Combattimento em São Paulo | Digestivo Cultural

busca | avançada
74581 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sesc 24 de Maio apresenta novos episódios do projeto Música Fora da Curva
>>> Quarador de imagens partilha experiências em música, teatro e cinema
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Temporada Alfa Criança estreia Zazou, um amor de bruxa dia 24 de abril
>>> Operilda na Orquestra Amazônica Online tem temporada grátis pela Lei Aldir Blanc
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
>>> Exposição curiosa aborda sobrevivência na Amazônia
>>> Coral de Piracicaba apresenta produção virtual
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Di-Glauber
>>> Corpos
>>> The safest room in the house
>>> Como escrever bem — parte 2
>>> Vestibular, Dois Irmãos e Milton Hatoum
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> A morte da Gazeta Mercantil
>>> A hora certa para ser mãe
>>> Blogging+Video=Vlogging
Mais Recentes
>>> Matemática 3º ano do ensino fundamental 2º série Pensar e Viver de Ana Maria Bueno - Antonieta Moreira Leite - Selma Alves de Lima pela Ática (2006)
>>> Feliz por Nada de Martha Medeiros pela L&PM Editores (2012)
>>> Graciliano ramos- relatórios de Mario helio gomes- org pela Record /fundação cultura recife (1994)
>>> Xógum 2 vols. de James Clavell pela Nova Cultural (1986)
>>> Luiz Gonzaga o Matuto que conquistou o mundo de Gildson oliveira pela Assembleia legislativa de PE (2012)
>>> A Estrada da Noite de Joe Hill pela Sextante (2007)
>>> Lubião de Tarcisio rodrigues pela Babecco (2010)
>>> Os Contos de Beedle, o Bardo de J.K. Rowling pela Rocco (2008)
>>> O santo e a porca de Ariano Suassuna pela José olimpyo (2021)
>>> Marx - sociologia de Octavio ianni / florestan fernandes - org pela Atica (1988)
>>> A invenção do brasil de Jorge furtado e guel arraes pela Objetiva (2000)
>>> Conselhos e lembranças de Teresa De Lisieux. Santa Teresinha pela Paulus (2014)
>>> Revista Planeta 13 - Setembro 1973 - Não tenha medo dos vampiros de Ignácio de Loyola Brandão pela Três (1973)
>>> Instrução geral sobre o missal romano de Congregação do Culto Divino. Frei Aberto Beckhauser pela Vozes (2005)
>>> As aventuras de Tibicuera - que são também as do Brasil de Érico Veríssimo pela Globo (1985)
>>> Annuario Pontificio - Anno 1988 de Citta del vaticano. Giovanni P II.Autores Diversos pela Citta del vaticano (1988)
>>> O Hobbit de J.R.R. Tolkien pela Martins Fontes (2003)
>>> A Saga do Marrano de Marcos Aguinis pela Scritta (1996)
>>> Explicando Arte de Jô Oliveira e Lucília Garcez pela Ediouro (2006)
>>> Vitalino o menino que virou mestre de Silvanildo Sill pela Gráfica JB (2012)
>>> Espumas Flutuantes de Castro Alves pela FTD (1997)
>>> Monitorização Respiratória: Fundamentos de João Claudio Emmerich pela Revinter (1996)
>>> Manual de Assistência Domiciliar de Valeria Maria Augusto pela Ac Farmaceutica (2013)
>>> Hipertensão Arterial - Miniatlas de Luis Raúl Lépori pela Sankyo (2004)
>>> Educação Universitária: Práxis Coletiva Em Busca de Veraz Qualidade de Pedro Bergamo pela Eduepb (2010)
BLOG >>> Posts

Domingo, 3/11/2013
Combattimento em São Paulo

+ de 1600 Acessos

O Combattimento Consort Amsterdam apresentou-se ontem na Sala São Paulo, como última atração da temporada de 2013 da Sociedade de Cultura Artística. Com muitos aplausos, bravos e extras! A formação, criada em 1982, pelo violinista Jan Willem de Vriend, dedica-se à música composta entre 1600 e 1830.

Na apresentação, três pontos altos: a interpretação do jovem cellista Thomas Carroll do adágio do concerto para violoncelo nº 1 em dó maior de Joseph Haydn(1732-1809); a suíte Les Boréades, do francês Jean Philippe Rameau (1683-1764) e a sinfonia nº 44 em mi menor, também daquele primeiro compositor austríaco, conhecida por "Fúnebre" ou "do Luto" (Trauer).Em outras palavras, destaque para a maior parte do programa.

De trás para frente: por coincidência (ou não), a sinfonia "Fúnebre" serviu de homenagem ao dia de Finados (2/11). Assim, levou o pensamento à humanidade que nos antecedeu e à lembrança de todos os compositores e intérpretes que "sur les balcons du ciel, en robes surannées" banham de luz nossas vidas até hoje (sobre os balcões do céu, em roupas fora de moda, Baudelaire, Flores do mal). Finalizada em 1772, a sinfonia "Fúnebre" deve seu nome ao fato de o compositor ter determinado que a mesma fosse tocada em seu funeral.

Já a suíte "Les Boréades"(ou os descendentes de Bóreas), é um conjunto de fragmentos da ópera de mesmo nome, composta por Rameau. O enredo baseia-se na mitologia e abre espaço no palco para a presença de uma deliciosa engenhoca: o eóliofone, mais popularmente, a "máquina de vento". A rainha da Báctria apaixona-se por Abaris. Todavia, tem que casar-se com um descendente de Bóreas, deus do vento norte. Para seguir os ditames de seu coração, a rainha abdica, mas, durante a cerimônia de casamento, é levada por uma ventania, que a conduz para junto de Bóreas e de seu filho. Abaris parte em seu encalço e desafia ambos para luta. Todavia, surge Apolo, que tudo esclarece, afirmando que Abaris é filho de uma ninfa que descende de Bóreas. Não há, por isso, obstáculo para o casamento. Ontem, a máquina de vento era uma estrutura de metal acobreado que girava, recoberta de pano. Os séculos XVII e XVIII admiraram esses truques de cena. Mas, não só eles. Recentemente, em apresentação de O navio fantasma, ópera de Richard Wagner, no Teatro da Paz, em Belém do Pará, lançou-se mão de um desses engenhos.

Rameau, nascido em Dijon - terra da mostarda e dos bons bourgognes -, foi concorrente musical de Jean Baptiste Lully, o favorito do rei Luis XIV. Este, além de cunhar o bordão "O Estado sou eu", notabilizou-se por seu gosto pelo espetáculo, principalmente pela dança (ele mesmo apreciava fazer demonstrações de seus passos para a corte). O compositor era octagenário quando começaram os ensaios de Les Boréades. A montagem era complicada, o teatro pegou fogo, Rameau faleceu, o certo é que apenas na década de 1960 essa ópera, em seus cinco atos, foi montada pela primeira vez.

A surpresa agradabilíssima ficou a cargo da substituição de solistas no concerto para violoncelo e orquestra de Haydn. Mesmo desconhecendo a substituída, aposto que o público ganhou: o galês Thomas Carroll, nome para se anotar. Foi emocionante escutá-lo tocar o adágio do concerto de Haydn. A continuação seguiu na recordação desse trecho.

De acordo com o programa distribuído, essas apresentações em São Paulo podem ser uma das derradeiras do Combattimento Consort Amsterdam contando com de Vriend como spalla e na direção artística do conjunto. A partir de 2014, após 32 anos à frente da formação, o músico irá dedicar-se à regência de orquestras. Que o Combattimento dê continuidade a suas atividades, não se afastando nem de sua vocação, nem de sua qualidade.

O Combattimento Consort Amsterdam apresenta-se na Sala São Paulo ainda uma vez, no dia 6 de novembro próximo, quarta-feira, às 21 hs, com o mesmo programa de ontem, encerrando com galhardia a temporada 2013 da Sociedade de Cultura Artística, cuja programação para 2014 já está disponível.

Concluindo, entreato, "Os ventos", da ópera Les Boreades, de J.P. Rameau (sem indicação de intérprete), onde se escuta a "máquina de vento".





Postado por Eugenia Zerbini
Em 3/11/2013 às 19h52


Mais Eugenia Zerbini no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Dotnet teens
Microcamp
Microcamp Internacional
(2010)



O Negócio do Livro
Jason Epstein
Record
(2002)



Mundo dos Museus - Museu de Arte da Catalunha - Barcelona
Nicolas Gibelli Dir
Codex
(1967)



1934 (Literatura Italiana)
Alberto Moravia
RioGráfica
(1982)



A Dama dos Pobres
Pe. Fausto Santa Catarina
Colégio Monte Calvário
(2003)



Das Preliminares no Processo Civil
Voltaire de Lima Moraes
Forense (rj)
(2000)



Machu Picchu - a Experiência de um Ritual no Vale Sagrado dos Incas
Sérgio Motta
Ediouro
(1996)



Português Não é um Bicho de Sete Cabeças
Sérgio Simka
Ciência Moderna
(2008)



Segunda Sombria
Nicci French
Record
(2014)



Nelson Rodrigues - Literatura Comentada
Nelson Rodrigues
Abril
(1981)





busca | avançada
74581 visitas/dia
2,6 milhões/mês