a coisa. Também causaram efeito os cumprimentos, no final, de Winston Churchill que, segundo os mesmos historiadores, talvez nem estivesse lá, junto a Neville Chamberlain (o primeiro-ministro ludibriado na negociação com Hitler)... Correções históricas à parte: além da maestria de Rush, é, sem dúvida, a melhor performance de Colin Firth, que, até hoje, era mais conhecido por papéis menores em "comédias românticas". Vale lembrar que Hugh Grant foi, inclusive, cogitado para o papel de rei George VI (mas aí não seria mais um longa sobre o drama do monarca e, sim, "mais uma comédia de Hugh Grant")... Um dos destaques no Oscar deste ano, O Discurso do Rei é fruto da quase obsessão de David Seidler, o roteirista, igualmente vítima da gagueira (devido à perda de familiares para o Holocausto). Seidler vinha numa pesquisa desde os anos 80, mas atendeu a um pedido da Rainha Mãe, que não queria a obra realizada enquanto estivesse viva, de modo ele que retomou a pesquisa só em 2002. Munido dos cadernos de anotações de Lionel Logue, conseguiu, com a ajuda do diretor Tom Hooper (e de toda a equipe), que até um rei da Inglaterra pudesse falhar, e se superar...
>>> O Discurso do Rei
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Anthrax com Andreas Kisser, do Sepultura, no show dos Big 4 (Música)
02. Comer, Rezar, Amar, o filme, com Julia Roberts e Javier Bardem (Cinema)
03. Conexão Bites (Internet)
04. Mário de Andrade pela Agir (Literatura)
05. Killing Yourself to Live (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LIRA DOS VINTE ANOS
ÁLVARES DE AZEVEDO
GARNIER
(1994)
R$ 5,00



SURGERY
RICHARD WARREN
W B SAUNDERS
(1963)
R$ 23,52



ANJOS E DEMÔNIOS
DAN BROWN; MARIA LUIZA NEWLANDS
ARQUEIRO
(2004)
R$ 14,90



NOVO CÓDIGO CIVIL ALFATEMÁTICO
WILSON GIANULO
JURÍDICA BRASILEIRA
(2002)
R$ 100,00



UM ANJO CUIDA DE VOCE
EDDIE VAN FEU
ESCALA
(2020)
R$ 10,00



CUADERNOS DE PSICOTERAPIA
GENITOR
GENITOR
(1970)
R$ 14,00



A NAU DAS ILUSOES
LAURA SIMON
NOVA CULTURAL
(1986)
R$ 5,00



PINÓQUIO
NÃO MENCIONADO
ICA PRESS
(1982)
R$ 5,00



POR QUEM MORREU GETÚLIO VARGAS
WLADIMIR DE TOLEDO PIZA
AMPERSAND
(1998)
R$ 25,00



THE INCARNATIONS
SUSAM BARKER
TOUCHSTONE
(2015)
R$ 12,00





busca | avançada
74821 visitas/dia
1,8 milhão/mês