Rip Off Press | Digestivo Cultural

busca | avançada
48523 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Trio MADERA chega a Santana de Parnaíba com show gratuito de música erudita no próximo dia 03
>>> Sessões Extras: Brenda Lee e o Palácio das Princesas no Sesc Bom Retiro
>>> Coletivo de Galochas estreia espetáculo histórico poético inspirado na Coluna Prestes
>>> Consuelo de Paula encerra circulação do show Maryákoré no MIS em São Paulo
>>> Teatro Portátil se apresenta gratuitamente em Sumaré
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Diogo Salles no Roda Viva
>>> Pulp Fiction e seus traços em Cocaine Bear
>>> Rabhia: 1 romance policial moçambicano
>>> Nélio Silzantov e a pátria que (n)os pariu
>>> Palavras/Imagens: A Arte de Walter Sebastião
>>> Rita Lee Jones (1947-2023)
>>> Kafka: esse estranho
>>> Seis vezes Caetano Veloso, por Tom Cardoso
>>> O batom na cueca do Jair
>>> O engenho de Eleazar Carrias: entrevista
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história do Yahoo! (2014)
>>> O Lado B da MTVê
>>> A história de Roberto Vinháes (2023)
>>> Something About You (Cary Brothers & Laura Jansen)
>>> Uma história do Airbnb (2023)
>>> Vias da dialética em Platão
>>> Uma aula sobre MercadoLivre (2023)
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
Últimos Posts
>>> Não esqueci de nada
>>> Júlia
>>> Belém, entre a cidade política, a loja e a calçada
>>> Minha Mãe
>>> Pelé, eterno e sublime
>>> Atire a poeira
>>> A Ti
>>> Nem o ontem, nem o amanhã, viva o hoje
>>> Igualdade
>>> A baleia, entre o fim e a redenção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As horas podres, de Jerônimo Teixeira
>>> Curiosidades da Idade Média
>>> Chicletes
>>> Um Brecht é um Brecht
>>> Todo mundo é bonito
>>> Agonia
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Fui demitida, e agora?
>>> O Frankenstein de Mary Shelley
>>> Encontre seu motivo para blogar
Mais Recentes
>>> Carteggi Italiani II de Antonio Carlos Gomes pela Thesaurus (1998)
>>> Culturas de Fibra de Vários autores pela Desconhecido
>>> Livro Literatura Brasileira Incidente Em Antares de Erico Verissimo pela Globo (1971)
>>> Livro Administração A Arte da Guerra os Treze Capítulos Originais de Sun Tzu pela Jardim dos Livros (2011)
>>> Simplesmente divina de Wendy Holden pela Best Seller (2000)
>>> Areia Movediça: O livro que originou a série da Netflix (Como Novo) de Malin Persson Giolito pela Intrínseca (2019)
>>> Livro Auto Ajuda O Bom Ladrão de Fernando Sabino pela Ática (2010)
>>> Livro Biografias No Teto do Mundo Ele Viu a Terra Sob Seus Pés Por Duas Vezes Ele Perdeu Um Grande Amigo no Caminho de Diogo Schelp / Rodrigo Raineri pela Leya (2011)
>>> Cultura Brasileira - Reflexões, Análises e Perspectivas - Bilíngue de Org. Everardo Rocha, Millôr Fernandes pela Desiderata (2007)
>>> As Páginas Vibrantes da América Latina - Desafios Temáticos TAG de Coquetel pela Tag (2020)
>>> Tokyo Ghoul - Vol. 2 de Sui Ishida pela Panini Comics (2015)
>>> Livro Literatura Estrangeira Imagem no Espelho Biblioteca Danielle Steel de Danielle Steel pela Record (1998)
>>> Livro Literatura Brasileira Tchau Nestor de Gisela Rao pela Matrix (2004)
>>> Livro Religião Introdução ao Estudo Comparado das Religiões Coleção Religião e Cultura de Aldo Natale Terrin pela Paulinas (2003)
>>> Vá, coloque um vigia de Harper Lee pela José Olympio (2015)
>>> Shiatsu Tradicional - Fundamentos, Prática e Clínica de Shiatsu Médico Tradicional de Dr. Sohaku Bastos pela Gasho
>>> Livro História do Brasil Paulicéia Melindrosa de Ebe Reale pela Dba (2019)
>>> Livro Literatura Estrangeira Tudo pela Vida Coleção Biblioteca Danielle Steel de Danielle Steel pela Record (1994)
>>> Eu, Travesti: Memórias de Luísa Marilac de Luísa Marilac; Nana Queiroz pela Record (2019)
>>> Livro Psicologia Sonhos de um Paciente Com Aids Visão Analítica dos Sonhos de Um Homossexual Com AIDS Feita Por seu Terapeuta Coleção Amor e Psique de Robert Bosnak pela Paulinas (1993)
>>> Livro Biografias A Última Grande Lição o Sentido da Vida de Mitch Albom pela Sextante (1998)
>>> Livro Literatura Estrangeira O Apelo do Amor Coleção Biblioteca Danielle Steel de Danielle Steel pela Record (1986)
>>> Tokyo Ghoul - Vol. 1 de Sui Ishida pela Panini Comics (2015)
>>> Americanah de Chimamanda Ngozi Adichie pela Companhia das Letras (2014)
>>> The Trigger Point Therapy Workbook de Clair Davies, Amber Davies pela Harbinger (2004)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Artes

Sexta-feira, 26/11/2004
Rip Off Press
Julio Daio Borges
+ de 1900 Acessos




Digestivo nº 203 >>> Gilbert Shelton assistia às aventuras dos Irmãos Marx e às cretinices dos Três Patetas, quando pensou: Eu também posso fazer isso. O ano era 1968 e nasciam os Freak Brothers. No Brasil, os Freaks são mais conhecidos de ouvir falar do que propriamente lidos. Até agora: até a chegada da edição caprichadíssima, em português, dos Fabulous Furry Freak Brothers, pela Conrad. Para o público tupiniquim, a ligação direta é com os personagens de Angeli e, mais remotamente, com a mal adaptada (e extinta) revista Mad brasileira. Felizmente, os Freak Brothers são bem mais que isso. É tentador reduzi-los ainda a uma fatia de tempo entre os beatniks, dos anos 50, e a ressaca hippie, dos anos 70. Acontece que, avançando por algumas dezenas de páginas, percebemos que o retrato comportamental sintetizado por Shelton transcende, em muito, a época porque, desde maconheiros inofensivos até junkies terminais, seguimos convivendo com a fauna e a flora que nasceu, cresceu e frutificou nos psicodélicos anos 60. E os Freak Brothers são hilariantes. Qualquer pessoa que já tenha se dado com desocupados, permanentemente dopados e parcialmente esquecidos, vai se identificar com as trapalhadas, confusões, frias e até entender melhor a visão de mundo de alguém que troca tudo (ou quase tudo) pela próxima viagem; alguém cuja única preocupação é o entretenimento egoisticamente ilícito; alguém com uma cabeça presa nos picos hedonistas dos tempos de Woodstock e afins. E os Freak Brothers, por mais simplistas e imediatistas que pareçam, servem para mostrar também que os anos 60 foram um pouco mais que o desejo, hoje emulado, de estar alto, de ficar bem louco e de tentar pôr fogo na noite (se é que se pode traduzir o verso antológico de Jim Morrison). Os Freak Brothers, enfim, revelam que os anos 60 acabaram ou, então, para não desanimar os neo-hippies e os neo-drug-addicteds, que os anos 60 ficaram confinados a um álbum como esse de Gilbert Shelton. Por último, os Freaks, como publicação, servem de exemplo porque, embora consagrados atualmente, começaram e se mantiveram no mercado underground dos Estados Unidos da América. É sintomático que reapareçam, no Brasil, reluzentes, enquanto aqui nunca se realizou, por exemplo, uma compilação decente da produção quadrinística do Pasquim (o nanico que, mal comparando, foi igualmente mainstream).
>>> Fabulous Furry Freak Brothers - Gilbert Shelton - 184 págs. - Conrad
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A Física do Sucesso, de Natalie Reid (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Como Ter Suas Preces Atendidas
Irwin Katsof
Larousse
(2011)



Ragnarok Mangá - Volume 1 e 2 (2 volumes)
Lee Myung Jin
Conrad
(2004)



Pássaros Livres
Divaldo Pereira Franco / Rabindranath Tagore Espír
Leal



Joinville 150 Anos
Alfarrábios Comunicação
Alfarrábios Comunicação
(2000)



Viva bem - Com a dor e a Doença
Vidymala Burch
Summus Editorial
(2011)



Lira dos Vinte Anos
Alvares de Azevedo
Paulus
(2005)



Professor Não é Educador
Armindo Moreira
N/c
(2012)



Sinhá-moça
Maria Dezonne Pacheco Fernandes
Cia Nacional
(1986)



Odisséia - Homero Série Reencontro
Homero / Adapt. Roberto Lacerda
Scipione
(2006)



Registro Mercantil
Marcelo Manhaes de Almeida
Quartier Latin





busca | avançada
48523 visitas/dia
1,8 milhão/mês