O livro do Natal | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês
Mais Recentes
>>> CRIANÇAS DE HELIÓPOLIS REALIZAM CONCERTO DE GENTE GRANDE
>>> Winter Fest agita Jurerê Internacional a partir deste final de semana
>>> Coletivo Roda Gigante inicia temporada no Jazz B a partir de 14 de julho
>>> Plataforma Shop Sui dança dois trabalhos no Centro de Referência da Dança
>>> Seminário 'Dança contemporânea, olhares plurais'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> Pelagem de flor IV: AZUL
>>> É cena que segue...
>>> Imagens & Efeitos
>>> Segredos da alma
>>> O Mundo Nunca Foi Tão Intenso Nem Tão Frágil
>>> João Gilberto
>>> Retalhos ao pôr do sol
>>> Pelagem de flor III: AMARELO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Historia de Hotmail
>>> Maria Rita: música em estado febril
>>> Ser mãe
>>> Companheiros de Jornada
>>> Aloysio Nunes sobre a mentira
>>> ambiguities and lies
>>> Literatura brasileira hoje
>>> Detefon, almofada e trato
>>> Noturno para os notívagos
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> Wild Cards: Ases nas Alturas de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: O Começo de Tudo de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Superman: Uma Biografia Não Autorizada de Glen Weldon pela Leya (2016)
>>> Os Últimos Dias de Krypton de Kevin J. Anderson pela Leya (2013)
>>> Wayne de Gotham de Tracy Hickman pela Leya (2013)
>>> Tokyo Ghoul: re v.1 de Siu Ishida pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Ataque dos Titãs v.19 de Hajime Isayama pela Panini Comics, Planet Manga (2016)
>>> Jojo's Bizarre Adventure: (Parte 2) Battle Tendency v.2 de Hirohiko Araki pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> Jojo's Bizarre Adventure: (Parte 2) Battle Tendency v.3 de Hirohiko Araki pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> Berserk v.30 de Kentaro Miura pela Panini Comics, Planet Manga (2019)
>>> BTOOOM! v.6 de Junya Inoue pela Jbc (2014)
>>> Assassination Classroom v.15 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2016)
>>> Assassination Classroom v.16 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.17 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.18 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.21 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Assassination Classroom v.19 de Yusei Matsui pela Panini Comics, Planet Manga (2017)
>>> Gentleman - A Timesless Guide to Fashion de Bernhard Roetzel pela H. F. Ullmann (2009)
>>> Obras Completas - Volume VI de Gil Vicente pela Sá da Costa (1955)
>>> Curso de Português Jurídico de Regina Toledo Damião e Antonio Henriques pela Atlas (1999)
>>> Bíblia Sagrada para a Família Católica de Padre Antônio Pereira de Figueiredo (trad.) pela Barsa (1969)
>>> Toda sua de Sylvia Day pela Paralela (2012)
>>> As Primícias: Alegoria Político- Sexual Em 7 Quadros de Dias Gomes pela Civilização Brasileira (1978)
>>> Sangue Errante (Série Negra) de James Ellroy pela Record/ RJ. (2011)
>>> Tao-Te King de Lao-Tzu pela Pensamento (1995)
>>> O Rei de Ramos (com as Letras e Canções de Chico Buarque) de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1979)
>>> A Invasão de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1983)
>>> O Rei de Ramos (com as Letras e Canções de Chico Buarque) de Dias Gomes; Prefácio: Flávio Rangel pela Civilização Brasileira/ Rio (1979)
>>> Carter e o Diabo de Glen David Gold pela Record (2004)
>>> O Fazedor de Cercas de Sun Ling pela Carthago & Forte (1995)
>>> Vitória na Derrota: a morte de Getúlio Vargas de Ronaldo Conde Aguiar pela Verbena (2014)
>>> Percy Jackson e Os Olimpianos A maldição do Titã de Rick Riordan pela Intrínseca (2009)
>>> A Invasão de Dias Gomes pela Civilização Brasileira/ Rio (1983)
>>> Uma Fênix em Praga de Suely Burriasco pela Novo Século (2009)
>>> Violência, Democracia e Segurança Cidadã: o caso das polícias no Distrito Federal de Maria Stella Grossi Porto (Org.) pela Verbena (2017)
>>> Raízes do Turismo no Brasil de Mário Jorge Pires pela Manole (2002)
>>> Um Aprendiz de Quixote de Rogério Cezar de Cerqueira Leite pela Verbena (2016)
>>> Sucupira, Ame-a Ou Deixe-a: Venturas e Desventuras de Zeca Diabo... de Dias Gomes pela Bertrand Brasil/ Rj. (1998)
>>> Histórias de Amor Ardente de Louise Erdrich pela Record (1998)
>>> O Orgulho de Ser Mulher de Shere Hite pela Sextante (2004)
>>> Comédias para se Ler na Escola de Luís Fernando Veríssimo pela Objetiva (2008)
>>> Teatro V: A Cigarra e os Formigas/ Camaleão e a Batatas Mágicas/ Quem Matou o Leão? O Patinho Feio de Maria Clara Machado pela Agir/ RJ. (1979)
>>> Trinta Anos Esta Noite: 1964, o que vi e vivi de Paulo Francis pela Verbena (2019)
>>> Histórias de Autômatos de Mario G. Losano pela Companhia das Letras (1992)
>>> Sociologia da Violência: do conceito às representações sociais de Maria Stella Grossi Porto pela Verbena (2010)
>>> Percy Jackson e os Olimpianos O Mar de Monstros de Rick Riordan pela Intrínseca (2013)
>>> O Curto Reinado de Pepino IV de John Steinbeck pela Record (1970)
>>> Saúde Penitenciária no Brasil: plano e política de Martinho Silva pela Verbena (2015)
>>> Olhos Abertos: a história da nova China de Ivan Quagio pela Verbena (2009)
>>> Sereníssima de Erica Jong pela Circulo do Livro (1987)
COLUNAS

Sexta-feira, 5/12/2014
O livro do Natal
Marta Barcellos

+ de 1900 Acessos

Na fila da fisioterapia, a cena incomum: uma senhora, em pé, em vez de checar o celular como todo mundo, está lendo um livro. Ela carrega a própria bolsa, uma sacola e deve ter alguma limitação física - ou não estaria naquela fila -, e mesmo assim se equilibra para manter o livro parrudo aberto. Fácil de identificar, pela capa vermelha.

- Terminei ontem - eu a catuco e sorrio. Na verdade tinha terminado anteontem.

Ela sorri de volta:

- E gostou?

Ninguém nunca vai me flagrar falando 'mal' de Chico Buarque. Como a pergunta se repetirá nos próximos dias, pois o lançamento acaba de acontecer, aproveito para treinar a resposta. É preciso muito cuidado com as palavras, para não ser confundida com uma "anti-Chico". Como na época das eleições, quando eu dizia que ia votar em Marina e me confundiam com uma antipetista. Não!

- Gostei sim, mas o último dele, Leite derramado, é melhor. E este aqui também - digo, mostrando o McEwan já adiantado - Conhece este escritor?

Ela não se interessa. Quer falar sobre Chico Buarque.

- Comprei outros dois desses para dar de presente. Acho que vai ser o livro do Natal, não?

Bem, era o máximo que eu ia conseguir de "papo literário" na fisioterapia. Já estou na décima-quarta sessão de tens e ultrassom no joelho, e não consigo entender o que se passa no subsolo onde estão montados os equipamentos que parecem formar uma sala de tortura. Depois da fila, na recepção, é para lá que os estropiados são encaminhados, quando piscam suas respectivas senhas no painel preto e verde. No buraco, digo, no subsolo, não há revistas como na sala de cima, e o celular não pega. Não pega mesmo, totalmente "sem serviço". De vez em quando, algum novato tenta em vão, observado com pena pelos demais.

O que você faria se soubesse que lhe aguardam pelo menos dez sessões de pelo menos meia hora (o caso de alguém menos estropiado, nas minhas contas) em um lugar sem qualquer distração?

Pois é, mas eu era a única a sacar o meu livro da bolsa, sempre. Daí a minha animação com a tal senhora lendo o Chico em pé - mas apenas porque aquele seria o "livro do Natal".

Não costumo ter tanta pressa para ler um lançamento que certamente vai bombar. Em geral, leio atrasada, ou, dependendo, espero por algumas opiniões/resenhas respeitáveis para saber se vale mesmo a pena. Tanto livro "antigo" para ler, ou reler...

Mas, no caso do novo Chico, eu leria de qualquer forma, porque realmente adorei Leite derramado (e também Budapeste). Acabei comprando O irmão alemão de primeira hora, e lendo rápido, por vários motivos: o tempo disponível na fisioterapia, a fase mais tranquila de trabalho e também a expectativa de outros lançamentos de fim de ano que iriam congestionar a minha cabeceira. Além do novo McEwan (A balada de Adam Henry), autor que já considero um "clássico pessoal", ando especialmente excitada com a ideia de ler Graça infinita, de David Foster Wallace, depois do impacto que me causou Ficando longe do fato de já estar meio longe de tudo.

Voltando ao Chico, foi como se eu também tivesse lido o livro em pé, embalada. Lia enquanto eram publicadas as primeiras reportagens e resenhas, e me sentia tendo uma experiência de leitura praticamente coletiva. Estava dividida entre a vontade de espiar os textos e comentários, para "conversar" mentalmente sobre a minha própria experiência, e o temor de ouvir spoilers importantes em meio ao burburinho. Eu disse burburinho? Nada disso, parecia bulício mesmo: todo mundo tinha corrido para ler o Chico, a cidade inteira, o país inteiro; parecia que eu estava dentro daqueles filmes que fetichizam o ofício do escritor, em que o livro recém publicado repercute mais que final de reality show ou série americana.

Entretanto, por mais apressada que eu fosse, dificilmente conseguiria fugir do spoiler que tira um bocado da graça do livro. Como todo mundo já sabe (quase todo mundo, vá lá), o irmão alemão existiu de verdade, em carne e osso. E como todo mundo (agora é todo mundo mesmo) conhece Chico Buarque, ninguém vai conseguir ler o romance sem a curiosidade/chateação de tentar identificar o que deve ou não ser "real" na narrativa.

Se isso faz parte do jogo da chamada autoficção, o jeito é se render. Então intercalei a leitura do romance com olhadelas na história "real" que pipocava em volta (mas eu poderia também ter fuxicado as notas do fim do livro).

Abandonada a discussão sobre autoficção (ufa), resta ainda o principal. A parte mais deliciosa de ser leitor (e não crítico, ufa de novo): poder se apropriar da narrativa e fazer dela o que bem se entende.

Pois bem, no "meu" novo livro do Chico, a narrativa corre solta e sofisticada, menos do que em Leite derramado, mas o suficiente para não fazer sucesso na fisioterapia. Sei que muitos leitores especializados se regozijaram, e até se paralisaram ante às estantes, da casa-biblioteca. Mas eu fiquei com medo das baratas. Cheguei a sonhar com elas. Tropecei numa abrupta passagem do tempo, mas levantei e recuperei o fôlego. Afinal, era o Chico. E, por fim, o meu fascínio de leitora foi todo para o outro irmão, o que não era alemão. Pensando bem, no "meu novo livro do Chico", Francisco e Domingos, Ciccio e Mimmo, são a mesma pessoa. E não se fala mais nisso.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 5/12/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Mais outro cais de Elisa Andrade Buzzo
02. Joan Brossa, inéditos em tradução de Jardel Dias Cavalcanti
03. Super-heróis ou vilões? de Cassionei Niches Petry
04. Casa Arrumada de Ricardo de Mattos
05. Lembrança de Plínio Zalewski de Celso A. Uequed Pitol


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESPERTE A DEUSA DO SEXO QUE EXISTE EM VOCÊ
OLIVIA CLAIRE
EDIOURO
(1998)
R$ 12,00



AGENT OF THE TERRAN EMPIRE
POUL ANDERSON
ACE BOOKS
(1979)
R$ 14,00



JESUS VERSUS LÚCIFER
CARLOS ALBERTO MOYSES
OFFICE
(2013)
R$ 28,00



NATIONAL GEOGRAPHIC ; VOL. 128 ; N°5, NOVEMBER 1965
NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY
NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY -
(1965)
R$ 11,00



MEUS FILHOS
ALFONS BALBACH
A EDIFICAÇÃO DO LAR
R$ 39,90
+ frete grátis



A CASA A VAPOR
JULIO VERNE
MATOS PEIXOTO
(1966)
R$ 4,90



AGORA É PRA VALER! (1315)
MARCIA LUZ AUTOGRAFADO!!
DVS
(2012)
R$ 25,00



AUTOCAD 2000 CURSO PASSO A PASSO - FASCICULO 6
IVAN MACDOWELL E ROSANGELA MACDOWELL
TERRA
(2001)
R$ 9,00



UMA ESPIÃ IMPERFEITA
AMANDA CROSS
BEST SELLER
(2001)
R$ 12,80



O PACIENTE PSIQUIÁTRICO: ESBOÇO DE PSICOPATOLOGIA FENOMENOLÓGICA (6303
J. H. VAN DEN BERG
MESTRE JOU
(1973)
R$ 90,00





busca | avançada
31833 visitas/dia
891 mil/mês