Paulo Francis e a Petrobras | Digestivo Cultural

busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Joca Andreazza dirige leitura de Auto da Barca de Camiri na série 8X HILDA
>>> Concerto Sinos da Primavera
>>> Aulas on-line percorrem os caminhos da produção editorial
>>> Rapsódia capital de Mário de Andrade resgata a grandeza do modernismo nacional
>>> Livro: Os Festivais de Rock - Uma Vida Rock n Roll
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Rei Roberto Carlos e a Ditadura
>>> Uma leitura jornalística
>>> A idéia que governa o mundo
>>> Discutir, debater, dialogar
>>> A jornada do herói
>>> Erudição e humor na ficção de Ruy Castro
>>> Stay Hungry. Stay Foolish.
>>> 30 años de Apple
>>> Twitter: A Crítica Como Vocação
>>> John Lennon, o homem
Mais Recentes
>>> Pro Teste Dinheiro & Direitos Nº 50/2014 - Nº 52/2014 e Nº 12/2008 de Vários pela Proteste (2021)
>>> Pro Teste Dinheiro & Direitos Nº 14/2009 e Nº15/2008 de Vários pela Proteste (2009)
>>> Pro teste Dinheiro & Direitos (05 UNIDADES) de Vários pela Proteste (2007)
>>> Pro Teste Dinheiro & Direitos Nº 14/2008 e Nº17/2008 de Vários pela Proteste (2008)
>>> Presença Pedagógica V.18 / N. 103 (Universo Digital) de Vários pela Dimensão (2012)
>>> Presença Pedagógica V.18 / N. 107 (Magda Soares) de Vários pela Dimensão (2012)
>>> Presença Pedagógica V.19 N.112 (Educação Sexual) de Vários pela Dimensão (2013)
>>> Presença Pedagógica V.19 N.110 (Jovem do ensino médio) de Vários pela Dimensão (2013)
>>> A Metamorfose de Franz Kafka pela Ciranda Cultural (2019)
>>> O Mundo Perdido de Arthur Conan Doyle pela Ciranda Cultural (2019)
>>> O Peregrino de John Bunyan pela Ciranda Cultural (2019)
>>> Imitação de Cristo de Tomás de Kempis pela Ciranda Cultural (2019)
>>> Revista de História da Biblioteca Nacional Ano 8 Nº91 de Vários pela Sabin (2013)
>>> Bolos Decorados, volume 1,2 e 3 de Editora Três pela Três (2002)
>>> Psicologia Legislação de Conselho Federal de Psicologia pela Conselho Federal de Psicologia (1982)
>>> Boitempo & A Falta Que Ama de Carlos Drummond de Andrade pela José Olympio (1979)
>>> O Dom Supremo de Henry Drummond, adaptação de Paulo Freire pela Rocco (1994)
>>> Psicologia Educacional de Robert S. Ellis pela Nacional (1967)
>>> Jesus, A Dor e a Origem de Sua Autoridade Volume II de Paiva Netto pela Elevação (2016)
>>> Restaurante Chinês e Outras Histórias de Vários Autores pela Nova Prova (2002)
>>> Condição Física de José Antônio Pires Gonçalves pela Imprensa do Exército (1968)
>>> Taxitramas – Diário de um Taxista de Mauro Castro pela Sulina (2006)
>>> Comunicação Incomunicação no Brasil de Vários Autores pela Loyola (1976)
>>> Os Versos do Capitão de Pablo Neruda pela Bertrand Brasil (1997)
>>> Lira e Antilira - Mário, Drummond, Cabral de Luiz Costa Lima pela Civilização Brasileira (1968)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 19/11/2014
Paulo Francis e a Petrobras

+ de 3900 Acessos

Leitores me escrevem lembrando o caso envolvendo Paulo Francis e a Petrobras. Alguns querendo sugerir que sempre houve corrupção na estatal, mesmo durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Portanto, deveríamos "relativizar" o "petrolão". Obviamente, não concordo.

Acompanhei o caso de perto. Era leitor assíduo do Francis. Era espectador fiel do Manhattan Connection. No programa, Paulo Francis sugeriu que diretores da Petrobras tinham contas secretas na Suíça. Joel Rennó, então presidente da estatal, usou a estrutura da empresa para processar o jornalista nos Estados Unidos. Pediu 100 milhões de dólares. Era 1996.

Por iniciativa de José Serra, então senador, Fernando Henrique Cardoso foi acionado. Era o presidente da República. Não adiantou. Rennó não voltou atrás. O processo continuou. Paulo Francis morreu de ataque do coração. Lembro de ler em suas colunas: mesmo que vendesse tudo, não conseguiria pagar a indenização.

Hoje, no petrolão, um único gerente, envolvido no esquema, se dispôs a devolver R$ 250 milhões de reais. Quase 100 milhões de dólares, antes de o câmbio disparar com a reeleição...

Não descarto que houvesse corrupção na Petrobras, na época de FHC. Mas não era a mesma coisa.

A corrupção, se havia em 1996, era pontual. O petrolão, desde 2006, é um *esquema*. Trata-se de corrupção sistêmica. Não é um ou outro ladrão, o esquema tinha regras claras: 3% de todos os contratos iam para políticos e/ou partidos.

Em 1996, o objetivo talvez fosse enriquecimento ilícito. A partir de 2006, o objetivo foi comprar apoio no Congresso Nacional. Dobrar o Legislativo ao Executivo. Pagar campanhas do PT e de seus aliados. Financiar o projeto de poder de um partido.

Por último, em 1996, o comando não era de Fernando Henrique Cardoso. Se fosse, uma sinalização sua teria interrompido o processo contra Paulo Francis. FHC não mandava na Petrobras como Lula e Dilma mandaram e mandam.

Dilma, vale repetir, foi Ministra das Minas e Energia, foi presidente do Conselho de Administração, foi ministra-chefe da Casa Civil e foi Presidente da República. Indicou, e é amiga pessoal, de Graça Foster, a mesma presidente da Petrobras que mentiu na CPMI da estatal. E Paulo Roberto Costa - que Dilma finge não conhecer agora - foi convidado para o casamento de sua filha...

O petrolão remonta a 2006, um ano depois do estouro do escândalo do mensalão. Fim do primeiro governo de Lula. Que FHC - sim, FHC - salvou do impeachment. E que foi reeleito em 2006. O petrolão se arrasta até o primeiro mandato de Dilma. Paulo Roberto Costa, aliás, era o "Paulinho do Lula". E Renato Duque - cuja fortuna no exterior se calcula agora - foi indicado por José Dirceu. Lula e a direção do PT transladaram o mensalão para a Petrobras: virou petrolão.

Paulo Francis tinha horror ao PT e a Lula. Mas acredito que nem em seus piores pesadelos poderia imaginar um esquema de corrupção assim. Joel Rennó talvez fosse corrupto - e merece toda a condenação no "caso Francis" -, mas não passa de um "ladrão de galinha" perto dos investigados pela operação Lava Jato.

A estratégia do PT - quando pego em erro - é apontar o dedo para o PSDB. Como naquela frase de Lenin: "Acuse seus adversários do que você faz, chame-os do que você é".

Paulo Francis deve ser deixado em paz. Já o petrolão deve ser investigado até as últimas consequências.


Postado por Julio Daio Borges
Em 19/11/2014 às 12h59


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pernambucanas e Polishop sobre a crise de Julio Daio Borges
02. 13 de Junho #digestivo10anos de Julio Daio Borges
03. 8 de Junho #digestivo10anos de Julio Daio Borges
04. Al Jazeera entrevista Assange de Julio Daio Borges
05. Eleição e Recursos Humanos de Daniel Bushatsky


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Desperte o milionário que há em você
Carlos Wizard Martins
Gente
(2012)
R$ 19,00



Compêndio Moderno de Filosofia - Volume 1 A Ação
Denis Huisman e André Vergez
Freitas Bastos
(1969)
R$ 26,93



Comentários ao Código de Processo Civil Vol 3
Levenhagen
Atlas
(1996)
R$ 7,50



E Não Sobrou Nenhum
Agatha Christie
Folha de S. Paulo
(2017)
R$ 59,09



Evangelização no Presente e no Futuro da América Latina
Puebla
Ed. Paulinas
R$ 5,00



Português Leitura Produção Gramática 7º Ano
Leila Lauar Sarmento
Moderna
(2012)
R$ 6,00



Princesa Sultana Sua Vida, Sua Luta
Jean P. Sasson
Best Seller
(2004)
R$ 15,00



Assim Morreu Tancreu
Antônio Britto
L&pm
R$ 25,20



Atlas Geográfico Escolar - 2ª Edição - para Entender o Mundo Em Que ..
Companhia Editora Nacional
Nacional
(2011)
R$ 54,00



Sociologia da educação
geraldo Brandao
do Brasil
(1963)
R$ 7,00





busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês