É para ter medo de Virginia Woolf | Blog do Carvalhal

busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> War is peace; freedom is slavery; ignorance is strength
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Infeliz Dia dos Namorados
>>> Deepak Chopra Speaker Series
>>> Nota Bene
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Comer é viver
>>> Sugerido para adultos?
>>> Ação e Romance
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
Mais Recentes
>>> Plotinus - ennead, v.5 de Plotino; A. Hilary Armstrong pela Loeb-Harvard University P (1984)
>>> O mar de monstros (PercyJackson e os olimpianos - livro 2) de Rick Riordan pela Intrínseca (2009)
>>> Colóquio Artes, número 36, março 1978 de Elena Calas, René Micha, Eduardo Lourenço e outros, pela Fundação Calouste Gulbenkian (1978)
>>> As lágrimas da girafa de Alexander McCall Smith pela Companhia das Letras (2003)
>>> Paul Rudolph 1946-1974 de Vários pela A+U Publishing (1977)
>>> Lições de Economia Política de Temperani Pereira pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Tudo Que Eu Devia Saber na Vida Aprendi no Jardim-de-Infância de Robert Fulghum pela BestSeller (1988)
>>> Documentos do Arquivo da Casa dos Contos de José Afonso Mendonça de Azevedo (Org.) pela Do Autor
>>> Hibisco Roxo de Chimamanda Ngozi Adichie pela Companhia das Letras (2011)
>>> Liberte a Intuição! de Roy H. Williams pela Futura (2003)
>>> O anjo azul de Josef von Sternberg ( um filme de) pela Folha de São Paulo (2014)
>>> Jules e Jim uma mulher para dois de François Trufaut (um filme de) pela Folha de São Paulo (2014)
>>> Dinâmicas de Leitura Para Sala de Aula de Mary Rangel pela Vozes (1990)
>>> Força Interior - Ensinamentos práticos para uma vida melhor de Carlos França pela Circulo do Livro (1988)
>>> Castas, estamentos e clases sociais de Sedi Hirano pela Alfa-Omega (1974)
>>> Word Perfect vocabulary for fluency de Mark Harison pela Nelson (1990)
>>> Plotinus Ennead III de Plotinus; A.H.Armstrong pela Loeb (1967)
>>> Volar Sobre El Pantano - novela de valores para superar la adversidad y triunfar de Carlos Cuauhtémoc Sánchez pela Selectas Diamante (1995)
>>> 200 Sonetos de Luis Vaz de Camões pela Lepm (2001)
>>> Academia Goiana de Letras - História e Antologia de Coelho Vaz pela Kelps (2008)
>>> O Poder Infinito da Oração - Descoberta da força capaz de produzir milagre de Lauro Tevisan pela Mente
>>> Não Mato por Prazer de John Godey pela Nova Época (1974)
>>> A Outra América: Pobreza nos Estados Unidos de Michael Harrington pela Civilização Brasileira (1964)
>>> O Vôo da Borboleta de Morah Lofts pela Melhoramentos (1987)
>>> Encontros Com Homens Notáveis de G. I. Gurdjieff pela Pensamento (1980)
>>> A Morte no Japão de Ian Fleming pela Globo (1965)
>>> Um de Richard Bach pela Record (1988)
>>> Os Grandes Clássicos da Literatura: Elogio da Loucura - O Livre Arbítrio de Erasmo de Roterdã – Artur Schopenhauer pela Novo Brasil (1982)
>>> Esconde-Esconde de James Patterson pela Best Seller / Círculo do Livro (1997)
>>> Sherlock Holmes: O Ritual Musgrave e Outras Aventuras de Sir Arthur Conan Doyle pela Melhoramentos (2006)
>>> Platero e Eu de Juan Ramón Jimenez pela Rio Gráfica (1987)
>>> O Original de Jean-Jacques Fiechter pela Record (1996)
>>> Aura de Carlos Fuentes pela L&PM (1981)
>>> As Ninfas do Vale de Gibran Khalil Gibran pela Catavento (1978)
>>> A Brincadeira de Milan Kundera pela Nova Fronteira (1986)
>>> A Rainha de Provence de Jean Plaidy pela Record (1993)
>>> Esfinge de Robin Cook pela Círculo do Livro (1987)
>>> Cérebro de Robin Cook pela Círculo do Livro (1997)
>>> A Ira dos Anjos de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1985)
>>> Nada Dura Para Sempre de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1998)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1987)
>>> O Outro Lado da Meia-Noite de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1989)
>>> Palavras que Curam - A força terapêutica das hist. bíblicas de Walther H, Lechler/Alfred Meier pela Prestígio (2006)
>>> A História da Primeira Guerra Mundial. 1914-1918 - Com 4 Volumes de David Stevenson pela Novo Século (2018)
>>> Wild Cards: Ases Nas Alturas - Livro 2 de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: Guerra aos Curingas - Livro 9 de George R. R. Martin pela Leya (2018)
>>> Wild Cards: Luta de Valetes - Livro 8 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Wild Cards: Ás na Manga: Livro 6 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Pense e Enriqueça - para Mulheres Texto Completo de Sharon Lechter pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2015)
BLOGS >>> Posts

Domingo, 30/8/2015
É para ter medo de Virginia Woolf
Guilherme Carvalhal

+ de 2100 Acessos



Um dos filmes mais perturbadores já realizados, Quem Tem Medo de Virginia Woolf (1966) é uma obra pesada dirigida pelo então estreante Mike Nichols, baseada na peça do dramaturgo Edward Albee. É um filme de apenas quatro personagens, que com um mínimo de cenas consegue passar uma mensagem demolidora e incomodar o espectador.

O nome da peça é uma alusão a Os Três Porquinhos e à frase Quem tem medo do lobo mau? (Who's Afraid Of The Big Bad Wolf?, no original). Ele retrata a temática do filme, a de pessoas que se afrontam com presunção querendo mostrar às demais sua superioridade.

O filme começa mostrando o casal Martha (Elizabeth Taylor) e George (Richard Burton), ambos em espetacular atuação. A maneira como os dois dialogam, cheios de agressividade, desrespeito e sarcasmo, mostra o nível disfuncional da relação. Martha conta que receberão a visita do casal Nick e Honey, com quem seu pai possui contatos, durante a noite e essa presença inesperada causa desconforto em seu marido, que aceita a contragosto.

Essa primeira cena já é fundamental para o desenrolar do filme. Martha é mostrada como uma mulher controladora e obsessiva, enquanto George é submisso, apesar de em vários momentos se defender à altura dos desmandos dela. O casal é de classe média alta, levando um estilo boêmio parecido com o das histórias de F. Scott Fitzgerald. Além disso, a discrepância financeira dá a tônica: George é professor universitário em uma universidade em que o pai de Martha é diretor. O estilo de vida deles é bancado pela família rica dela e George precisa agir de maneira servil para manter seu padrão.

Quando Nick e Honey chegam, os atritos entre George e Martha começam a se tornar mais evidentes. O nível de humilhação com o qual Martha trata seu marido vai criando uma atmosfera tensa, sendo que muitas vezes ele a responde. Então surge um detalhe fundamental que se permeia ao longo da história, um filho do casal sobre o qual nenhum dos dois falam em consenso.

Se Nick e Honey no começo surgem como um casal equilibrado, aos poucos suas idiossincrasias vão aparecendo, envolvidos pela loucura dos outros dois. Assim como George, Nick também é casado com uma esposa de família rica. Já Honey passou por uma gravidez psicológica, alimentando a mesma fantasia de Martha, a de possuir um filho que não existe. Ou seja, Nick e Honey surgem como uma versão mais nova de George e Martha.

Toda a história se desenrola em uma série de jogos e discussões, no qual humilhar o outro significa sair ganhando. Cada um dos personagens vai sendo revelado aos poucos nesse embate, envolvendo flertes não com um objetivo sexual, mas de causar danos ao outro. O próprio George levanta a sugestão de jogarem um jogo, mostrando como a relação entre eles é sustentada pela necessidade de se sair vitorioso.

A existência de um filho é um ponto central da história. As informações dadas sobre George e Martha a respeito do garoto são continuamente conflitantes, deixando uma brecha se ele existe de fato ou não. Esse ponto é uma das principais ideias do filme, a das relações humanas baseadas em ilusões, não havendo de fato um elo entre as pessoas. É isso o que sustenta a relação entre George e Martha e o que acaba resvalando em Nick e Honey, uma série de interesses e fantasias, relações tão frágeis em que mentiras e quimeras servem para preenchê-las.

O diretor Mike Nichols conseguiu reproduzir nas telas uma estética muito parecida com a do teatro. O filme conta com poucos cenários, se passando majoritariamente na sala de estar da casa de Martha e George. A estrutura baseada plenamente nos diálogos e nas interações entre os personagens ressoa muito à dramaturgia.

Quem Tem Medo de Virginia Woolf? foi um filme bastante premiado, levando cinco estatuetas do Oscar, incluindo o de melhor atriz para Elizabeth Taylor. Mike Nichols iniciou uma carreira produtiva, que deixaria outros filmes conhecidos como A Primeira Noite de Um Homem e Closer — Perto Demais. E logo de cara brindou o mundo com uma obra crua sobre relações humanas e sobre sua existência.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 30/8/2015 às 15h48


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CAÇADAS DE PEDRINHO
MONTEIRO LOBATO
BRASILIENSE
(1997)
R$ 16,00



O DESAFIO DE AMAR
STEPHEN & ALEX KENDRICK
BV BOOKS
(2009)
R$ 18,00



HISTÓRIAS REAIS E FANTÁSTICAS: CRÔNICAS E ENSAIOS SOBRE A POLÍTICA CON
MARIA CLEIDE BERNAL
TABA CULTURAL
(2010)
R$ 25,28



TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA + SUPLEMENTO DE LEITURA
LIMA BARRETO
ATICA
(2006)
R$ 5,50



ELITE ONTEM, HOJE E SEMPRE
MARIA DILECTA GRIEG
OLHO DÁGUA
(2006)
R$ 8,90



DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS (DII)
DAISY MALDAUN
EXCEÇÃO
(2015)
R$ 85,00



FOTOGRAFIA DIGITAL MASTERCLASS TOTALMENTE ATUALIZADO 5562
TOM ANG
ALTA BOOKS
(2014)
R$ 91,00



OS DESTEMIDA. OLHOS DO DRAGAO - VOLUME 1
NATALIE JANE PRIOR
FUNDAMENTO
(2006)
R$ 9,90



VORAGEM POESIA
MARCELO CARDOSO
SCORTECCI
(1995)
R$ 7,56



SAMURAI GIRL: THE BOOK OF THE SWORD - BOOK ONE
CARRIE ASAI
SIMON PULSE
(2003)
R$ 19,82





busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês