Uma nova forma de captação para projetos culturais | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Manual prático do ódio
>>> Isn’t it a bliss, don’t you approve
>>> Roberto Carlos:Detalhes em PDF
>>> Olhos de raio x
>>> Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
>>> Fred Trajano sobre Revolução Digital na Verde Week
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 7 de Setembro
>>> Fazendo as Pazes com o Swing
Mais Recentes
>>> Superdicas Para Escrever Bem Diferentes Tipos de Texto de Edna M. Barian Perrotti pela Saraiva (2006)
>>> Técnica da Redação Comercial de Helena Montezuma pela Tecno Print (1963)
>>> Todo o Mundo Tem Dúvida, Inclusive Você de Édison de Oliveira pela L&PM Pocket (2012)
>>> Manual de Estilo Editora Abril de Vários Autores pela Nova Fronteira (1990)
>>> Soltando a Língua 1 de Sérgio Nogueira pela Gold (2007)
>>> Guia Prático de Redação de Massaud Moisés pela Cultrix (1967)
>>> Estudo Sintético e Racional da Arte e da Técnica de Escrever de Dr. Paulo Acioly pela Exame
>>> Comunique-se Melhor e Desenvolva Sua Memória de Jorge Luiz Brand pela Pe. Berthier (1996)
>>> Os Pecados da Língua – Pequeno Repertório de Grandes Erros de Linguagem de Paulo Flávio Ledur & Paulo Sampaio (Sampaulo) pela Age (1993)
>>> Independence Day - O ressurgimento de Alex irvine pela Nemo (2016)
>>> Técnica de Redação – O Texto nos Meios de Informação de Muniz Sodré e Maria Helena Ferrari pela Francisco Alves (1977)
>>> Óculos, aparelho e Rock ' N ' Roll de Meg Haston pela Intrínseca (2012)
>>> O doador de memórias de Lois Lowry pela Arqueiro (2014)
>>> Dez leis para ser feliz de Augusto Cury pela Sextante (2008)
>>> #Manual da Fossa de Mica Rocha pela Benvirá (2020)
>>> Como Parar O Tempo de Matt Haig pela Harper Collins (2017)
>>> O guia dos curiosos: língua portuguesa de Marcelo Duarte pela Panda Books (2010)
>>> Mentes Geniais: Aumente em 300% a Capacidade do Seu Cérebro de Alberto Dell Isola pela Universo dos Livros (2013)
>>> O Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intríseca (2009)
>>> Tipo Destino: E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga? de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2013)
>>> Seu Cachorro É O Seu Espelho de Kevin Behan pela Magnitudde (2012)
>>> Os Contos dos Blythes Vol 2 de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2020)
>>> O Assassinato de Roger Ackroyd de Agatha Christie pela Globolivros (2014)
>>> Cidade dos Ossos de Cassandra Clare pela Galera (2014)
>>> A Casa de Hades de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Amores impossíveis e outras perturbações quânticas de Lucas Silveira pela Dublinense (2016)
>>> A Marca de Atena de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Will e Will, Um nome, Um Destino de John Green, David Levithan pela Galera (2014)
>>> O Azarão de Markus Zusak pela Bertrand Brasil (2012)
>>> Capitão América: A Ameaça Vermelha de Steve Epting, Mike Perkins, Ed Brubaker pela Panini (2005)
>>> O Fio do Destino de Zibia M. Gasparertto pela Vida e Consciência (1500)
>>> O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux pela Principis (2020)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lafonte (1500)
>>> Coleção folha tributo a Tom Jobim nº8 Tide de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Rostos Do Protestantismo de José Míguez Bonino pela Sinodal/Est (2020)
>>> Coleção folha grandes vozes Fred Astaire nº4 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Sherlock Holmes – O Vampiro de Sussex e Outras Histórias de Sir Arthur Conan Doyle pela L&PM Pocket (2003)
>>> As pernas de Úrsula e outras possibilidades de Claudia Tajes pela L&PM (2001)
>>> Comer, rezar, amar de Elizabeth Gilbert pela Objetiva (2008)
>>> A vitória final de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2008)
>>> Apoliom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> O glorioso aparecimento de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Armagedom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Assassinos de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Nicolae de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O possuído de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Profanação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O remanescente de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> A marca de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Comando Tribulação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2009)
COLUNAS

Sexta-feira, 3/8/2012
Uma nova forma de captação para projetos culturais
Marcelo Spalding

+ de 3700 Acessos

Ser artista é escrever, pintar, fotografar, desenhar, esculpir, cantar, tocar, atuar, filmar. Ser artista é fazer arte. Mas não só.

Todo artista, pelo menos no começo de sua carreira, depois de concluir seu processo de criação precisou ir além dele para divulgar, distribuir, viabilizar sua arte. Um músico sonha em gravar seu disco (ainda), um escritor em lançar seu livro, um artista em expor em galerias conhecidas. E todos eles deparam-se com o mesmo e grande problema: a captação de recursos.

Dedé Ribeiro, produtora cultural com pós-graduação na Sorbonne, diretora da Liga Produtora e professora de produção cultural no Rio Grande do Sul, afirma que a produção cultural mudou drasticamente nos últimos 20 anos por duas razões: a econômica e a tecnológica. Por um lado, o poder aquisitivo da população melhorou, surgiram mecanismos de incentivo, como leis federais, estaduais e municipais, e o próprio público paulatinamente vem crescendo. Por outro, a internet encurtou as distâncias e facilitou o contato entre as partes envolvidas.

Hoje, realmente, temos no Brasil a famosa Lei Rouanet e diversos editais que gravitam em torno dela, como o Petrobras Cultural e o Natura Cultural. Em muitos Estados, como o Rio Grande do Sul, temos Leis de Incentivo à Cultura, também funcionando pela renúncia fiscal de grandes empresas. E há ainda os Fundos Pro-Cultura, como o FUMPROARTE, de Porto Alegre, que funcionam como uma espécie de premiação.

Entretanto, apesar de relativamente recentes, todas essas alternativas já são bem conhecidas do mercado cultural e estão, em sua grande maioria, saturadas pelas demandas de instituições sólidas e organizadas para receber estes recursos, como prefeituras com suas feiras ou festas, catedrais com suas restaurações, associação de amigos de teatros, bibliotecas, palcos. Sem contar, é claro, na demanda dos grandes artistas, de rostos conhecidos do grande público e da mídia, que lutam pelo mesmo dinheiro.

Por isso é tão comum a queixa de artistas sobre a relativa facilidade para aprovar o projeto numa lei de incentivo, em especial a Lei Rouanet, mas a enorme dificuldade em captar os recursos financeiros necessários depois junto às grandes empresas que podem fazer essa renúncia fiscal.

Aos artistas locais ou iniciantes restam, então, poucas alternativas. Os Fundos Pró-Cultura municipais ainda são a melhor delas, mas aqui gostaria de mencionar uma outra possibilidade que tem se mostrado eficiente em muitos casos e pode ser fundamental como ponto de partida para um projeto cultural: o financiamento colaborativo.

Os sites de financiamento colaborativo são uma espécie de vaquinha da era digital: você envia um projeto para o curador do site avaliar se está dentro de sua política. Sendo aprovado, o projeto vai para o site e as pessoas podem contribuir com seu projeto. Caso o valor total seja atingido, o site repassa o valor integral ao artista, descontando sua comissão; caso o valor não seja atingido, o site devolve aos colaboradores.

Vale salientar que apesar de usar o termo "financiamento", trata-se, na verdade, de uma doação, pois o artista precisará dar apenas a contrapartida mencionada no projeto, mas não pagar pelo valor arrecadado. É, de certa forma, o milenar mecenato, mas agora pulverizado, com várias pessoas contribuindo com um pouco de dinheiro.

Os fotógrafos Ânderson Astor e Marcelo Cury utilizaram-se de um desses sites, o Catarse, para arrecadar os recursos necessários para a produção do projeto de fotografia Caminhos da Praia. O objetivo da dupla era atravessar o vasto litoral gaúcho a pé, no inverno, fotografando as etapas da viagem. Para tanto, precisavam de pouco mais de R$ 5 mil. Conseguiram R$ 6.400,00 em 45 dias.

Ânderson conta que cerca de metade dos colaboradores eram seus conhecidos (amigos e familiares), mas que a outra metade era composta por pessoas que eles jamais haviam visto e atribuem isso à divulgação pelas redes sociais e à qualidade do projeto: "fundamental nesse aspecto é que haja uma contrapartida para os colaboradores, que no caso do Caminhos da Praia era uma cópia fotográfica impressa e assinada, com tamanho e qualidade de impressão de acordo com o valor da contribuição", afirma.

Outro projeto totalmente financiado por este tipo de plataforma e que tem chamado a atenção aqui no RS é o novo CD de Vitor Ramil, Foi no mês que vem. O período de captação ainda nem encerrou e já foram arrecadados quase R$ 70 mil reais, mais do que os R$ 60 mil necessários para a produção do CD. Para sensibilizar os apoiadores, a produção do músico dividiu a contribuição em faixas que vão de R$ 10,00 a R$ 2 mil, variando a contrapartida de acordo com a faixa de valor.

Quem contribui com R$ 20,00, por exemplo, tem direito a download do álbum duplo Foi no mês que vem antes do seu lançamento e acesso a vídeos das sessões de gravação na internet. Já quem contribui com R$ 100,00 tem direito a um songbook autografado de Vitor Ramil com 60 músicas, o álbum duplo Foi no mês que vem autografado, download do álbum duplo Foi no mês que vem antes do seu lançamento e acesso a vídeos das sessões de gravação na internet. E quem contribui com R$ 2 mil leva uma gravura original que deu origem à capa do disco, 5 unidades do álbum duplo Foi no mês que vem, camiseta, songbook autografado de Vitor Ramil com 60 músicas, download do álbum antes do seu lançamento e acesso a vídeos das sessões de gravação na internet.

Dedé Ribeiro diverte-se ao lembrar que ainda nos anos 80 utilizou-se de uma estratégia parecida para a produção daqueles que seriam alguns dos primeiros discos independentes do Rio Grande do Sul: a emissão de bônus. A fim de produzir os discos de músicos como Nei Lisboa e de Nelson Coelho de Castro, eram vendidos bônus com a promessa de entrega do LP assim que este ficasse pronto, e com o dinheiro arrecadado era feita a produção. O bônus que ajudou Nei Lisboa a lançar seu primeiro disco é lembrado até hoje pelo inventivo nome de "neilisbônus": "antes tínhamos que ficar em volta apenas das pessoas que conhecíamos", lembra Dedé, que se entusiasma com as possibilidades que a internet traz para esse tipo de negócio.

Evidentemente não é nada fácil bancar a produção de um longa-metragem ou uma turnê pela Europa com esse tipo de financiamento, e pelo bem da verdade a maioria dos projetos publicados nos sites não atinge o valor necessário. Tais plataformas, entretanto, têm se mostrado uma alternativa viável para o ponto de partida de um artista (não por acaso o maior site norte-americano de financiamento para projetos criativos chama-se KickStarter). E assim vai se fazendo, produzindo e viabilizando arte de forma independente, sem a ajuda dos governos ou das empresas, mas com o carinho e o entusiasmo dos amigos.



Marcelo Spalding
Porto Alegre, 3/8/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. K 466 de Renato Alessandro dos Santos
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 2. O Catolotolo de Heloisa Pait
03. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas de Elisa Andrade Buzzo
04. A arte da crônica de Luiz Rebinski Junior
05. A memória vegetal de Gian Danton


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2012
01. Figuras de linguagem e a escrita criativa - 21/12/2012
02. Capacidade de expressão X capacidade linguística - 30/3/2012
03. O centenário de Contos Gauchescos - 17/2/2012
04. Literatura, Interação e Interatividade - 24/8/2012
05. 3 dicas para a escrita criativa - 12/10/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MICKEY NO CIRCO
WALT DISNEY
ND
R$ 5,00



RECEITAS INVERNO E VERÃO - COLEÇÃO UNIÃO VOL. 1
COMPANHIA UNIÃO
COMPANHIA UNIÃO
R$ 5,00



NOSSO DIÁRIO OTÁRIO, ULTRASSECRETO
JIM BENTON
FUNDAMENTOS
(2010)
R$ 18,00



GEOGRAFIA - ESPAÇO E VIVÊNCIA - ENSINO MÉDIO - VOLÚME ÚNICO
LEVON BOLIGIAN E ANDRESSA ALVES
ATUAL
(2004)
R$ 10,00



MANUAIS PRÁTICOS ORTOGRAFIA DA LÍNGUA ESPANHOLA
VARIOS AUTORES
ESCALA
(2004)
R$ 6,00



VIDA DE JESUS
E G WHITE
CASA PUBLICADORA BRASILEIRA
R$ 18,95



PRESTES LUTAS E AUTOCRÍTICAS
DÊNIS DE MORAES - FRANCISCO VIANA
VOZES
(1982)
R$ 5,00



CORTA A NOITE UM GEMIDO
REYNALDO VALINHO ALVAREZ
MYRRHA
(2007)
R$ 11,90



REVISTA PAULISTA DE MEDICINA VOL. 12 Nª 3
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDICINA
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDI
(1938)
R$ 11,22



O QUE É MENOR
EDSON PASSETTI
BRASILIENSE
(1985)
R$ 6,90





busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês