Uma pintura num clique | Digestivo Cultural

busca | avançada
59064 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Joca Andreazza dirige leitura de Auto da Barca de Camiri na série 8X HILDA
>>> Concerto Sinos da Primavera
>>> Aulas on-line percorrem os caminhos da produção editorial
>>> Rapsódia capital de Mário de Andrade resgata a grandeza do modernismo nacional
>>> Livro: Os Festivais de Rock - Uma Vida Rock n Roll
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Erudição e humor na ficção de Ruy Castro
>>> Stay Hungry. Stay Foolish.
>>> 30 años de Apple
>>> Twitter: A Crítica Como Vocação
>>> John Lennon, o homem
>>> 1998 ― 2008: Dez anos de charges
>>> I-ching-poemas de Bruna Piantino
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> A busca
>>> Eu quero é rosetar
Mais Recentes
>>> Revista de História da Biblioteca Nacional Ano 8 Nº91 de Vários pela Sabin (2013)
>>> Bolos Decorados, volume 1,2 e 3 de Editora Três pela Três (2002)
>>> Psicologia Legislação de Conselho Federal de Psicologia pela Conselho Federal de Psicologia (1982)
>>> Boitempo & A Falta Que Ama de Carlos Drummond de Andrade pela José Olympio (1979)
>>> O Dom Supremo de Henry Drummond, adaptação de Paulo Freire pela Rocco (1994)
>>> Psicologia Educacional de Robert S. Ellis pela Nacional (1967)
>>> Jesus, A Dor e a Origem de Sua Autoridade Volume II de Paiva Netto pela Elevação (2016)
>>> Restaurante Chinês e Outras Histórias de Vários Autores pela Nova Prova (2002)
>>> Condição Física de José Antônio Pires Gonçalves pela Imprensa do Exército (1968)
>>> Taxitramas – Diário de um Taxista de Mauro Castro pela Sulina (2006)
>>> Comunicação Incomunicação no Brasil de Vários Autores pela Loyola (1976)
>>> Os Versos do Capitão de Pablo Neruda pela Bertrand Brasil (1997)
>>> Lira e Antilira - Mário, Drummond, Cabral de Luiz Costa Lima pela Civilização Brasileira (1968)
>>> A Arte de Educar de Flávio Gikovate pela Mg (2002)
>>> Recados da Lua (Coleção Amores Extremos) de Helena Jobim pela Record (2001)
>>> O Homem no Cotidiano - Alicerce do Paraíso 4 de Meishu-sama pela Immb (2007)
>>> Bíblia Sagrada de João Ferreira de Almeida pela Sociedade Bíblica do Brasil (1999)
>>> Bíblia Sagrada de João Ferreira de Almeida pela Sociedade Bíblica do Brasil (1999)
>>> Histologia de Leon O Weiss e Roy O Greep pela Guanabara Koogan (1981)
>>> Embriologia e Taxonomia das Malformações Cardiovasculares de José Hortencio de Medeiros Sobrinho pela Dante Pazzanese (1977)
>>> Crônicas 2 – Coleção Para Gostar de Ler de Vários Autores pela Ática (2011)
>>> A Usina Nuclear de Papai de Marc Laidlaw pela Nova Cultural (1989)
>>> A Virgem do Sol - os Quatros Cantos do Mundo - Tahuantinsuyo de Ana Cristina Vargas - José Antônio pela Boa Nova (2005)
>>> O rei artur e os cavaleiros da távola redonda de Thomas Malory pela Scipione (2002)
>>> A Morte do Clóvis & Outras Histórias do Teatro Gaúcho de Zé Victor Castiel pela L&PM (2001)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 3/4/2008
Uma pintura num clique

+ de 1500 Acessos

Encerra-se no próximo domingo na Caixa Cultural da avenida Paulista, em São Paulo, a exposição Magnum 60 anos, com cinqüenta fotos da agência fotográfica mais famosa e impressionante da história do jornalismo. São fotografias clássicas que assumem a postura de documentos vivos de episódios importantes do século 20 e do início do terceiro milênio, como a Guerra Civil Espanhola, a Revolução Cubana, os protestos pelo fim da Guerra no Vietnã, as manifestações de maio de 1968, na França; o massacre na praça da Paz Celestial, em 1989, na China; e o ataque ao World Trade Center, em 2001, em Nova York.

A agência foi criada em 1947, após a Guerra Mundial, pelo mítico Henri Cartier-Bresson, Robert Capa, David "Chim" Seymour e George Rodger, em forma de cooperativa de fotógrafos independentes, deixando-os livres para produzirem suas próprias pautas, além de dar o direito à posse de negativos, à edição e à assinatura dos ensaios. Além desses fatos que, por si, já são revolucionários, o caminho seguido pelos fotojornalistas também correu contra a corrente: mergulhou-se em uma outra perspectiva da imagem, atravessando o espaço puro e simples da foto e dos acontecimentos históricos, alcançando o ser humano, a vida cotidiana, os cenários, as pessoas, as guerras, as alegrias e tristezas, inerentes ao homem.

A exposição está dividida em cinco temas: "Momentos", "Outras Perspectivas", "Tradição Documental", "Fotografia Documental Contemporânea" e "Retratos". Na primeira, o cotidiano é o mote. Sendo assim, uma vila na Grécia foi pintada com um vibrante branco que refletia o sol forte. Em outra imagem, a sombra dava vivacidade ao resto do cenário, em que uma menina pulava em frente a prédios de um bairro residencial italiano. Destaque para a foto de Marc Ribaud, feita em 1965, com a visão de uma rua de Pequim de dentro de um antiquário. Cada quadradinho de uma espécie de gaiola guardou um momento de algum evento que acontecia na rua chinesa.

Em "Outras Perspectivas", por exemplo, Gueorgui Pinkhassov priorizou as cores de uma jovem garota no metrô de Tóquio, em 1996, desfocando a vista da janela embaçada pela chuva. Já na "Tradição Documental" estão os fatos históricos mais antigos, com muitas peças clássicas que poderiam ser comparadas a quadros valiosos, que, no entanto, registram situações ocorridas, sentidas, por cada ser humano. Mas vale citar a fotografia de Robert Capa, em 1936, no exato momento em que o soldado republicano Frederico Borrell Garcia caía, após um tiro durante a Guerra Civil Espanhola, em Córdoba, Espanha. O torpor daquele instante, retratado enquanto o combatente morria no campo de batalha, traz uma realidade impressionante à foto.
Os atos mais recentes ficam para a "Fotografia Documental Contemporânea", que, entre outras, possui a famosa imagem das Torres Gêmeas se esvaindo em fumaça de concreto, após os ataques dos aviões que mataram mais de 3 mil pessoas em 11 de setembro de 2001, em Manhattan, pleno coração financeiro dos Estados Unidos. Já a divisão "Retratos" possui várias raridades, como Muhammad Ali, Marilyn Monroe, James Dean, Che Guevara. Mas a que mais chama a atenção é o conhecidíssimo retrato da afegã Sharbat Gula, feito em 1984 por Steve McCurry, que foi capa de uma edição da revista National Geographic.


Sharbat Gula
São tantas fotos que mesmo as cinqüenta da exposição não cabem aqui. O trabalho do curador João Kulcsár deve ter sido hercúleo, já que ele escolheu um mero punhado das mais de um milhão de fotos existentes em seis décadas da agência. Ele preferiu as clássicas mais conhecidas do público, que são universais: todos apreendem a mensagem passada pelas expressões e cores de cada tema.

Até por isso, as imagens escolhidas para essa exposição deixam claro que a fotografia também é uma forma de arte e, mais que isso, uma estupenda expressão cultural que, mais que documentar fatos e retratar pessoas, sintetiza a vida, as alegrias e desgraças dos seres humanos em determinado período da história. É como um registro pictórico que nossos ancestrais desenhavam nas cavernas, para afirmar aos que vieram depois que eles existiram. Um sinal de fumaça que cruza o tempo e chega ao futuro, imortalizando aquele que deixou sua marca, seja num desenho, num escrito, ou por uma imagem.

Para ir além
Magnum 60 Anos ― Até 6 de abril ― Das 9 às 21hs.; no domingo, das 10 às 21hs. ― Caixa Cultural, Galeria da Paulista ― Av. Paulista, 2083 ― (11) 3321-4400.


Postado por Rodrigo Herrero
Em 3/4/2008 às 02h17



Quem leu este, também leu esse(s):
01. Partiu, de Marina Lima de Julio Daio Borges
02. Amour, o Big Brother France de Yuri Vieira
03. Literatura Ibero-Americana de Ricardo de Mattos
04. Festivais: enxurrada de filmes de Yuri Vieira
05. 15 de Agosto #digestivo10anos de Julio Daio Borges


Mais Rodrigo Herrero no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Bem Sertanejo
Andre Piunti, Michel Telo
Planeta
(2015)
R$ 8,76



Pontos Essenciais da Tecnologia de Anticoncepção
Dr. Robert A. Hatcher e Outros
Centro de Programa
(2004)
R$ 5,00



Os Animais Têm Razão - 2ª Edição
Antonio Francisco
Imeph
(2010)
R$ 19,90



A Torre (torre de Vidro)
Richard Martin Stern
Círculo do Livro
(1976)
R$ 5,00



Atendimento a Desastres - Manual de Treinamento
Projeto Trauma
Projeto Trauma
(2000)
R$ 8,00



Viver Em Apostolado da Oração, Celebrando os 150 Anos do A. O.
Vários Autores
Editorial A O
(1995)
R$ 16,75



Vizinho o Pentelho Mora ao Lado
Castelo Antonio de Melo / Marcos Garuti
Nova Alexandria
(1999)
R$ 5,00



Leitura: práticas, impressos, letramentos -3ª ed.
Ana Maria de Oliveira Galvão & Antônio Augusto Gomes Batista (orgs.)
Autêntica
(2011)
R$ 18,90



Orgasmos Fatais
Fernanda Borges
Biblioteca 24 Horas
(2011)
R$ 19,00



O Mulato
Aluísio Azevedo
Klick
R$ 5,50





busca | avançada
59064 visitas/dia
2,3 milhões/mês