Meu filho e Jaime Lerner | Paulo de Resende | Digestivo Cultural

busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 28/3/2011
Meu filho e Jaime Lerner
Paulo de Resende

+ de 2900 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Exatamente às 2h30 do dia 25 de janeiro de 2011, nasceu meu primeiro filho.

A despeito da enorme tentação de tratar desse fato que, para mim, é motivo de grande celebração, o impulso para escrever não veio da paternidade, mas da inesperada convergência dela com o urbanismo.

O filho, muitos já devem saber, muda a relação dos pais com o tempo. No início, não existe mais noite completa de sono. A cada duas ou três horas você é chamado para cuidar da criança: trocar fraldas, dar de mamar, ou simplesmente confortá-la em seus braços.

E foi por conta dessa nova rotina que, sem perceber, eu e minha esposa nos tornamos observadores da cidade. Não somos fofoqueiros, desejosos de captar cenas indiscretas, mas lançamos mão de um viés crítico, como analistas urbanos. Essa nova atividade não se dá por uma excentricidade, mas emergiu da leitura recente do livro Acupuntura Urbana, de Jaime Lerner (Record, 2003, 140 págs.). Com sua "orientação", passamos a apreciar as redondezas da cidade e descobrir seus encantos e desencantos de uma perspectiva muito mais cuidadosa do que no ir e vir apressado de sempre.

Jaime Lerner não escreve: ele dialoga, traduz em texto um bate-papo, com direito a divagações e também a muita, muita informação técnica. Fala sobre um permanente aprendizado urbano, a formação de uma memória, e também uma forma de admirar aquelas idiossincrasias que, acredite, só a sua cidade vai ter. Ainda que se possa argumentar que vivemos um período de padronização, com tantas franquias, redes de lojas e shopping centers, sempre há espaço para o reconhecimento de diferenças, a partir de cada configuração específica de cada localidade.

Se antes a hora de dormir era marcada pelo fim do episódio do sitcom favorito, agora não há mais rotina, e um dos programas prediletos passou a ser "assistir" ao lento apagar das luzes das lojas que encerram mais um dia de atividade. E assim vemos o clarão dos letreiros se dissipar lentamente, num espetáculo que varia de uma janela para outra. A cada dia temos uma cena que difere na posição de observação e no horário, de acordo com o momento no qual o bebê "decide" que temos de andar pela casa.

Da mesma forma, as manhãs agora são povoadas pela sinfonia das portas de ferro que vão se abrindo; primeiro o jornaleiro, depois o restaurante que recebe os ingredientes muito antes de chegar o primeiro freguês e então o resto do comércio, tudo isso contrastando com o discreto trancamento das portas estreitas que dão acesso a um ou outro "night club"...

Jaime Lerner fala sobre tudo isso: sobre o prazer de ver a cidade, sentir a cidade com suas cores, cheiros e sons. Fala sobre as mudanças que podem ser feitas para se enfrentar o desafio de viver nela, mas também de coisas que devem ser preservadas, chegando a citar um caso cuja única alternativa era "não fazer nada, com urgência".

A sua didática do olhar não se restringe ao distanciamento: com a mesma facilidade que trata do plano urbanístico, dos sistemas de transporte coletivo, também nos estimula a andar pelas calçadas, gerar identificação com pontos de referência. A partir dessa perspectiva, começamos a "explorar" o bairro no qual moramos há mais de um ano, para só agora aprendermos quais são as lojas com atendentes mais simpáticos, o melhor lugar para comprar frutas, os estabelecimentos que oferecem tudo de que necessitamos ― desde roupas de bebê até móveis de escritório, a farmácia com as melhores promoções, e o local onde o caixa sempre insiste em errar o troco da compra ― sempre a menos... Nesse relacionamento com a cidade, você passa a ser parte dela, irremediavelmente, e assim se importar mais com a qualidade do serviço de coleta de lixo, com a presença ― ou ausência ― dos guardas municipais, com a irresponsabilidade dos motoristas que estacionam bloqueando as rampas de acesso às calçadas etc. O carrinho e os produtos a serem comprados para nós e o bebê passam a ser, quem diria, instrumentos de medição da qualidade do nosso tecido urbano e da civilidade dos nossos pares!

Merecem destaque três temas aos quais Lerner dá atenção: locais com grande circulação de pessoas ― como praças, parques e mercados municipais; preservação da memória da cidade e revitalização urbana. Quem mais, além de um grande mestre, poderia ter desenvoltura para discorrer com precisão e poesia sobre temas tão amplos? Mais do que isso, os capítulos do livro não são construções frias: são narrativas dotadas de técnica mas também de sensibilidade. Ele tem esse dom, de trazer para a conversa exemplos do mundo todo, com a mesma naturalidade que teria ao descrever a cena que vê ao olhar para a sua vizinhança.

Além de observar o todo ― a cidade ― e as partes ― lojas, praças, prédios históricos, feiras etc. ―, a obra trata também do olhar dedicado às pessoas. Fala da necessidade de haver solidariedade, gentileza, de haver espaços para a interação. Confesso que nos vimos refletidos em suas observações, fortalecendo o desejo de tornar a comunidade mais amiga, de saber o nome do barbeiro, do dono da banca, do vendedor de bolo de aipim, de descobrir quantos filhos tem o infinitamente paciente dono da lanchonete da esquina, de ajudar a carregar as sacolas da senhorinha que faz compras no mercado próximo, de participar do abaixo-assinado para que a prefeitura limpe os muros pichados dos poucos casarões históricos que resistem ao tempo.

Jaime Lerner me deu uma bússola preciosa com seu livro, meu filho de meu a oportunidade de experimentar esse recurso, de testar novos caminhos, até de me perder nessa cidade que, desde aquele 25 de janeiro, aprendi a admirar. Jamais imaginei que meu filho e Lerner trabalhariam juntos.


Paulo de Resende
Niterói, 28/3/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba de Renato Alessandro dos Santos
02. O tigre de papel que ruge de Celso A. Uequed Pitol
03. Fake news, passado e futuro de Luís Fernando Amâncio
04. Retratos da ruína de Elisa Andrade Buzzo
05. O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim de Julio Daio Borges


Mais Paulo de Resende
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/3/2011
09h07min
Paulo, encaminhei teu texto pro JL, acho que ele vai ficar honradode ter o teu filho como parceiro. Que eles façam uma cidade melhor!
[Leia outros Comentários de ilana lerner]
30/3/2011
18h28min
As cidades são feitas de fluxos. Sejam as cidades "carnais" ou as "virtuais". Fluxos de pessoas e de meios de transporte pelas ruas e calçadas. Fluxos de luzes que acendem e apagam. Fluxos de sons. Fluxos de calor e frio pelas sombras e insolações. Fluxos de emoções que coisas vivam experimenta e emanam. Parabéns pela sensibilidade de perceber isso. Abs Cabral
[Leia outros Comentários de Alexandre Cabral]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




OS LEOPARDOS DE KAFKA
MOACYR SCLIAR
COMPANHIA DAS LETRAS
(2000)
R$ 10,00



OS TRÊS MOSQUETEIROS
BENJAMIN SANTOS
SERV NACIONAL DO TEATRO (RJ)
(1972)
R$ 31,28



A DAMA DOS CRAVOS - 9ª EDIÇÃO
A. J. CRONIN
RECORD
(1976)
R$ 7,00



ATLAS GEOGRÁFICO MUNDIAL
FOLHA DE SÃO PAULO
NEMO
(1988)
R$ 10,00



IL TROVATORE - GIUSEPPE VERDI - TEMPORADA 2014
THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO
THEATRO MUNICIPAL
(2014)
R$ 16,30



ATLAS DE CIRURGIA OCULAR
NORMAN S. JAFEE ORG
MANOLE
(1991)
R$ 126,50



CIAK SI MANGIA: DIZIONARIO DEL CINEMA IN CUCINA
SALVATORE GELSI
TRE LUNE
(2000)
R$ 60,00



AS BOAS COISAS DA VIDA
RUBEM BRAGA
RECORD
(1988)
R$ 25,90



O OUTRO LADO DO PODER
HUGO ABREU
NOVA FRONTEIRA
(1979)
R$ 15,00



CURA PROFUNDA - A PERSPECTIVA HOLOTRÓPICA
STANISLAV GROF
CAPIVARA
(2015)
R$ 239,90





busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês