Acabou o governo | Digestivo Cultural

busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Férias de Julho: Museu Catavento e Teatro Sérgio Cardoso recebem a Cia. BuZum!
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Chico Pinheiro
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> Entrevista da Camille Paglia
>>> Vamos sentir saudades
>>> Sexo virtual
>>> The more you ignore me, the closer I get
>>> Padre chicoteia coquetes e dândies
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
Mais Recentes
>>> Nação e Trono - Páginas de História de Antonio Lobo Vilela pela Movimento (1964)
>>> Erros e Dúvidas de Linguagem de Vittorio Bergo pela Lar Católico (1959)
>>> Gabriels Ghost de Linnea Sinclair pela Bantam (2005)
>>> Reforma Agrária - Volume 13 - Nº 1 e 2 de Jacques Chonchol e Outros pela Abra (1983)
>>> Desculpem - Me, foi por Engano...! de Carlos Henrique da Cruz Lima pela Do Autor (2016)
>>> Passos na Eternidade de Norália de Mello Castro pela Rebra (2010)
>>> Porque é Importante Sonhar de Clóvis Tavares pela Gente (1999)
>>> É Tudo tão Simples de Danuza Leão pela Harper Collins Br (2011)
>>> O Papagaio Cibernético de Eduardo Almeida Reis pela Record (1984)
>>> Vertigo N. 18 de Vários pela Panini (2011)
>>> Uma Vida pelo Seguro - a Trajetoria de Helio Opipari de Ricardo Viveiros pela Azulsol (2015)
>>> A Espada na Pedra de White pela Hamelin (2013)
>>> Chan Tao de Jou Eel Jia; Norvan Martino Leite pela Plexus (1998)
>>> Carnavalescos e Suas Criações de Arte de Maria Apparecida Urbano pela Clube do Bem Estar (2017)
>>> Dueto / Duet de Vera Mazzieri / Gemiann Augustus pela Do Autor (1982)
>>> Fuel Testing - Laboratory Methods in Fuel Technology de Godfrey W. Himus pela Leonard Hill (1954)
>>> Código Zero Magazine - Ano 1 - Nº 5 de William H. Fear pela Ediex
>>> Juca Mulato de Menotti del Picchia pela Martins (1972)
>>> Imaginário de Labi pela N/d
>>> Simplesmente Helena de Carolina Kotscho pela Planeta (2007)
>>> Viabilidade Econômico - Financeira de Projetos de Outros; Ricardo Bordeaux Rêgo pela Fgv (2007)
>>> Os Fabulosos X-men - Revista Mensal - Numero 45 de Varios pela Abril (1999)
>>> Sociologia para o Ensino Médio - Terceira Parte de Nelson Dácio Tomaz pela Saraiva (2014)
>>> Perguntar Ofende ! Perguntas Cretinas Que Jornalistas Não Podem Fazer de José Nello Marques pela Disal (2003)
>>> Bad Blood de L. A. Banks pela St. Martins (2008)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 31/7/2015
Acabou o governo

+ de 3000 Acessos

Ou: "O governo somos nós"

Como tantas coisas que a internet matou, o governo está acabando. Mas, apesar do estrago (no curto prazo), eu acho isso bom. Não quero a anarquia (ninguém quer), mas o governo -qualquer governo- não tem mais condições de governar.

Desde que a internet começou que a legislação não acompanha mais a sociedade. O caso do Uber é só mais um caso, entre vários.

No Executivo, nem é preciso comentar. Cada prefeito que entra em São Paulo é o mais boicotado da História. Haddad é só mais um caso. Outros virão para serem igualmente boicotados.

No governo do Estado, só se elege quem menos governa. Ou de quem só se ouve falar quando acontece uma calamidade (como a crise da água).

E na esfera federal, temos um boneco de ventríloquo. Cada vez que abre a boca, rende novas piadas. Em seis meses, nem os que votaram acreditavam mais...

Sérgio Moro é um líder no Judiciário, sem dúvida. E, na falta de prefeitos, governadores e presidentes da República -e de projetos de governo-, Moro pauta, diariamente, a imprensa, o governo e a oposição. Mas se ele sair, quem sobra? Cardozo? Lewandowski?

Toda a movimentação para o 16 de Agosto -como em todas as outras manifestações desde as eleições- vem da sociedade civil. A oposição não apita nada. E, no final das contas, não adere. Como um convidado que chega atrasado e se sente deslocado...

Acho que mais da metade das minhas fontes de informação hoje são independentes. Não vêm das grandes organizações. Antagonista? Empiricus? Uma meia dúzia de três ou quatro...

As discussões mais interessantes -das quais participamos- não acontecem num único lugar...

Google, Facebook, Apple, Twitter são o nosso suporte, OK, mas, ao contrário dos velhos meios de comunicação, não têm um posicionamento ideológico. Não têm uma linha editorial. E novas ferramentas surgem a toda hora...

O Periscope está impulsionando a discussão agora, e -perto dos outros- ele acabou de começar...

Conclusão: além da queda dos governos, estamos assistindo à desintegração das autoridades outrora constituídas. Novas iniciativas surgem todos os dias -graças à inovação- e a sociedade ao aderir -e fazer o uso que bem entende- abrevia, atropela ou mata o que -ou quem- ficou para trás...

Parece o fim de tudo agora. Mas talvez seja um recomeço para nós...

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 31/7/2015 às 17h11


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Para Ouvir Sylvia Telles de Julio Daio Borges
02. Os olavetes tomaram a cultura de Julio Daio Borges
03. Mark Knopfler Barcelona 2019 de Julio Daio Borges
04. Washington Olivetto no Day1 de Julio Daio Borges
05. Lançamento de livro de Ana Elisa Ribeiro


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Moses in Egypt
Carol Christian
Macmillan
(1996)



Ultimato Nº312 Doenças que podem e devem ser tratadas
Vários
Ultimato
(2008)



Adorando o Deus de Daniel e Seus Amigos
Vera Tylde de Castro Pinto
Life
(2017)



Meu Primeiro Livro de Piadas
ângela Finzetto
Todolivro
(2004)



Os Pecados Cardeais(best Sellers)
Andrew M. Greeley
Nova Cultural



Cronistas do Estadao
Moacir Amancio (org.)
O Estado de São Paulo
(1991)



Sistema Financeiro Nacional
Denny Paulista Azevedo
Cetec



Teste Sua Resistência ao Estresse
Liz o Neill; Brian o Neill
Publifolha
(2002)



O Vento Solar
Arthur C Clare
Circulo do Livro
(1989)



Antes Que Eu Me Esqueça
Christine Bryden
Seoman
(2018)





busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês