O turista imobiliário | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
>>> Dramaturgo Ed Anderson lança livro com textos de espetáculos
>>> Encomenda De Livro On-Line É Disparo Para Novo Espetáculo Do Grupo Pano
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
>>> 31 de Maio #digestivo10anos
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
Mais Recentes
>>> Sexualidade na maturidade de Luciana Nobile pela Brasiliense (2002)
>>> Cristologia Narrativa do Novo Testamento de Frank J. Matera pela Vozes (2003)
>>> Monica and Friends Nº 5 - In an Elephant in the Room ... de Mauricio de Souza pela Panini Comics (2015)
>>> Livro de bolso - Romanceiro da Imigração Japonesa - Série Imigração de Célia Sakurai pela Sumaré Fapesp (1993)
>>> Arquipélago Gulag II - 1918-1956 de Alexandre Soljenitsin pela Difel (1976)
>>> Reflexões sobre Maquiavel de Leo Strauss pela É Realizações (2015)
>>> Livro de bolso - The Revenge Of Gaia de James Lovelock pela Penguin Books (2007)
>>> Tratamentos Naturais Saúde através do Naturismo 303 de Antônio Thomé pela Vida Plena (2003)
>>> A Hora é Agora! 303 de Zibia Gasparetto pela Vida & Consciência (2015)
>>> Livro de bolso - Livro - A República de Weimar e a Ascenção do Nazismo - Tudo é história 58 de Angela Mendes de Almeida pela Brasiliense (1982)
>>> Entre os fiéis: Irã, Paquistão, Malásia, Indonésia de V. S. Naipaul pela Companhia das letras (1999)
>>> Comece onde você está 303 de Pema Chodron pela Sextante (2003)
>>> Livro de bolso - Como Aprimorar As Vendas - Série Sucesso Profissional - Seu Guia de Estratégia Pessoal de Robert Heller pela Publifolha (2000)
>>> Noites Felinas 303 de Cyril Collard pela Brasiliense (1993)
>>> A Nova História de Jacques Le Goff, Le Roy Ladurie, Georges Duby e Outros pela Edições 70 (1977)
>>> Monica and Friends Nº 32 de Mauricio de Souza pela Panini Comics (2017)
>>> O Mapa da Felicidade 303 de heloísa Capelas pela Gente (2014)
>>> Livro - Peter Pan - Texto Integral de James Barrie , Ana Maria Machado pela Ftd (1992)
>>> Arquipélago Gulag I - 1918-1956 de Alexandre Soljenitsin pela Círculo do livro (1975)
>>> Livro - Gente, Bicho, Planta: O Mundo Me Encanta de Ana Maria Machado pela Global (2010)
>>> O Zahir 303 de Paulo Coelho pela Rocco (2005)
>>> Universo e Vida 303 de Hernani T. Sant'Anna pela Federação Espírita Brasileira (1994)
>>> Mecânica dos fluidos de Victor L. Streeter pela McGraw-Hill do Brasil (1974)
>>> As duas faces do gueto de Loic Wacquant pela Boitempo (2008)
>>> Livro - International Guy - Paris Nova York Copenhague - Três cidades, três homens sedutores, três histórias da mesma série em um único volume de Audrey Carlan pela Verus (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/8/2014
O turista imobiliário
Marta Barcellos

+ de 5200 Acessos

Tem gente que mora a vida inteira na mesma casa, outros já perderam a conta dos endereços. Particularmente, acredito que o movimento de mudar - de moradia, de emprego, de interesses - é salutar, de tempos em tempos. Por isso, andei pensando em trocar de apartamento, naquele tipo de negócio em que é preciso praticamente sincronizar a venda do imóvel próprio com a compra de outro.

Eu tinha uma turva lembrança da encrenca que isso era, por uma experiência anterior em São Paulo, mas mesmo assim não desanimei: estava entusiasmada com o plano, que parecia bastante factível. Na prática, porém, percebi que a ideia de escancarar o aconchego de meu lar para a curiosidade de estranhos me agradava bem menos do que espiar o apartamento alheio. Estaria eu descobrindo a minha faceta de turista imobiliário?

Este tipo de turista é tão conhecido no setor que os lançamentos imobiliários parecem dispostos a aceitá-los como uma espécie de "animadores" - penetras bem vindos para agitar a festa. São casais sem programa para o fim de semana que entram e saem de estandes de vendas e apartamentos artificialmente decorados por construtoras, dando uma movimentação ao lugar que pode acabar fisgando o único comprador verdadeiramente interessado que surgir por ali: com tanta gente aparentemente interessada, o pobre (ou melhor, o único "rico" da história) imagina que precisa fechar o negócio rapidamente. Antes dos "outros". É algo semelhante à estratégia do anúncio de "últimas unidades à venda", ou, ainda, de "último lugar disponível" (em sites de passagens aéreas ou hotéis).

Mesmo em imóveis usados ou para alugar, não deve ser coincidência que os interessados (e pseudointeressados) se esbarrem tanto durante a procura: tudo indica que os corretores cuidam direitinho para criar um clima de concorrência. Justo quando você está examinando a cozinha, e constatando que seu espaço jamais será suficiente abrigar uma mesa, chega outra família para olhar o mesmo imóvel. Que cozinha pequena! - é o que lhe ocorre comentar, apenas para mostrar o defeito ao agora rival, já que de repente lhe dá uma enorme vontade de ganhar aquela parada.

Mas digamos que você não seja tão influenciável e, como eu, esteja em busca de um negócio que agrade verdadeiramente a todos - o comprador de seu antigo apartamento, o vendedor do novo e os corretores que provavelmente merecem a comissão por aturarem tanto turista imobiliário. É aí que uma qualidade se torna imprescindível: a paciência. Ao decidir abrir as portas de seu imóvel para um suposto pretendente (depois de gastar uma hora guardando dezenas de objetos que estavam inexplicavelmente fora de lugar), eis que ele surge como uma esfinge, e não como o sujeito com as dúvidas naturais de quem pretende morar no local. Se o corretor não o fizer, você mesmo quebra o silêncio; tagarela sobre as vantagens de morar ali e até é sincero sobre seus motivos para se mudar. Nada. No dia seguinte, nem um telefonema do corretor. Você nunca saberá se perdeu seu tempo por causa de um turista imobiliário ou de um corretor que mostra imóveis de dois dormitórios a quem insistiu que só quer de três.

Finalmente, chega a sua vez de entrar na casa alheia. Se ela estiver vazia, sem móveis, será divertido planejar como dispor os seus em cada cômodo. Imaginar como seria a sua vida, apreciando o sol da manhã batendo na sala, conforme enfatiza o corretor. Diante de um banheiro antigo, a possibilidade de uma reforma, os armários embutidos perfeitos, quem sabe a banheira tão sonhada. Naquela casa, com tantas qualidades exaltadas pelo corretor que você esquece ser parcial, finalmente encontrará a paz, a vida perfeita. Claro que você ainda não viu a vaga impossível na garagem nem o barzinho infernal localizado bem em frente.

Na hora do sonho, é possível entender a existência do turista imobiliário. Sonhar a vida perfeita, a do comercial de margarina, não custa nada neste tipo de turismo. E a experiência é bem mais intensa do que a de ler sobre viagens exóticas e milionárias em cadernos e sites de viagens - com contingente de leitores composto muito mais por sonhadores do que por turistas com dinheiro para as tais aventuras.

O sonho individualizado, porém, pode ser perturbado, no caso de o turismo imobiliário incluir um imóvel ainda ocupado. Você entrará por cômodos com porta-retratos e notará os objetos alheios que não foram guardados em seus devidos lugares. Saberá que perfume o proprietário usa, ou que come banana no café da manhã.

Numa situação assim, fui recebida por uma senhora proprietária que não parecia nem um pouco constrangida com a situação. Aproveitou para contar a história de sua vida, como o marido falecido era perfeito, como os netos brincaram na varanda mas depois sumiram de vista na adolescência. Eu não sabia se media com os olhos o tamanho da cozinha ou se aceitava o cafezinho.

Ela parecia disposta a escolher, por simpatia, a quem vender o apartamento onde fora feliz por tantas décadas. Fiquei comovida. No elevador, no entanto, me surpreendi com as informações do corretor: a tal senhora aceitava, sim, contrapropostas ao valor elevado que estabelecera. Mas, na hora "H", costumava dar para trás, e tirava o imóvel de venda por meses, ou mesmo anos.

Foi assim que descobri o outro tipo "turismo" no setor de imóveis: o do proprietário que revisita a sua própria vida (idealizada?), utilizando para isso os interessados em morar no seu lar doce lar.


Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 14/8/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça de Jardel Dias Cavalcanti
02. Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II de Cassionei Niches Petry
03. De volta à antiga roda rosa de Elisa Andrade Buzzo
04. O dia em que não conheci Chico Buarque de Elisa Andrade Buzzo
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Monster - Volume 9
Naoki Urasawa
Conrad



No Caminho de Swann
Marcel Proust
Abril Cultural
(1982)



Código de Processo Civil
Editora Saraiva
Saraiva
(2003)



História das Teorias da Comunicação
Armand e Michele Mattelart
Loyola
(2002)



Quando Se Pretende Falar da Vida 2ªed(1986)
Francisco Cândido Xavier
Geem
(1986)



Auto da Barca do Inferno: Farsa de Inês Pereira ; Auto da índia
Gil Vicente
Atica
(2006)



Uma História da Terra e do Mar
Katy Simpson Smith
Globo Livros
(2014)



David Strauss sectário e escritor
Nietzsche
Escala
(2008)



Rasteira no Campo de Caniços - Confira !!!
Narjara Medeiros
7 Letras
(2010)



Pacto Sinistro - Confira !!!
Nero Blanc
Ediouro
(2005)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês