Meia-entrada ou meio-médico? | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Considerações sobre a leitura
>>> cheiro de sossego
>>> Niemeyer e a unanimidade
>>> Este blog acabou
>>> Um pequeno guia para viajar na gastronomia
>>> Mergulho em Aristóteles
>>> O Natal somos nozes
>>> 17 de Março #digestivo10anos
>>> Chico Buarque e o Leite derramado
>>> A favor do voto obrigatório
Mais Recentes
>>> Livro Bad Blood: Page Turners 9 de Sue Leather pela Heinle Elt (2010)
>>> Livro O Amigo que esperávamos de Valquiria Gazze pela Gazze (2012)
>>> Livro Aprimorando Seu Francês de Angela Pastura pela Elsevier (2009)
>>> Pedro Vira Porco-espinho de Janaina Tokitaka pela Jujuba (2007)
>>> A Outra Europa de Hans Magnus Enzensberger pela Companhia das Letras (1988)
>>> Os Lusíadas Edição organizada por Antônio Saraiva de Luis de camões pela Figueirinhas/Porto (1978)
>>> Memorias Das Trevas. Uma Devassa Na Vida De Antonio Carlos Magalhaes. de Joao Carlos Teixeira Gomes pela Geracão Editorial (2001)
>>> r Livro O Poder da Misericódia: A Santa Casa na História de São Paulo - VOL 2 de Glauco Carneiro pela Santa Casa da Misericórdia (1986)
>>> Conceitos Fundamentais da Poética de Emil Staiger pela Tempo Brasileiro (1997)
>>> As Aventuras e Perigos De Um Copo D'água de Julieta de Goooy Ladeira pela Atual (2009)
>>> Tudo Tem Seu Preco de Zibia Gasparetto pela Vida E Consciência (2024)
>>> r Livro O Poder da Misericódia: A Santa Casa na História de São Paulo - VOL 1 de Glauco Carneiro pela Santa Casa da Misericórdia (1986)
>>> A Clara De Ovo de Marcelo Caetano pela 7 Letras (2003)
>>> Grilinho Brincalhao, O de Brandão pela Brasil Literatura (2009)
>>> Misterio Do Coelho Pensante de Clarice Lispector pela Rocco (1999)
>>> Demian/Sidarta ( Pocket ) de Hermenn Hesse pela Saraiva - BestBolso (2020)
>>> Odorico O Bem-amado ou uma obra do governo de Dias Gomes pela Circulo do Livro
>>> Brincando com Portinari de Silvia Andreis pela Ciência Moderna (2024)
>>> Livro A Igreja Dos Primogênitos de Pedro Dong pela Árvore da Via (2020)
>>> Livro A Fome de Viver: A Cura para o Tédio de Pr. Simonton Araújo pela Central Gospel (2006)
>>> Advocacia Previdenciária de Adilson Sanches pela Atlas (2012)
>>> Livro Entre Espelhos E Refletores: Como Formadores De Opinião Representam A Vida Religiosa No Brasil De Hoje de Tito Figueiroa De Medeiros pela Loyola (2001)
>>> Livro Entre Rios - Série Estação Jovem de Domingos Pellegrini e Outros pela Ftd Educação (2014)
>>> O Negociador de John Grisham pela Rocco (2009)
>>> O Amor Nos Tempos Do Colera de Gabriel Garcia Marquez pela Record (1998)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 13/2/2007
Meia-entrada ou meio-médico?
+ de 3800 Acessos
+ 7 Comentário(s)

No Brasil há a lei que garante meia-entrada a estudantes e maiores de 60 anos em cinemas, teatros e certos shows. Em algumas cidades, essa parcela da população também tem direito ao passe escolar, com tarifa 50% inferior à cobrada ou à gratuidade do transporte, no caso dos maiores de 60 anos. Trata-se da população inativa, ou seja, aquela que ainda não trabalha ou que já se aposentou. Portanto, nada mais justo que aliviar suas despesas mensais.

No entanto, como sempre acontece, as opiniões sobre determinado assunto não são unânimes. Assim, há quem discorde da "meia-entrada". A bonita e excelente atriz Maria Padilha mostrou sua posição sobre o tema no programa Agenda da Rede Minas, que foi ao ar na segunda semana de janeiro de 2007. Ela acha errado a meia-entrada nos eventos culturais concedida aos maiores de 60 anos e questiona: "Por que não 'meio-médico'?" Segundo ela, o governo deveria garantir atendimento médico mais acessível aos idosos e não cultura mais acessível a eles.

Ora, o atendimento médico é oferecido pelo governo nos municípios, não pela metade do preço e, sim, de graça. Todas as pessoas podem utilizar os serviços de saúde públicos, de forma preventiva ou curativa, gratuitamente, nos postos de saúde, nos hospitais, em casa (através do Programa de Saúde da Família), nas Universidades públicas. O sistema de saúde que possuímos não é o proposto na teoria, não é o ideal. Mas isso é uma outra história, mesmo lembrando que caminha para sua reformulação, sendo tema constante de reflexão na Saúde Coletiva.

Já diz a velha máxima: Mens sana in corpore sano. O que pensamos, a forma como alimentamos nosso espírito, os desafios que lançamos à nossa memória, as possibilidades que damos à nossa capacidade de criação, a liberdade que oferecemos à imaginação, tudo é saudável ao corpo. Ler um livro e assistir a um espetáculo de dança que partiu de um de seus contos, imaginar o detetive do livro policial e constatar que o ator do filme baseado no romance não é nada parecido com o que se imaginou, ouvir aquela bela trilha sonora no cinema e ir para casa cantando, encontrar antigos amigos na porta do teatro, se arrumar e se perfumar para ver o trabalho de Paulo José, como diretor ou como ator, abrir a janela, olhar como está o tempo; abrir a porta, cumprimentar o porteiro e... andar. Tudo isso é bem-estar, é saúde.

Talvez com as portas abertas para a arte, o governo possa ver, alegremente, a diminuição da procura aos consultórios médicos. Portanto, há, pelo menos, três bons motivos para a meia-entrada a maiores de 60 anos: primeiro, o valor da aposentadoria. Segundo, o fato de serem cidadãos com as mesmas necessidades de outros quaisquer e, aí, incluem-se "diversão e balé". Terceiro, eles um dia tiveram nossa idade e nós teremos a deles, isto é, o respeito à vida e o respeito ao outro independe da idade. O idoso não vai apenas ao médico e é bom que ele tenha respeito onde quer que esteja.


Postado por Juliana Galvão Marques
Em 13/2/2007 às 02h56

Mais Juliana Galvão Marques no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/2/2007
10h25min
Esta declaração, partindo de uma artista, é bem esquisita, parece mais um tiro no próprio pé... Ela esqueceu de considerar que uma pessoa pagando "meia" pode tornar-se um ótimo divulgador de espetáculos. Essa divulgação leva muitas pessoas que pagam "inteira", a assisti-lo... Concordo plenamente que idosos não necessitam apenas de médicos, pois a cultura, em suas diversas manifestações, faz muito bem à saude.
[Leia outros Comentários de Everton Lodetti]
17/2/2007
14h11min
Essa declaração da Maria Padilha me faz achar a esquizofrenia de "O cobrador", do Rubem Fonseca, uma saída mais que natural, parodiando o personagem: "você me deve teatro, cinema, biblioteca, sanduba, sexo, saúde, alegria... você não sabe, porém você me deve, mas só me dá trabalho, este eu não quero não. E agora não quero mais meia-migalha, não, quero o todo, e vou pegá-lo à força, porque não vou ficar pagando a conta sozinho!". Este é o procedimento que os "civilizados" obrigam os enjeitados de tomar e depois mostram-se indignados com a barbárie social, aumentando assim o seu ibope!
[Leia outros Comentários de Pedro Antonio Freire]
18/2/2007
17h18min
Vejo a arte neste artigo como emprego do artista e as leis tentando dirigir o que não se consegue equacionar; esqueçamos que são idosos e pensemos que são pessoas plenas de direito, veja o quanto a meia-entrada é indigna. Ela só atende ao meio-cidadão, a meia-aposentadoria, ao meio termo da situação real. Quem sabe se os legisladores jogassem a conta a ser paga aos que governam e estabelecem justas aposentadorias por valores miseráveis, acho que é do que tratamos, as injustas aposentadorias por valores astronômicos. Estamos sendo levados a acreditar que o artista não deva defender o seu sustento, não creio; é mais fácil ver assim. Devemos desde sempre valorizar as conquistas e os artistas tanto quanto os aposentados devem defender suas posições. Falemos, pois, de meio-afeto, meia-dignidade, de se olhar no espelho, em uma certa idade, e não dar-se conta de não ter lutado, escolhido um lado, ou percebido que havia uma guerra para ser travada. Uma guerra que diz respeito a todos nós a vida toda.
[Leia outros Comentários de Carlos E. F. Oliveir]
19/2/2007
06h45min
A Maria Padilha nunca foi famosa pela inteligência, mesmo...
[Leia outros Comentários de Daniela Castilho]
19/2/2007
10h21min
"Ver de perto pra contar de certo", dito popular que me veio a cabeça quando li a matéria. Concordo que os idosos devam ter acesso a arte (e inclisive serem estimulados a isso). Mas já tiveste a oportunidade de acompanhar o atendimento oferecido a um idoso num posto de saúde? Realmente dá medo ser idoso neste país. Assuta ouvir volta e meia de minha mãe, funcionária pública aposentada: "pelo menos uma meia-entrada...". Estes cidadões trabalharam muito, contribuíram (e não só financeiramente, social e culturalmente) para o que temos hoje e sinceramente, o que eles têm de respeito? Pode parecer que não e que venho aqui defender... venho levantar a lebre: este cidadão tem a opção de pagar a meia-entrada ou pagar inteira? Infelizmente, na maioria dos casos, para eles a meia é a única opção para o acesso! Abraços.
[Leia outros Comentários de Afonso Gallindo]
19/2/2007
15h36min
A Maria Padilha é maravilhosa, né? Mesmo qdo puxa a sardinha para o seu lado. Ora, se ela já não está na casa dos 60, com certeza está pertinho, pertinho, e nada mais justo querer ter alguma segurança no futuro. Mesmo com tantas plásticas, principalmente no narizinho que a cada dia anda mais "inho", ela já atua há uns bons anos e, como deve ter trânsito livre entre os eventos culturais, nada mais justo que pense na sua (dela) saúde. Que viva mais 60 anos com essa cabecinha privilegiada que Deus lhe deu e que o cirugião plástico aprimorou. :)
[Leia outros Comentários de Andrea Augusto]
19/2/2007
18h52min
No Brasil, o estudante sofre pra conseguir comprar uma entrada nos guichês específicos que estão sempre fechados ou esgotados. É por isso que o país está cada vez mais vazio de idéias e inteligências. Em países um pouco mais sagazes, o jovem/estudante é recebido quase com beijos nos pés, porque sabem que quanto maior bagagem cultural ele adquirir, melhor produzirá no futuro.
[Leia outros Comentários de Paulo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Piero Della Francesca - Darezzo à Sansepolcro
Neville Rowley
Gallimard
(2007)



A Fraternidade de anjos e de homens 513
Geoffrey Hodson
Pensamento



Dk Eyewitness Travel Guide Madrid
Eyewitness Travel
Eyewitness Travel
(2016)



Livros Em Box Didático Moderna Plus Matemática 2
Manoel Paiva
Moderna
(2012)



Fronteiras de sangue - A saga de Chico Mendes
Javier Moro
Scritta
(1993)



Ezln passos de uma rebeldia
Emilio Gennari
Expressão Popular
(2005)



Papo de Menina
Mariany Petrin Martins; Nathany Petrin Martins
Astral Cultural
(2016)



Nada a perder - 3 Volumes
Edir Macedo
Planeta
(2012)



Fundamentos da usinagem dos metais
Dino Ferraresi
Edgard Blucher
(1970)



Poemas
Myrthes Riberte
Senhor Bom Jesus
(1962)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês