Os 33 mineiros e nossa visão limitada | Blog de Cassionei Niches Petry

busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
>>> Primeiras edições de Machado de Assis são objeto de exposição e catálogos lançados pela USP
>>> Projeto lança minidocumentário sobre a cultura do Gambá na Amazônia
>>> Cinema itinerante leva sessões gratuitas a cidades do Sudeste e do Sul
>>> Artistas abrem campanha de financiamento para publicação de graphic novel
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Hasta la vista, baby
>>> O amor é importante, porra
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O criador do algoritmo do YouTube
>>> Cisne Negro: por uma inversão na ditadura do gozar
>>> Filosofia teen
>>> Extraordinary Times
>>> O melhor programa cultural
>>> As estrelas e os mitos
>>> Open Culture
Mais Recentes
>>> Politica. os Textos Centrais de Roberto Mangabeira Unger pela Boitempo (2001)
>>> Perdas e ganhos de Lya Luft pela Record (2004)
>>> Zizek e Seu Diálogo Com Marx, Lacan e Lenin de Claudia Cinatti e Cecilia Feijoo e Gastor Gutie... pela Iskra (2015)
>>> Classe operária, sindicatos e partido no Brasil de Ricardo Antunes pela Cortez (1982)
>>> O lugar do marxismo na história de Ernest Mandel pela Xamã (2001)
>>> Um Brasileiro na China de Gilberto Scofield Jr. pela Ediouro (2007)
>>> Traité Pratique D Iridologie Médicale de Gilbert Jausas pela Dangles (1985)
>>> A inocência e o pecado de Graham Greene pela Verbo
>>> Carlos Marx y Rosa Luxemburgo - La acumulación de capital en debate de Severo Salles pela Peña lillo (2009)
>>> Narcotráfico um jogo de poder nas Américas de José Arbex Jr. pela Moderna (2003)
>>> O Método Em Karl Marx Antologia de Gilson Dantas e Iuri Tonelo Orgs pela Iskra (2010)
>>> China Moderna de Rana Mitter pela L&PM (2008)
>>> Vendedoras boazinhas enriquecem de Elinor Stutz pela Gente (2007)
>>> Gossip Girl - Você sabe que me ama vol 2 de Cecily Von Ziegesar pela Galera (2010)
>>> O Perfume da Folha de Chá de Dinah Jefferies pela Paralela (2017)
>>> O partido Político em Marx e Engels de Orides Mezzaroba pela Paralelo 27 (1998)
>>> Novissima Enciclopedia Mundial de Arte Culinaria de Mestre Cuca pela Formar
>>> Escritos Filosóficos de Leon Trotsky pela Edições Centelha Cultural (2015)
>>> O espírito da coisa de Liber Matteucci pela Prumo (2013)
>>> A Medicina dos Sintomas de Gilson Dantas pela Itacaiúnas (2015)
>>> Pão e Rosas de Andrea D`Atri pela Iskra (2008)
>>> Ícone de Frederick Forsyth pela Record (1997)
>>> A Esposa Americana de Curtis Sittenfeld pela Record (2010)
>>> O Marxismo e a Nossa Época de Leon Trotski pela Iskra/centelha Cultural (2016)
>>> Trabalho e proletariado no capitalismo contemporâneo de Sérgio Lessa pela Cortez (2007)
BLOGS >>> Posts

Sábado, 30/1/2016
Os 33 mineiros e nossa visão limitada
Cassionei Niches Petry

+ de 2100 Acessos

(Texto originalmente publicado no jornal Gazeta do Sul e no blog deste cronista em outubro de 2010.)

O resgate dos 33 mineiros chilenos me põe a refletir numa porção de coisas que passam desapercebidas pela maioria das pessoas. Talvez seja esse meu grande defeito: não tenho a mesma visão do senso comum, o que é um pecado grave num mundo em que o politicamente correto é pensar como todo mundo pensa.

Comecemos por aí: o “ver” as coisas. Lembrem que os mineiros tiveram que sair com óculos escuros e à noite, porque ficaram muito tempo sem ver a luz solar. Inevitavelmente, pensei na "Alegoria da Caverna", do filósofo grego Platão. É um exercício filosófico interessante de se fazer: pense numa caverna onde vivem pessoas acorrentadas durante todas as suas vidas. Voltadas para o fundo da caverna, veem apenas sombras projetadas na parede por uma fraca luminosidade vinda de fora. Para eles, a realidade são as formas que conseguem definir por essas sombras. Um dia, um deles consegue se livrar das correntes e sai da caverna. Fica cego por um bom tempo, até que suas retinas se acostumam com a luminosidade. Quando consegue definir tudo, fica deslumbrado. Volta para dentro, para contar o que viu a seus companheiros, mas o chamam de louco e é escorraçado.

Há várias interpretações para a alegoria, mas fiquemos com uma: a luz do sol é o conhecimento e as sombras são falsas percepções da realidade. As pessoas acorrentadas são as que se conformam com as verdades que nos obrigam a acreditar desde crianças e o “louco”, por sua vez, é o filósofo ou um escritor que tenta mostrar uma nova versão dos fatos e que não devemos acreditar em tudo que nos impõem.

Esses bravos mineiros chilenos trabalhavam em determinadas condições com as quais acabavam concordando por precisarem sustentar suas famílias. O acidente mostrou não só a eles, mas a todo mundo, que não podemos ser condizentes com os que querem explorar nosso trabalho. A ideologia do senso comum diz: “em boca fechada não entra mosca”. A ideologia dos inconformados diz: “em boca fechada não entra comida”. Temos sim que abrir a boca quando algo está errado. Temos de reconhecer que somos nós os donos de nossas próprias decisões.

Por outro lado, a mobilização mundial em torno do assunto prova o gostinho que as pessoas têm por um reality show. Os que assistiram ao resgate pelas tevês do mundo todo deram uma audiência considerável às redes de televisão. No Brasil, algumas emissoras comemoraram por estar à frente do IBOPE. Você, caro leitor, que assistiu ao resgate, estava preocupado pela vida dos 33 chilenos? Se sim, tem a mesma preocupação por outras milhares de pessoas passando fome? Nesse caso, mais uma vez nossa visão é limitada. A sala de estar da nossa casa é a caverna, a fraca luminosidade da tela da TV nos permite ver apenas uma parte da realidade e nos sentimos felizes com isso. Mas olhe para fora de sua casa. Não há uma pessoa que também merece ser resgatada?

Temos que pensar nos outros, mas não pensar como os outros. Temos que ser indivíduos, mas não individualistas. Temos que nos solidarizar com os 33, mas também com outros tantos milhões. Mas essa é só minha opinião. Tenha você a sua.


Postado por Cassionei Niches Petry
Em 30/1/2016 às 08h11


Mais Blog de Cassionei Niches Petry
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Depois da Meia Noite
Diana Palmer
Harlequin
(2007)



Enfoques Doutrinários
Danilo C. Villela
Lar Fabiano de Cristo
(2005)



O Mistério da Múmia Sussurrante
Alfred Hitchcock
Clássica
(1988)



Confissões verídicas de um terrorista albino
Breyten Breytenbach
Rocco
(1985)



A Aventura do Universo
Luis E. Navia
Melhoramentos
(1977)



Além do Cordão de Prata, Labirinto dos Sonhos
Patrícia Fernandez
Travassos
(2015)



Enciclopédia do Patrimônio da Humanidade - Europa 1 - Grécia e Chipre
Altaya
Altaya
(1998)



A literatura e os Deuses
Roberto Calasso
Companhia das letras
(2004)



Lendas do Folclore Popular
Beto Brito e Tatiana Móes
Prazer de Ler
(2006)



J. Carlos Em Revista
Julieta Sobral
São Paulo
(2016)





busca | avançada
49702 visitas/dia
2,0 milhão/mês