O turista imobiliário | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
30040 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Zé Guilherme lança novo videoclipe com faixa do álbum ALUMIA
>>> Almundo traz até 40% de desconto em seu primeiro Outlet 2019
>>> Ex-Titã Paulo Miklos apresenta seu terceiro álbum no Sesc Belenzinho
>>> Companhia de Teatro Heliópolis coloca em cena as duas faces da justiça em nova montagem
>>> Cunha realiza 2ª edição do Verão na Montanha - Cunha Fest, festival de jazz e blues
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As palmeiras da Politécnica
>>> Como eu escrevo
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Do canto ao silêncio das sereias
>>> Vespeiro silencioso: "Mayombe", de Pepetela
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
Últimos Posts
>>> Assim eu quero a vida
>>> Um sujeito chamado Benício
>>> A imaginação educada, de Northrop Frye
>>> Direções da véspera (Introdução)
>>> O tempo nos ensina - frase
>>> O Cinema onde os fracos não tem vez
>>> Senhor do Corpo e da alma - poema
>>> Fotogenia
>>> É Natal
>>> Canções de amor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> mare
>>> O filme do Lula e os dois lados da arquibancada
>>> Do desprezo e da admiração
>>> WikiLeaks em documentário
>>> Carta aberta a quem leu Uma Carta Aberta ao Brasil
>>> Todos querem ser cool
>>> Açougueiro mesmo é o diretor
>>> O pior cego é o que vê tevê
>>> De Middangeard à Terra Média
Mais Recentes
>>> O queijo e os vermes de Carlo Ginzburg pela Companhia das Letras (Companhia de Bolso) (2006)
>>> Era dos Extremos: O breve século XX (1914-1991) de Eric Hobsbawn pela Companhia das Letras (2009)
>>> O Sol e a Sombra de Laura de Mello e Souza pela Companhia das Letras (2006)
>>> Perdidamente de Júlio Emílio Braz pela Ftd (2000)
>>> As Armadilhas do Consumo - Acabe com o endividamento de Márcia Tolotti pela Campus / Elsevier (2007)
>>> O noivado de Bilac- com a correspondência inédita do poeta à sua noiva D.Amélia de Oliveira (raridade) de Elmo Elton pela Organiozação Simões (1954)
>>> Gramática Reflexiva: texto, semântica e interação - 3ª ed. de William Cereja e Thereza Cochar pela Atual (2019)
>>> O Xangô de Baker Street de Jô Soares pela Companhia das Letras (1997)
>>> TCP/IP a bíblia de Rob Scrimger pela Campus (2002)
>>> Universidade h4ck3r de Henrique Ulbrich e James pela Digerati Books (2011)
>>> Hackers expostos de Joel Scambray pela Makron (2001)
>>> Manual completo do hacker de Gorkin Starlin pela Book Express (2001)
>>> Por que os gerentes falham de John J. Mc Carthy pela Makron (1994)
>>> Inteligência emocional de Daniel Goleman pela Objetiva (2001)
>>> Economia de Paul Wonnacott pela Makron (1994)
>>> Integração: qualidade e recursos humanos para os anos 2000 de Philip B. Crosby pela Makron (1993)
>>> Empresas sem chefes de Charles C. Manz pela Makron (1996)
>>> O complexo de perfeição de Colette Dowling pela Record (1993)
>>> Primeira filosofia - Tópicos de filosofia geral de Armando Mora de Oliveira pela Brasiliense (1992)
>>> Princípios de administraçao científica de Frederick W. Taylor pela Atlas (1995)
>>> Veronika decide morrer de Paulo Coelho pela Objetiva (1998)
>>> Hardware curso completo de Gabriel Torres pela Axcel Books (2001)
>>> Petrobrás - Administrador júnior - nível superior de José Almir Fontella Dornelles pela Vestcon (2011)
>>> Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle de Philip Kotler pela Atlas (1996)
>>> Marketing verde de Jacquelyn A. Ottman pela Makron (1994)
>>> Síndrome da Passividade: o processo de reengenharia em recursos humanos de Dirceu Moreira pela Makron (1994)
>>> Inveja nas organizações de Patrícia Amélia Tomei pela Makron (1994)
>>> As novas regras de John P. Kotter pela Makron (1997)
>>> Administração industrial e geral de Henri Fayol pela Atlas (1989)
>>> Problemas? Oba! Arevoluçãopara vocêvencer no mundo dos negócios de Roberto Shinyashiki pela Gente (2011)
>>> Como conquistar um ótimo emprego: e dar um salto importante em sua carreira profissional de Thomas A.Case pela Makron (1997)
>>> Iniciando os conceitos da qualidade total de Equipe Grifo pela Pioneira (1994)
>>> Redação empresarial - escrevendocom sucesso na era da globalização de Miriam Gold pela Makron (1999)
>>> Empregabilidade: de executivo a consultor bem-sucedido de Thomas A. Case pela Makron (1997)
>>> Pesquisa Operacional de Ermes Medeiros da Silva pela Atlas (1998)
>>> Contabilidade Introdutória + Livro de exercícios de Equipe de Professores da FEA/USP pela Atlas (1993)
>>> Princípios de Administração Financeira + Manual de Software de Lawrence J. Gitman pela Harbra (1997)
>>> Primeira filosofia - Aspectos da história da filosofia de Armando Mora de Oliveira pela Brasiliense (1992)
>>> Reinvente-se: você pode fazer melhor ainda de Claudio V. Nasajon pela Campus (2001)
>>> História da Política Exterior do Brasil de Amado Luiz Cervo Clodoaldo pela UnB (2002)
>>> Iniciação ao direito do trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela LTr (1998)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Juarez de Oliveira pela Saraiva (1995)
>>> Formação Econômica do Brasil de Celso Furtado pela Cia Ed Naciona (1979)
>>> Código de proteção e defesa do consumidor de Juarez de Oliveira pela Saraiva (1994)
>>> Biotecnologia em discussão de Wilhelm Hofmeister pela Fundação Konrad Adenauer (2000)
>>> O alquimista de Paulo Coelho pela Rocco (1988)
>>> O Brasil e Suas Riquezas de Waldemiro Potsch pela Não Infirmado
>>> Amor de perdição de Camilo Castelo Branco pela Klick (2000)
>>> A revolução dos campeões de Roberto Shinyashiki pela Gente (1995)
>>> Viva com esperança de Mark Finley / Peter Landness pela Afiliada (2015)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/8/2014
O turista imobiliário
Marta Barcellos

+ de 4100 Acessos

Tem gente que mora a vida inteira na mesma casa, outros já perderam a conta dos endereços. Particularmente, acredito que o movimento de mudar - de moradia, de emprego, de interesses - é salutar, de tempos em tempos. Por isso, andei pensando em trocar de apartamento, naquele tipo de negócio em que é preciso praticamente sincronizar a venda do imóvel próprio com a compra de outro.

Eu tinha uma turva lembrança da encrenca que isso era, por uma experiência anterior em São Paulo, mas mesmo assim não desanimei: estava entusiasmada com o plano, que parecia bastante factível. Na prática, porém, percebi que a ideia de escancarar o aconchego de meu lar para a curiosidade de estranhos me agradava bem menos do que espiar o apartamento alheio. Estaria eu descobrindo a minha faceta de turista imobiliário?

Este tipo de turista é tão conhecido no setor que os lançamentos imobiliários parecem dispostos a aceitá-los como uma espécie de "animadores" - penetras bem vindos para agitar a festa. São casais sem programa para o fim de semana que entram e saem de estandes de vendas e apartamentos artificialmente decorados por construtoras, dando uma movimentação ao lugar que pode acabar fisgando o único comprador verdadeiramente interessado que surgir por ali: com tanta gente aparentemente interessada, o pobre (ou melhor, o único "rico" da história) imagina que precisa fechar o negócio rapidamente. Antes dos "outros". É algo semelhante à estratégia do anúncio de "últimas unidades à venda", ou, ainda, de "último lugar disponível" (em sites de passagens aéreas ou hotéis).

Mesmo em imóveis usados ou para alugar, não deve ser coincidência que os interessados (e pseudointeressados) se esbarrem tanto durante a procura: tudo indica que os corretores cuidam direitinho para criar um clima de concorrência. Justo quando você está examinando a cozinha, e constatando que seu espaço jamais será suficiente abrigar uma mesa, chega outra família para olhar o mesmo imóvel. Que cozinha pequena! - é o que lhe ocorre comentar, apenas para mostrar o defeito ao agora rival, já que de repente lhe dá uma enorme vontade de ganhar aquela parada.

Mas digamos que você não seja tão influenciável e, como eu, esteja em busca de um negócio que agrade verdadeiramente a todos - o comprador de seu antigo apartamento, o vendedor do novo e os corretores que provavelmente merecem a comissão por aturarem tanto turista imobiliário. É aí que uma qualidade se torna imprescindível: a paciência. Ao decidir abrir as portas de seu imóvel para um suposto pretendente (depois de gastar uma hora guardando dezenas de objetos que estavam inexplicavelmente fora de lugar), eis que ele surge como uma esfinge, e não como o sujeito com as dúvidas naturais de quem pretende morar no local. Se o corretor não o fizer, você mesmo quebra o silêncio; tagarela sobre as vantagens de morar ali e até é sincero sobre seus motivos para se mudar. Nada. No dia seguinte, nem um telefonema do corretor. Você nunca saberá se perdeu seu tempo por causa de um turista imobiliário ou de um corretor que mostra imóveis de dois dormitórios a quem insistiu que só quer de três.

Finalmente, chega a sua vez de entrar na casa alheia. Se ela estiver vazia, sem móveis, será divertido planejar como dispor os seus em cada cômodo. Imaginar como seria a sua vida, apreciando o sol da manhã batendo na sala, conforme enfatiza o corretor. Diante de um banheiro antigo, a possibilidade de uma reforma, os armários embutidos perfeitos, quem sabe a banheira tão sonhada. Naquela casa, com tantas qualidades exaltadas pelo corretor que você esquece ser parcial, finalmente encontrará a paz, a vida perfeita. Claro que você ainda não viu a vaga impossível na garagem nem o barzinho infernal localizado bem em frente.

Na hora do sonho, é possível entender a existência do turista imobiliário. Sonhar a vida perfeita, a do comercial de margarina, não custa nada neste tipo de turismo. E a experiência é bem mais intensa do que a de ler sobre viagens exóticas e milionárias em cadernos e sites de viagens - com contingente de leitores composto muito mais por sonhadores do que por turistas com dinheiro para as tais aventuras.

O sonho individualizado, porém, pode ser perturbado, no caso de o turismo imobiliário incluir um imóvel ainda ocupado. Você entrará por cômodos com porta-retratos e notará os objetos alheios que não foram guardados em seus devidos lugares. Saberá que perfume o proprietário usa, ou que come banana no café da manhã.

Numa situação assim, fui recebida por uma senhora proprietária que não parecia nem um pouco constrangida com a situação. Aproveitou para contar a história de sua vida, como o marido falecido era perfeito, como os netos brincaram na varanda mas depois sumiram de vista na adolescência. Eu não sabia se media com os olhos o tamanho da cozinha ou se aceitava o cafezinho.

Ela parecia disposta a escolher, por simpatia, a quem vender o apartamento onde fora feliz por tantas décadas. Fiquei comovida. No elevador, no entanto, me surpreendi com as informações do corretor: a tal senhora aceitava, sim, contrapropostas ao valor elevado que estabelecera. Mas, na hora "H", costumava dar para trás, e tirava o imóvel de venda por meses, ou mesmo anos.

Foi assim que descobri o outro tipo "turismo" no setor de imóveis: o do proprietário que revisita a sua própria vida (idealizada?), utilizando para isso os interessados em morar no seu lar doce lar.


Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 14/8/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Crônica de Aniversário de Julio Daio Borges
02. Sobre mais duas novelas de Lúcio Cardoso de Cassionei Niches Petry
03. Omissão de Ricardo de Mattos
04. Inimigos da política de Celso A. Uequed Pitol
05. As histórias magras de Rubem Fonseca de Cassionei Niches Petry


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
02. Esquerda x Direita - 24/10/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FÉ E RAZÃO NA RENASCENÇA
TALYTA CARVALHO
É REALIZAÇÕES
(2012)
R$ 30,00



MINAS DO OURO
FREI BETTO
RAACO
(2018)
R$ 20,00



O AGENTE DO VATICANO
JOSÉ EL-JAICK
ROCCO
(2007)
R$ 18,00



O AMOR DE MÍTIA & O PROCESSO DO TENENTE HELÁGUIN
IVAN BUNIN
OPERA MUNDI
(1971)
R$ 20,00



O EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO
JOSÉ SARAMAGO
COMPANHIA DE BOLSO
(2005)
R$ 6,00



A MÚSICA NO RIO DE JANEIRO NO TEMPO DE D. JOÃO VI
VASCO MARIZ
CASA DA PALAVRA
(2008)
R$ 25,00



LIBERTE-SE DA DEPRESSÃO E DO MEDO
ZAYDAN ALKIMIN
PALLAS
(1994)
R$ 10,00



ACEITAÇÃO
JEFF VANDERMEER
INTRÍNSECA
(2016)
R$ 38,00



AS REPORTAGENS DA PENÉLOPE - ANNA MUYLAERT (LITERATURA INFANTIL)
ANNA MUYLAERT
COMPANHIA DAS LETRINHAS
(1997)
R$ 8,00



SEGREDOS PROFISSIONAIS - SEGREDOS DE APRESENTAÇÕES
MARTIN MANSER
FUNDAMENTO
(2010)
R$ 41,00





busca | avançada
30040 visitas/dia
1,0 milhão/mês