Isto aqui o que é? | Digestivo Cultural

busca | avançada
70675 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> L7, que faz show em Porto Alegre com Black Flag dia 25 de outubro, lança nova música
>>> Menos1 Invisível apresenta 'Refúgio' no Teatro Flávio Império
>>> Favelivro inaugura Biblioteca Fábio Judice
>>> Espetáculo teatral Odila chega ao interior de Caxias do Sul
>>> Empresário caxiense que instalou complexo de energia em aldeia indígena no Acre lança documentário
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olimpíada de Matemática com a Catarina
>>> Mas sem só trapaças: sobre Sequências
>>> Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins
>>> Poesia sem oficina, O Guru, de André Luiz Pinto
>>> Ultratumba
>>> The Player at Paramount Pictures
>>> Do chão não passa
>>> Nasce uma grande pintora: Glória Nogueira
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
>>> Charges e bastidores do Roda Viva
Colunistas
Últimos Posts
>>> Graham Allison no All-In Summit (2023)
>>> Os mestres Alfredão e Sergião (2023)
>>> Como enriquecer, segundo @naval (2019)
>>> Walter Isaacson sobre Elon Musk (2023)
>>> Uma história da Salon, da Slate e da Wired (2014)
>>> Uma história do Stratechery (2022)
>>> Uma história da Nvidia (2023)
>>> Daniel Mazini, country manager da Amazon no Brasil
>>> Paulo Guedes fala pela primeira vez (2023)
>>> Eric Santos sobre Lean Startup (2011)
Últimos Posts
>>> CHUVA
>>> DECISÃO
>>> AMULETO
>>> Oppenheimer: política, dever e culpa
>>> Geraldo Boi
>>> Dê tempo ao tempo
>>> Olá, professor Lúcio Flávio Pinto
>>> Jazz: 10 músicas para começar II
>>> Não esqueci de nada
>>> Júlia
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Grupos de teatro do Rio e de São Paulo em Paraty
>>> A rentável miséria da literatura
>>> 2008 e os meus CDs
>>> Modernismo e Modernidade
>>> Hitchens no Digestivo
>>> Literatura e infância
>>> As cicatrizes da África na Moçambique de Mia Couto
>>> Entrevista com Fabrício Carpinejar
>>> Durango Kid, jornalista
>>> Nova Gramática do Poder
Mais Recentes
>>> Mecanica Estática de James L. Meriam; L. G. Krange pela LTC (1969)
>>> Graphic Design Sourcebook de Liz McQuiston, Barry Kitts pela Little, Brown (1987)
>>> De Volta Aos Quinze de Bruna Vieira pela Gutenberg (2013)
>>> Primeiras estórias de João Guimarães Rosa pela Nova Fronteira (2016)
>>> Êles Fizeram a História do Brasil - Volume 4 de Roberto Macedo pela Record
>>> Coleção Série - Suzune Magica - Vol. 1 ao 3 de Gan e Magica Quartet pela NewPop (2018)
>>> Quando a polícia mata: o massacre do comerciário barbosa de José Barbosa do Rosário pela Achiamé (1983)
>>> Livro Música Teletema A História da Música Popular Através da Teledramaturgia Brasileira Volume I 1964 a 1989 de Guilherme Bryan e Vincent Villari pela Dash (2014)
>>> Acupuntura Urbana de Jaime Lerner pela Record (2010)
>>> Codigo de Processo Civil Comentado Volume VI de Arruda Alvim pela Revista dos Tribunais (1975)
>>> Livro de Bolso Literatura Estrangeira Minha Vida de Menina de Helena Morley pela Companhia de Bolso (2016)
>>> Livro Auto Ajuda Alianças Imperfeitas Virando o Jogo de Bruna Almeida e Maira Baptistussi pela Conquista (2016)
>>> Aves do Brasil Birds of Brazil de Helmut Sick; Dante Martins Teixeira pela Salamandra (1989)
>>> Livro Guerra Recordando os Bravos Eu Convivi Com Eles Campanha da Itália de Marechal Floriano de Lima Brayner pela Civilização Brasileira (1977)
>>> La Convocazione de John Grisham pela Mondaroni
>>> Livro Literatura Estrangeira Les plus beaux poèmes d'amour de Anthologie Presentee Par Marie-Anne Jost pela Librio (2005)
>>> Harry Potter e o Cálice de Fogo de J. K. Rowling pela Rocco (2019)
>>> Livro de Bolso Esoterismo Pranayama A Respiração para Revitalização Energética energia para você que não para nunca de Scott Shaw pela Nova Era (2007)
>>> Livro Infanto Juvenis Judy Moody Quer a Fama de Megan Mcdonald pela Salamandra (2004)
>>> O abraço da meia noite de Maria Glória Cardia de Castro pela Cortez (2011)
>>> O tesouro das virtudes para crianças de Ana Maria Machado pela Nova Fronteira (1999)
>>> Livro Saúde Minhas Melhores Dicas de Saúde Manual Prático de Qualidade de Vida do Dr. Rudiger Dahlke de Dr. Rüdiger Dahlke pela Cultrix (2012)
>>> Adele de Chas Newkey - Burden pela LeYa (2011)
>>> Biblia Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas de Tradução da versão Inglesa pela Sociedade Torre de vigia
>>> Livro Ensino de Idiomas Dr. Jekyll and Mr. Hyde de Robert Louis Stevenson pela Oxford Bookworms 4
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Segunda-feira, 19/7/2004
Isto aqui o que ?
Julio Daio Borges
+ de 2300 Acessos




Digestivo nº 184 >>> João Gilberto está gagá. É a primeira reação ao ouvir esse [Live] in Tokyo. Mais uma vez (há quantos anos já?), as mesmas músicas: Corcovado, Pra que discutir com Madame?, Rosa Morena... e por aí vai. Acelerando uma, atravessando o andamento na outra; cantarolando uma parte, retomando trechos inteiros ad nauseam... Tirando alterações microscópicas, sobrou alguma coisa? Tudo bem, desta vez, ele gravou Ligia e Louco (a melhor faixa do álbum) mas até quando as excentricidades dos gênio serão toleradas e o público terá de se contentar com regravações das regravações das regravações? Caetano Veloso, parece, foi o último que tentou produzi-lo. Brigaram no meio do processo. João Gilberto venceu, viu-se livre do cello de Morelenbaum (uma injunção de Caetano), e lançou um CD primoroso: João voz e violão (1999). Naquele então, foi relativamente surpreendente ouvi-lo entoando Chega de Saudade e Desafinado (consagradas na sua voz, ao deflagrar a bossa nova, no final dos anos 1950) uma oitava abaixo do registro original. Ele também comeu o meu do refrão de Coração Vagabundo (de Caetano Veloso) e a crítica aplaudiu praticamente de pé (embora a platéia do Credicard Hall tenha vaiado de pé também). E ano a ano, quem estava do lado do aplauso foi passando para o lado da vaia porque ouvir o mesmo disco arranhado, durante mais de 4 décadas, cansa. Ainda assim, João Gilberto é lembrado, como exemplo, diante do impasse criativo em que se encontram os grandes da MPB: Gilberto Gil saltou de embaixador do forró para embaixador do reggae para embaixador da cultura; Chico Buarque abandonou a batuta de músico e assumiu a pena de escritor; e Caetano Veloso deixou de lado a composição para dedicar-se à interpretação. João Gilberto, pelo menos (afirmam os defensores do Pai da Bossa Nova), segue na mesma rota sem inventar moda. Talvez seja, igualmente, uma tendência da indústria fonográfica: sem dinheiro para investir nem no já consagrado, é melhor repetir velhas formas e contar com a condescendência do público. O público, porém, um dia acorda e aí pode ser tarde demais.
>>> João Gilberto in Tokyo - Universal
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Meu bem, meu mal (Imprensa)
02. Sem medo de ser infeliz (Imprensa)
03. Retórica, Gramática, Argumento, Música, Geometria, Aritmética e Astronomia (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os detetives do prédio azul 495
Flávia Lins
Pequena Zahar
(2016)



Medicina do trabalhado e perícia médica
João Baptista Opitz Júnior
Santos
(2011)



A Essencial Arte de Parar
Dr. David Kundtz
Sextante
(1999)



Diálogos Lgbti+ - Avançando Lutas e Conjugando Campos
Rafael Carrano Lelis e Marcos Felipe Lopes
Todxs
(2019)



Quando as Viagens São Memórias
Urania Hauer
Cbag



Buddhism: the Awakening of Compassion and Wisdom
Ching Kung
Cbbef
(2016)



Conecte Química 1 - Primeira Parte
João Usberco; Edgard Salvador
Saraiva
(2011)



Os Detetives do Farol
Klaus Bliesener
Ática
(1998)



Confie Em Você
Julie Mitchell Marra e Kim Anderson Fotografias
Vr



O Jogo de Búzios
Monica Buonfiglio
Companhia dos Anjos





busca | avançada
70675 visitas/dia
1,7 milhão/mês