Estranha coincidência | Digestivo Cultural

busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Público, massa e multidão
>>> Vida de Estagiário II
>>> Biocyberdrama: quadrinhos pós-humanos
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Suicídio on-line põe internet no banco dos réus
>>> O melhor presente que a Áustria nos deu
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Desfazendo alguns mitos sobre 64
>>> Uma homenagem a Maysa
>>> O Tigrão vai te ensinar
Mais Recentes
>>> Bonjour Tristesse de Françoise Sagan pela Distribooks (2010)
>>> Épico de Conor Kostick pela Galera Record (2007)
>>> La comunidad ilusoria de Marc Augé pela Gedisa (2012)
>>> O Rei do Inverno de Bernard Cornwell pela Record (2002)
>>> Na sala com Danuza de Danuza Leão pela Siciliano
>>> Por uma pedagogia da pergunta de Paulo Freire e Antonio Faundez pela Paz e terra
>>> As Chaves do Inconsciente de Renate Jost de Moraes pela Agir (1991)
>>> Ensaio sobre o entendimento humano de Caetano Galindo pela Biblioteca Paraná
>>> Dicionário de Ideias e Afins de Hermínio Sargentim pela Ibep
>>> Vidas Secas (edição comemorativa) de Graciliano Ramos pela Record (2018)
>>> Religious Rock 'n' Roll de Jimmy Swaggart pela Jimmy Swaggart
>>> Macunaíma - O herói sem nenhum caráter de Mário de Andrade pela Folha
>>> A Batalha do Rio da Prata de Eugen Millington Drake pela Flamboyant (1968)
>>> Richard Wagner e Tannhauser em Paris de Charles Baudelaire pela Edusp
>>> Terminologia de Mercado de Roberto Lobo pela Fauna (1969)
>>> O que é lugar de fala? de Djamila Ribeiro pela Letramento (2017)
>>> Neuropsicologia e Aprendizagem de Maria Gabriela Ramos Ferreira pela Intersaberes
>>> Violência do rosto de Emmanuel Lévinas pela Loyola (2014)
>>> O Sobrevivente do Pacífico de Georges Blond pela Flamboyant (1965)
>>> Loucura... e O incesto de Mário de Sá-Carneiro pela Lacerda
>>> A guerra do fim do mundo de Mario Vargas Llosa pela Alfaguara (2008)
>>> Graça Infinita de David Foster Wallace pela Companhia Das Letras (2014)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Círculo do Livro
>>> O Jogo da Amarelinha de Julio Cortázar pela Civilização Brasileira (2013)
>>> Razão e Sensibilidade de Jane Austen pela Nova cultural
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 13/4/2005
Estranha coincidência

+ de 1000 Acessos

Comparem:

* Woody Allen no SuicideGirls: How did you customize (Will Ferrell) it for him? First of all, he's so physically different. He's a big silly person and everyone including me has laughed at him in these broad ridiculous comedies. The question was, could he act and be believable. It turned out; I guess because of his size, his face or whatever talent he has, he's vulnerable. There's something sweet about him so your heart goes out to him. There were things in the script, the actual dialogue, that he couldn't do. Since I'm writing the dialogue, my tendency is to write it for myself even though I knew I'd never be playing it. But I write it instinctively for myself and I had to cut some lines and dialogue out of the thing because he couldn't do it. It never sounded funny when he did it. But there were things he did do that I could never imagine when I was writing it. Before I met him, I never could have imagined it for the script or the contributions he would make sort of built in to his ridiculous persona. The way he moved, there's something in the look of his face, it's intangible, but it's silly and sweet.

* Agora, Woody Allen na IstoÉ: No Brasil as pessoas não conhecem o Will Ferrell (do programa Saturday Night Live e dos filmes Um duende em Nova York e Dias incríveis) do mesmo modo que os americanos. Por favor, explique como se faz algo sob medida para ele. Bem, em primeiro lugar, ele é fisicamente diferente. É um grandalhão simplório. O jeito como ele se movimenta, sua fisionomia e expressão têm algo de intangível, de ridículo e doce. Todo mundo ri de suas comédias ridículas - inclusive eu mesmo. A grande pergunta era: mas será que ele consegue interpretar outros papéis de forma convincente? Acontece que há algo de muito doce nele que ganha seu coração. Ele é vulnerável, talvez por seu tamanho e falta de jeito, pelas suas expressões ou por algum talento inato dentro dele, sei lá... Teve algumas coisas no roteiro - alguns diálogos - que ele não conseguia fazer. Quando eu escrevo um diálogo, minha tendência é fazer algo para mim, mesmo que eu saiba que não vou ser eu quem vai dizer aquelas frases. Mas eu escrevo instintivamente para mim mesmo e tive de cortar alguns diálogos ou frases porque Will não conseguia fazê-los direito. Não era ele. Não era engraçado quando ele falava. Em outros momentos, teve coisas que ele fez que eu nunca imaginei ao escrever. Antes de encontrá-lo pessoalmente, não imaginei aquelas situações. Ele contribuiu no roteiro de tal modo que acabou construindo um personagem ridículo, engraçado, especial.

Uma descoberta do Renato Parada, no Samjaquimsatva, na blogsfera há algum tempo, mas que me pediram pra dar.


Postado por Julio Daio Borges
Em 13/4/2005 às 07h34


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um jornal que pensa ão? de Julio Daio Borges
02. Anna Maj Michelson de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sete Palcos N. 1 Dezembro Cena Lusófona
Associação Portuguesa para o Intercâmbio Cultural
Associação Portuguesa para
(1997)
R$ 22,00



Íntimo e Perigoso
Linda Howard
Bertrand Brasil
(2010)
R$ 43,00



O Preço de uma Lição
Gutti Mendonça; Frederico Devito
Novas Paginas
(2011)
R$ 7,87



Dicionário de Ouro Espanhol-português
Editora Ediouro
Ediouro
R$ 9,00



Sistemas de Gestão Integrados
João B. M. Ribeiro Neto José da C. Tavares et Al
Senac
(2012)
R$ 30,00



Formação Contínua dos Catequistas - Importância-prioridade-compromisso
Ir. Mary Donzellini
Paulus
R$ 15,00



Voce Esta Louco
Ricardo Semler
Rocco
R$ 12,00



Tire as Patas, Cara de Requeijão!
Geronimo Stilton
Bev
(2002)
R$ 12,00



Dinâmica Organizacional e Estratégia
Flávio Carvalho de Vasconcelos
Thomson Pioneira
(2007)
R$ 39,00



Livro do Desassossego Vol. 1
Fernando Pessoa
Unicamp
(1994)
R$ 30,00





busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês