A imagem sem fim da contemporaneidade | Relivaldo Pinho

busca | avançada
29020 visitas/dia
891 mil/mês
Mais Recentes
>>> CRIANÇAS DE HELIÓPOLIS REALIZAM CONCERTO DE GENTE GRANDE
>>> Winter Fest agita Jurerê Internacional a partir deste final de semana
>>> Coletivo Roda Gigante inicia temporada no Jazz B a partir de 14 de julho
>>> Plataforma Shop Sui dança dois trabalhos no Centro de Referência da Dança
>>> Seminário 'Dança contemporânea, olhares plurais'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> É cena que segue...
>>> Imagens & Efeitos
>>> Segredos da alma
>>> O Mundo Nunca Foi Tão Intenso Nem Tão Frágil
>>> João Gilberto
>>> Retalhos ao pôr do sol
>>> Pelagem de flor: AMARELO
>>> Muriel e o vovô
>>> Opção de cada um
>>> Páginas pautadas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O papel aceita tudo
>>> Orgulho e preconceito, de Jane Austen
>>> O Mistério dos Incas
>>> Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
>>> Fritas acompanham?
>>> K 466
>>> O próximo do Woody Allen
>>> Terror em São Paulo
>>> Anna Schwartz sobre a crise
Mais Recentes
>>> Lua Nova de Stephenie Meyer pela Intríseca (2009)
>>> Alice no país das maravilhas de Adaptada do filme de Tim Burton pela On line (2010)
>>> O guia oficial do club Penguin (volume 1) de Katherine Noll pela Melhoramentos (2010)
>>> Club Penguin O aprendiz de inventor de Tracey West pela Melhoramentos (2010)
>>> Livro Múltipla escolha de Lya Luft pela Record (2010)
>>> Livro Cinema No Mundo - Europa Vol. 5 de Alessandra Meleiro pela Escrituras (2007)
>>> Livro Sim na Terra do Não - Uma Fábula Sobre a Superação do Pessimismo de B. J. Gallagher pela Negócio (2006)
>>> O amigo da bruxinha de Eva Furnari pela Moderna (2002)
>>> A Importação no Direito Tributário - (Impostos - Taxas - Contribuições) de José Eduardo Soares de Melo pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Em busca dos números perdidos de Michael Thomson pela Melhoramentos (2011)
>>> Responsabilidade Objetiva e Antecipação de Tutela (A Superação do Paradigma da Modernidade) de Fábio Luiz Gomes pela Revista dos Tribunais (2006)
>>> Livro Cinema no Mundo: América Latina - vol. 2 de Alessandra Meleiro pela Escrituras (2007)
>>> Anita Ganeri de Sabero horrivel - Tempo ruim pela Melhoramentos (2006)
>>> Livro Voz e corpo na tv: a fonoaudiologia a serviço da comunicação de Cláudia Cotes pela Globo (2006)
>>> Livro O teatro inglês da Idade Média até Shakespeare de Munira H. Mutran pela Global (1988)
>>> Livro A Moratória - Teatro Moderno de Jorge Andrade pela Agir (1995)
>>> 250 Ricette Delle Osterie dItalia 3 volumes de Bianca Minerdo / Grazia Novelinni pela Slow Food Pioltello (2019)
>>> Arrumar as Gavetas de Flávia de Queiroz Lima pela BH Belo Horizonte (2012)
>>> Livro A performance da oralidade teatral de Marlene Fortuna pela AnnaBlume (2000)
>>> O Último Leitor de Ricardo Piglia pela Companhia das Letras São Paulo (2006)
>>> Fazenda Modelo: Novela Pecuária (Livro de bolso) de Chico Buarque pela Circulo do Livro/ S. P.
>>> Aspectos da Antecipação da Tutela na Propriedade Industrial de José Mauro Decoussau Machado pela Revista dos Tribunais (2007)
>>> Fazenda Modelo: Novela Pecuária de Chico Buarque pela Civilizalção Brasileira (1975)
>>> Fazenda Modelo: Novela Pecuária de Chico Buarque pela Civilizalção Brasileira (1978)
>>> O Cortador de Bambu e outros contos japoneses de Sonia Salerno Forjaz pela Aquariana São Paulo (2012)
>>> O Historiador de Elizabeth Kostova pela Objetiva Rio de Janeiro (2005)
>>> Breve Historia Contemporánea de La Argentina 1916-2010 de Luis Alberto Romero pela FCE Argentina (2014)
>>> Casa Velha de Machado de Assis pela Garnier Belo Horizonte (1999)
>>> A Percepção da Morte na Criança e Outros Escritos de Arminda Aberastury pela ARTMED Porto Alegre (1984)
>>> Utilísima modelado de Nora Del Percio / Gabriela Del Duca pela Utilísima (2004)
>>> A Capital Federal de Arthur Azevedo pela Record/ RJ. (2001)
>>> Musa Impassível. A poetisa Francisca Júlia no cinzel de Victor Brecheret de Márcia Camargos pela Imesp (2007)
>>> Jedi Academy - Return Of The Padawan de Jeffrey Brown pela Scholastic (2014)
>>> Prótese Removível de C. Odontológicas da América do Norte pela Roca (1985)
>>> Fundamentos de Prótese Fixa de Shillingburg, Hobo e Whitsett pela Santos (1995)
>>> Reabilitação Protética de Domitti, Arioli Filho e Rizzatti Barbosa pela Maio (2002)
>>> Fundamentos de Prótese Total de José Cerratti Turano e Luiz Martins Turano pela Santos (2000)
>>> O Fumo no banco dos Réus de João Batista D. Costa pela Casa (1985)
>>> Reflexões Sobre o Mundo Contemporâneo de R.N Monteiro de Santana pela Revan (2000)
>>> O boom e a bolha de Robert Brenner pela Record (2003)
>>> Psicologia do Turismo de Glenn F. Ross pela Contexto (2002)
>>> Sonhos, Grilos e Paixões de Carlos Queiroz Telles pela Moderna (2008)
>>> Palavras - Origens e Curiosidades de Roosevelt Nogueira de Holanda pela Francisco Alves (2010)
>>> Homeopatia Ilustrada - Guia Prático de Edson Credidio pela Madras (1999)
>>> Atlas Cirúrgico do Tratamento da Doença Periodontal de Henry M. Goldman, Alan Shuman e G. Isenberg pela Quintessence Books (1991)
>>> Manual de direito civil - direito das coisas - volume 3 de Flávio Augusto Monteiro de Barros pela Método (2007)
>>> Manual de direito civil - parte geral - volume 1 de Flávio Augusto Monteiro de Barros pela Método (2006)
>>> Pronto-socorro da Costura de Vários pela Melhoramentos (2011)
>>> A jangada de pedra de José Saramago pela Record-Altaya (1998)
>>> A grande arte de Rubem Fonseca pela Record - Altaya (1998)
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 10/11/2017
A imagem sem fim da contemporaneidade
Relivaldo Pinho

+ de 300 Acessos




O panorama era um aparato no qual as pessoas olhavam, através de orifícios, imagens que eram projetadas em uma rotunda. Surgiu no final do Século 18 e, após seu advento, vários outros equipamentos se seguiram que tinham por função “iludir” os olhos (trompe-l’oeil) e exibir a fantasia das imagens.

Na técnica do panorama, as imagens eram apresentadas em sequência e com efeitos visuais que encantavam os espectadores. Esse mecanismo, de vários modos, já prenunciava a instauração de novas formas de exibição e percepção que seriam, em meios como o cinema, elementos constitutivos da imagética contemporânea.

A experiência contemporânea ampliou essa sensação. Não apenas pelo caráter onipresente de suas aparições, mas porque essas aparições tomariam, cada vez mais, o aspecto de uma sequencialidade ininterrupta nas ruas das grandes cidades e nas imagens dos produtos televisivos.

A publicidade, o jornalismo e a ficção assumiriam não somente uma relação com a vida, mas modificariam o modo da percepção daquilo que vemos, porque sempre haveria, nesse perceber, um elemento de continuidade que nem sempre permitiria o espaço para a interrupção.

A programação televisiva, que corre durante um dia todo, é o exemplo mais conhecido desse processo. Os seriados, as telenovelas, por exemplo, que se realizam em sequências, e o jornalismo, com a exibição do “mundo em um minuto”, são alguns dos modelos dessas técnicas de exibição que nos dão um sentido permanente de continuidade e infinitude.

Já estamos longe de considerar, hoje, esse processo, tão empiricamente conhecido por todos, apenas como um mecanismo manipulador e, nós, como meros receptores mecanicamente condicionados. Não se pode unicamente dizer que o aparato imagético sobre nós sempre, incontrolavelmente, precipita-se, e que o espectador é somente um receptáculo cumulativo de mensagens.

Mas o que dizermos, sobre algumas dessas características, nos mais recentes meios comunicacionais? Abre-se o canal de vídeos na internet e, ao assistirmos à imagem desejada, segue-se, se não se desativar a exibição contínua, outra. O sistema “crê”, pelos seus cálculos algorítmicos, que aquela imagem mantém alguma relação de continuidade com a anterior.

Assiste-se a um filme ou série na Netflix e o autômato aparato, como em um panorama atual, inicia, em alguns segundos – tempo de darmos uma olhada em uma mensagem no celular –, a tela seguinte. A rotunda, agora, exibe as imagens circularmente, é feita de bytes e, em alta definição, ainda procura “iludir” os olhos.

Dependendo das escolhas, outra interrupção do processo se dá por inserções comerciais que, quase sempre, provocam certo descontentamento. É preciso considerar que, de certa forma, a percepção contemporânea mantém uma paradoxal relação com esse paradoxo do tempo ininterrupto.

A interrupção que descontenta, também ocorre porque, de certo modo, ela interrompe não apenas o prazer, mas porque o prazer funciona pelo hábito da imagem contínua, por uma familiaridade perceptiva, pelo modo como ambas se apresentam, se realizam.

É paradoxal, também, porque a saturação das imagens do cotidiano gera incômodo, mas esse desconforto, isoladamente, nem sempre é capaz de substituir essa familiaridade, essa quase incontrolável saciedade.

Esse fluxo contínuo de imagens convida “o espectador a fazer o impossível. Ou seja, ver todas as telas ao mesmo tempo, em sua diferença aleatória e radical” (F. Jameson, Pós-modernismo: a lógica cultural do capitalismo tardio). São sequências persuasivas e, em play contínuo, conquistadoras. Não se pode ignorar a fantasia desse convite. Mas ele não precisa ser tomado como único.



Na conhecida sequência final de Os incompreendidos (Truffaut, 1959), Antoine Doinel, o indomável protagonista do filme, corre pela praia, com uma melancólica música ao fundo. Repentinamente, ele para e se volta em direção à câmera que faz um zoom e, em close, congela seu rosto. A sequência imagética é interrompida e sentimos toda a dramaticidade da vida do menino, seu olhar perdido, assustado e angustiado.

Essa fixação da imagem suspende nossa continuidade perceptiva e nos recoloca, como em uma outra rotunda cíclica, diante de uma nova abertura para o tempo, para a percepção. Aquele final não é um fim. Vemos a narrativa se voltar para nós, nos dizer algo, e cristalizamos, em toda sua significação, uma história, uma imagem.


Publicado em O Liberal, 09 de novembro 2017, p. 02. E em: Relivaldo Pinho


Postado por Relivaldo Pinho
Em 10/11/2017 às 16h05


Mais Relivaldo Pinho
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UMA LONGA QUEDA
NICK HORNBY
COMPANHIA DAS LETRAS
(2014)
R$ 18,00



EMERGÊNCIA - ATENDIMENTO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM
NÉBIA MARIA ALMEIDA DE FIGUEIREDO
YENDIS
(2012)
R$ 29,90



VEJA SÃO PAULO DELÍCIAS POR ATÉ 10 REAIS
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2007)
R$ 10,00



A INTERAÇÃO SOCIAL
MICHAEL ARGYLE
ZAHAR
(1976)
R$ 22,31
+ frete grátis



HOMEOPATIA ATUALIZADA (1170)
ROBERTO COSTA
VOZES
(1984)
R$ 42,00



O LIVRO DE OURO DA MITOLOGIA - HISTORIA DE DEUSES E HERÓIS
THOMAS BULFINCH
EDIOURO
(2006)
R$ 24,90



A ORAÇÃO QUE DEUS ENTENDIA
PAULO COELHO
CARAS
(1999)
R$ 9,80



SEBASTIANA QUEBRA-GALHO
NENZINHA MACHADO SALLES
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1996)
R$ 19,83



A CIVILIZAÇÃO DOS MEGÁLITOS - GRANDES CIVILIZAÇÕES DESAPARECIDAS
MARC ORENS
EDITIONS FERNI
(1980)
R$ 10,99



APOMETRIA -UMA NOVA ABORDAGEM DA DESOBSESSÃO 9884
DARCIO CAVALLINI
VIDA E CONSCIÊNCIA
(2011)
R$ 18,00





busca | avançada
29020 visitas/dia
891 mil/mês