Além de My fair lady | Digestivo Cultural

busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 19/4/2007
Além de My fair lady

+ de 1800 Acessos

É animador constatar que a Broadway clássica também tem vez no Brasil. Claro que Andrew Lloyd Webber (O fantasma da ópera), Cy Coleman (Sweet charitym), John Kander (Chicago) e Stephen Sondheim (Company) são extremamente bem-vindos, mas se o país quer realmente mostrar ao público o que transformou o teatro musical americano numa das maiores glórias artísticas do século XX, é preciso voltar algumas décadas.

E enquanto as melodias de Jerome Kern ou Richard Rodgers não desembarcam por aqui, vamos celebrar a montagem de My fair lady, um dos mais adorados e bem-sucedidos musicais de todos os tempos, criação de Frederick Loewe (1901-1988, música) e Alan Jay Lerner (1918-1986, letra), este muito bem representado pelas versões do talentosíssimo Cláudio Botelho.

O currículo da dupla Lerner e Loewe é comparativamente pequeno, mas impressionante. Conheceram-se em 1942, mas seus primeiros shows (What's up? e The day before spring) estão esquecidos. O sucesso chegou com a fantasia romântica Brigadoon (1947), sobre um vilarejo escocês que só "existe" durante um dia a cada cem anos, e repleto de canções adoráveis como "Almost like being in love" e "The heather on the Hill". A versão para o cinema, filmada com Gene Kelly em 1954, foi lançada em DVD no Brasil com o título A lenda dos beijos perdidos.

Em seguida veio Paint your wagon (1951) um faroeste cuja abordagem musical apropriadamente americana ("I talk to the trees", "How can I wait", por exemplo) destoa do estilo europeu de Loewe, influenciado pelas melodiosas operetas de sua cidade natal, Viena, onde seu pai, tenor profissional, estrelou A viúva alegre (1905).

Mas foi mesmo My fair lady (1956) que inscreveu os cancionistas entre os grandes. Baseado em Pigmalião, do famoso dramaturgo inglês George Bernard Shaw, conta os esforços de um professor de fonética (Rex Harrison) para transformar uma simples florista (Julie Andrews) em uma dama da alta sociedade. Na transposição para o cinema, Oscar de melhor filme em 1965 e também disponível em DVD no Brasil, Harrison foi mantido - continuou "falando" suas canções, lamentavelmente - mas Andrews perdeu o papel para Audrey Hepburn, uma atriz graciosa que não era cantora e foi dublada. Mesmo assim, é impossível resistir ao capricho da produção e, principalmente, às riquezas melódicas e verbais de "I could have danced all night", "On the street where you live" e "I've grown accustomed to her face".

Em 1958, usando uma história similar (da escritora francesa Colette), Lerner e Loewe criaram Gigi diretamente para Hollywood, com Leslie Caron, Louis Jourdan e Maurice Chevalier nos papéis principais. Um dos últimos e mais queridos musicais do estúdio MGM, o filme foi premiado com o Oscar, assim como a belíssima canção-título.

Dois anos depois, a dupla voltou a Broadway com Camelot, outro sucesso, apesar de vários problemas durante a produção. A história do triângulo amoroso entre o Rei Arthur (Richard Burton), Guinevere (Julie Andrews) e Lancelot (Robert Goulet) ficou ainda mais emocionante ao som de "If ever I would leave you", entre outras jóias. O musical chegou ao cinema em 1967, com Richard Harris, Vanessa Redgrave e Franco Nero no elenco principal, e vale a pena procurar o DVD, distribuído pela Warner, na locadora.

A última parceria entre Lerner e Loewe foi o filme O pequeno príncipe (1973), baseado na popular fábula de Saint-Exupery e dirigido por Stanley "Cantando na chuva" Donen. A trilha não está no nível dos trabalhos anteriores da dupla, mas a sensível canção-título merece ser conhecida - o DVD também já foi lançado no país.

Depois disso, Loewe se aposentou, mas Lerner continuou em atividade. Seus shows subseqüentes foram fracassos retumbantes, apesar de algumas canções preciosas em 1600 Pennsylvania Avenue (1976), com música do maestro Leonard Bernstein, Carmelina (1979), sua terceira colaboração com o brilhante Burton Lane, e Dance a little closer (1983), co-escrito com Charles Strouse, de Annie.

No fim da vida, Alan Jay Lerner também teve problemas de ordem médica e financeira, conseqüência de uma vida sentimental turbulenta, de oito esposas. Feliz mesmo foi o casamento de suas palavras com as notas de Frederick Loewe. Dessa união, surgiram canções e musicais inesquecíveis. E o privilégio de conhecer esse legado está ao nosso alcance.


Postado por Fábio Scrivano
Em 19/4/2007 à 01h11


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Mozart 11 com Barenboim de Julio Daio Borges
02. Bruna Beber no Sesc Palladium de Ana Elisa Ribeiro
03. Rei do Camarote é trote? de Julio Daio Borges
04. Jobs e Gates na BBC de Julio Daio Borges
05. Soundgarden - Live to Rise de Vicente Escudero


Mais Fábio Scrivano no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GEN 13 - Nº 11
JIM LEE / BRANDON CHOI / J SCOTT CAMPBELL
GLOBO
(1997)
R$ 10,00



GUIA E RECURSOS DIDÁTICOS: MATEMÁTICA 7º ANO - 2ª ED.
PROJETO ARARIBÁ: JULIANE MATSUBARA BARROSO
MODERNA
(2007)
R$ 14,99



TREM DAS ONZE - A POÉTICA DE ADONIRAN BARBOSA
ADONIRON BARBOSA
APRAZIVEL
(2011)
R$ 42,41



GESTÃO DE PROJETOS
JACK GIDO / JAMES P. CLEMENTS
CENGAGE
(2009)
R$ 51,00



MISÉRIA E GRANDEZA DO AMOR DE BENEDITA
JOÃO UBALDO RIBEIRO
NOVA FRONTEIRA
(2000)
R$ 33,59



TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA
LIMA BARRETO
ESTADÃO / KLICK
(1997)
R$ 11,00



O GOLEADOR - MORTE E CORRUPÇAO NO FUTEBOL
HOSMANY RAMOS
GERAÇÃO EDITORIAL
(2009)
R$ 9,90



ESCOLA DOS SABORES
ERICA BAUERMEISTER
SEXTANTE
(2010)
R$ 7,90



QUEM VAI FAZER A CHUVA PARAR?
ROBERT STONE
COMPANHIA DAS LETRAS
(1988)
R$ 9,90



OS MONOPÓLIOS
JEAN PIERRE DELILEZ
ESTAMPA
(1976)
R$ 31,28





busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês