Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Errando por Nomadland
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
Mais Recentes
>>> Paraíso Azul - A Caverna de Cristal - O Espectador – Loteria de Readers Digest pela Readers Digest (2009)
>>> Lições Zen – A Arte da Liderança de Thomas Cleary pela Madras (2009)
>>> Invasão Secreta completa - 8 volumes de Panini Comics pela Panini (2009)
>>> João das Fábulas em 4 volumes completa de Bill Willinghan; Matthewc Sturges, Andrew Pepoy pela Panini (2011)
>>> O Reino da Caixa-tonta de Eraldo Miranda pela Napoleão (2013)
>>> Quem Tem Medo de Cachorro? de Ruth Rocha pela Global (2012)
>>> A Garota Alemã de Armando Lucas Correa pela Jangada (2017)
>>> A Aids e Alguns Fantasmas no Diario de Rodrigo de Jonas Ribeiro Andre Neves (Autor) pela Elementar (2001)
>>> As memórias de Cleópatra - A Filha de Isís e Sob o Signo de Afrodite - II volumes de Margaret George pela Geração Editorial (2000)
>>> O Cerco em 4 edições completas + O Cerco Prólogo + O Cerco Especial de Panini pela Panini (2011)
>>> Quem Tem Medo De Dizer Nao? de Ruth Rocha Mariana Massarani pela Global (2003)
>>> E a Terra Escreveu uma Carta... de Jonas Ribeiro (Autor), Cris Eich (Ilustrador) pela Melhoramentos (2020)
>>> O Pequeno Livro dos Santos de Priya Hemenway pela Pensamento (2006)
>>> Sweet Tooth - depois do apocalipse - saindo da mata de Jeff Lemire pela Panini (2010)
>>> Pic-Pic de Eloisa Ponzio e Outro pela Do Brasil (1991)
>>> Movimento para a Auto Cura de Meir Schneider pela Cultrix (2005)
>>> A Filha Esquecida de Armando Lucas Correa pela Jangada (2019)
>>> 365 Histórias para Ninar de Claire Bertholet / outros pela Girassol (2012)
>>> A Borboleta e a Minhoca de May Christina Cunha de Paiva; Gaiola pela Do Brasil (2011)
>>> Alquimia Interior de Zulma Reyo pela Ground Edit (1989)
>>> Alice No Pais Das Maravilhas Coleção Reecontro Infantil de Nilson José Machado pela Scipione (2002)
>>> Snoopy - A Peanuts Collection tiras dominicais 1973 Edição de colecionador de Schulz pela Planeta deAgostini (2020)
>>> O Jardim de Abayomi de Regiane Rossi Hilkner pela Adonis (2017)
>>> Orientação Infantil de Darla Ferris Miller pela Cengage (2012)
>>> A Galinha Lili e Outros Bichos de pelo e Pena de Mauricio Veneza pela Salesiana (2009)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quarta-feira, 20/3/2013
Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke
Julio Daio Borges

+ de 5000 Acessos




Digestivo nº 489 >>> Cartas a um Jovem Poeta é, muito provavelmente, um dos maiores hits literários do nosso tempo. Uma ideia tão simples. E que foi replicada à exaustão. Mas Cartas a um Jovem Poeta, o livro, não foi concebido do mesmo jeito que a repetitiva sequência de Cartas a um Jovem... (pense numa profissão qualquer). Rilke não planejou o livro. Ele, simplesmente, "aconteceu", depois da morte do próprio Rilke. Porque Franz Xaver Kappus, o destinatário das cartas, achou por bem coligi-las. Rilke, portanto, não "imaginou" um "jovem poeta". O título, inclusive, não deve ter sido uma ideia nem de Kappus. Aconteceu de Kappus enviar seus versos a Rilke. E aconteceu de Rilke decidir aconselhá-lo. Não se conheciam. As missivas não tem, nem de longe, a pretensão de Cartas sobre a Educação Estética do Homem, de ― outro exemplo ― Schiller. Mais do que dar "conselhos" sobre a arte poetica em si, Rilke fala sobre a vida. Principalmente, sobre a vida de artista. Uma vida, aliás, que não é nenhum mar de rosas. Logo, Cartas a um Jovem Poeta, ao contrário de suas imitações, não é: nem um "manual", orientado a quem deseje "se tornar" poeta; nem sequer um estímulo para uma carreira "em poesia". Até porque essa "carreira" não existe. Como não existe "carreira de artista". O livro é breve. Mas os apressadinhos de plantão devem se concentrar na primeira carta. É onde se encontra o trecho clássico: "Confesse a si mesmo: morreria, se lhe fosse vedado escrever?" Os comentários a essa pergunta são quase tão variados quanto as respostas à tradicional pergunta "por que escrevo?". Uma pergunta que, a bem da verdade, não faz sentido. Antes disso, Rilke desacredita o próprio ato de dar um alvitre: "Ninguém pode aconselhar ou ajudar ― ninguém". E quase no fim da primeira missiva: "Aceite o destino [se chamado a ser artista] e carregue-o com seu peso e sua grandeza, sem nunca se preocupar com a recompensa que possa vir de fora. O criador, com efeito, deve ser um mundo para si mesmo e encontrar tudo em si e nessa natureza a que se aliou". A tradução, da Globo Livros, é de Paulo Rónai e Cecília Meireles. Continua Rilke (numa outra missiva): "Ser artista não significa calcular e contar, mas sim amadurecer como a árvore que não apressa a sua seiva e enfrenta tranqüila as tempestades da primavera, sem medo de que depois dela não venha nenhum verão. O verão há de vir. Mas virá só para os pacientes, que aguardam num grande silêncio intrépido, como se diante deles estivesse a eternidade. Aprendo-o diariamente, no meio de dores a que sou agradecido: a paciência é tudo". Rilke nunca facilita: "Sinto que nenhum homem pode responder às perguntas e aos sentimentos que têm vida própria no âmago de seu ser. Mesmo os melhores se enganam no uso das palavras quando estas têm de significar o que há de mais discreto, de quase indizível". E Rilke não se esquece da ars amatoria: "O amor de duas criaturas humanas talvez seja a tarefa mais difícil que nos foi imposta, a maior e última prova, a obra para a qual todas as outras são apenas uma preparação". Concluindo, mais adiante: "Somente quem está preparado para tudo, quem não exclui nada, nem mesmo o mais enigmático, poderá viver sua relação com outrem como algo de vivo e ir até o fundo de sua própria existência". E para os ansiosos, de novo: "Não tire conclusões demasiadamente apressadas do que lhe acontece; deixe as coisas acontecerem". E repetindo: "Deixe a vida acontecer. Acredite-me: a vida tem razão em todos os casos". Cartas a um Jovem Poeta, como se vê, é muito mais que um "introdução" a poetastros e "letristas" ― é um repositório, involuntário, de sabedoria. As Cartas de Rilke servem tanto a poetas, quanto a artistas, quanto a seres humanos dos mais variados ofícios. Se os autores das subseqüentes "Cartas" ― que há no mercado às pencas ― lessem originalmente Rilke, desistiriam do projeto, e não diluiriam o único livro que interessa ler: justamente, as Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke.
>>> Cartas a um Jovem Poeta
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Relações Perigosas, de Choderlos de Laclos (Literatura)
02. O Dinheiro e as Palavras, de André Schiffrin, pela BEĨ (Imprensa)
03. Maria Bethânia em Amor Festa Devoção (Música)
04. O dilúvio informacional, segundo a Economist (Imprensa)
05. The Future of the Internet, de Jonathan Zittrain (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Estatistica para Administraçao e Economia
James T. Mc Clave; P. George Benson
Longman do Brasil
(2009)



Cem Anos de Paixão: uma Mitologia Carioca do Futebol
Cláudia Mattos
rocco
(1997)



Students Grammar: Self-study Edition With Answers (inglês)-1993
Dave Willis
Collins Cobuild
(1993)



Fala Sério! Você Também Não Está a Fim Dele
Ian Kerner
Best Seller
(2006)



Irreal - Série Incrível
Paul Jennings
Fundamento
(2002)



Histórias do Brasil Profundo
Marcio Moreira Alves
nova fronteira
(2003)



A Mesa
Francis Ponge
iluminuras
(2002)



Teoria e Prática de Matemática Como Dois e Dois
Marília Toledo; Mauro Toledo
Ftd
(2010)



Livro - Nós e a Europa Germânica
Gilberto Freyre
Bra-deutsch



Fundamentos de Marketing
Darci Basta e Outros
Fgv
(2006)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês