A imponderável leveza do ser | Blog de Marco Garcia

busca | avançada
55186 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto que une cultura e conscientização ambiental traz teatro gratuito a Minas Gerais
>>> Show da Percha com Circo do Asfalto
>>> Evento Super Hacka Kids reúne filmes, games, jogos de mesa e muita diversão para a família
>>> SESC BELENZINHO RECEBE RÁDIO DIÁSPORA
>>> Música de Feitiçaria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Últimas Notas Sobre A FLIP
>>> O futuro a Deus pertence (e Ele é brasileiro)
>>> Junho artístico em Sampa
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Feedback
>>> A Epopeia de Gilgamesh, pela WMF Martins Fontes
>>> A Era do Gelo
>>> Bar ruim é lindo, bicho
>>> Speak, Memory
>>> 24 de Fevereiro #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Auto da barca do inferno farsa de Inês Pereira auto da índia de Gil Vicente pela Ática (2003)
>>> O Sombrio Chamado de Kelly Shimohiro pela Novo Século (2019)
>>> Auto da compadecida de Ariano Suassina pela Nova Fronteira (2014)
>>> Uma Janela Aberta de Nadir Paes Viana pela Aliança (2012)
>>> O Crime do Padre Amaro - Série bom livro de Eça de Queirós pela Ática (2006)
>>> Os Meninos da Caverna de Rodrigo Carvalho pela Globo (2018)
>>> O Último Olimpiano - Percy Jackson Livro 5 de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> Club Penguin: O passageiro clandestino de Disney pela Melhoramentos (2010)
>>> Kindred: Laços de Sangue de Octavia E. Butler pela Morrobranco (2019)
>>> Ciência & Fé: Milagres e Mensagens de Nilson Dimarzio pela Do Autor (2005)
>>> Moby Dick - Trad. e adap. Carlos Heitor Cony de Heman Melville pela Nova Fronteira (2013)
>>> 1001 Filmes para ver antes de morrer de Steven Jay Schneider pela Sextante (2010)
>>> Diário de um Banana 11 - Vai ou Racha (pocket) de Jeff Kinney pela V&R (2018)
>>> Diário de um Banana 10 - Bons Tempos (pocket) de Jeff Kinney pela V&R (2018)
>>> Diário de um Banana 13 - Batalha Neval (pocket) de Jeff Kinney pela Diário de um Banana 13 - Batalha Neval (2018)
>>> Diário de um Banana 12 - Apertem os Cintos (pocket) de Jeff Kinney pela V&R (2018)
>>> Diário de um Banana 9 - Caindo na Estrada de Jeff Kinney pela V&R (2015)
>>> Diário de um Banana -Faça Você mesmo de Jeff Kinney pela V&R (2012)
>>> Diário de um Banana 1 - Um Romance em Quadrinhos de Jeff Kinney pela V&R (2012)
>>> Diário de um Banana 2 - Rodrick é o Cara de Jeff Kinney pela V&R (2012)
>>> Diário de um Banana 3 - A Gota D'água de Jeff Kinney pela V&R (2012)
>>> Diário de um Banana 4 - Dias de Cão de Jeff Kinney pela V&R (2012)
>>> Diário de um Banana 5 - A Verdade Nua e Crua de Jeff Kinney pela V&R (2013)
>>> Diário de um Banana 6 - Casa dos Horrores de Jeff Kinney pela V&R (2013)
>>> Diário de um Banana 7 - Segurando Vela de Jeff Kinney pela V&R (2013)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 15/12/2016
A imponderável leveza do ser
Marco Garcia

+ de 3100 Acessos

Charles nasceu num lugar distante. Uma pequena vila de casas simples, separadas por extensos terrenos de terra batida, no interior de Alagoas.

Tudo que viveu até os 14 anos foi dificuldade. Seu pai era marchante, a mãe, de casa. As condições familiares haviam lhe privado de muitas coisas que um dia sonhou ter.

Por exemplo, sempre quis ter uma bicicleta, para desbravar as ruas de terra até o pé do Morro do Pneu – nunca soube a razão deste nome.

Por mais que implorasse, seu pai sempre lhe dissuadia da ideia de ganhar seu objeto de desejo sobre duas rodas. Mesmo quando o borracheiro do lugar, de tempos em tempos, lhe avisasse de uma bicicleta usada para vender.

Seus brinquedos se resumiam a coisas banais. Era uma caixa de sapatos com tampas de garrafas, bolinhas de frascos de desodorante e bumerangues de caixas de ovos.

Certo dia pela manhã, quando foi à venda comprar pão, viu um casal bem arrumado tentando se fazer entender com o dono da bodega. O velho comerciante, nervoso e suado, gesticulava, avisando que não entendia nada do que eles diziam.

Charles esqueceu que seus pais o aguardavam com o café na mesa e se encantou com aquelas frases enigmáticas. Parecia o homem de bigodinho engraçado do filme que havia assistido na casa do vizinho.

Quando, finalmente, o casal saiu da mercearia, ouviu o dono dizer:

- Sei pouco do Português, que dirá o Alemão, ora bolas?

Alemão.

Essa língua estranha passaria a ser a nova obsessão de Charles. Queria entender e falar bonito igual aos ‘loiros’ da bodega. Mas como, se nem uma bicicleta seu pai podia lhe dar?

Conversando com um amigo, soube de uma professora que dominava algumas palavras daquele idioma. Mas o lugar onde ela ensinava era longe e jamais seus pais permitiriam que se distanciasse mais que um quilômetro de casa.

E não adiantava resmungar.

Mesmo assim, bolou uma estratégia para chegar até a professora, que lhe incutiria na mente umas lindas frases da Alemanha.

Havia uma possível saída. Tinha o caminhão de entrega que passava sempre às quartas-feiras pela vila. Poderia pedir carona. Mas o motorista, certeza, recusaria. O mandaria ir para casa. Sem calcular os riscos que correria, Charles resolveu ir escondido.

Assim que os entregadores deixaram a última caixa de bebida na bodega, ele subiu e se acomodou entre os engradados. Ficou feliz e ao mesmo tempo amedrontado quando o motor roncou e o veículo arrancou. Quis descer, mas já era tarde.

Agora vou, pensou.

No caminho, foi imaginando como se apresentaria à professora e de que maneira tentaria convencê-la a lhe dar aulas de Alemão, já que não possuía nem uma moeda. Ia dizer que o Padre o enviara. Por certo ela não rejeitaria tão religioso pedido.

Quando avistou as primeiras casas, sentiu ser o momento ideal para desembarcar. De que jeito? O caminhão por certo não iria parar antes de chegar à fábrica, e ele precisava descer e rápido.

Se levantou e, no momento em que iria se apoiar na carroceria, o veículo deu um solavanco e Charles, desequilibrado, foi arremessado para fora. Caiu. Acidente feio. Bateu a cabeça no meio fio. Desacordou.

Uma ambulância o socorreu para o hospital e ele teve que ser operado às pressas. O estado era grave. Na queda, o impacto abriu-lhe uma fenda na testa, que fez escorrer parte da massa encefálica.

Operou. Foram horas e horas de cirurgias para salvar sua vida. Todas no cérebro. Poucos dias depois nova operação. Os médicos o reoperaram seguidas vezes. Tudo minucioso para restar o mínimo de sequelas. E tudo saiu dentro do esperado.

Da UTI, Charles partiu para uma área Semi-Intensiva e, dali, para o quarto. 15 dias após o acidente, chegou a vez das visitas. Seus pais, emocionados, entraram e sua mãe foi logo lhe dizendo:

- Meu filho, que bom que você está vivo!

Charles olhou para o pai, observou o semblante feliz da mãe, puxou a enfermeira pelo braço e perguntou:

Mädchen, die diese beiden Menschen und was soll ich in diesem Krankenhaus zu tun?

*Marco Garcia é jornalista paulistano. Mora em Fortaleza.


Postado por Marco Garcia
Em 15/12/2016 às 16h05


Mais Blog de Marco Garcia
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




História
Maria Lucia Ruiz Di Giovanni
Cortez
(1992)



A Identidade Secreta dos Super Heróis
Brian J. Robb
Valentina
(2017)



Nada a Perder - Livro 3
Edir Macedo; Douglas Tavolaro
Planeta do Brasil
(2014)



Livro - As Colinas Ocas
Mary Stewart
Best Seller
(1973)



De Minas para o Mundo (lacrado)
Leda Nagle
Autêntica
(2010)



Psicologia Tratado Sobre las Ciencias de La Conducta
Henry Clay Lindgren
Labor
(1977)



Sobre o Conceito e Consciência de Classe
Georg Lukacs e Adam Schaff
Escorpiao
(1973)



Entre Palácios e Pavilhões: a Arquitetura Efêmera da Exposição
Ruth Levy
Eba Publicações
(2008)



Vozes e Silêncios
José Luís Monteiro
Musa
(1997)



Democracia, Hoje - Um Modelo Político Para o Brasil
Maria Garcia (Coord)
Ibdc
(1997)





busca | avançada
55186 visitas/dia
2,0 milhão/mês