Esquerda x Direita | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
80637 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> O legado de Roberto Burle Marx é tema de encontro online
>>> Sala MAS/Metrô Tiradentes - Qual é a sua Cruz?
>>> Museu de Arte Sacra de São Paulo - Imagens de ROCA e de VESTIR
>>> Mostra de Teatro de Ipatinga comemora os 15 anos do Grupo 3 de Teatro com espetáculo online
>>> Live: Como a cultura nos livros didáticos influencia a formação da criança
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O que não fazer em época de crise
>>> Pizzaria Brasil
>>> Os superestimados da música no Brasil
>>> Passeata Contra o eBook
>>> Sendo Humano
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jazz caricato
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Música instrumental brasileira
>>> If God is Brazilian
Mais Recentes
>>> Sonetos de Luís Vaz de Camões pela Ciranda Cultural (2019)
>>> A ilha do Tesouro de Robert Louis Stevenson pela Companhia Nacional (2005)
>>> A ilha do tesouro de Robert Louis Stevenson pela Companhia Nacioanl (2005)
>>> Efésios N Testamento Coleção Lições De Vida de Max Lucado pela Mundo Cristão (2014)
>>> Os Condenados - Obras Completas 1 de Oswald de Andrade pela Civilização Brasileira (1970)
>>> Ponta de Lança - Obras Completas 5 de Oswald de Andrade pela Civilização Brasileira (1972)
>>> A Insustentável Leveza do Ser de Milan Kundera pela Nova Fronteira (1986)
>>> A Divina Comédia de Dante Alighieri pela Nova Cultural (2002)
>>> A Luz da Estrela Morta de Josué Montello pela Nova Fronteira (1981)
>>> Quem Foi? Albert Einstein de Jess Brallier pela Dcl (2009)
>>> As Impurezas do Branco de Carlos Drummond de Andrade pela José Olympio (1974)
>>> As Filhas de Rashi de Maggie Anton pela Rocco (2008)
>>> Drummond o Gauche no Tempo de Affonso Romano de Santanna pela Lia (1972)
>>> Traição Em Família de David Baldacci pela Arqueiro (2012)
>>> Bichos de Lá e de Cá de Lia Neiva pela Ediouro (1993)
>>> O Fogo de Katherine Neville pela Rocco (2011)
>>> Desvirando a Página - a Vida de Olavo Setubal de Ignácio de Loyola Brandão; Jorge J. Okubaro pela Global (2008)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Saraiva (2013)
>>> Dom Casmurro - Obras Completas de Machado de Assis pela Globo (1997)
>>> The Elegance of the Hedgehog de Muriel Barbery pela Penguin Usa (2008)
>>> O Direito à Privacidade na Internet de Sidney Guerra pela América Jurídica (2004)
>>> Em Busca de Cézanne de Peter Mayle pela Rocco (2000)
>>> Nono Descobre o Espelho de José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta pela Objetiva (2007)
>>> Nós, Mulheres - Edição Especial de Silvia Bruno Securato pela Oficina do Livro (2012)
>>> Autant En Emporte Le Vent - Tomes I et II de Margaret Mitchell pela Gallimard (1938)
>>> Memória de Minhas Putas Tristes de Gabriel Garcia Marquez pela Record (2005)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (2002)
>>> Um Dia "daqueles" - um Lição de Vida para Levantar o Seu Astral de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> Seis Suspeitos de Vikas Swarup pela Companhia das Letras (2009)
>>> Nós, Mulheres - Vol. 10 de Silvia Bruno Securato pela Oficina do Livro (2011)
>>> Minhas Rimas de Cordel de César Obeid pela Moderna (2005)
>>> Negociações Espetaculares de Harvard Business School pela Campus (2004)
>>> Em Nome de Anna de Rudi Fischer pela Primavera Editorial (2015)
>>> De Volta às Estrelas de Erich Von Däniken pela Melhoramentos (1970)
>>> Umbanda Espírita Cristã de Norevaldo C. M. Souza pela Ideia Jurídica (2014)
>>> Entre Árabes e Judeus - uma Reportagem de Vida de Helena Salem pela Brasiliense (1991)
>>> O Poder Psíquico das Pirâmides de Bill Schul e Ed Pettit pela Record (1976)
>>> Sade, Fourier e Loyola de Roland Barthes pela Brasiliense (1990)
>>> O que é Ceticismo de Plinio Smith pela Brasiliense LTDA (2021)
>>> A Odisséia dos Essênios de Hugh Schonfield pela Mercuryo (1991)
>>> Introdução à Psicologia Fenomenológica//Agressão no Homem e nos Animais de Ernest Keen e Roger N. Johnson pela Interamericana (1979)
>>> O que é Psicanálise de Fábio Hermann pela Abril (1983)
>>> Como Administrar Conflitos Profissionais de Peg Pickering pela Market Books (1999)
>>> A Aventura Prodigiosa do Nosso Corpo de Jean Pierre Gasc pela Universo da Ciência (1981)
>>> As Mulheres Francesas Não Engordam de Mireille Guiliano pela Campus (2005)
>>> Das CPI's de Hélio Apolinário Cardoso pela Bookseller (2002)
>>> A Mulher do Viajante no Tempo de Audrey Niffenegger pela Suma de Letras Brasil (2009)
>>> O estudante II: Mamãe querida de Adelaide Carraro pela Global (1988)
>>> O Lado Bom dos Seus Problemas EAN: 9788536416199 de Maurício Horta pela Abril (2013)
>>> Julie e Julia de Julie Powell pela Record (2009)
COLUNAS

Sexta-feira, 24/10/2014
Esquerda x Direita
Marta Barcellos

+ de 5500 Acessos

Em um vídeo que circula com frequência na internet, o filósofo Gilles Deleuze tenta explicar a diferença entre ser de esquerda e ser de direita, utilizando a ideia de um endereçamento postal.

A pessoa de direita parte sempre de si própria. Depois, percebe a rua em que está localizada. Depois, a cidade. Depois, o país, e por aí vai. Na medida em que é privilegiada, por estar em um país rico, por exemplo, ela costuma pensar em como fazer para que aquilo perdure, pois percebe que há muitos perigos ameaçando a sua situação.

Ser de esquerda é o inverso. Ver primeiro a ponta, o contorno, e perceber que a situação de injustiças, de pessoas morrerem de fome, não pode durar. Somente no fim de sua percepção está a rue de Bizerte (de onde Deleuze fala) e si próprio. "Ser de esquerda é saber que os problemas do terceiro mundo estão mais próximos de nós do que os do nosso bairro", diz ele, em seu apartamento em Paris.

O que considero mais interessante no pensamento de Deleuze, e que será aplicável ao que estamos vivendo hoje no Brasil nestas eleições, é a ressalva: não se é de esquerda em nome de uma moral. Não tem nada a ver com ser uma boa alma. Ser de esquerda, ou de direita, está relacionado apenas a uma questão de percepção. Simples assim.

Mas vivemos num país em que a moral (cristã) está sempre em jogo. Então as duas questões se confundem, e as pessoas que têm uma percepção de vida e de mundo tipicamente de direita ficam indignadas com a "acusação": acreditam que estão a lhes apontar uma espécie de torpeza moral, uma insensibilidade não cristã na qual não se reconhecem. É quando afirmam: não existe (mais) direita e esquerda.

No entanto, se a questão moral for afastada, não há problemas em se aceitar a velha e esclarecedora divisão entre esquerda e direita - absolutamente presente neste segundo turno tão polarizado das eleições.

Um amigo meu diz que vai votar no Aécio, e eu respondo: ótimo, seu voto com certeza é consciente e condiz com sua postura política. Sei que ele é de direita, e tento afastar dessa constatação qualquer tipo de julgamento moral. Ele pensa prioritariamente em seus direitos e liberdades individuais; valoriza e quer ver valorizado seu próprio esforço e mérito; é especialmente indignado com o tamanho dos impostos que paga; e sua percepção da questão da violência o leva a defender um policiamento melhor nas ruas e uma pena mais severa para os pivetes que enxerga de forma difusa, por conta do distanciamento que mantém deles a partir de seu "endereço postal".

É uma questão de percepção, simples assim.

Só que Deleuze dá um complicada, e aplica aqui também o seu conceito de devir. Ser de esquerda é devir minoria. Os devires minoritários são aqueles diferentes do padrão majoritário, que no Ocidente é o do homem macho, adulto e cidadão, ele explica. Há o devir-mulher, o devir-animal, o devir-criança, mas o macho adulto cidadão não tem devir. Ele pode devir-mulher, por exemplo, e aí vira minoria (um homem feminista, exemplifico eu).

As pessoas de direita em geral se reconhecem na "imagem sensata" deste padrão majoritário. Só que este padrão, alerta Deleuze, é um padrão vazio: "A esquerda é o conjunto de processos de devir minoria. Eu afirmo: a maioria é ninguém, a minoria é todo mundo. Ser de esquerda é isso: saber que a maioria é todo mundo".

Ao identificar-se inteiramente na imagem sensata do padrão majoritário representado pelo candidato Aécio Neves, muitas pessoas de direita não conseguem compreender o voto "de esquerda". Sem devir minoria e limitadas pela distância de seu endereço postal, ficam sinceramente espantadas, a adotam expressões como "esquerda caviar": como é possível comer caviar e não se identificar com o padrão exclusivo (majoritário e vazio) que ele representa? Pior: como é possível comer caviar e se identificar prioritariamente com minorias que jamais vão saber apreciar a iguaria?

Ora, a explicação só pode ser uma falsidade, um "fazer gênero", a ser combatido com a ironia de expressões como "esquerda caviar".

Se não for com ironia e incredulidade, a pessoa que busca um posicionamento de esquerda, embora não pertença a uma minoria, pode também ser tratada pela direita como alguém que foi enganado ou está equivocado:

"Ora, ela não tem a mesma lógica ou as mesmas informações que eu - pessoa centrada no endereço postal da mim mesmo - não só tenho como domino, graças à minha identificação com o padrão de homem macho, de boa formação, bem sucedido, cidadão de bem que paga seus impostos apesar de toda essa roubalheira."

Para evitar os julgamentos morais a respeito de seu individualismo exacerbado, ou de sua insensibilidade em relação aos mais pobres, a direita brasileira precisa se valer de teorias macroeconômicas e da indignação com escândalos de corrupção para dar ao seu discurso o necessário tom de preocupação social. Dependendo de quem está usando o artifício, porém, o discurso soa extremamente falso, porque rapidamente percebe-se, por trás de dados decorados, a real preocupação com a perda de privilégios - uma ameaça que no caso brasileiro vem se configurando muito mais por uma perda de status social, pela aproximação da minoria representada pelos pobres, do que propriamente por recuos financeiros.

Se ser de esquerda ou de direita é uma questão de percepção e de endereçamento postal, com diz Deleuze, não vai ter como disfarçar: a direita precisa sair do armário.


Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 24/10/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Noel Rosa de Fabio Gomes
02. A princesa insípida e o caçador de Carla Ceres


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Elogio da Mediocridade - 8428
Amadeu Amaral
Nova Era
(1924)
R$ 10,00



O Falar do Rio de Janeiro (um Estudo de Caso) - 8704
Hilma Ranauro
Cátedra
(1988)
R$ 10,00



O Primeiro Ano de Vida
René A. Spitz
Martins Fontes
(1980)
R$ 10,00



Um Toque de Vermelho
Sylvia Day
Paralela
(2013)
R$ 10,00



Nostalgia Neurose do Amor aos Quarenta (autografado) - 3339
Dustan Maciel
Artenova
(1977)
R$ 10,00



Distrito Federal - Paisagem, Populaçao e Poder
Washington Candido; Marilia Peluso
Harbra
(2006)
R$ 10,00
+ frete grátis



Gestão Financeira de Negócios
Aurélio Hess
Cart Impress
(2004)
R$ 10,00



A Nova Pedagogia
Maria Luísa Fabra
Biblioteca Salvat
(1979)
R$ 10,00



El Hombre Que Hablaba de Octavia de Cadiz Novela
Alfredo Bryce Echenique
Plaza & Janes
(1985)
R$ 10,00



Eurico, o Presbítero - Série Bom Livro
Alexandre Herculano
Ática
(1988)
R$ 10,00





busca | avançada
80637 visitas/dia
2,4 milhões/mês