Este Congresso nos representa? | Digestivo Cultural

busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
Blogueiros
Mais Recentes
>>> À propos de Nice (1930)
>>> Sonhos olímpicos nos Lençóis Maranhenses
>>> Lifestyle Media
>>> A voz de Svetlana em Paraty
>>> São João del-Rei
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Where I End and You Begin
>>> Nós, os afogados, de Carsten Jensen
>>> Dias de Luta, de Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Documentos historicos municipais de Valeria agra pela C E H m (2011)
>>> Jurisdição Comunitária de Marcelino Meleu pela Lumen Juris (2014)
>>> O Estado e a Revolução de Lenin pela Expressão Popular (2007)
>>> Pedagogia e estética do teatro do oprimido: Marcas da arte teatral na gestão pública de Dodi Leal pela Hucitec (2015)
>>> Constitucionalismo Latino-Americano: Tendências Contemporâneas de Antonio Carlos Wolkmer , Milena Petters Melo pela Juruá (2013)
>>> Qu'est-ce que la démocratie? de Alain Touraine pela Le Livre de Poche (1997)
>>> Sobre a questão judaica de Karl Marx pela Boitempo (2010)
>>> O direito dos oprimidos de Boaventura de Sousa Santos pela Cortez (2015)
>>> La domination masculine de Pierre Bourdieu pela Éditions du Seuil (2002)
>>> Le citoyen de Marie Gaille (Apres.) pela Flammarion (1998)
>>> Le langage silencieux de Edward T. Hall pela Éditions du Seuil (2000)
>>> O 18 Brumário de Luis Bonaparte de Karl Marx pela Escriba (1968)
>>> Citoyenneté et politiques sociales de Annick Madec; Numa Murard pela Flammarion (1995)
>>> Sociologie de la vie politique française de Michel Offerlé pela La Découverte (2004)
>>> Du contrat social de Jean-Jacques Rousseau pela Le Livre de Poche (1996)
>>> Brasil: Uma Biografia de Lília Schwarcz , Heloisa Starling pela Cia das Letras (2015)
>>> Origens do totalitarismo: anti-semitismo, imperialismo, totalitarismo de Hannah Arendt pela Cia das Letras (2012)
>>> Gramatologia de Jacques Derrida pela Perspectiva (2011)
>>> O Espaço Dividido: os Dois Circuitos da Economia Urbana dos Países Subdesenvolvidos de Milton Santos pela Edusp (2008)
>>> Repensando a Pesquisa Jurídica. de Miracy Barbosa de Sousa Gustin pela Del Rey (2014)
>>> Cavaleiros do zodíaco Saint seiya volume 8 de Masami Kurumada pela Conrad (1997)
>>> samurai x volume 3 Rurouni Kenshin de Nobuhiro Watsuki pela Jbc (1997)
>>> Inu- Yasha volume 75 de Rumiko Takahashi pela Jbc (2004)
>>> Inu- Yasha volume 101 de Rumiko Takahashi pela Jbc (2004)
>>> Destino Cativo volume 1 de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2008)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 4/12/2014
Este Congresso nos representa?

+ de 1600 Acessos

(Este Congresso não nos representa. Ou representa?)

Para quem nunca tinha assistido a uma sessão de votação do Congresso Nacional foi um trauma. Comecei a ouvir a transmissão pela manhã - depois de saber da confusão do dia anterior -, passei o dia trabalhando, com esse "som de fundo", e abandonei a programação da TV Câmara às duas horas da manhã (do dia seguinte), porque não aguentava mais. Consta que nossos congressistas ficaram 18 horas nessa votação. Ou seja: terminou às quatro horas da manhã.

Para mim - e acho que para, pelo menos, 51 milhões de brasileiros que não votaram neste governo -, foi deprimente, porque acordei e descobri que a oposição "perdeu". Depois de toda essa maratona...

Mas, passado algum tempo, eu percebi que não. Quer dizer, a ameaça de "rasgarem" a Lei de Responsabilidade Fiscal é cada vez mais concreta. Mas, mesmo depois de 18 horas, não conseguiram toda a aprovação de que precisavam. Digo, o governo e sua "base aliada".

A votação no Congresso, não sei se você já viu, parece uma feira livre. Quer dizer, a comparação com uma "feira livre" talvez seja injusta, porque acho que as feiras livres são mais organizadas...

Pelo que eu entendi, o presidente da sessão - que às vezes se confunde com o presidente do Congresso - passa a maior parte do tempo discutindo o "regimento interno".

Lógico: eu descobri que o objetivo da oposição era esse mesmo. Como é minoritária, se o Congresso passasse para a votação diretamente, a oposição iria perder em dois tempos. Logo, a única chance era "obstruir a matéria", como eles dizem.

A gente, que não acompanha muito, fica pensando que "a oposição" é o Aécio Neves. Mas acabamos descobrindo outros nomes no processo. O senador Aloysio Nunes, vice na chapa de Aécio, tem sido bastante atuante também. Mas quem tem se revelando um gigante, a meu ver, é o Ronaldo Caiado.

Lembro do Caiado na eleição para presidente de 1989. Eram tantos candidatos que eu não conseguia prestar muita atenção nele. Meu candidato era o Afif Domingos. Mas, na minha família em Minas, lembro que tinha gente que ia "caiar" (votar no Caiado). Ronaldo Caiado tinha boa fama no seu estado e nos vizinhos, também.

Hoje, acho que ele está fazendo oposição sem apelar (para extremismos de direita) mas, ao mesmo tempo, sem medo de falar tudo com todas as letras. Denunciou ligações do MST com a Venezuela, sob os auspícios do governo. Usa a palavra "bolivarianismo" no sentido correto do termo. E, nessa última maratona no Congresso, disse literalmente: "O PT assaltou as urnas e fraudou as eleições". Corajoso.

Perdi a conta de quantas vezes Caiado subiu na tribuna do Senado, para discursar. Umas três, pelo menos. E suas intervenções no microfone da Câmara devem ter sido, pelo menos, umas trinta.

Claro que, para cada Caiado, existem quatro "governistas" que votam "a favor" da Dilma e do PT...

Mas não podemos desistir. Me surpreendi, por exemplo, com os parlamentares do DEM, que eu mal conhecia. O Mendonça Filho, por exemplo, "estava com bateria Duracell", como disseram no Twitter. Incansável. Além do Caiado, claro. Do Onyx Lorenzoni, que me pareceu bom. E do Rodrigo Maia, que fala bem.

Óbvio que o grosso da oposição está no PSDB. O Antonio Imbassahy já conhecia de acompanhar sua página no Facebook. O Domingos Sávio, assim como o Mendonça Filho, lutou até o final...

Evidente que, para cada PSDB, DEM e até PSB, existem - além do PT - PMDB ("base alugada"), PCdoB, PSOL, PDT - que foram quase todos unânimes no apoio a essa votação bárbara. Fora PP (meio dividido), PTB (com duas exceções), PV (meio a meio), PROS (com uma única exceção). Fora outros que, francamente, eu nem sei quem são direito: PR, PRB, PSC, PSD, PTdoB e Solidariedade (desculpa, mas isso é partido?).

Queria ter sido poupado das "performances" de Lindberg Farias (felizmente massacrado por Aécio); Jandira Feghali (que, além das ideias erradas, não é nada bonita); Silvio Costa (repugnante em tudo); e Vicentinho (que, depois de velho, virou uma mistura de Clodovil com Lula). Fora todos os do PSOL (nenhum se salva). E fora outros de quem eu já me esqueci (para a minha sorte)... (Ah, tem o Henrique Fontana, que é um dos maiores caras de pau que eu já vi...)

Olhando assim, não sobra muita coisa. E não sobra mesmo. Nessa votação, apenas 20% "resistiu" ao governo. 80% votou "a favor".

Mas, apesar dos pesares, gostei de conhecer um pouco da oposição. E 2015, com a nova legislatura, haverá "mais" oposição.

Assim como não podemos desistir do Brasil, não podemos desistir do Congresso, também. Porque, se alguém acredita em "crime de responsabilidade", e em impeachment, é lá no Parlamento que as coisas vão ter de acontecer...

Desanima, eu sei. Mas heróis ainda existem. Creiam. Pouco a pouco, vão se revelando...


Postado por Julio Daio Borges
Em 4/12/2014 às 16h46


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Poesia BR em Paris de Ana Elisa Ribeiro
02. People, Hell & Angels de Yuri Vieira
03. Saint Barbie, de Mark Ryden de Yuri Vieira
04. Amor assassino de Gian Danton
05. PayPal versus e-books eróticos de Yuri Vieira


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Madeleine Colaço
Eduardo Kac - Antonio Fernandes Fagundes
Index
(1998)
R$ 24,00



Crimes Contra a Administração Pública
Victor e Rios Gonçalves
Paloma
(1999)
R$ 5,00



El Cid o Herói da Espanha Serie Reencontro
Paulo Reginato
Scipione
(1997)
R$ 8,85



Pour Comprendre La Théologie
Denys Gorce
Gaston Doin
(1947)
R$ 17,77



Slam Dunk- Volume 6
Takehiko Inoque
Conrad
(2005)
R$ 20,00



O Novo Mundo Digital - Voce Ja Esta Nele: Oportunidades, Ameacas E As Mudancas Que Estamos Vivendo
Neves, Ricardo
Relume Dumara (Ediouro)
R$ 14,00



Padres, Celibato e Conflito Social - uma História da Igreja Catól
Kenneth P. Serbin
Companhia das Letras
(2008)
R$ 37,82



Poetas do Sul Bernardo de Passos e Florbela Espanca - 3437
Costa Leão
Portugália
R$ 100,00



Matemática Financeira - 7ªedição
Samuel Hazzan; José Nicolau Pompeo
Saraiva
(2014)
R$ 70,00



Ciência e Sexualidade Nº 3
Edgard de Abreu
N/d
(1953)
R$ 10,00





busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês