Fui xingado pelo Catarro Verde | Digestivo Cultural

busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sempre um Papo recebe lançamento de Lívia Sant’Anna Vaz
>>> ANUAL DE ARTE FAAP ABRE AO PÚBLICO NO DIA 30 DE NOVEMBRO
>>> JOSYARA FAZ SHOW NO SESC BELENZINHO
>>> Revista Úrsula na Copa
>>> Mostra Contemporânea de Natal - Vai na Fé - no Museu de Arte Sacra
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Desapega, só um pouquinho.
>>> Menos, Redentor. Menos
>>> Sou grato a Deus
>>> Água das águas
>>> Súplica
>>> Por que me abandonastes
>>> Política na corda bamba
>>> Aonde anda a liberdade
>>> Calar não é consentir
>>> Eu já morri, de Edyr Augusto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ode a Pablo Neruda
>>> Duetos com Renato Russo
>>> Eureca!
>>> A secretária de Borges
>>> Saint-John Perse: o oxigênio da profundeza
>>> Ela tem um blog?
>>> 8 de Abril #digestivo10anos
>>> Vanguarda e Ditadura Militar
>>> Querem proibir as palavras
>>> WikiLeaks, uma arma contra o abuso de poder
Mais Recentes
>>> Sonhos Lúcidos - uma Iniciação ao Mundo dos Feiticeiros de Carlos castaneda pela Nova Era (1993)
>>> Matematica Financeira de Augusto c. morgado benjamin cesar pela Elsevier (2006)
>>> Escolas da Floresta: Entre o Passado Oral e o Presente Letrado de Nietta Lindenberg Monte pela Multiletra (1996)
>>> Samurai Saburo Sakai de Martin caidin e fred saito pela C & R Editorial (2014)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> O taro zen, de osho de Paulo rebouças pela Cultrix (2006)
>>> Estatistica basica de Wilton de o. bussab pedro a. morettin pela Saraiva (2010)
>>> Ecg Essencial - Eletrocardiograma na Prática Diária de Malcolm S. Thaler pela Artmed (2008)
>>> O vampiro que descobriu o brasil de Ivan jef pela Atica (2019)
>>> Pilates para Você um Guia Completo para Pratica de Pilates Em Casa de Ann Crowther e Helena Petre pela Madras (2010)
>>> Òrun Àiyé: o Encontro de Dois Mundos de Jose beniste pela Bertrand Brasil (2013)
>>> Ecos do Cinema de Lumière ao Digital de Ivana bentes pela Ufrj (2007)
>>> A Doença Como Caminho de Thorwald dethlefsen rudiger dahlke pela Cultrix (2007)
>>> Redes de Computadores Guia Total de Lindeberg barros de sousa pela Érica (2009)
>>> O Efeito Nocebo de Roger de lafforest pela Siciliano (1991)
>>> O Poder da Ação de Paulo vieira, phd pela Gente (2015)
>>> Como Se Iniciar na Bruxaria de Hans holzer pela Record (1980)
>>> Mulheres que correm com os lobos de Clarissa pinkola estes pela Rocco (1994)
>>> Linguagem de corpo de Cristina cairo pela Mercuryo (2009)
>>> Lilith: a Lua Negra de Roberto sicuteri pela Paz e Terra (1998)
>>> Lilith: a Lua Negra de Roberto sicuteri pela Paz e Terra (1998)
>>> A Arte de Escutar de Carla faour pela Agir (2009)
>>> Gabo Periodista de Héctor Feliciano pela Fnpi (2014)
>>> Treinamento Desportivo, Carga, Estrutura e Planejamento de Prof. Dr. Armando Forteza de La Rosa pela Phorte (2008)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 7/5/2009
Fui xingado pelo Catarro Verde

+ de 8200 Acessos
+ 6 Comentário(s)

Descobri o Catarro Verde por indicação de um Colunista do Digestivo Cultural, quando os blogs estavam aparecendo — e a maioria de nós nem sequer conhecia o formato.

Devo ter gostado do que vi, porque, tempos depois, pedi, ao Sergio Faria, para reproduzir alguns posts do Catarro Verde, em forma de Coluna, e ele sempre autorizou (tenho os e-mails guardados).

Como tínhamos ambições de alta cultura na época, optei por suavizar os palavrões dele — substituindo-os por sinônimos (que não eram palavrões).

Como o Sergio sempre publicava os links no próprio Catarro — quando os posts dele saíam no Digestivo —, e como seguimos publicando-o outras vezes (nesse mesmo esquema), assumi que ele lia e concordava com a edição dos palavrões.

Tempos depois — depois que paramos de republicar seus posts, não sei por que cargas d'água (agora) —, o Sergio Faria reapereceu no meu e-mail pedindo para recolocar os palavrões ou tirar os textos dele do ar. Dizia que, sem os palavrões, os textos não podiam receber a "assinatura" dele.

Como eu sempre procurei manter o arquivo do Digestivo intacto — até por uma questão de histórico —, removi os palavrões, que o próprio Sergio Faria localizou e substituiu, me passando, inclusive, o HTML, para facilitar todo o trabalho (tenho esses e-mails também guardados).

De uns anos pra cá, contudo, Sergio Faria me acusa de "censurá-lo" e me chama de vários nomes. Como tantas outras pessoas xingadas por ele, eu poderia simplesmente ignorar — mas achei que valia a pena esclarecer essa história de uma vez por todas.

Assim, quando você encontrar o Catarro Verde me xingando (e ao Digestivo), você já sabe do que se trata. Trata-se de edição. Edição não é censura. Pergunte a qualquer Colaborador do Digestivo Cultural se existe censura aqui no site — e ele vai te confirmar o que eu acabei de escrever, inclusive reconhecendo que, no caso do Catarro, os palavrões sempre foram exagerados...


Postado por Julio Daio Borges
Em 7/5/2009 às 11h06


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/5/2009
19h12min
Pelo que apurei, as "edições" foram feitas sem o autor saber e sem nada ter sido combinado previamente quanto a edição de textos. Independentemente de como a situação se resolveu depois, isso não foi correto.
[Leia outros Comentários de Mario Amaya]
7/5/2009
21h24min
Oi Julio, como vai? Olha só, se o texto tem 'um exagero' de palavrão, ou palavrão nenhum, não é problema nem meu, nem seu. É do autor. Ele que sabe, ele que se responsabilize. Seu problema (só seu, Julio, e não meu, :o) porque não tenho um site com montes de textos de autores vários, visitas e tal, nessa vc tá sozinho) é pensar se o tal do texto se adapta ou não ao seu veículo (pode chamar de veículo? não sei o nome certo, mas vc entendeu, né?). Se não cabe, se pra vc tá com palavrão a mais, pouco estilo, feio, bobo e chato, lima o cara. Não publica. Cabô. Mas não se pode mexer no texto de alguém, inda mais sem combinação prévia. Escritor é bicho chato e sensível e chorão. Precisa de muita sedução, conversinha no pé da orelhinha e 'vem cá minha nega' pra mexer num texto de alguem, Julio. E dizer 'achei que ele lia', tb não vale. Tem que combinar combinado, com todas as letras "Minha frô, vou mexer aqui, ali e aqui de novo". Não foi edição, Julio, na boa, não foi não. beijo grande. Fal.
[Leia outros Comentários de Fal]
8/5/2009
08h03min
Fal, você já publicou em algum veículo que não mexeu no seu texto? Então, você nunca publicou em nenhum veículo. Eu já, e já mexeram; principalmente na grande imprensa. Todos os veículos mexem, todos têm de adaptar os textos que publicam (aos seus padrões de edição). Nenhum editor tem tempo de ficar combinando "tudo com todo mundo". (Você também nunca deve ter editado, eu imagino...) O fato é que os blogueiros brasileiros estão muito mal acostumados; não sabem lidar com veículos. Se continuarem assim, vão continuar sem ser publicados. Boa sorte a todos.
[Leia outros Comentários de Julio Daio Borges]
8/5/2009
12h35min
Tem escritores que não conseguem ser editados. Péssimo! Eu já tive uma coluna de música em uma revista de moda, e ser editado só enriquece o escritor. Mesmo que a edição seja uma bosta. Editar é preciso.
[Leia outros Comentários de Isabella (isa_belha)]
11/5/2009
22h50min
Concordo com o Julio, é preciso adaptar, é preciso editar, e quem fornece o texto sabe disso. Já editaram alguns textos meus, outros não. Não guardo mágoa. Aprendi bastante. Escritor que é escritor entende uma boa crítica construtiva, os demais, são estrelinhas cadentes!
[Leia outros Comentários de Juliany Luz]
3/6/2009
11h20min
O Sergio se acha e só ama o próprio umbigo ou da sua restrita panelinha. Xinga a todos que não concordam com sua opinião mas nunca mostra a cara. Talvez ele seja apenas um avatar...
[Leia outros Comentários de Zé Maria]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Obra Poética Ii: Poemas de Alberto Caieiro: Pocket 489 - Confira !!!
Fernando Pessoa
L&pm Pocket
(2006)



Crescer Em Comunhão pela Força do Espírito Santo
Caderno do Adolescente Vol. V
Vozes
(1981)



Meu Reino por um Cashmere
Ana Cristina Reis
objetiva



O Romance da Astrologia 3 Volumes
Omar Cardoso
Iracema



Os 100 Segredos dos Bons Relacionamentos
David Niven
Sextante
(2003)



Livro - A Arte Mesopotâmica e Persa (col. Saber Ver a Arte)
Jaime Alvar Ezquerra
Martins Fontes
(1991)



No Compasso do Coração
Elizabeth Adler
Record
(2002)



Os Astronautas de Yaveh
J. J. Benítez
mercuryo
(1989)



Socialismo no Século Xxi. Coleção Socialismo Em Discussão
Juarez Guimarães
Fundação Perseu Abramo
(2007)



Ganhando o Jogo
Dr. Pierre Mornell
Fundamento
(2003)





busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês