Esquerda x Direita | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nasi in blues no Bourbon
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 24/10/2014
Esquerda x Direita
Marta Barcellos

+ de 4900 Acessos

Em um vídeo que circula com frequência na internet, o filósofo Gilles Deleuze tenta explicar a diferença entre ser de esquerda e ser de direita, utilizando a ideia de um endereçamento postal.

A pessoa de direita parte sempre de si própria. Depois, percebe a rua em que está localizada. Depois, a cidade. Depois, o país, e por aí vai. Na medida em que é privilegiada, por estar em um país rico, por exemplo, ela costuma pensar em como fazer para que aquilo perdure, pois percebe que há muitos perigos ameaçando a sua situação.

Ser de esquerda é o inverso. Ver primeiro a ponta, o contorno, e perceber que a situação de injustiças, de pessoas morrerem de fome, não pode durar. Somente no fim de sua percepção está a rue de Bizerte (de onde Deleuze fala) e si próprio. "Ser de esquerda é saber que os problemas do terceiro mundo estão mais próximos de nós do que os do nosso bairro", diz ele, em seu apartamento em Paris.

O que considero mais interessante no pensamento de Deleuze, e que será aplicável ao que estamos vivendo hoje no Brasil nestas eleições, é a ressalva: não se é de esquerda em nome de uma moral. Não tem nada a ver com ser uma boa alma. Ser de esquerda, ou de direita, está relacionado apenas a uma questão de percepção. Simples assim.

Mas vivemos num país em que a moral (cristã) está sempre em jogo. Então as duas questões se confundem, e as pessoas que têm uma percepção de vida e de mundo tipicamente de direita ficam indignadas com a "acusação": acreditam que estão a lhes apontar uma espécie de torpeza moral, uma insensibilidade não cristã na qual não se reconhecem. É quando afirmam: não existe (mais) direita e esquerda.

No entanto, se a questão moral for afastada, não há problemas em se aceitar a velha e esclarecedora divisão entre esquerda e direita - absolutamente presente neste segundo turno tão polarizado das eleições.

Um amigo meu diz que vai votar no Aécio, e eu respondo: ótimo, seu voto com certeza é consciente e condiz com sua postura política. Sei que ele é de direita, e tento afastar dessa constatação qualquer tipo de julgamento moral. Ele pensa prioritariamente em seus direitos e liberdades individuais; valoriza e quer ver valorizado seu próprio esforço e mérito; é especialmente indignado com o tamanho dos impostos que paga; e sua percepção da questão da violência o leva a defender um policiamento melhor nas ruas e uma pena mais severa para os pivetes que enxerga de forma difusa, por conta do distanciamento que mantém deles a partir de seu "endereço postal".

É uma questão de percepção, simples assim.

Só que Deleuze dá um complicada, e aplica aqui também o seu conceito de devir. Ser de esquerda é devir minoria. Os devires minoritários são aqueles diferentes do padrão majoritário, que no Ocidente é o do homem macho, adulto e cidadão, ele explica. Há o devir-mulher, o devir-animal, o devir-criança, mas o macho adulto cidadão não tem devir. Ele pode devir-mulher, por exemplo, e aí vira minoria (um homem feminista, exemplifico eu).

As pessoas de direita em geral se reconhecem na "imagem sensata" deste padrão majoritário. Só que este padrão, alerta Deleuze, é um padrão vazio: "A esquerda é o conjunto de processos de devir minoria. Eu afirmo: a maioria é ninguém, a minoria é todo mundo. Ser de esquerda é isso: saber que a maioria é todo mundo".

Ao identificar-se inteiramente na imagem sensata do padrão majoritário representado pelo candidato Aécio Neves, muitas pessoas de direita não conseguem compreender o voto "de esquerda". Sem devir minoria e limitadas pela distância de seu endereço postal, ficam sinceramente espantadas, a adotam expressões como "esquerda caviar": como é possível comer caviar e não se identificar com o padrão exclusivo (majoritário e vazio) que ele representa? Pior: como é possível comer caviar e se identificar prioritariamente com minorias que jamais vão saber apreciar a iguaria?

Ora, a explicação só pode ser uma falsidade, um "fazer gênero", a ser combatido com a ironia de expressões como "esquerda caviar".

Se não for com ironia e incredulidade, a pessoa que busca um posicionamento de esquerda, embora não pertença a uma minoria, pode também ser tratada pela direita como alguém que foi enganado ou está equivocado:

"Ora, ela não tem a mesma lógica ou as mesmas informações que eu - pessoa centrada no endereço postal da mim mesmo - não só tenho como domino, graças à minha identificação com o padrão de homem macho, de boa formação, bem sucedido, cidadão de bem que paga seus impostos apesar de toda essa roubalheira."

Para evitar os julgamentos morais a respeito de seu individualismo exacerbado, ou de sua insensibilidade em relação aos mais pobres, a direita brasileira precisa se valer de teorias macroeconômicas e da indignação com escândalos de corrupção para dar ao seu discurso o necessário tom de preocupação social. Dependendo de quem está usando o artifício, porém, o discurso soa extremamente falso, porque rapidamente percebe-se, por trás de dados decorados, a real preocupação com a perda de privilégios - uma ameaça que no caso brasileiro vem se configurando muito mais por uma perda de status social, pela aproximação da minoria representada pelos pobres, do que propriamente por recuos financeiros.

Se ser de esquerda ou de direita é uma questão de percepção e de endereçamento postal, com diz Deleuze, não vai ter como disfarçar: a direita precisa sair do armário.


Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 24/10/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paris branca de neve de Renato Alessandro dos Santos
02. Nos braços de Tião e de Helena de Renato Alessandro dos Santos
03. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
04. Assum Preto, Me Responde? de Duanne Ribeiro
05. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DECIDA-SE PELO SUCESSO
NOAH ST. JOHN
CULTRIX
(2003)
R$ 29,90



TEEN VILLAGE 1
DAVID SPENCER
MACMILLAN
(2008)
R$ 10,00



DO FUTURO - FATOS, REFLEXÕES, ESTRATÉGIAS
ANTONIO PASQUALI
UNISINOS
(2004)
R$ 7,90



RECIFE DOS HOLANDESES
JULIETA DE GODOY LADEIRA
ÁTICA
(1990)
R$ 4,42



O HÓSPEDE DE DRÁCULA COLEÇÃO MINI BIBLIOTECA
BRAM STOKER
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1996)
R$ 21,78



O CAVALEIRO DOS SETE REINOS HISTÓRIAS DO MUNDO DE GELO E FOGO
GEORGE R.R. MARTIN
LEYA
(2017)
R$ 42,00



A VERDADEIRA HISTÓRIA DE MARIA MADALENA
DAN BURSTEIN J. DE KEIJZER
EDIOURO
(2006)
R$ 74,00



O LAVATER DAS SENHORAS
EDOUARD HOCQUART
IMPRENSA OFICIAL
(2010)
R$ 31,99



O CANTOR PRISIONEIRO
ROGÉRIO BORGES; ASSIS BRASIL
MODERNA
(2004)
R$ 10,00



JUSTIÇA E COMPORTAMENTOS DE CIDADANIA NAS ORGANIZAÇÕES UMA ABORD
ARMÉNIO REGO
SÍLABO
(2000)
R$ 39,70





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês