A Pérola de Galileu | Arcano9 | Digestivo Cultural

busca | avançada
48473 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Namíbia, Não! curtíssima temporada no Sesc Bom Retiro
>>> Ceumar no Sesc Bom Retiro
>>> Mestrinho no Sesc Bom Retiro
>>> Edições Sesc promove bate-papo com Willi Bolle sobre o livro Boca do Amazonas no Sesc Pinheiros
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Modernismo e além
>>> Pelé (1940-2022)
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Assim criamos os nossos dois filhos
>>> Compreender para entender
>>> Para meditar
>>> O que há de errado
>>> A moça do cachorro da casa ao lado
>>> A relação entre Barbie e Stanley Kubrick
>>> Um canhão? Ou é meu coração? Casablanca 80 anos
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Fantasmas do antigo Recife
>>> Luther King sobre os fracos
>>> O centenário do Castor
>>> O comercial do Obama
>>> Por que Dilma tem de sair agora
>>> Mininas no Canto Madalena
>>> Quase cinquenta
>>> Bate-papo com Odir Cunha
>>> Entrevista com Sérgio Rodrigues
>>> Leblon
Mais Recentes
>>> O Brasil e Seu Duplo de Luiz Eduardo Soares pela Todavia (2019)
>>> Este Não é Mais Um Livro de Dieta de Rodrigo Polesso pela Gente (2018)
>>> Seu Cachorro é o Seu Espelho de Kevin Behan pela Magnitudde (2012)
>>> Mini Becky Bloom - Tal Mãe, Tal Filha de Sophie Kinsella pela Record (2011)
>>> O Presidente Que Sabia Javanês de Carlos Heitor Cony; Angeli pela Boitempo (2000)
>>> Introdução ao Pensamento Sociológico de Anna Maria de Castro; Edmundo F. Dias pela Eldorado (1977)
>>> Como Falar em Público Corretamente e Sem Inibições de Reinaldo Polito pela Saraiva (1999)
>>> As Mais Belas Orações de Todos os Tempos de Rose Marie Muraro: Raimundo Cintra pela Rosa dos Tempos (1993)
>>> Empreenda Sem Fronteiras de Bruno Pinheiro pela Gente (2016)
>>> Eu Fico Loko -As Desventuras de Um Adolescente Nada Convencional de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas Páginas (2015)
>>> Teoria Geral do Direito e Marxismo de Evguiéni B. Pachukanis pela Boitempo (2017)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Abril Cultural (1981)
>>> A Revolução Russa de 1917 de Marc Ferro pela Perspectiva (1974)
>>> A Questão Urbana de Manuel Castells pela Paz e Terra (1983)
>>> Esquerdismo Doença Infantil do Comunismo de V. I. Lenin pela Expressão Popular (2014)
>>> Crônicas de Nuestra América de Augusto Boal pela Codecri (1977)
>>> A Desumanização da Arte de José Ortega y Gasset pela Cortez (1991)
>>> Homens Em Tempos Sombrios de Hannah Arendt pela Companhia De Bolso (2013)
>>> A Música do Tempo Infinito de Tales A. M .Ab'Sáber pela Cosac & Naify (2012)
>>> Poesia e Filosofia de Antonio Cicero pela Civilização Brasileira (2012)
>>> A Estrada da Noite de Joe Hill pela Sextante (2007)
>>> O ornamento da massa de Siegfried Kracauer pela Cosac & Naify (2009)
>>> O Horror Econômico de Viviane Forrester pela Unesp (1997)
>>> Merleau-ponty e a Educação de Marina Marcondes Machado pela Autentica (2010)
>>> Revoluções de Michael Lowy pela Boitempo (2009)
COLUNAS >>> Especial Wikipedia

Segunda-feira, 30/4/2007
A Pérola de Galileu
Arcano9
+ de 11000 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Foi assim. Claro que eu sei quem é Galileu, quem nunca ouviu falar de Galileu, o Galilei, o Galilelé? Esse nome, essa aliteração, é inesquecível. Mas eu estava lá escrevendo e reescrevendo textos quando me deparei com essa pérola excêntrica dentre tantas as pérolas noticiosas excêntricas que me ofuscam com seu brilho diariamente, a pérola de Galileu. E Galileu se mostrou vivo em minha memória, vivo com sua luneta, vivo com sua observação das luas de Júpiter.

Vivo, mas fugaz. A notícia é que descobriram, uns doentes por Galileu, desenhos inéditos do cara. Desenhos lindos da Lua, em diferentes fases, com detalhes da sua rugosa geografia. Sem dúvida, um achado valiosíssimo. Ora, imagine encontrar partituras novas de Beethoven ou uma fita demo com uma canção inédita do Nirvana, sei lá, you name it. Galileu se impôs e nos enriqueceu, séculos depois de sua morte. Que sorte.

Mas eu tinha que apresentar o cara no texto. Como diabos apresentar Galileu? Sempre prefiro imaginar o leitor como aquele sujeito zerado, que descobriu que tem que se aculturar um pouquinho. Que não tem culpa de ter entrado no meio do filme que eu estou assistindo. Hm. Hmmmm. O texto original preparado pelo primeiro redator, esse que tenho que reescrever, dizia: "O pai do método científico". "Conhecido pela teoria heliocêntrica, de que a Terra é o centro do universo." Legal. Tudo parece fazer sentido. É.... o cara era fodão.

Peralá. "O pai do método científico"? Mas e Descartes? Pô, juraria que Descartes tinha essa definição também, de "pai do método científico". Lembra? Coordenadas cartesianas? E o Torricelli e seu barômetro? Eles não vieram antes? Diabo, como descobrir isso? Nunca gostei de física. Nem de matemática. Por que você acha que prestei jornalismo?

Eu uso a Wikipedia diariamente. Diariamente não; não, não vou falar assim, dá a impressão que não uso o suficiente. Na verdade uso minutamente, segundamente. Aliás, nas minhas horas vagas curto ficar teclando lá nomes de cidades obscuras do interior do Piauí e do Uzbequistão para ver se o bicho tem alguma anedota local. Me dizem que dá para confiar em muitos casos (datas, locais em que ocorreram eventos, etc.) - "mas cuidado com coisas polêmicas", me disse, com razão, um colega de trabalho certa vez. Sempre tem algum mequetrefe que vai lá e muda para tingir a pobre honra de alguma pessoa. Há o caso Seigenthaler, é claro. Um inimigo do escritor John Seigenthaler mudou a biografia dele no site, indicando um envolvimento do escritor nos assassinatos de John e Robert Kennedy. Ficou quatro meses no ar até ser corrigido. Já ouvi falar também que alguém mudou a biografia da Margaret Thatcher... falando que ela tinha feito filmes adultos antes de virar primeira-ministra na Grã-Bretanha. Não consegui confirmar essa lenda da internet (não está na Wikipedia, hahahahahahaha), mas se rolou foi corrigido celeremente.

Vamos lá, Wikipedia, a solução do jornalista moderno, o supermega Almanaque Abril ao cubo. Ora, vejam. Descartes, Galileu e Torricelli eram da mesmíssima época, um francês, dois italianos, provavelmente ouviram falar uns dos outros quando vivos. Arrisco dizer que possam até ter se encontrado e tomado uma taça de vinho. Torricelli eu logo desprezo - diz a Wikipedia (em inglês) na introdução a ele que ele foi um físico e matemático, inventor do barômetro... nada mais atraente. Vamos ver os outros dois. A Wikipedia diz que Galileu é chamado freqüentemente (por quem?) de pai da moderna astronomia, pai da física moderna e pai da ciência. E que ele estava bastante relacionado com a "revolução científica". Descartes, diz o site, é conhecido como o "fundador da moderna filosofia" e como o "pai da matemática moderna". Ele também foi uma das figuras-chave na "revolução científica". Que conclusão se tira disso tudo? Os dois foram pais prolíficos. Matemática moderna é ciência? Se for, veja só. Galileu é pai da ciência. Descartes é pai da matemática moderna. Logo Galileu é pai de Descartes, que gerou a matemática moderna. E olha que são contemporâneos...

Deixa prá lá (eu faço isso muito lendo a Wikipedia, deixar prá lá). Diz o texto que Galileu foi pioneiro no uso de experimentos quantitativos cujos resultados podem ser analisados com precisão matemática. Método científico? Aparentemente sim. Tasca lá, pioneiro do método científico. Por que não pai? Ah, é muito categórico. Daria muito trabalho fazer teste de paternidade. E a Wikipedia não diz pai. Diz que ele foi pioneiro, mais neutro. Até cita outro cara de quem nunca ouvi falar, um tal de William Gilbert, como sendo outro pioneiro. Vai que foi ele que é o pai da criança e não o pobre Galilei.

Parto para a segunda parte do enigma. Heliocentrismo. E o Copérnico? Não foi ele o tal do cara do heliocentrismo? De Revolutionibus Orbium Coelestium é do Copérnico, é a obra "seminal" da idéia. Aliás, Copérnico morreu antes de Galileu nascer. Aí eu lembro. Galileu foi o cara que defendia o heliocentrismo e teve que ir a julgamento por heresia por isso. OK, a Wikipedia me confirma isso, tenho boa memória. Vou colocar isso no texto.

Mas o que é heliocentrismo mesmo? Ah, é a teoria de que a Terra não é o centro, e sim o Sol. O centro. De quê? Do universo? Do sistema solar? Na Wikipedia em inglês: "heliocentrismo é a idéia de que o sol está no centro do universo e/ou sistema solar". E/ou? Socorro! O que é isso? Entro em pânico e suo. Impulsivamente, cego e bobo, vou para a Wikipedia em português: "teoria científica que afirma ser o sol o centro do sistema solar". Ponto final. Ah, vou colocar isso aí. Não, peraí. Volto na Wikipedia em inglês. "A distinção entre sistema solar e universo não ficou clara até os tempos modernos", diz ela. Ah, tá. Parece plausível. Mas então a Wikipedia em português está errada? Não sei, talvez incompleta. Mas eu usei o bom senso, procurei de novo na em inglês. E no Google. Sim, é isso aí.

Claro, seria muito melhor eu ter conversado com um filósofo, ou um astrônomo, sobre minhas descobertas na Wiki. Talvez a Wikipedia esteja deixando tudo mais superficial. Talvez seja uma máquina de estimular a preguiça, e a do pior tipo, a preguiça de quem gosta de dar copy and paste. Mas acho que isso não se aplica a mim. Gosto muito da Wikipedia. Me divirto às pampas com ela. Obviamente tem uma coisa que é bem clara - você tem que encarar o site como complemento para algum conhecimento que você já tem, conhecimento esse que te ajuda a ter bom senso na hora de usar as informações. Tem muita coisa incompleta ou imprecisa... como em qualquer enciclopédia. Melhor encarar o site apenas como um ponto de partida, ou melhor ainda - um lembrete. Um site de lembretes. Levar ao pé da letra, sem confirmar ou sem ter desconfiômetro pode ser uma grande armadilha. Juro que pensei que Descartes era uns séculos mais velho que Galileu. Juro que tinha esquecido do episódio inquisição e Galileu. E eis que Galileu e Descartes se juntaram e - viva a internet! - rapidamente responderam às minhas perguntas.

Mas deixaram muitas outras. Hmmm. Preciso prestar uma faculdade de filosofia. Será que tem um curso pela internet?


Arcano9
São Paulo, 30/4/2007

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Filmes de guerra, de outro jeito de Ana Elisa Ribeiro
02. Alceu Penna e as garotas do Brasil de Gian Danton
03. A Istambul de Orhan Pamuk de Roberta Resende
04. Jornalismo e os mitos de Bruno Garschagen


Mais Arcano9
Mais Acessadas de Arcano9
01. Quem somos nós para julgar Michael Jackson? - 10/2/2003
02. A Pérola de Galileu - 30/4/2007
03. It’s my shout - 18/3/2002
04. Um brasileiro no Uzbequistão (V) - 8/9/2003
05. Sombras Persas (V) - 4/5/2006


Mais Especial Wikipedia
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
17/4/2007
13h29min
"Sempre prefiro imaginar o leitor como aquele sujeito zerado, que descobriu que tem que se aculturar um pouquinho." Haha, muito bom cara. Um conhecido (vergonha de falar amigo) passou alguns meses tentando alterar a Wikipedia para escrever que o Bussunda na verdade não morreu, mas se mudou para uma ilha para fugir do assédio dos fans, etc. O objetivo da Wiki é nobre, mas as pessoas não ajudam.
[Leia outros Comentários de Bloom]
30/4/2007
15h51min
Legal. A bíblia comenta a inutilidade de se jogar pérolas aos porcos. Mas Galileu, Kepler e outros tantos não têm ou tiveram muita opção... a igreja não pode (nem nunca quis) abandonar a teoria do geocentrismo. A religião é completamente geocêntrica: é deus criando o homem como seu reflexo (imagem e semelhança), é enviando seu único filho pra cá, é escolhendo uns, amaldiçoando outros, é se envolvendo em intrigas tribais, é se preocupando estupidamente se a mulher de jazabão tava dando igual xuxu na serra, ou não, é dando palpites atravessados nas confusões dos patriarcas e por aí vai. E continua, mesmo depois da Terra ser tirada do centro universal e colocada como um grão entre trocentilhões de grãozinhos de poeira cósmica. A turma continua achando que aqui é a central da criação e que deus é uma espécie de telespectador de bigbrother, hehehe. Geocentrismo é só egocentrismo multiplicado. Lá se foi o Galileu se desculpar com os padrecos do santo ofício... pobre Galileu.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
3/12/2007
11h46min
A Wikipédia, em minha opinião é assim: traz informações que não são completas, que algumas vezes estão erradas, mas traz também informações corretas e com conteúdo. Cabe a cada um, a seu próprio critério, avaliar o que lê. Nas enciclopédias impressas e adquiridas com uma soma significativa de dinheiro também existem erros e muito mais informações desatualizadas. E ninguém reclama ou faz polêmica. Precisamos apenas parar criticar e achar defeitos em tudo que é novo. Precisamos também parar de esperar por conhecimento pronto, como tudo na vida precisamos aprender a escolher. Escolher se aquela informação nos serve ou não. Se está completa e satisfaz a necessidade para o que procuro.
[Leia outros Comentários de Mirian]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Conversas Com Gestores de Ações Brasileiros - a Fórmula dos Grandes...
Luciana Seabra
Portfolio Penguin
(2018)



Modern Business® - Corporation Finance
Jules I. Bogen
Alexander Hamilton Institute
(1954)



Sao Bernardo e Caetés (2 Livros Pocket Em 1)
Graciliano Ramos
Record
(1996)



Livro - Despindo a Morte
Gabrielle Biondi
Letra Espírita
(2019)



Névoa
Kathryn James
Farol Literario
(2013)



Maquina do Tempo
H. G. Wells
Alfaguara
(2010)



Drácula
Bram Stoker
L&pm
(1998)



Batman 80 Anos Detective Comics
Chris Conroy Jamie S Rich Dave Wielgosz
Panini Comics Dc
(2019)



Livro - o Drama Sagrado de Elêusis
Edouard Schuré / de Bolso
Antroposófica
(2011)



A Promessa
Pearl S. Buck
Melhoramentos
(1964)





busca | avançada
48473 visitas/dia
1,4 milhão/mês