A cigana leu o meu destino | Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ

busca | avançada
27903 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 6/1/2016
A cigana leu o meu destino
ANDRÉ LUIZ ALVEZ

+ de 700 Acessos

No testamento da Madame de Pompadour está escrito: "Deem seiscentas libras para a Madame Lebon, por ter-me dito, quando tinha nove anos de idade, que um dia eu seria amante de Luis XV."

Outros relatos assim estão espalhados pela história.

Mas será que alguns seres humanos conseguem mesmo enxergar o futuro?

Quem nunca teve uma experiência de adivinhação?

Eu devia ter quatorze anos e era domingo.

Juntei dinheiro a semana toda pra comprar uma coca-cola no empório que ficava no fim do caminho entre a minha casa e um acampamento de ciganos.

Eu tinha medo de ciganos.

Falavam que eles tinham trato com o demônio.

Sempre tive medo do demônio.

A minha cabeça estava em outras bandas quando dei de frente com o rosto mais lindo que tinha visto até então.

Pensei mudar de lado de calçada, mas fui fisgado por aquele olhar um tanto obliquo.

Eu era jovem demais, indefeso demais, bobo demais.

Quando dei por mim, já estava diante daqueles cabelos louros que caiam a todo instante pela testa e que tentavam, em vão, esconder o belo par de olhos verdes, tão intensos que jamais revi outro igual.

"venha, deixe-me ler a sua mão."

Tinha voz de adulta e era uma menina cigana, mistura de anjo, demônio e sereia.

Alisou minhas mãos por alguns momentos e naquela idade tudo o que eu conseguia imaginar era nós dois correndo numa campina, eu atrás dela, que gritava de alegria tentando escapar, de mim e da chuva que desabou, molhando seus cabelos, tornando-a ainda mais bela, sonho bom que durou pouco, encerrado num puxão de braços que ela me deu e que me obrigou a levantar minhas vistas dando de encontro com seu rosto de pedra.

Garoto é mesmo bicho bobo, obedeci a tudo, calado, tentando conter um risinho de canto de boca.

Ela tinha o olhar tão gelado que logo desarmou minhas intenções.

Iniciou a visão do futuro arregalando os enormes olhos verdes até um lugar que só ela enxergava e que ficava logo atrás de mim, a voz foi saindo trêmula e os olhos mantidos fixos no mesmo lugar, como se encarasse a caverna de Platão:

"você vai se casar com uma amiga de infância, terão quatro filhos, duas meninas, dois meninos, vai se mudar de cidade e terás um escritório".

Só acertou que eu teria um escritório.

E como com tudo eu concordava, limpou com as costas da mão o fio de suor que lhe escorreu na testa, banhando os cabelos louros, fazendo com que seus olhos invadissem de vez os meus:

"agora coloque um dinheiro na minha mão e feche os olhos".

Na perdição do encantamento, coloquei todo o dinheiro que tinha, poucos antes que uma inquietante pergunta me percorresse de forma arrasadora: havia outro ditado sobre os ciganos, algo ainda mais tolo, dizia que eles costumavam raptar crianças e jovens e os transformar em escravos, e aquele pensamento terrível me dominou por completo, fazendo surgir em todo o meu corpo a sudorese incontrolável que foi tomando conta de mim.

No desespero do momento eu quis correr.

Ela percebeu e, apressada, danou a prever um monte de coisas boas, jogando-me no colo as riquezas do mundo, que hoje, recordar me causa riso.

Fui embora avisado que morreria bem velhinho e que não me preocupasse com dinheiro, que viria naturalmente no futuro, aos montes.

Acreditei tanto que só depois de horas fui me lembrar do dinheiro que deixei nas mãos da menina cigana.

Era tudo o que eu tinha e sequer comprei a coca cola.

Eu era (e ainda sou) viciado em coca cola.

Pensei voltar pelo mesmo caminho para lhe pedir um troco e que me cobrasse o resto no futuro, quando, afinal, segundo ela, eu teria dinheiro sobrando.

Faltou coragem.

No fim do terceiro dia os ciganos se foram e o que me restou foi aquele rosto lindo, sem retoques, que hoje, mesmo com o passar dos anos, lembro-me de cada detalhe, até mesmo das sardas.

Nunca mais tentei saber sobre o futuro, nem mesmo nessa fase de tempo, que um novo ano se inicia.

Sigo acreditando no concreto, carregado pela forte impressão que somos embalados pelos movimentos do destino, desfilando pela estrada do futuro, que é reta e lisa às vezes, esburacadas noutros momentos, cortada por diversas esquinas e transversais.

Ou talvez o caminho seja um rio, no qual navegamos em águas turbulentas, que logo se transformam em trechos mansos e é preciso desviar das cachoeiras e evitar os rebojos.

Se não estivesse cansado de tanto filosofar, terminaria por dizer que o timoneiro desse navio obedece ao nosso comando e, portanto, tudo se resume à dependência de nossas escolhas e atitudes.

Enfim, somos nós que escrevemos o nosso futuro, que muitas vezes passa pelo imponderável, dessas coisas invisíveis que nenhum vidente jamais conseguirá enxergar.

E um átimo de pensamento me ocorre, junto com a vontade louca de beber coca cola: será que aquela cigana ainda está por ai a agarrar num puxão os braços de garotos desavisados?

Será que se lembra de mim, ou já é muito tarde pra reclamar o meu troco?...


Postado por ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Em 6/1/2016 às 16h48


Mais Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE HONORARY CONSUL
GRAHAM GREENE
POCKET FICTION
(1974)
R$ 5,00



O CONVÊNIO DO CAFÉ DE 1976
CELSO LAFER
PERSPECTIVA
(1979)
R$ 6,00



O FIASCO
IMRE KERTÉSZ
PLANETA
(2004)
R$ 14,90



ATLANTIS
DAVID GIBBINS
PLANETA
(2006)
R$ 10,00



VASO NOVO - UM SONHO DE VIDA NOVA
MARIA JOSÉ TENÓRIO DE ARAÚJO
GRÁFICA I. SCHERER
(2004)
R$ 10,00



DROGAS QUAL É O BARATO
PALOMA KLISYS
PUBLISHER BRASIL
(1999)
R$ 5,50



ELITE DA TROPA
LUIZ EDUARDO SOARES E OUTROS
OBJETIVA
(2006)
R$ 19,90
+ frete grátis



CURA PELA MEDITAÇÃO - 1ª EDIÇÃO (ACOMPANHA 36 CARTAS)
CHRISTOPHER TITMUSS
PENSAMENTO
(2015)
R$ 49,95



APÓS 1989 - MORAL, REVOLUÇÃO E SOCIEDADE CIVIL
RALF DAHRENDORF
PAZ E TERRA
(1997)
R$ 24,98
+ frete grátis



PADROES DE PROJETO EJB
FLOYD MARINESCU
BOOKMAN
(2003)
R$ 54,00





busca | avançada
27903 visitas/dia
1,3 milhão/mês