Brutalidade Urbana | Carlos Benites | Digestivo Cultural

busca | avançada
44947 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 31/7/2001
Brutalidade Urbana
Carlos Benites

+ de 2500 Acessos

Estou eu reclinado no desconfortável banco daquilo que eu insisto em chamar de automóvel, quando presencio uma das mais grotescas cenas desde a minha chegada à metrópole paulistana. O semáforo fecha, Alfa FM no rádio, quando à minha esquerda um Chevette azul dá uma daquelas "encostadinhas" na traseira de um Gol verde. Até então tudo normal. Nada que não tivesse visto antes. Previsivelmente, a dona do Gol desce do carro pisando duro e vai tirar satisfações com a condutora do Chevette. A moça de trás abre o vidro e parece escutar o que a que está em pé está falando (ou sussurrando, pois mal se podia ouvir o que a moça dizia...). É então que sai um braço de dentro do carro é dá um sonoro tapa no rosto da moça de pé. Esta ajeita os óculos e continua a reclamar, agora com voz um pouco mais audível. A moça do Chevette, não contente, sai também do carro e, não bem fecha a porta, desfere um outro tapa, agora do outro lado do rosto da adversária (além de atrevida, ambidestra!). De semblante totalmente rubro, resultado da inevitável raiva e também da agressão, a dona do Gol recua um passo e ameaça esbravejar numa voz já esganiçada pelo nó na garganta. Nem bem completa a primeira frase e recebe o derradeiro golpe, ainda mais estalado. Atônita, com as lágrimas já saltando incontroláveis, a dona do Gol, a que teve seu veículo abalroado, entra impotente no seu carro. A outra, nem se digna a observar o estrago causado pela colisão e também adentra o seu Chevette.

O semáforo abre. A moça do Gol, certamente se recuperando do choque, hesita. E uma buzina irritante e insistente vem do Chevette. Embasbacado, ainda assim movimento o meu carro. Senão levo um buzinão também.

O Sonho Acabou

Quem viu a Internet nascer para o mundo civil nos idos de 94, certamente se decepciona com o rumo que as coisas estão tomando. O sonho de um universo paralelo, sem distâncias geográficas ou sociais, onde a moeda corrente era o conhecimento, havia se tornado realidade então. Hoje vemos dois fenômenos embrionários, mas que tem uma forte tendência de preponderância. Um econômico que tenta transformar a rede numa zona de livre comercio sem fronteiras (muita gente está tentando aproveitar enquanto a coisa não está bem regulamentada). O outro social, onde as pessoas se unem em comunidades virtuais para trocarem idéias auto-alimentadas, e criam sofisticados instrumentos de segregação ideológica e social.

Claro que a livre informação e o espírito de liberdade ainda fluem pelos gigabits. Afinal a ferramenta não mudou. Porém o instinto humano mais uma vez toma conta, e utiliza a tecnologia de democratização para o espólio e a auto-afirmação.

A Internet vai revolucionar a comunicação interpessoal? Sim, mas não mais que o correio ou o telefone o fizeram em suas eras. O que veremos não será uma globalização, mas sim uma micro-fragmentação cultural independente de barreiras geográficas.

A regulamentação virá. E quem tem o poder para controlar a vida das pessoas ganhará um pouco mais de poder. Talvez existam alguns lugares seguros nesta rede do futuro. Oásis de sabedoria onde cientistas possam divulgar dados experimentais e trocar conhecimento sem medo dos ladrões de patentes.

Tomara que eu esteja errado, afinal não sou nenhum tipo de profeta cibernético. Tomara que iniciativas como este digestivo tenham espaço para crescer num cyber-universo dominado pela mídia do futuro. Tomara que volte o tempo em que uma idéia na cabeça e um servidor web eram o suficiente para se ganhar algum dinheiro. Não pretendo ser elitista (e inevitavelmente sonhador), mas tomara que alguém consiga parar este processo geométrico de banalização da Internet.

Anti-caspa

Relutei um pouco, mas a patroa disse que era uma comédia legal e que valia a pena. Compramos os tickets e fomos ver Evolução (Evolution). Afinal, até poderia ser bacana pois quem faz o papel do protagonista é o David Duchovny (Fox Mulder). Digamos que o filme tem algo de inovador, com um roteiro de comedia sci-fi de piadas esporádicas e exageradas, lembrando o estilo de direção dos irmãos Farrelly (Quem Vai Ficar com Mary). O interessante é que o filme tem um ritmo de piadas absurdas crescente, começando quase sério e terminando com uma sandice extrema. Depois de muitos efeitos especiais CGI e clichês a respeito de militares idiotas, você tem a impressão de que a produção não passou de um comercial, com uma hora em meia de duração, de um shampoo anti-caspa. Que tenta te convencer de que os fungos que causam a caspa são alienígenas e a que a sua única chance de se livrar deles é usando o tal shampoo, que tem um composto ativo com selênio.

Alto e, principalmente, bom som

Quem gosta de underground, é fã do Radiohead e já furou o OK Computer de tanto tocar, tem mais uma opção: Muse. A banda inglesa tem sonoridade peculiar, letras profundas e um vocal que, de cara, lembra muito o Tom Yorke do Radiohead. O segundo album da banda, Showbiz, está longe de ser plano, tendo visíveis influências não só do Radiohead, como também de bandas como Nirvana, Police e Faith no More. No máximo da excentricidade, os caras até engatam um tango! Cheio de seqüências melódicas desconcertantes e batidas às vezes exóticas, o disco está longe de ser pop, mas também não sofre de ataques de estrelismo artístico como o Amnesiac. O som não chega a ser experimental e, ao que parece, eles primam por não utilizar samplers e repetições. O álbum cativa e parece que fica no subconsciente, com composições que fogem das obviedades cotidianas e transportam a um mundo interior obscuro.

Destaque para Sunburn, primeira faixa do disco, de caráter extraordinariamente emocional, criado por contrastes que levam ao clímax do refrão.

Vale a pena conferir. Não é tão fácil de achar no Brasil, mas dá para importar pela Amazon e similares.


Carlos Benites
São Paulo, 31/7/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um palhaço no campo de concentração de Daniela Sandler
02. Isso sim era guerra... de Juliano Maesano


Mais Carlos Benites
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DICIONÁRIO HOUAISS DE COMUNICAÇÃO E MULTIMÍDIA
EDUARDO NEIVA
TRÊS ESTRELAS
(2013)
R$ 48,00



CINCO C'S DA CINEMATOGRAFIA, OS
JOSEPH V. MASCELLI
SUMMUS EDITORIAL
R$ 95,68



COBERTURA DIPLOMATICA
DOMINIC TORR
JOSÉ OLYMPIO
(1965)
R$ 7,00



LÍNGUA VIVA REGENCIA LIVRO 5
SERGIO NOGUEIRA DUARTEPROF
JB
(1999)
R$ 9,00



VINHO. MANUAL DO SOMMELIER
GABRIELA NASCIMENTO SPADA
GLOBO
(2004)
R$ 28,00



MORTE DO OUTRO LADO HÁ VIDA
ROSANA SANT'ANNA
ADPRESS
(2001)
R$ 33,00
+ frete grátis



OVINOS DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS VULGARES
J. A. WATT
LITEXA
(1990)
R$ 24,56



COMENTÁRIOS À CLT
SERGIO PINTO MARTINS
ATLAS
(2015)
R$ 90,00



SÃO PAULO: O POVO EM MOVIMENTO
PAUL SINGER / VINÍCIUS CALDEIRA BRANT ORG
VOZAS
(1982)
R$ 35,00



L ABCDAIRE DE MADAME DE SEVIGNE
JEAN-MARIE BRUSON, ANNE FORRAY-CARLIER
FLAMMARION
(1996)
R$ 45,28





busca | avançada
44947 visitas/dia
1,2 milhão/mês