Blog | Digestivo Cultural

busca | avançada
23758 visitas/dia
773 mil/mês
Mais Recentes
>>> Segundas de julho têm sessões extras do espetáculo À Espera
>>> Circo dos Sonhos, do ator Marcos Frota, desembarca no Shopping Metrô Itaquera
>>> Startup brasileira levará pessoas de baixa renda para intercâmbio gratuito fora do país
>>> Filho de suicida, padre lança livro sobre o tema
>>> LANÇAMENTO DO LIVRO "DIALÓGOS DE UM RABINO REFLEXÕES PARA UM MUNDO DE MONÓLOGOS" DE MICHEL SCHLESI
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Sob o mesmo teto
>>> O alívio das vias aéreas
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES II
>>> Honra ao mérito
>>> Em edição 'familiar', João Rock chega à 17ª edição
>>> PATÉTICA
>>> Presságios. E chaves III
>>> Minha história com Philip Roth
>>> Lars Von Trier não foi feito para Cannes
>>> O brasileiro e a controvérsia
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Running to stand still
>>> Cinema de Poesia
>>> A Web 2.0: 5 Anos Depois
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Imperador da língua
>>> Poesia sem ancoradouro: Ana Martins Marques
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Blog precisa ser jornalismo?
>>> Blog precisa ser jornalismo?
Mais Recentes
>>> O Pagador de Promessas (Coleção Prestígio)
>>> As Cerejas
>>> Deus...
>>> Niovas Cartas Chilenas - 2ª ed.
>>> Cecília Meireles - Coleção melhores poemas
>>> A teoria Sócio-Interacionista de Mikael Bakhtin e suas Implicações para a Avaliação Educacional (Matraga 15)
>>> A Filosofia Perene
>>> Ética como amor-próprio
>>> A Colônia- (nova Ortografia)
>>> 1356 - 4ª ed. (Nova Ortografia)
>>> História e Arte no Mundo Ibérico - Tempo brasileiro- 184
>>> Limites: três dimensões educacionais - 1ª ed.
>>> Arcanjos e Mestres Ascensos
>>> Mentiras no divã
>>> Never, more forever: a poesia na modernidade, ou Shelley versus Peacock ...
>>> Mistérios Desvelados - Ensinamentos do Mestre Saint Germain
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 25 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 18 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 17 (RARIDADE) - Guerra do Vietnã
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 16 (RARIDADE) - Igraja e Marxismo
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 14 (RARIDADE) - Mulheres, a revolução mais longa
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 13: China - Uma revolução dentro da Revolução - (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Números 9-10 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 7 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Números 5-6 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 3 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Número 1 (RARIDADE)
>>> Revista Civilização Brasileira - Caderno Especial 1: A Revolução Russa - Cinquenta Anos de História
>>> O Homem e o Universo
>>> O Judaísmo- do Exílio ao Tempo de Jesus
>>> Direito Penal - Parte Geral ( V. 7)
>>> O Exército de Cavalaria
>>> The Golden Treasury
>>> Surdez e linguagem- Aspectos e implicações neurolinguísticas (Nova Ortografia)
>>> El Libro Supremo de Todas las Magias - Magia Blanca - Negra - Roja
>>> Rituais e Egrégoras para a Era de Aquário
>>> O Despertar da Consciência
>>> Sic Questões Comentadas
>>> Sic Questões Comentadas
>>> Código Civil - 7ª Edição Atualizada
>>> Fonética e Ortografia - Coleção Linguagem Jurídica vol. 1
>>> Dicionário Jurídico
>>> Introdução Ao Direito
>>> Debate Sobre a Constituição de 1988
>>> Noções de Prevenção e Controle de Perdas Em Segurança do Trabalho 7ª edição revista e atualizada
>>> Vire a Página - Estratégias para Resolver Conflitos 6ª edição
>>> Tópicos de Administração Aplicada à Segurança do Trabalho 9ª edição
>>> Doenças Profissionais Ou do Trabalho 10ª edição
>>> Epidemiologia
>>> Cipa - Comissao Interna de Prevençao de Acidentes uma Nova Abordagem 14ª edição
BLOG

Sexta-feira, 17/7/2009
Blog
Redação

 
Rodrigo Capella em 2009



1. Antes de começar, Rodrigo, eu gostaria de dizer que você é um dos escritores mais inquietos que eu conheço. Como consegue manter esse ritmo de vários lançamentos anualmente?

Quando era criança, eu era muito agitado. Gostava de me esconder dentro do fogão ou da máquina de lavar e gritar: "Socorro!". Todos ficavam preocupados, pois eu era muito pequeno e totalmente indefeso. Quando me descobriam, eu corria para não apanhar. Gostava também de subir em muros - naquela época: grandes; hoje: minúsculos - e berrar: "Vou cair, me segurem!".

Acho que transferi um pouco dessa inquietude juvenil para a escrita. Escrever, para mim, é tão bom quanto ter um orgasmo. Alivia as tensões, dá ritmo e fortalece a minha energia interna. Eis o porquê de eu compor e lançar tantos livros.

Mas somente nos anos ímpares, pois nos pares o contato com o "eu" interior é menor, mais longínquo. Agora, em 2009, chegam ao mercado @ntologia online, Loucuras de um escritor e Dicas para escrever, publicar e vender um livro - que terão lançamento virtual no dia 4 de agosto, a partir das 19 horas.

2. Aqui no Digestivo, alguns dos textos mais procurados, através do Google, têm relação com aprender a escrever e se lançar no mercado editorial. Seu novo Dicas para escrever, publicar e vender um livro é exatamente sobre isso, não?

Todos os dias, eu recebo mais de 30 mensagens de jovens escritores, de curiosos e leitores interessados em desvendar o mundo editorial. O meu livro Dicas para escrever, publicar e vender um livro é, basicamente, uma obra sobre as curiosidades do mercado editorial, desvendando passo a passo o que ocorre nesse mundo, muitas vezes obscuro e injusto. Não se limita apenas em dar dicas para as pessoas publicarem; ele oferece também elementos para quem quer saber exatamente onde está se metendo...

Digo, por exemplo, que, no Brasil, não há uma crítica literária realmente competente. Falo também sobre agentes literários e explico que as fracas vendas de livros estão associadas ao deficit de leitura no Brasil. Concluo que a literatura, assim como o esporte mais popular do Brasil, é feita de momentos: O lance é único, o gesto merece ser contemplado e o drible precisa ser eternizado com uma fotografia marcante.

3. Você concorda que, justamente, o que diferencia um escritor amador de um profissional é esse compromisso de publicar sempre, que você já tem? Será que todos os amadores querem, efetivamente, se tornar profissionais?

O compromisso com o leitor deve sempre existir, já que o verdadeiro leitor, diferente do "leitor crítico", consegue buscar elementos dentro de uma obra e qualificá-los de acordo com seus gostos. O escritor deve escrever pensando no leitor, deve atender aos desejos do leitor, deve se tornar, desde o primeiro livro, um grande prestador de serviços - de entretenimento - ao leitor. Esse é o ponto chave que distingue o amador do profissional. Quem tem esse compromisso, já é um profissional.

O escritor precisa entender que o que ele escreve não lhe pertence. O que ele escreve pertence ao leitor, pois é este que dá vida às suas palavras, transformando-as em narrativas concretas. É o leitor quem vai chorar, rir, questionar, falar mal de um personagem. É ele quem, durante toda a história, se envolve com o livro. Será que todos os escritores querem ser profissionais? Também acho que não.

4. Já no seu @ntologia online, você procurou transcender o Orkut e reunir, em livro, todos aqueles que participavam da sua comunidade com dicas para escrever e publicar. Como foi o processo, do on-line para o off-line?

Criei a comunidade no Orkut "Dicas para escrever um livro" no começo deste ano e rapidamente ela foi "invadida" - no bom sentido - por curiosos e escritores. O resultado foi espetacular. Até hoje temos uma média de 10 novos membros por dia. E a comunidade, que nasceu com a ideia de ter um número limitado de membros - apenas 100 - já conta com quase 600.

Diante desses números e da excelente qualidade dos textos postados diariamente na comunidade, eu e os moderadores criamos a @ntologia online para publicar os melhores textos dos melhores autores participantes. Recebemos mais de uma centena de textos inéditos, em poucos dias. Com a ajuda dos moderadores, selecionei o melhor material e publicamos agora o livro.

A ideia principal foi mostrar que, hoje em dia, o escritor não pode ficar de fora das mídias sociais. Ele precisa estar inserido em sites como Orkut, Twitter, MySpace, Skoob, LibraryThing, Flickr e Facebook (entre outros). Um blog já pode ser considerado até "básico" perto disso!

5. Você concorda que, ainda para muitas pessoas, o livro é um fetiche, um sonho, uma realização - quando, na verdade, é cada vez mais fácil publicar, em papel, bastando, para isso, custear uma edição? Como enxerga o paradoxo?

Boa pergunta! É aquela velha história: "Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro". O glamour de ser escritor vem de histórias, frases e lendas como essa. A maioria das pessoas que começa a escrever pensa no status e em ser reconhecido na rua. Mas se esquece de que, quando se publica um livro, há sempre um compromisso - com o leitor, o verdadeiro objetivo do escritor.

Então, quando me dizem que querem ser escritores e pedem dicas, eu respondo: vocês estão preparados para isso? Estão preparados para as obscenidades do mundo editorial? Estão preparados para despertar sentimentos contraditórios nas pessoas?

6. Em Loucuras de um escritor, você revela como é estar do outro lado do balcão. Eu tenho a impressão de que você se diverte muito escrevendo, publicando, fazendo turnê etc. Por que acha que, ainda assim, tantos escritores brasileiros reclamam?

Eu me divirto muito com tudo. Mas a minha risada é de alegria, de realização, de tarefa completada. O dia em que isso acabar, deixo de ser escritor. Sou um autor relaxado, pois tenho atendido às necessidades dos meus leitores. O dia em que eu não atendê-los mais, deixo igualmente de ser escritor.

Os escritores reclamam, na maioria das vezes, com razão. Os autores não têm incentivo governamental, não têm ajuda das editoras, não têm motivação para escrever, em suma. Ser escritor é realmente difícil. Outro dia, li uma entrevista de um renomado autor brasileiro contando que, quando acabava de escrever um livro, ele precisava implorar pela publicação (que poderia levar anos)...

7. Vi que você está publicando seus três novos livros via Clube de Autores - que é, provavelmente, a primeira editora sob demanda do Brasil. Ou seja, imprime conforme o livro vai vendendo... É uma boa solução para os estreantes?

No mundo literário, é difícil falar em solução sem analisarmos um contexto e refletirmos sobre o mercado como um todo. Publicar nunca foi uma tarefa tão difícil para os escritores - amadores ou profissionais. O grande diferencial do Clube de Autores não está na publicação propriamente dita, mas sim em conseguir congregar em um só espaço a publicação e venda dos livros. Ou seja, um livro publicado pode ser comercializado em poucos minutos.

Outra vantagem é a autonomia dos escritores. Ou seja, não temos as imposições frequentes do mercado editorial. Em vez de dizer "solução", prefiro classificar como "uma boa opção" para o escritor se consolidar dentro de uma esfera literária digital.

Outra boa ferramenta é o lançamento virtual de livro. Composto por vídeo e chat, é interativo e proporciona uma experiência única ao escritor e ao leitor. Para o autor porque ele consegue dar a atenção necessária a todas as pessoas. Para o leitor porque é uma forma de se economizar dinheiro e tempo (já que o lançamento presencial - realizado normalmente em livraria - exige gastos com combustível e estacionamento). Creio, inclusive, que o lançamento presencial deixará de existir futuramente.

8. Por outro lado, temos a contradição de que autores novos não querem ler seus contemporâneos. Mesmo os que pretendem lançar futuramente livros, muitas vezes não se interessam pelos lançamentos... Como resolver essa questão?

Não ler os contemporâneos é um grande erro! O escritor que não se dedica à leitura dos escritores atuais não tem elementos e embasamento para se inserir dentro de um movimento. E o pior: não consegue distinguir e entender o que realmente agrada ao público. Acaba perdido, isolado em uma ilha, sem condições de alcançar o barco e voltar ao continente.

Um escritor perdido não sobrevive muito tempo e vive em conflito psicológico.

Além de ler, os novos autores precisam ter paciência, paciência para ler e reler os próprios textos.

9. Para terminar, acredita que as novas tecnologias, para o livro eletrônico, podem converter os inúmeros leitores de telas, da internet, em leitores de livros, através de aparelhos como Kindle, iPhone ou similares? Como vê o futuro do escritor?

Acho que não. São duas coisas totalmente distintas, a meu ver. Os leitores de telas gostam de textos mais objetivos, curtos, claros e descontextualizados. Já os leitores de livros apreciam mais a história, gostam de se envolver e de conferir os elementos apresentados.

São também universos distintos, acredito, que não podem ser substituídos ou trocados. São apenas complementares. Quem lê nas telas, dificilmente leria livros no formato tradicional ou em aparelhos eletrônicos. Para agradar a esse público, os livros de leitores eletrônicos precisam ter outros formatos e linguagens (somente desta forma é que o material será bem aceito).

Precisam ser confeccionados nas mesmas características dos textos da internet. Ou seja, texto em aparelho eletrônico só tem futuro se for texto curto, objetivo, claro e descontextualizado. De outra forma, não tem futuro!

E o escritor precisa se adaptar a isso. Ele precisa, desde já, conhecer os vários formatos de obras, decifrar as várias mídias disponíveis para publicação e escrever de acordo com cada uma das suas particularidades...

Para ir além
Rodrigo Capella

[1 Comentário(s)]

Postado por Julio Daio Borges
17/7/2009 às 15h19

 
A agonia das semanais nos EUA



Michael Hirschorn, em "The Newsweekly's Last Stand", sobre por que a Economist está crescento enquanto Newsweek e Time estão encolhendo...

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
16/7/2009 à 00h35

 
Mil mortes de Michael Jackson

Faz mais de duas semanas que Michael Jackson está morrendo diariamente. Digo isso porque, apesar do memorial televisionado globalmente, que deveria ser a cerimônia final de adeus dele, o mundo não está deixando MJ morrer.

Começa pelos tablóides, que ainda publicam várias vezes ao dia notícias sobre a suposta causa da morte. Ainda vão fazer isso por um bom tempo, levando-se em consideração que os exames toxicológicos ainda vão levar mais de quinze dias para sair.

Continua pelas intermináveis homenagens que são anunciadas diariamente. Recentemente foi o Iron Maiden, que disse que fará um álbum em homenagem a MJ (se é que isso não foi um hoax; Iron Maiden e Michael Jackson?).

Há poucos dias assisti a um vídeo do aniversário dos filhos de MJ no YouTube. O link veio de uma comunidade sobre o Nine Inch Nails no Orkut, onde não se fala mais de NIN, mas sim da morte de MJ.



Nunca fui fã de MJ. Achava a aparência dele assustadora depois de tantas plásticas. Achava o comportamento dele bizarro e, ainda que não acreditasse que ele fosse pedófilo (porque nunca acreditei), achava que ele era ingênuo o bastante para permitir circunstâncias que pudessem fazer com que alguns mal-intencionados tentassem tirar o dinheiro dele em processos milionários.

O único MJ que morava na minha memória era um perdido no tempo, quando ainda era negro e não tinha se branqueado por conta do vitiligo (sim, eu acredito no vitiligo, vi fotos que mostram as manchas), tinha um bonito nariz africano pouco tocado por plásticas e que cantava e dançava com muito talento.

Esse MJ morreu há décadas e só existe nos videoclipes.

O MJ dos últimos tempos eu não sei se posso dizer que conhecia. Vi muita coisa nas últimas semanas - porque não se fala de outra coisa -, e eu queria aproveitar a ocasião para relembrar sucessos que acompanhei e para conhecer outras faces do artista.

E acho que vi o suficiente para formar uma opinião própria. Não é meu músico favorito, era um dançarino espetacular e definitivamente não sabia gerenciar sua própria vida.

Hoje morreu Michael Jackson de novo. Estão falando que o caixão de ouro estaria guardado temporariamente numa cripta de um dos donos da Motown, esperando o destino final.

Hoje morreu Michael Jackson de novo. Falaram sobre as drogas que ele tomava, rolaram acusações para lá e para cá e mostraram novamente o pungente vídeo da filha dele chorando e dizendo que amava o pai.

Hoje morreu Michael Jackson de novo. Amanhã ele vai morrer outra vez. Porque ficar falando de MJ está ajudando a vender jornal, a vender discos, a vender possíveis shows de homenagens ou de revivals.

Vamos ver até quando vão matar MJ diariamente. Vamos ver que dia vão deixar ele realmente morrer em paz.

[1 Comentário(s)]

Postado por Daniela Castilho
15/7/2009 à 01h09

 
A melhor versão de Billie Jean







"Billie Jean", por Chris Cornell, até porque... não é de agora.

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
15/7/2009 à 00h42

 
Billie Jean por Coldplay



Coldplay, tocando "Billie Jean", para variar...

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
14/7/2009 às 14h35

 
Tanabata Matsuri

Aconteceu neste último final de semana (dias 11 e 12 de julho) o 31º Festival das Estrelas na Liberdade, o conhecido bairro oriental de São Paulo. Com comidas típicas, trajes típicos e músicas típicas, a maior festa tradicional do Japão no Brasil não se abateu diante da chuva torrencial do sábado e seguiu o domingo com sua programação normal.

O Festival das Estrelas, ou "Tanabata Matsuri", é a festa que relata a lenda da princesa Orihime e do jovem Kengyu, que se apaixonaram e passaram a viver apenas deste romance, negligenciando seus trabalhos. Como punição, o pai de Orihime decidiu separar os dois, colocando-os em lados opostos da Via Láctea, como estrelas. Entretanto, vendo o sofrimento de sua filha, o pai permitiu que o casal se encontrasse uma vez por ano, desde que eles atendessem a todos os pedidos feitos pelas pessoas da Terra nesta data. É por esta razão que se penduram pedidos em arranjos de bambu colocados ao longo das ruas Galvão Bueno e dos Estudantes.







Para ir além
O evento acontece todo ano na Praça da Liberdade, entre as ruas Galvão Bueno e dos Estudantes ― Site oficial: Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil

* Fotos: Eduardo Mineo

[1 Comentário(s)]

Postado por Eduardo Mineo
13/7/2009 às 10h06

 
Biblioteca Brasiliana Mindlin



Brasiliana USP, oferta digital do acervo Mindlin e de outros acervos da USP, via Twitter.

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
13/7/2009 à 00h34

 
Circo Roda Brasil

Tendo alcançado a marca de 150 mil espectadores, o circo Roda Brasil apresenta seu espetáculo Oceano até 2 de agosto no Memorial da América Latina, no bairro da Barra Funda, em São Paulo.







Para ir além
Memorial da América Latina ― Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 ― Preço: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia) ― Duração: 100 minutos (com intervalo de 10 minutos) ― Classificação etária: Livre ― Estacionamento: Portão 04 ― Preço: R$ 5,00 ― Acesso facilitado para portadores de deficiência físicaSite oficial: Circo Roda Brasil

* Fotos: Eduardo Mineo

[Comente este Post]

Postado por Eduardo Mineo
12/7/2009 às 08h15

 
Richard Dawkins na Flip 2009



Richard Dawkins, matando Deus, e as religiões, mais uma vez, na Flip 2009.

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
12/7/2009 à 00h58

 
Gay Talese na Flip 2009



Gay Talese, confrontado por Mario Sergio Conti, na Flip 2009.

[Comente este Post]

Postado por Julio Daio Borges
11/7/2009 às 11h44

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GUIA DO ESTUDANTE CURSO PREPARATÓRIO ENEM 2010 REDAÇÃO
ABRIL COLEÇÕES
ABRIL COLEÇÕES
(2010)
R$ 10,00



INSPIRED 1 - STUDENTS BOOK
JUDY GARTON-SPRENGER / PHILIP PROWSE
MACMILLAN
(2014)
R$ 99,90



A AURA HUMANA
WALTER J. KILNER
PENSAMENTO
(1993)
R$ 8,90



O FUTURO DA AMÉRICA
SIMON SCHAMA
COMPANHIA DAS LETRAS
(2009)
R$ 25,00



FACES DO DESING 2
MÔNICA MOURA
ROSARI
(2018)
R$ 35,00



VOCABULÁRIO DA GRÉCIA ANTIGA
CLAUDE VIAL
MARTINS FONTES
(2013)
R$ 69,90



FITA AZUL DE MARIA ANO VII MAIO Nº83
FEDERAÇÃO MARIANAS
FEDERAÇÃO MARIANAS
R$ 12,00



JK - O REENCONTRO COM BRASÍLIA
VERA BRANT
RECORD
(2002)
R$ 8,00



THE SEA ABOVE THEM - A POWERFUL NOVEL OF DISASTER AT SEA
JOHN WINGATE
ARTHUR BARKER
(1978)
R$ 14,17



MULHERES INTELIGENTES, RELAÇÕES SAUDÁVEIS
AUGUSTO CURY
ACADEMIA
(2014)
R$ 18,00





busca | avançada
23758 visitas/dia
773 mil/mês