Uma história de amor | Digestivo Cultural

busca | avançada
39917 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 14/8/2006
Uma história de amor

+ de 7600 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Histórias de amor não saem de moda, não têm fronteiras, não se esgotam. Histórias de amor não são privilégio do romantismo, da burguesia, do regionalismo. Autênticas histórias de amor, como diria Pessoa das cartas de amor, são ridículas, têm de ser ridículas, mas ainda mais ridículo é quem nunca leu - ou escreveu - uma história de amor.

A história de amor de Fernando e Isaura (José Olympio, 2006, 176 págs.), é o que se pode chamar de uma história de amor autêntica. Escrita por Ariano Suassuna em 1956 como laboratório para seu Romance d'A Pedra do Reino, permaneceu inédita até 1994, quando foi publicada no Recife, e só neste ano ganha uma edição nacional.

A história é uma versão nordestina do mito de Tristão e Isolda, lenda de origem celta imortalizada por Joseph Bédier e com versão cinematográfica bem recente. Suassuna, ao invés de fazer pastiche ou paródia, consegue de forma belíssima "traduzir" a história celta para o nordeste da primeira metade do século XX, transformando o rei num rico proprietário de terras, os navios em barcos de cabotagem, os mares europeus em rios, a poção mágica em desejo carnal. Numa linguagem simples e lançando mão de recursos originários do cordel, a obra funciona dentro de seu universo particular mas não ousa ir além do que uma autêntica história de amor iria: se Isaura trai, arrebatada pela paixão, o narrador ocupa-se em dois ou três parágrafos para desculpar essa falha de caráter; se Fernando hesita em seu amor, o narrador logo joga-o nos braços de sua amada e eles se amam loucamente sob o pé de um cajueiro. Assim deve ser: apenas o amor move os homens, um amor inabalável, romântico, lendário, trágico.

Sim, bem como a lenda, a história de Suassuna também termina em tragédia, tragédia que não queremos antecipar, mas lembra a mais célebre obra shakespeariana (talvez a mais autêntica das histórias de amor).

Se o leitor estiver apaixonado, é possível que suspire em diversos momentos do texto. Não o estando, é possível que ache graça. Nessas passagens de certo se lembrará do Alencar dos amores impossíveis e inevitáveis, do Goethe do suicida apaixonado Werther, talvez dos franceses até a vida tumultuada de Julien Sorel. E Ariano Suassuna não apenas sabia disso como temia que sua história não fosse compreendida num tempo em que as relações perderam a solidez, numa geração em que, segundo palavras do próprio Suassuna, "os educadores procuram fechar os olhos até para a realidade monstruosa do crime, contanto que não sejam forçados a admitir a verdade de qualquer norma moral".

Esta preocupação levou o autor a começar a história com uma advertência, isso mesmo, um capítulo titulado "Advertência". Nele o autor quase que se desculpa por fazer uma autêntica história de amor, e mais do que isso sente a necessidade de relembrar, mais uma vez - pois os editores já o fizeram na contracapa e na orelha - que se trata de um romance de estréia e escrito em 1956:

"Lembro, então, aos eventuais leitores desta história que, narrada em 1956, sua ação decorre em ano ainda mais recuado. Por isso, encarem com indulgência os arcaicos escrúpulos de seus personagens, perdoando remorsos e hesitações que, menos do que a eles, pertencem ao co-autor contemporâneo desta história tão antiga."

Não fosse em 1956 que Guimarães Rosa tivesse lançado Grande Sertão: Veredas e apenas dois anos mais tarde Carlos Heitor Cony estreasse com O Ventre, até acreditaríamos que as personagens agissem movidas por valores da época do texto, não se caracterizando numa opção do narrador. Mas não. Riobaldo, no momento da luta, age muito mais com razão e fúria do que amor e sensibilidade, arrependendo-se apenas ao ver sua Diadorim morta. Também o protagonista sem nome de O Ventre reprime qualquer relação com sua amada, Helena, ainda que isso cause sua perdição psíquica e social.

Sendo assim, Fernando e Isaura agem nesta história de amor movidas pelo amor das lendas celtas, das tragédias gregas, das autênticas histórias de amor shakespearianas. E não há problema algum nisso. Problema há, talvez, em acusar toda uma sociedade para defender um texto que não precisa de defesa: se às vezes parece ridículo, o é como as cartas de amor.


Postado por Marcelo Spalding
Em 14/8/2006 às 08h02


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lançamento de livro de Ana Elisa Ribeiro
02. Jornada Escrita por Mulheres de Ana Elisa Ribeiro
03. Pensar Edição, Fazer Livro 3 de Ana Elisa Ribeiro
04. Weezer & Tears for Fears de Julio Daio Borges
05. Eleições 2018 - Afif na JP de Julio Daio Borges


Mais Marcelo Spalding no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
14/8/2006
10h16min
Acho que vale mais aí a ironia de Suassuna. Não acho que ele esteja "acusando" uma sociedade, mas sendo irônico. Afinal, vivemos em tempos "estranhos", digamos assim. Muitos valores daquela época foram perdidos.
[Leia outros Comentários de Rafael Rodrigues]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A FATHER FOR JASON
VADONNA JEAN LEAF
AUGSBURG
(1994)
R$ 13,00



O BRASIL DO CRUZADO: ANTECEDENTES E PERSPECTIVAS
JOSÉ PASCHOAL ROSSETTI 3398
IOB
(1986)
R$ 10,00



REVISTA DO INSTITUTO HISTORICO E GEOGRAPHICO DE SÃO PAULO VOLUME XI...
INSTITUTO HISTORICO E GEOGRAPHICO DE SÃO PAULO
DIARIO OFICIAL
(1908)
R$ 189,52



A ETIQUETA DE LIVROS NO BRASIL
MACHADO UBIRATAN
EDUSP
(2003)
R$ 70,00



AMOR DE PERDIÇÃO / AMOR DE SALVAÇÃO
CAMILO CASTELO BRANCO
SCIPIONE
(1990)
R$ 7,90



QUERIDO DIÁRIO OTÁRIO 2 - TEM UM FANTASMA NA MINHA CALÇA!
JIM BENTON
FUNDAMENTO
(2009)
R$ 8,90



FE Y RAZÓN
PYNCHAS BRENER
BOKER
(1995)
R$ 50,00



TRADICIONES QUE SOBREVIVEN EN EL ARTE FOLKLORICO AMERICANO
STACY HOLLANDER (CURADOR ASSISTENTE)
MUSEU ARTE FOLKLORICO (NOVA IO
(1991)
R$ 19,82



SCHEINIA - A HISTÓRIA DE SONIA
SONIA SWIRSKI
IMAGO
(2009)
R$ 26,82



LINGUAGEM PROVA E LOGICA 2 EDIÇAO
DAVE BARKER PLUMMER E OUTROS
ENSINART
(2014)
R$ 150,00





busca | avançada
39917 visitas/dia
1,1 milhão/mês