Apresentação | Daniela Sandler | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A favor do voto obrigatório
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
COLUNAS >>> Especial Apresentações

Quinta-feira, 25/4/1974
Apresentação
Daniela Sandler
+ de 8800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Escrever sempre foi para mim amor e vocação. No entanto, foi por linhas tortas que fiz da escrita a minha ocupação. Estudei arquitetura e urbanismo porque também gostava de desenhar. Só a prancheta não me fazia feliz, e dei um jeito de enfiar a escrita, editando o jornal do grêmio e fazendo iniciação científica. Mas era duro. Na FAU, o desenho era rei; a palavra, só pra legenda. Ouvi professores dizendo "arquiteto não sabe escrever" - não com desgosto, mas com orgulho. Um dia um professor de projeto de edifícios me confrontou, perplexo: "se você gosta tanto de escrever, o que está fazendo aqui?"

Como eu poderia ter explicado que escrever não diminuía em nada minha paixão por arquitetura? Escrever é o modo pelo qual me relaciono com o mundo. Ler e produzir textos é a minha maneira não apenas de compreender, mas de participar. Resolvi seguir a linhagem dos historiadores e teóricos, que contribuem ativamente para o desenvolvimento da arquitetura e do urbanismo - ainda que não construam prédios ou projetem cidades. E assim, depois de uma curta passagem por escritórios, fui fazer doutorado e selei meu destino como acadêmica.

Em 1999, saí de São Paulo, onde havia morado desde nascer. Fui para Rochester, no norte do estado de Nova York, fazer doutorado em Estudos Culturais e Visuais. É um programa interdisciplinar, que me permite refletir sobre arquitetura considerando suas relações com história, sociedade, cultura e política. Depois de três anos de curso (o doutoramento nos Estados Unidos exige mais créditos-aula que no Brasil), veio a hora de me dedicar à tese propriamente dita. E assim fui parar em Berlim.

Fiquei na capital alemã por um ano, fazendo pesquisa de campo. Meu tema é o tratamento do patrimônio arquitetônico berlinense em relação à história e à identidade alemãs. Qual o significado e as conseqüências de preservar certos edifícios, e destruir outros? Sou particularmente fascinada por locais, formas e objetos impregnados pela história - essa relação escorregadia entre a matéria palpável da cidade, e o universo simbólico da memória urbana. Agora, de volta aos Estados Unidos - e ainda escrevendo o doutorado - vim parar numa cidade de história curta, mas não menos intensa: Riverside, nas barbas de Los Angeles.

Comecei a escrever pro Digestivo já quando estava nos Estados Unidos, e foi uma alegria poder escrever de novo em português e alcançar leitores no Brasil - e brasileiros no resto do mundo. Publicar minhas colunas e ter a resposta do público faz com que eu me sinta, de certa forma, presente de novo no meu país. Pois escrever é também minha maneira de fincar pé, dizer quem sou, fazer de mim o que desejo - minha maneira não só de me relacionar com o mundo, mas criar nele o meu espaço.


Daniela Sandler
Riverside, 25/4/1974

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Matar e morrer pra viver de Carina Destempero
02. Marcel Proust e o tempo reencontrado de Jardel Dias Cavalcanti
03. A Jornada de Literatura de Passo Fundo de Marcelo Spalding
04. Magia além do Photoshop de Isabel Furini
05. Simplicidade ou você quer dormir brigado? de Daniel Bushatsky


Mais Daniela Sandler
Mais Acessadas de Daniela Sandler
01. E depois, perder-se também é caminho - 8/6/2005
02. Uma outra moda - 30/3/2005
03. Festa ou casamento? - 16/3/2005
04. Virtudes e pecados (lavoura arcaica) - 9/1/2002
05. O primeiro Show do Milhão a gente nunca esquece - 8/8/2001


Mais Especial Apresentações
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
14/5/2004
22h02min
Querida Dani, é sempre um prazer ler teus textos... v. realmente tem o dom da palavra... Talentos v. tem de sobra! V. descreve teu tema como uma pintura numa tela.... lembrarei de v. sempre q comer asparagos! Beijo, Marianna
[Leia outros Comentários de Marianna Auerbach]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Filosofia Os Pensadores VIII
Abril Cultural
Abril Cultural
(1973)



A Vida em Família
Rodolfo Calligaris
Ide
(1980)



O Chapéu do Mago
Italo Marsili
Real Life Books
(2020)



Biologia 1 - 2 edição
Armenio Uzunian
Harbra
(2002)



Mysterios da Inquisção ( 2 Vol)
F. Gomes da Silva
Largo do Conde Barão
(1904)



A Solidão da Mulher Bem-Casada
Belkis Morgado
Jose Olympio
(1986)



O Poder do Silêncio
Eckhart Tolle
Sextante
(2016)



Livro Literatura Estrangeira O Nono Homem
John Lee
Record
(1976)



O Chá das Duas
Carlos Eduardo Novaes
Nordica
(1978)



Tocados por Ele
Guaraci de Lima Silveira
Mythos Books
(2012)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês