O telefonema | Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ

busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Talvez...
>>> 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 1
>>> A felicidade, segundo Freud
>>> Memória das pornochanchadas
>>> Magia além do Photoshop
>>> Meu Telefunken
>>> Meu Telefunken
>>> Vida Virtual? Quase 10 anos de Digestivo
>>> Sombras Persas (X)
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Mais Recentes
>>> Terapia do Abraço 2 de Kathleen Keating pela Pensamento (2012)
>>> História Resumida da Civilização Clássica - Grécia/Roma de Michael Grant pela Jorge Zahar (1994)
>>> Cães de Guerra de Frederick Forsyth pela Record (1974)
>>> Jogo Duro de Mario Garnero pela Best Seller (1988)
>>> Psicologia do Ajustamento de Maria Lúcia Hannas, Ana Eugênia Ferreira e Marysa Saboya pela Vozes (1988)
>>> Uma Mulher na Escuridão de Charlie Donlea pela Faro (2019)
>>> Pra discutir... e gerar boas conversas por aí de Donizete Soares pela Instituto GENS (2015)
>>> Educomunicação - o que é isto de Donizete Soares pela Projeto Cala-boca já morreu (2015)
>>> Ficções fraternas de Livia Garcia-Roza - organizadora pela Record (2003)
>>> Prisioneiras de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (2017)
>>> O diário de Myriam de Myriam Rawick pela Dark Side Books (2018)
>>> Contos de Rubem Fonseca pela Nova Fronteira (2015)
>>> Notícias - Manual do usuário de Alain de Botton pela Intrínseca (2015)
>>> Um alfabeto para gourmets de MFK Fisher pela Companhia das Letrs (1996)
>>> Os Mitos Celtas de Pedro Paulo G. May pela Angra (2002)
>>> A vida que ninguém vê de Eliane Brum pela Arquipélago Editorial (2006)
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras de Joaquim Ferreira dos Santos - organizador pela Objetiva (2007)
>>> O tigre na sombra de Lya Luft pela Record (2012)
>>> Elza de Zeca Camargo pela Casa da Palavra (2018)
>>> Sexo no cativeiro de Esther Perel pela Objetiva (2007)
>>> O clube do filme de David Gilmour pela Intrínseca (2009)
>>> Coisa de Inglês de Geraldo Tollens Linck pela Nova Fronteira (1986)
>>> As mentiras que os mulheres contam de Luis Fernando Veríssimo pela Objetiva (2015)
>>> Equilíbrio e Recompensa de Lourenço Prado pela Pensamento
>>> Cadernos de História e Filosofia da Ciência de Fátima R. R. Évora (org.) pela Unicamp (2002)
>>> Revista Internacional de Filosofia de Jairo José da Silva (org.) pela Unicamp (2000)
>>> Dewey um gato entre livros de Vicki Myron pela Globo (2008)
>>> Ilha de calor nas metrópoles de Magda Adelaide Lombardo pela Hucitec (1985)
>>> Sua santidade o Dalai Lama de O mesmo pela Sextante (2000)
>>> Meninas da noite de Gilberto Dimenstein pela Ática (1992)
>>> Paulo de Bruno Seabra pela Três (1973)
>>> Grandes Enigmas da Humanidade de Luiz C. Lisboa e Roberto P. Andrade pela Círculo do livro (1969)
>>> A História de Fernão Capelo Gaivota de Jonathan Seagull pela Nórdica (1974)
>>> Os Enigmas da Sobrevivência de Jacques Alexander pela Edições 70 (1972)
>>> Mulheres visíveis, mães invisíveis de Laura Gutman pela Best Seller (2018)
>>> Construir o Homem e o Mundo de Michel Quoist pela Duas cidades (1960)
>>> Vida Positiva de Olavinho Drummond pela Olavinho Drummond (1985)
>>> Força para Viver de Jamie Buckingham pela Arthur S. DeMoss (1987)
>>> Consumidos de David Cronemberg pela Alfaguara (2014)
>>> Viver é a melhor opção de André Trigueiro pela Correio Fraterno (2015)
>>> O Caso da Borboleta Atíria de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1987)
>>> Cânticos de Cecília Meireles pela Moderna (1995)
>>> Caminho a Cristo de Ellen G. White pela Cpb - Casa Publicadora Brasileira (2019)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1986)
>>> Le Divorce de Diane Johnson pela Record (1999)
>>> Trajetória do Silêncio de Maria do Céu Formiga de Oliveira pela Massao Ohno-Roswitha Kempf (1986)
>>> Zezinho, o Dono da Porquinha Preta de Jair Vitória pela Ática (1992)
>>> Aconselhamento Psicológico de Ruth Scheeffer pela Atlas (1981)
>>> Razão e Revolução de Herbert Marcuse pela Paz e Terra (1978)
>>> A Doutrina de Buda de Bukkyo Dendo Kyokai pela Círculo do livro (1987)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 15/6/2015
O telefonema
ANDRÉ LUIZ ALVEZ

