Return to the Little Kingdom, by Michael Moritz | Digestivo Cultural

busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Internet

Quarta-feira, 21/12/2011
Return to the Little Kingdom, by Michael Moritz
Julio Daio Borges

+ de 5100 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 484 >>> Depois da morte de Steve Jobs, só praticamente se falou na biografia escrita por Walter Isaacson (editada, no Brasil, pela Companhia das Letras). Mas, apesar de ser a única a contar com a colaboração do próprio Jobs, houve outras. Duas são as principais. A primeira, escrita por Michael Moritz, hoje um investidor, é, na realidade, uma "biografia" da Apple, até seu primeiro bilhão de dólares em faturamento (editada, no Brasil, pela Universo dos Livros). E a segunda, escrita por Alan Deutschman, sobre a "volta" de Steve Jobs à Apple, no final da década de 90. Portanto, qualquer pessoa que deseje entender o visionário do iPod, do iPhone e do iPad, não deve se restringir apenas ao retrato de Isaacson; deve complementá-lo com as visões de Moritz e Deutschmann. Return to the Little Kingdom alterna os primórdios da Apple, naquela garagem "proverbial", com o lançamento do Macintosh, o último grande projeto de Jobs (antes de ser "colocado pra fora", em 1985). Aparentemente, existem outros livros melhores sobre a criação do Macintosh ― menos centrados em Jobs ―, então a melhor parte de "Little Kingdom" é, sem dúvida, a fundação da Apple. Um dos grandes méritos do livro, aliás, é tirar Steve Jobs do centro de gravidade da empresa. Revelando, antes de mais nada, o tal "gênio" de Wozniak (mencionado na orelha do livro de Isaacson). Revelando, também, Mike Markkula, o primeiro investidor ("anjo", e segundo CEO) da Apple. E revelando, ainda, Michael Scott, o primeiro CEO da Apple. Steve Jobs aparece, mais, como o grande vendedor da Apple. Desde as "blue boxes" ("caixas" que faziam ligações telefônicas internacionais gratuitas), montadas por Wozniak, até o Apple I, cuja primeira encomenda foi de 50 unidades, até o Apple III, que foi um fracasso, passando pelo Apple II, que foi um marco da computação pessoal. Já Wozniak também aparece como "a primeira pessoa que eu conheci que entendia mais de eletrônica do que eu" ― a declaração, obviamente, é de Jobs ;-) Wozniak, igualmente, surge como aquele sujeito que queria ser apenas engenheiro da HP; enquanto Jobs nunca se viu como engenheiro, ainda que tenha passado pela Atari. E Mortiz, justamente, não esquece o Homebrew Club, uma espécie de confraria de amantes de tecnologia, reunidos em torno da universidade de Stanford, que planejavam transformar o mundo através da computação pessoal. Se a HP foi o primeiro emprego de Wozniak, o Homebrew foi seu primeiro "estágio". Fica, ainda, confirmada a lenda de que o pai de Wozniak, Jerry, não gostava de Jobs: ele achava que seu filho estava fazendo "todo o trabalho", enquanto seu amigo estava levando "metade do lucro", "sem fazer nada". (Futuramente, Wozniak, filho, reconheceria que todo grande engenheiro precisa de alguém de marketing, para inscrever seu nome na História.) A verdade é que, embora não se considerasse um "businessman" no início (tendo cogitado até ser monge), Steve Jobs se sentiu muito confortável, à medida em que a empresa crescia; enquanto Wozniak nunca se encontrou na "vida corporativa", tendo passado de "mago" a "maluco" (organizando até um festival de rock; já no final do livro). Antes da biografia "oficial" de Isaacson, Mortiz percebeu que estava sozinho, com biógrafo, e, de uns anos pra cá, decidiu complementar sua obra. Assim, além da história da Apple até seu primeiro bilhão, Little Kingdom traz um prólogo e um epílogo, com mais detalhes sobre a saída de Jobs, os anos da Apple "sem Jobs" e, finalmente, seu retorno à Apple, até, mais ou menos, a época de seu transplante de fígado, em 2009. Enfim, o gênio de Steve Jobs fica muito difícil de "alcançar", principalmente depois de iPod, iPhone e iPad, mas Return to the Little Kingdom pode nos ajudar a entender como ele se forjou, saindo quase da pobreza, hippie, até os 100 milhões de dólares, junto com a Apple, o maior fenômeno de lançamento na bolsa de valores desde a Ford Motor Company, em 1956.
>>> Return to the Little Kingdom: inglês | português
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Stones Scorsese Shine a Light (Música)
02. Blogo, logo desisto (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/12/2011
23h58min
jobs foi um grande empresario, homem de marketing, stylist, um grande creativo, mas não mudou o mundo; a midia está exagerando
[Leia outros Comentários de giuseppebrasil]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A MULHER DE TRINTA ANOS
BALZAC
NOVA CULTURA
(1995)
R$ 9,00



VINHOS - UMA FESTA DOS SENTIDOS
ROGERIO DARDEAU
MAUAD
(2002)
R$ 10,51



UMA BREVE HISTÓRIA DO CRISTIANISMO
GEOFFREY BLAINEY
FUNDAMENTO
(2012)
R$ 20,00



ARREBENTAÇÃO
CLAUDIE GALLAY
OBJETIVA
(2010)
R$ 20,00



MACAPACARANA
GISELDA NICOLELIS
ATUAL
R$ 9,36



QUE FIM LEVOU BRODIE ?
ANTONIO F. BORGES
RECORD
(1996)
R$ 20,00



SINAIS DE VIDA NO PLANETA MINAS
FERNANDO GABEIRA
NOVA FRONTEIRA
(1982)
R$ 6,00



O ASSASSINATO E OUTRAS HISTÓRIAS
ANTON PAVLOVICH TCHEKHOV
COSACNAIFY
(2003)
R$ 5,00



A HISTÓRIA DA GALINHA
NINA AMARANTE
GLOBAL
(2009)
R$ 33,00



O ESPIÃO QUE SAIU DO FRIO
JOHN LE CARRÉ
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 6,28





busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês