Hatoum e os novos autores | Digestivo Cultural

busca | avançada
73635 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Estreia de Pantanal A Boa Inocência de Nossas Origens
>>> Sesc 24 de Maio apresenta o quarto episódio do Desafinados Entrevista
>>> Unil oferece curso sobre preparação e revisão de texto
>>> Sesc 24 de Maio apresenta o terceiro episódio do Desafinados Entrevista
>>> Anexo LONA - Interações 1 - Cristina Elias & Thais Stoklos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Tralha
>>> Cameron Frye: o rapaz que se cansou de sentir medo
>>> Mighty Good Leader
>>> Réquiem
>>> Entrevista com André Fonseca
>>> Blogs, livros e blooks
>>> 8 de março: não aos tapas, sim aos beijos
>>> Universo Elétrico, de David Bodanis
>>> ordinary life: complex stuff
>>> Uma jornada Musical
Mais Recentes
>>> O Propósito da Vida: a história de um buscador de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupãda pela The Bhaktivedanta Book Trust (2018)
>>> Michel Bréal, Le don de la parole de Sophie Statius (Prés.) pela Institut National de Recherche Pédagogique (2005)
>>> Naître au langage: genèse du sémiotique et psychologie de François Jodelet pela Klincksieck (1979)
>>> A Fórmula da Paz de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupãda pela The Bhaktivedanta Book Trust (2018)
>>> L'ignorance du peuple: essais sur la démocratie de Gérard Duprat (dir.) pela Puf (1998)
>>> Rhétorique et politique: le pouvoir du discours et le discours du pouvoir de Constatin Salavastru pela L'Harmattan (2005)
>>> Foucault, Governamentalidade e Crítica de Thomas Lemke pela Politéia (2017)
>>> L'énonciation: de la subjectivité dans le langage de Catherine Kerbrat-Orecchioni pela Armand Colin (2006)
>>> Nas Ruínas do Neoliberalismo: a Ascensão da Política Antidemocrática no Ocidente de Wendy Brown pela Politéia (2020)
>>> Les actes de langage: essai de philosophie du langage de John R. Searle pela Hermann (1988)
>>> Alfabetização & Lingüística de Luiz Carlos Cagliari pela Scipione (1989)
>>> Alfabetização & Lingüística de Luiz Carlos Cagliari pela Scipione (2005)
>>> A Condição Pós-colonial: História e Política no Presente Global de Sandro Mezzadra pela Politéia (2020)
>>> Le dire et le dit de Oswald Ducrot pela Les Editions de Minuit (1997)
>>> Experimentos de filosofia pós-colonial de Organização de Victor Galdino e Claudio Medeiros pela Politéia (2020)
>>> O que Faz o Brasil, Brasil de Roberto Da Matta pela Rocco (1986)
>>> Tudo Tem Seu Tempo de Philip Gulley pela Sextante (2005)
>>> As Pedagogias do Conhecimento de Louis Not pela Difel (1981)
>>> Menino Maluquinho O Livro do Sim de Ziraldo pela Melhoramentos (2014)
>>> Mitologia Grego Romana de Abelardo Perseke Junior pela Giostri (2017)
>>> O Primeiro Imperador da China de Frances Wood pela Landscapa (2009)
>>> Domando a Língua - Praticando o Cuidado com o Falar de Josadak Lima pela Santos (2013)
>>> Análise do Homem de Erich Fromm pela Zahar (1961)
>>> Business Dictionary de Michael Greener pela Penguin (1971)
>>> The City Experiment de Theo Walker pela Cambridge (2014)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 17/5/2007
Hatoum e os novos autores

+ de 2300 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte deveria ser visitado por qualquer pessoa que viesse a esta capital. Fantástico. Mais uma "aprontação" da empresária Ângela Gutierrez, que vive dando presentes fabulosos para o estado e para o Brasil. E foi lá dentro que aconteceu mais uma edição do Ofício da Palavra, evento que, como é de se esperar, traz um escritor contemporâneo conhecido (se não consagrado, ao menos à beira da consagração) para falar com o público e com um mediador.

Ontem foi a vez de Milton Hatoum, mediado pela escritora Maria Esther Maciel. Duas horas ou pouco mais de exposição sobre temas como processo de criação, publicação, prêmios e outros assuntos de pauta imaginável. O clima era de seriedade. O público lotou um salão de tamanho razoável e o som competia com o barulho da água das fontes plantadas bem no meio da cidade. Ando meio preguiçosa dos eventos com escritores por alguns motivos, mas um deles é mencionável: o formato sempre igual. Isso tem sido muito previsível, mas admito que seja complicado inventar algo inovador. Fazer o quê? Afinal as pessoas comparecem para ouvir o escritor contar de onde vem o "dom" que lhe acomete.

Lá pelas tantas, depois que o debate foi aberto às questões do público, um rapaz perguntou ao Hatoum por que razões ele não menciona autores novos em suas colunas nos jornais. Hatoum tinha bons argumentos. O primeiro era plenamente imaginável. Caso ele comentasse um livro de um cara novo, seria uma avalanche de outros novatos querendo resenhas, menções, orelhas, contracapas e toda sorte de "toque de Midas". Não dá. O outro motivo era simples: Milton não quer entrar no que ele chamou de "guerrilha" por espaço. Nas palavras dele: "pessoas se auto-afirmando o tempo todo", "grupos que se formam, representantes de gerações, pessoas que querem se derrubar", "blogueiros terroristas". Nisso ele não entra. Com razão. É nojento. Qualquer festinha de escritores fica com esse clima de "competição beletrista". Dureza, né não? Ele é que está certo. Publicou "apenas" 3 livros e acertou na mosca. Pontaria, é isso. Tudo bem que ganhar prêmios não garante nada, mas, segundo ele, garante o pagamento das contas no final do mês. Certeiro. Muita gente que ganhou prêmio sumiu na areia. Muita gente que não ganhou (que sequer concorreu) foi ao estrelato. Vai saber. Mas Milton parece ter alcançado um equilíbrio. Ele mesmo disse: "tem escritor com 25 anos e 10 livros, o cara começou a publicar aos 12?". Hatoum, mui acertadamente, acha que é preciso maturar a obra. É isso aí. Ele se refere aos serial writers, nhaco.

E mais no final da noite, Hatoum saiu para jantar. Antes que ele se fosse, passei lá para cumprimentar o escritor amazonense. Ele me deu um livro que vamos doar para a biblioteca de uma excelente escola pública belo-horizontina. Yes. Quando eu falei meu nome, ele me disse assim: "ah, eu sei quem você é, da coluna do Digestivo Cultural". Yes.


Postado por Ana Elisa Ribeiro
Em 17/5/2007 às 18h53


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Guy Kawasaki sobre Steve Jobs de Julio Daio Borges
02. Ilhabela de Julio Daio Borges


Mais Ana Elisa Ribeiro no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/5/2007
14h08min
Uai, você estava lá? Fui eu o tal do rapaz que perguntou ao Hatoum sobre os autores novos! :)
[Leia outros Comentários de Leandro Oliveira]
29/5/2007
14h43min
Ana, Milton Hatoum pode ter lá suas razões para não citar novos escritores nas colunas dele, mas, diante da desculpa que deu ao Leandro Oliveira sobre não "promover" esses novos, fiquei a pensar, e em um instante me veio à mente o nome do escritor francês, Guy de Maupassant, que, em 10 anos, publicou 27 livros, e é um dos maiores escritores de literatura mundial. É... a fama tem dessas coisas! Infelizmente. Mas, ninguém é obrigado a nada, a fazer nada. Hoje, se te pedirem uma "orelha", é possível que a escrevas. Amanhã, para não a escreveres, poderás alegar uma série de desculpas, algumas muito esfarrapadas. Ana, um grande abraço. Continuo admirando teus textos.
[Leia outros Comentários de Américo Leal Viana]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Temas Contemporâneos de Sociologia do Direito
Olga Jubert Gouveia Krell
Lumen Juris
(2017)
R$ 64,00



Português Passo a Passo Vol 2
Pasquale Cipro Neto
Gold
(2007)
R$ 5,00



Economia Fácil
Marco Antonio Vasconcellos, Sérgio Sakurai
Saraiva
(2015)
R$ 32,00



E - Logistics & e - Business uma Referência Única Em Estratégia
José Mexia Crespe de Carvalho Eurico
Sílabo
(2000)
R$ 72,87



Trattato Teorico-pratico Di Lettura e Divisione Musicale Parte I
Aldo Lazzari
Ricordi
R$ 12,50



Resgatado pelo Amor
Nora Roberts
Bertrand Brasil LTDA
(2007)
R$ 20,00



Revista Geográfica Universa Nº 113 Challenger - Rodeio Crioulo da V...
Geográfica Universal
Bloch
(1984)
R$ 5,92



Identidade e Violência - a Ilusão do Destino
Amartya Sen
Iluminuras
(2015)
R$ 33,00



Seria Esta a Maçonaria do III Milênio Coleção Biblioteca do Maçom
Osvaldo Ortega
Maçônica A Trolha
(2006)
R$ 23,88



Comer, Rezar, Amar
Elizabeth Gilbert
Objetiva
(2008)
R$ 15,00





busca | avançada
73635 visitas/dia
2,1 milhões/mês