+ de 500 Acessos

Final de sexta-feira, Avenida Fernando Correia da Costa, engarrafamento nas três pista. Um pequeno fio de suor escapa pela minha testa, apesar do ar condicionado ligado. A fila se movimenta no exato instante que o celular toca. Resolvo atender, pode ser um assunto importante: - Alô? - Ooooiiiii tio, tudo bem com o senhor? - Oi, quem? - O seu sobrinho querido, tio. - Meu sobrinho? - É tio. Quem é o seu sobrinho que mudou de cidade? O transito atravanca novamente, resolvo prosseguir com a prosa. - Rapaz, sinceramente, a sua voz não está ajudando e não me recordo de você. - Ô tio, fala um nome ai, o senhor vai acabar acertando. - Tá, mas dê outras pistas. - Não, não. Já disse bastante, eu mudei de cidade. Agora diz o meu nome. Coço o ouvido, penso desligar o celular, mas o trânsito está parado e aquela conversa ao menos estava servindo para me distrair. - Ah, não vai me dizer que você é o Geraldo? - Isso tio, eu mesmo, o Geraldo! - Poxa Gegê, você tem a cara de pau de me ligar! - Oi? - Porra, cara, o seu pai, meu irmão, morreu de desgosto. - Morreu... - Claro que sim. Você sabe o tanto que ele era machista. Quando soube que você gostava de homens, o coitado se entregou à bebida e acabou se enforcando. Cena triste, seu pai lá, com a língua de fora, nossa mãe chorando. Você destruiu nossa família. - Não, mas... - Eu bem que avisei o meu irmão. Desde pequeno que você levava jeito de mulherzinha. Não gostava de jogar bola com os outros meninos, preferia brincar de cirandinha com as garotas. Eu avisei: precisamos levar esse menino a um puteiro, assim que ele crescer. - Não tio, eu não sou gay. - Não, você não é gay, você é bicha mesmo. - Olha aqui meu senhor, a parada é outra, eu não sou esse tal de Gilberto. - Geraldo. - Isso, esse Geraldo ai... - Gegê para os íntimos. - Esse merda ai mesmo, eu sou muito macho, está entendendo, muito macho! O sinal abre e os carros se movimentam. Preciso desligar o celular. Mas ainda encontro tempo para as últimas palavras. - Escute aqui, malandro de merda! Avise para os seus chefes na cadeia que ninguém aqui fora é otário pra cair nessa peça de vocês. - É isso mermo, nóis é do Comando. - Eu sei, palhaço. No ano passado seqüestraram de mentirinha minha filha e minha mãe. O sujeito desliga o telefone e estaciono no acostamento. Ligo para o meu sobrinho: - Alô, Gegê! - Oi tio. Tudo bem com o senhor? - Tudo legal. - E o papai? Faz dias que ele não me liga. - Anda muito ocupado. - Eu vou ai pra festa de virada do ano. - Legal. Mas eu só liguei pra saber se está tudo bem contigo. É que um bandido ligou se fazendo passar por você. - Ah, tio, esse truque deles é antigo. - Eu sei. Mas mesmo assim dá um tremor nas pernas. - É só não dar papo. - Ah, eu conversei um bocado de tempo com ele. Falei que você era gay e ele... - Tio, eu sou gay. - Eu sei. Mas o sujeito não sabe e ficou enfezado. - Tio, você não existe. - Se ligar uma mulher bandida, eu vou contar que a sua irmã é sapatão. - Mas a Rose não é gay. - Eu sei, mas os bandidos não sabem e eu quero me divertir. - Dá um beijo no pai, tio. - Dou sim, assim que ele resolver sair da zona que se meteu. - Beijo - Outro.

Postado por ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Em 15/6/2015 às 09h39


Mais Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MARNIE
WINSTON GRAHAM
ABRIL
R$ 7,00



A ORIGEM DAS ESPÉCIES
CHARLES DARWIN
TECNOPRINT S.A
(1987)
R$ 28,00



OS OCEANOS
NÃO CONSTA
GT
(1980)
R$ 5,00



LEI DE MURPHY DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS
EDUARDO GORGES
BRASPORT
(2007)
R$ 10,00



O DISCÍPULO VERDADEIRO
WILLIAM MAC DONALD
MUNDO CRISTÃO
(1981)
R$ 12,00



MIRO MARAVILHA
PEDRO BLOCH
EDIOURO
R$ 8,00



DESVENDANDO A MENTE DO INVESTIDOR: O DOMÍNIO DA MENTE SOBRE O DINHEIRO
RICHARD PETERSON
CAMPUS
(2008)
R$ 170,00



A ARCA DE NOÉ
LUCY COUSINS(RECONTADO E ILUSTRADO POR)
BRINQUE-BOOK
(1996)
R$ 43,00



O CIMO DO MONTE, COLECÇÕES DOIS MUNDOS
IRWIN SHAW
LIVROS DO BRASIL
(1979)
R$ 16,75



NOUVELLES TECHNOLOGIES: NOUVEAU MONDE?
LA PENSÉE (REVISTA) NÚMERO 326 DE 2001
PUF
(2001)
R$ 23,28





busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês