Kate Dias vive Campesina em “Elise | Githo Martim

busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O melhor presente que a Áustria nos deu
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Desfazendo alguns mitos sobre 64
>>> Uma homenagem a Maysa
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> pessoas que me acontecem
>>> A Literatura na poltrona
>>> Eduardo Arcos en el EBE 2008
>>> Nasce um imortal: José Saramago
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> As Perguntas do Pastor e as respostas do seu Lunga de João Peron pela Não informado
>>> O romance do Pavão Misterioso de José Camelo de Melo pela Não informado
>>> Trilogia- Veneno, Feitiço e Poder de Edmundo Barreiros; Sarah Pinborough pela Única (2013)
>>> Balaio de Gato e Rato e ninho de Cobras na Es pra nada de Francisco Zenio pela Não informado (2013)
>>> Geografia e mídia impressa de Angela massumi katuta pela Uel (2009)
>>> Geografia de são paulo- a metrópole do século xxi de Ana fani alessandri carlos pela Contexto (2004)
>>> A revolução industrial de José jobson de andrade arruda pela Atica (1994)
>>> Globalização e desemprego- diagnóstico e alternativas de Paul singer pela Contexto (2001)
>>> Penso e Acontece de Bob Proctor pela CDG Grupo Editorial (2014)
>>> A Escada para o triunfo de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2016)
>>> O Pajé de Cristo de Homer E. Dowdy pela Sepal (1997)
>>> A Verdadeira Religião Christã 2 Volumes de Emanuel Swedenborg pela Freitas Bastos S/A (1964)
>>> Direito Previdenciário em Tempos de Crise de Ana Paula Fernandes, Roberto de Carvalho Santos, Marco Aurélio Serau Júnior pela Ieprev (2019)
>>> História Geral da Civilização Brasileira - III o Brasil Republicano de Boris Fausto Diretor pela Difel (1981)
>>> Rumo a uma Civilização Solar de Omraam Mikhaël Aïvanhov pela Prosveta (1982)
>>> O Simbolismo das Religiões de Mario Roso de Luna pela Siciliano (1990)
>>> Os manuscritos do mar morto de Geza Vermes pela Mercuryo (1997)
>>> Estrutura e Origem das Paisagens Tropicais e Subtropicais de João José Bigarella pela Ufsc (2003)
>>> Jogos Radicais de Teresa M. G. Jardim pela Assírio & Alvim (2010)
>>> Brusque - Cidade Schneeburg de Saulo Adami/Tina Rosa pela S&t (2021)
>>> Psicología Y Alquimia (em Espanhol) de Carl G Jung pela Santiago Rueda (1957)
>>> The Beatles - a Biografia de Bob Spitz pela Larrousse (2007)
>>> Enciclopédia De Dificuldades Bíblicas de Gleason Archer pela Vida
>>> Wagner, Mitologo Y Ocultista de Mario Roso De Luna pela Glem (1958)
>>> Impactando cidades - 4 estratégias de batalha espiritual para avançar na conquista de sua cidade de Martin Scott pela Danprewan (2005)
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 22/1/2021
Kate Dias vive Campesina em “Elise
Githo Martim

+ de 1000 Acessos

Atriz afirma que personagem é vótima de violência.

O ciúme a torna muito indiferente e a ironia a deixa bastante irritada! Esta a definição da atriz Kate Dias à Campesina, sua personagem em “Uma História para Elise”, do diretor Anselmo Dequero, que tem estreia prevista para a primeira quinzena de dezembro. O espetáculo conta ainda com as atrizes Lara Oliver e Natasha Sahar e produção geral de Vinícius Silva.

O espetáculo narra a história de três artistas que trabalham na Estrelinha da Praça, uma das mais tradicionais boates da Rua XII, em um subúrbio qualquer de um grande centro urbano. As artistas são constantemente vítimas da violência desenfreada de um oficial de justiça que busca incansavelmente por Elise, considerada a principal estrela desta casa noturna.

Neste contexto, Campesina é obrigada a criar “Uma História para Elise” a fim de garantir o fim da violência provocada pelo oficial de justiça. “A personagem é amável, distraída e confia demais nas pessoas. Mas já estava cansada de tanta violência cometida por Antero da Redenção – o tal oficial de justiça –, que sempre saía ileso dos atos criminais”, comenta a atriz.

Kate Dias explica que, com o apoio de Albertina (Natasha Sahar) e Bernardina (Lara Oliver), é obrigada a criar um enredo fictício para garantir que Antero da Redenção nunca consiga encontrar Elise na boate da Rua XII. “O texto traz revelações, surpresas sobre esta atuação desenfreada do oficial de justiça com as demais artistas da boate da Rua XII”, diverte-se.


BLOG | Site


Kate Dias
Formada em Artes Cênicas pelo Conservatório Carlos Gomes, de Campinas/SP, Kate Dias atuou e produziu diversos espetáculos infanto-juvenis criados para os alunos de unidades públicas e privadas de ensino. Nesse período, também se empenhou nas atividades de pesquisa cênica voltadas à Farsa, gênero teatral que se fundamenta em espetáculos cômicos populares.

Nos últimos anos, a atriz também passou a se dedicar às pesquisas sobre o Teatro do Absurdo e, ainda, à personagem “Kate Marrone”, uma debochada – e decadente – atriz de cabaré. “Com esta personagem, por exemplo, me apresentei em boates e casas noturnas de todo o Estado de São Paulo, o que me serviu de base à criação de Campesina”, completou Kate Dias.

Conteúdo PoloAC


Postado por Githo Martim
Em 22/1/2021 às 22h55


Mais Githo Martim
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Topázio
Leon Uris
Abril Cultural
R$ 10,00



O Futuro de Humanidade
Augusto Cury
Arqueiro
R$ 11,00



Serralharia Ornamental Volume 2
Sergi Serra e Xavier Cónsola
Cetop
(1989)
R$ 39,08



Por um fio
Drauzio Varella
Companhia das Letras
(2004)
R$ 15,00



A Morte da Verdade. Notas Sobre a Mentira na Era Trump
Michiko Kakutani
Intrínseca
(2018)
R$ 20,00



A Velhinha de Taubaté
Luis Fernando Veríssimo
L&pm
(1983)
R$ 6,90



Conspiracy 365: Março
Gabrielle Lord
Fundamento
(2012)
R$ 5,00



Longo Caminho de Volta
Ricardo Lucena Jr
Graphitour
(1993)
R$ 8,00



Servidão e Grandeza Militares
Alfred de Vigny
Biblioteca do Exército
(1975)
R$ 14,00



A Dama Das Camelias
Alexandre Dumas Filho
Ftd
R$ 14,00





busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês