Miguel de Unamuno e Portugal | Celso A. Uequed Pitol | Digestivo Cultural

busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
>>> Espetáculo teatral conta a história de menina que sonha em ser astronauta
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Crise dos 40
>>> Marcelotas
>>> Para ler no botequim
>>> O blog da Bundas
>>> Introdução à lógica do talento literário
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Nada a comemorar
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O desafio de formar leitores
>>> O Tigrão vai te ensinar
Mais Recentes
>>> Jornalista Edilson Cid Varela de Adirson Vasconcelos Junior pela Correio Braziliense (2003)
>>> Jornal Pasquim Ano XI 70/80 Encadernados de Jornalistas pela Codecri (1970)
>>> A Deusa de Jade e Outros Contos Chineses Famosos de Lin Yutang pela Irmãos Pongetti (1959)
>>> A Barca de Gleyre 2º tomo de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1948)
>>> Jornal Pasquim IX -1977 (vários números) de Jornalistas pela Codecri (1970)
>>> A cidade e a serra de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1944)
>>> O pensamento vivo de Rui Barbosa de Américo Jacobina Lacombe pela Livraria Martins (1944)
>>> Jornal Pasquim ANO X de 1979- Encadernados de Jornalistas pela Codecri (1979)
>>> Memórias inacabadas de Humberto de Campos pela José Olympio (1935)
>>> O cortiço de Aluis Azevedo pela Circulo do Livro (1991)
>>> Ressurreição de Machado de Assis pela Sociedade Gráfica (1962)
>>> O leopardo de Giuseppe Tomasi Di Lampedusa pela Abril Cultural (1974)
>>> O amigo fritz de Erckmann Chatrian pela Saraiva (1955)
>>> Não Posso Deixar-te de Luciana Peverelii pela Vecchi (1961)
>>> O País das uvas de Fialho D Almeida pela Livraria Clássica (1946)
>>> Literatura Comentada Oswald de Andrade de (Oswald de Andrade) pela Nova Cultural (1988)
>>> Os Dez Dias Que Abalaram o Mundo de John Reed pela Circulo do Livro (1986)
>>> Compêndio da Cambridge sobre Voltaire de Nicholas Cronk (Editor) pela Madras (2010)
>>> O Jornal da Noite de Arthur Hailey pela Record (1990)
>>> As meninas de Lygia Fagundes Telles pela Circulo do Livro (1979)
>>> Um estranho no espelho de Sidney Sheldon pela Circulo do Livro (1976)
>>> O Universo Das Comunicaçoes Humanas - Comunicação de Eneas Machado de Assis pela Mageart (1997)
>>> Literatura Comentada Guimarães Rosa de (Guimarães Rosa) pela Nova Cultural (1988)
>>> O Peregrino de John Bunyan pela Publicações Pão Diário (2020)
>>> O livro de san michele de Axel Munthe pela Círculo Do Livro (1985)
COLUNAS

Terça-feira, 12/8/2014
Miguel de Unamuno e Portugal
Celso A. Uequed Pitol

+ de 6000 Acessos

Creio que os amantes da obra de Miguel de Unamuno - e eu sou um deles - concordarão que Por tierras de Portugal y España é, dentre seus muitos títulos, um dos que mais gosto temos em retornar. Trata-se de um livro de relatos de viagem, tão comuns na época de Unamuno, quando elas eram raras e relatos de escritores eram uma oportunidade para as gentes do mundo conhecerem outras terras, outros povos, outras culturas, outros personagens, através do olhar particular do grande escritor. E eu, assim como muitos outros, conheci muito de Espanha a partir daquela leitura de Unamuno. Conheci Salamanca e Madrid, Galiza e Astúrias, o País Vasco (nunca deixei de escrever "vasco" depois de ler Unamuno) e a Catalunha. Conheci as aldeias, as gentes, os lugares, os pensadores, os personagens. E conheci não só Espanha como também uma paixão de Unamuno que, tendo em vista a sua época e lugar, pode ser qualificada como quase excêntrica: o seu pequeno vizinho, Portugal.

Quem conhece algo de Espanha sabe bem o lugar que a soberbia castelhana reserva aos portugueses. O espanhol médio pouco dá pela existência de Portugal e quando dá reserva uma atitude francamente irritante para os lusitanos, muito semelhante à que seus vizinhos ao norte, os franceses, reservam para eles. E a Espanha do tempo de Unamuno, prenhe de dificuldades, de hesitações e de discussão sobre seu próprio futuro, pouco espaço tinha para prestar atenção seu pequeno vizinho. Havia e, em grande parte, ainda há uma barreira intelectual entre os dois países, que poucos espanhóis e portugueses foram capazes de transpor e de enxergar, por trás das velhas rivalidades e das evidentes diferentes, uma unidade superior de cultura, civilização e destino. Don Miguel de Unamuno, cuja biblioteca contava nada menos do que três centenas de livros portugueses e admirava profundamente Antero de Quental, Camões e Teixeira de Pascoaes, foi um deles. Sua viagem por terras de Portugal e Espanha foi uma verdadeira travessia intelectual e espiritual, muito maior do que a distância dos rios que separam os países pode fazer supor.

O próprio Unamuno parecia se impressionar com o seu interesse. "¿Qué tendrá este Portugal - pienso - para así atraerme? ¿Qué tendrá esta tierra, por de fuera riente y blanda, por dentro atormentada y trágica? Yo no sé: pero cuanto más voy a él, más deseo volver". A atração de Unamuno baseava-se na convicção de que Portugal e Espanha, por trás de todas as contradições que guardavam, estavam sustentados numa unidade superior, a Ibéria, que, de maneira aparentemente paradoxal, por ser unidade não deixava de suportar a diferença interna: "Porque no hay", dizia ele, "unidad viva si no encierra contraposiciones íntimas, luchas intestinas". Assim, incitou os seus conterrâneos a deixar a soberbia tradicional com a qual tratavam o vizinho pequenino e lessem seus autores e aprendessem seu idioma. "El esfuerzo para ello necesario", disse ele, "es pequeñísimo y se lo debemos a nuestra común madre Iberia o Hispania". E a aqueles que pensam as coisas em termos de interesse e desinteresse, deixou um recado: "Portugal me interesa mucho porque me interesa España".



Celso A. Uequed Pitol
Canoas, 12/8/2014


Mais Celso A. Uequed Pitol
Mais Acessadas de Celso A. Uequed Pitol em 2014
01. Miguel de Unamuno e Portugal - 12/8/2014
02. Entrevista com Dante Ramon Ledesma - 9/9/2014
03. A vida exemplar de Eric Voegelin - 10/6/2014
04. Émile Zola, por Getúlio Vargas - 6/5/2014
05. Ler Oswald Spengler em 2014 - 25/3/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Homem do Chapéu Vermelho
Hervé Guibert
José Olympio
(1996)



Segunda Guerra Mundial - História Fotográfica do Grande Conflito
Charles Herridge
Círculo do Livro



Frommers - Guia Completo de Viagem - Orlando
Rena Bulkin
Julio Louzada
(1995)



Equações Trigonométricas
Herbert F. Pinto
Científica
(1970)



Estações do Ano Inverno
Todolivro
Todolivro
(2010)



A Quarta Onda: os Negócios no Século Xxi
Herman Bryant Maynard Jr e Susan e Mehrtens
Cultrixamana
(1995)



Estes Homens Fizeram o Judaísmo
Marcos Margulies
Documentário
(1974)



Elétrico
Eduardo Ferrari
Literare Books International
(2019)



Refrações no Tempo
Maria José de Queiroz
Topbooks
(1996)



A Suspeita da Imperfeição
Alex de Andrade
Luziletras
(2002)





busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês