O Amor é Sexualmente Transmissível | Isabella Ypiranga Monteiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
>>> Jovens negros e indígenas são público-alvo de laboratório gratuito para curtas-metragens
>>> Peças de teatro serão transformadas em “radionovelas”
>>> Concurso literário vai premiar novos escritores locais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> O primeiro mico para o resto de nossas vidas
>>> O feitiço do tempo
>>> Antologia poética, de Carlos Drummond de Andrade
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Artificial
>>> Uma análise sociossemiótica do trabalho
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Poesia em Xadrez, BH
>>> O filósofo da contracultura
Mais Recentes
>>> A Avaliação Psicopedagogica numa Abordagem Institucional de Carolina Provvidenti pela Qualidade (2010)
>>> Revista Uniclar - Ciências da Religião - ano 8 nº 1 de Vários Autores pela Faculdades Claretianas (2006)
>>> Contagem Regressiva de Ken Follett pela Arqueiro (2018)
>>> Manuel Bandeira - as Cidades e as Musas de Antônio Carlos Secchin Organização pela Desiderata (2008)
>>> Pequeno Segredo - A Lição de Vida de Kat para a Família Schurmann de Heloisa Schurmann pela Agir (2012)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm (2008)
>>> Pelas Praias do Mundo de Pablo Neruda pela Bertrand Brasil (2005)
>>> Caim de José Saramago pela Companhia das Letras (2009)
>>> Abc de Rachel de Queiroz de Lilian Fontes pela José Olympio (2012)
>>> As Espiãs do Dia D de Ken Follett pela Arqueiro (2015)
>>> Coleção Abc Meus primeiros passos na Leitura e aprendizagem A Estação das Folhas secas o Outono de Malgorzata Strzalkolska pela Salvat (2011)
>>> Arquitetura & construçao--setembro de 2006--dossie cimento de Abril pela Abril (2006)
>>> Arquitetura & construçao--julho de 2008--renove as paredes de Abril pela Abril (2008)
>>> Arquitetura & construçao--março de 2001--pre-fabricada de madeira. de Abril pela Abril (2001)
>>> Arquitetura & construçao--outubro de 2012--como usar e onde comprar madeira sustentavel. de Abril pela Abril (2012)
>>> Os 13 Porquês de Jay Asher pela Ática (2009)
>>> Superando os Desafios Íntimos de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2006)
>>> Sua Alteza Real (Royals 2) de Rachel Hawkins pela Alt (2020)
>>> A República Cantada do Choro ao Funk, a História do Brasil Através da Música de André Diniz e Diogo Cunha pela Zahar (2014)
>>> Uq Holder! - Vol. 5 EAN: 9788545702429 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Peça e Será Atendido de Esther e Jerry Hicks pela Sextante (2007)
>>> Uq Holder! - Vol. 4 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Mata-me de Prazer de Nicci French pela Record (2002)
>>> O Escaravelho do Diabo 2ªd. de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1974)
>>> Cangaceirismo do Nordeste de Antônio Barroso Pontes pela O Cruzeiro (1973)
>>> Uq Holder! - Vol. 2 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Bíblia Sagrada de Não informado pela Presbiteriana (1993)
>>> Gramática Reflexiva de William Cereja e Thereza Cochar pela Atual (2013)
>>> Jornadas.geo: geografia 9º ano de Marcelo Moraes Paula e Ângela Rama pela Saraiva (2016)
>>> Magi: O labirinto da magia - Vol. 25 de Shinobu Ohtaka pela Jbc (2016)
>>> As Aventuras de Tibicuera de Erico Verissimo pela Globo (1997)
>>> I-World 4 de Michael Downie, David Gray e Juan Manuel Jimenez pela Edições SM (2018)
>>> Mulheres do Evangelho de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2009)
>>> To Love Ru - Vol. 16 de Kentaro Yabuki e Saki Hasemi pela Jbc (2018)
>>> Retórica de Aristóteles pela Edipro (2013)
>>> Planejamento na Sala de Aula de Danilo Gandin e Carlos Henrique Carrilho Cruz pela Sem Identificação (1995)
>>> Língua Portuguesa 9 de Everaldo Nogueira, Greta Marchetti e Mirella L. Cleto pela Edições SM (2019)
>>> Quarta-feira de Eric Nepomuceno pela Record (1998)
>>> Araribá Plus - Ciências - 9 de Obra coletiva pela Moderna (2018)
>>> Saúde na Terceira Idade de Hermógenes pela Nova Era (1996)
>>> Estudar História - das origens do homem á era digital - 9º de Patrícia Ramos Braick e Anna Barreto pela Moderna (2018)
>>> Geografia 9º ano de Fernando dos Santos Sampaio e Marlon Clovis Medeiros pela Edições SM (2019)
>>> Logistica e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição de Novaes Antonio Galvão pela Campus (2005)
>>> Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Shô - Vol. 8 de Masami Kurumada e Chimake Kuore pela Jbc (2016)
>>> Matemática 9º ano de Luiz Roberto Duarte e Fernando Viana pela Ática (2019)
>>> Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Shô - Vol. 7 de Masami Kurumada e Chimake Kuore pela Jbc (2016)
>>> Literaturas Brasileira e Portuguesa – Volume Único de Samira Yousself Campedelli pela Saraiva (2010)
>>> Fazendo meu filme - 1 A estreia de Fani de Paula Pimenta pela Gutenberg (2012)
>>> Sabedoria para Viver Bem de Louise L. Hay pela Sextante (2009)
>>> Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Shô - Vol. 6 de Masami Kurumada e Chimake Kuore pela Jbc (2016)
COLUNAS

Segunda-feira, 13/5/2013
O Amor é Sexualmente Transmissível
Isabella Ypiranga Monteiro

+ de 8100 Acessos

Marçal Aquino não poderia ter escolhido melhores palavras para dar início à história arrebatadora do casal de amantes Lavínia e Cauby. O título do primeiro capítulo de Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios (Companhia das Letras, 2005), romance adaptado para o cinema no ano passado pelos diretores Beto Brant e Renato Ciasca, sintetiza com precisão a essência de um relacionamento tão impuro quanto o ambiente de guerra onde nasce. O encontro dos personagens, a instável e sedutora ex-prostituta "regenerada" pelo marido, pastor evangélico, e o fotógrafo aventureiro, acontece no interior do Pará, durante uma acirrada disputa pelo ouro entre garimpeiros e mineradoras. Em pouco mais de duzentas páginas, divididas em quatro grandes partes, o paulista descreve de modo impecável a evolução de sentimentos dos protagonistas, desde a atração puramente física até o mais intenso dos amores, com direito a ilustrativos trechos eróticos que deixariam os cinquenta tons de cinza de E. L. James enrubescidos. Jornalista experiente, vencedor do Prêmio Jabuti em 2000 pela aclamada coletânea de contos O amor e outros objetos pontiagudos, o autor recorre, diga-se de passagem, a um truque original para delinear essa trajetória. Cauby, que narra a maior parte do livro, cita com frequência frases antológicas de Benjamim Schianberg na tentativa de justificar o que vai no seu coração. As pérolas de sabedoria do filósofo fictício - que já virou, inclusive, tema de minissérie dirigida também por Brant - e, quem sabe, alter ego de Aquino nos conquistam instantaneamente, a ponto de desejarmos que ele e o seu O que vemos no mundo, espécie de tratado sobre amor e sexo, existissem de verdade. Ou então que o próprio escritor, inspirado por sua criatura, fosse um amigo íntimo com o qual pudéssemos nos sentar em uma mesa de bar para pedir conselhos sentimentais.

"Queremos o que não podemos ter,
diz o professor Schianberg, o mais obscuro dos filósofos do amor.
É normal, saudável. O que diferencia uma pessoa de outra, ele acrescenta,
é o quanto cada um quer o que não pode ter.
Nossa ração de poeira das estrelas".

Engana-se, no entanto, quem imagina que a história se ocupa apenas da dinâmica envolvendo o par central. São, aliás, os ótimos personagens secundários os responsáveis por enriquecer e costurar a trama, que vai muito além das trivialidades de uma relação proibida, da traição conjugal e de suas consequências passionais. Nessa terra sem lei, um microcosmo do Brasil onde matar e morrer beiram a banalidade, questões mais profundas como religião, política e jogo de interesses vêm à tona através da voz ressonante do pastor Ernani, companheiro de Lavínia, e de uma vingança planejada em silêncio pelo sofisticado jornalista Viktor Laurence, amigo de Cauby. No decorrer das páginas, tais figuras acabam colocando em evidência o comportamento de toda uma nação manipulada por poderes que nunca lhe ensinaram lutar pelas causas certas. Já o chinês Chang, agiota e dono da lojinha onde o casal se conhece, fascina e confunde o leitor com tiradas geniais, incompatíveis com a sua condição de pedófilo.

"O segredo, dizia Chang, o china da loja,
não é descobrir o que as pessoas escondem,
e sim entender o que elas mostram".

O romance chama a atenção também pela bela construção do texto, um excelente exemplo de como, mesmo intercalando períodos de tempo diferentes, certas narrativas conseguem soar fluidas e naturais. No vai-volta entre presente e passado, os delírios proféticos e lições de astrologia do fotógrafo oferecem algumas pistas sobre o seu destino, mantendo, claro, o suspense a cada página. Não é à toa que Aquino consegue tornar plausível o improvável amadurecimento de um amor em meio à podridão e ao ódio vigente na inospitaleira cidadezinha paraense. Se tudo no livro parece convergir para os extremos, nota-se o cuidado que ele teve em adequar a forma como a história é contada ao conteúdo. Até as passagens mais contundentes, sejam aquelas que expõem os conflitos emocionais de Lavínia, o impacto alucinante de seu sex appeal em Cauby ou a desordem local, estão descritas de maneira lírica. O autor surpreende ainda ao dar uma dimensão poética a sua prosa. Os diálogos curtos e sem travessão lembram os versos de haikais brancos.

"Entrei no banheiro e puxei a cortina de plástico. Ela ensaboava o corpo.
Tô pensando em ir embora daqui.
Pra onde?
Não sei ainda. Talvez eu volte para São Paulo.
Lavínia passou o sabonete entre as pernas, levantou um monte de espuma. E sonho.
O que foi, bateu saudade?
Não posso ficar aqui pra sempre, tenho que dar um jeito na minha vida.
Ela guiou o jato do chuveirinho para o púbis. Desfez a espuma, não o sonho".

Ajustes necessários à parte, a versão cinematográfica de Eu receberia... foi prejudicada pela extinção do encantador Careca, colega de pensão do fotógrafo que lhe relata a sua malfadada paixão platônica por Marinês - o que, por sinal, já daria um bom conto -, e do próprio professor Schianberg, personagem indispensável à obra. O ponto alto do longa, contudo, é, sem dúvida, a interpretação de Camila Pitanga no papel principal. Nenhuma outra atriz poderia encarnar a beleza e a loucura da ex-prostituta de forma tão visceral quanto ela. O último parágrafo do romance, daqueles capazes de arrepiar a mais insensível das almas, também ficou de fora no filme. Um dos encarregados do roteiro, Aquino optou por conservar o desfecho trágico e, ao mesmo tempo, redentor dos amantes nas telas, mas as cenas finais não chegam a comover tanto como a sua "poesia" impressa. Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Não neste caso. Cauby receberia as piores notícias dos lindos lábios de Lavínia e eu leria esse livro de novo, de novo e de novo...

"O papel dobrado que encontrei continha uma mensagem curta.
Daria um telegrama lacônico e definitivo. Uma notícia primordial de um amor vira-lata.
Apenas duas palavras. Escritas numa letra redonda, graciosa, quase infantil.
'Amo você'. Entendeu agora por que eu fiquei"?

Para ir além



Isabella Ypiranga Monteiro
Rio de Janeiro, 13/5/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como Passar Um Ano Sem Facebook de Dani Arrais
02. Fotonovela: Sociedade/ Classes/ Fotografia de Duanne Ribeiro
03. Relendo 'O Pequeno Príncipe' de Sabrina Ferreira
04. Clássicos para a Juventude de Ricardo de Mattos
05. De volta à cultura audiovisual de Marta Barcellos


Mais Isabella Ypiranga Monteiro
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Go Girl 5 - Confusões no Acampamento
Meredith Badger
Fundamento
(2010)
R$ 28,60



O Rei Lear
Shakespeare, William
L± Pocket
R$ 16,00



Brasil 500 Anos de 1500 /1530 -1831/1851 2 volumes
Janice Florida (editora)
Abril
(1999)
R$ 70,00
+ frete grátis



Gosto se Discute
Marcelo Coelho
Ática
(1994)
R$ 6,90



O Discurso Emotivo Nas Interações Em Sala de Aula
Marinalva Vieira Barbosa
Dapesp
(2010)
R$ 13,00



O Caminho da Vida
Padre Álvaro Negromonte
Livraria José Olympio
(1957)
R$ 15,02



2012 É Ou Não é o Fim do Mundo
Wicca
Van Feu
R$ 5,00



Sexo: a Hora é Agora?
Fernanda Wendel
Atica
(2007)
R$ 7,00



O Imperador Vol. 4 - Os Deuses da Guerra
Conn Iggulden
Record
(2007)
R$ 20,00



Os Descendentes
Kaui Hart Hemmings
Alfaguara
(2007)
R$ 15,00





busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês