Eu blogo, tu blogas? | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
>>> Jovens negros e indígenas são público-alvo de laboratório gratuito para curtas-metragens
>>> Peças de teatro serão transformadas em “radionovelas”
>>> Concurso literário vai premiar novos escritores locais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Que espécie de argumento é uma bunda?
>>> Que espécie de argumento é uma bunda?
>>> 7 de Setembro
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> O primeiro mico para o resto de nossas vidas
>>> O feitiço do tempo
>>> Antologia poética, de Carlos Drummond de Andrade
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> Os Filhos Do Amor de Paulinho Santos pela O Artífice (1997)
>>> The 100: os Escolhidos de Kass Morgan pela Galera (2014)
>>> Mônica 82 - Outubro/1993 - Horacic Park de Maurício de Sousa pela Globo (1993)
>>> Mônica 133 - Dezembro/1997 - Férias de Verão de Maurício de Sousa pela Globo (1997)
>>> Mônica 113 - Maio/1996 - Mônica, Não Mande... Peça! de Maurício de Sousa pela Globo (1996)
>>> Mônica 176 - Abril/2001 - Eterna Criança de Maurício de Sousa pela Globo (2001)
>>> A Avaliação Psicopedagogica numa Abordagem Institucional de Carolina Provvidenti pela Qualidade (2010)
>>> Revista Uniclar - Ciências da Religião - ano 8 nº 1 de Vários Autores pela Faculdades Claretianas (2006)
>>> Contagem Regressiva de Ken Follett pela Arqueiro (2018)
>>> Manuel Bandeira - as Cidades e as Musas de Antônio Carlos Secchin Organização pela Desiderata (2008)
>>> Pequeno Segredo - A Lição de Vida de Kat para a Família Schurmann de Heloisa Schurmann pela Agir (2012)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm (2008)
>>> Pelas Praias do Mundo de Pablo Neruda pela Bertrand Brasil (2005)
>>> Caim de José Saramago pela Companhia das Letras (2009)
>>> Abc de Rachel de Queiroz de Lilian Fontes pela José Olympio (2012)
>>> As Espiãs do Dia D de Ken Follett pela Arqueiro (2015)
>>> Coleção Abc Meus primeiros passos na Leitura e aprendizagem A Estação das Folhas secas o Outono de Malgorzata Strzalkolska pela Salvat (2011)
>>> Arquitetura & construçao--setembro de 2006--dossie cimento de Abril pela Abril (2006)
>>> Arquitetura & construçao--julho de 2008--renove as paredes de Abril pela Abril (2008)
>>> Arquitetura & construçao--março de 2001--pre-fabricada de madeira. de Abril pela Abril (2001)
>>> Arquitetura & construçao--outubro de 2012--como usar e onde comprar madeira sustentavel. de Abril pela Abril (2012)
>>> Os 13 Porquês de Jay Asher pela Ática (2009)
>>> Superando os Desafios Íntimos de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2006)
>>> Sua Alteza Real (Royals 2) de Rachel Hawkins pela Alt (2020)
>>> A República Cantada do Choro ao Funk, a História do Brasil Através da Música de André Diniz e Diogo Cunha pela Zahar (2014)
>>> Uq Holder! - Vol. 5 EAN: 9788545702429 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Peça e Será Atendido de Esther e Jerry Hicks pela Sextante (2007)
>>> Uq Holder! - Vol. 4 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Mata-me de Prazer de Nicci French pela Record (2002)
>>> O Escaravelho do Diabo 2ªd. de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1974)
>>> Cangaceirismo do Nordeste de Antônio Barroso Pontes pela O Cruzeiro (1973)
>>> Uq Holder! - Vol. 2 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Bíblia Sagrada de Não informado pela Presbiteriana (1993)
>>> Gramática Reflexiva de William Cereja e Thereza Cochar pela Atual (2013)
>>> Jornadas.geo: geografia 9º ano de Marcelo Moraes Paula e Ângela Rama pela Saraiva (2016)
>>> Magi: O labirinto da magia - Vol. 25 de Shinobu Ohtaka pela Jbc (2016)
>>> As Aventuras de Tibicuera de Erico Verissimo pela Globo (1997)
>>> I-World 4 de Michael Downie, David Gray e Juan Manuel Jimenez pela Edições SM (2018)
>>> Mulheres do Evangelho de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2009)
>>> To Love Ru - Vol. 16 de Kentaro Yabuki e Saki Hasemi pela Jbc (2018)
>>> Retórica de Aristóteles pela Edipro (2013)
>>> Planejamento na Sala de Aula de Danilo Gandin e Carlos Henrique Carrilho Cruz pela Sem Identificação (1995)
>>> Língua Portuguesa 9 de Everaldo Nogueira, Greta Marchetti e Mirella L. Cleto pela Edições SM (2019)
>>> Quarta-feira de Eric Nepomuceno pela Record (1998)
>>> Araribá Plus - Ciências - 9 de Obra coletiva pela Moderna (2018)
>>> Saúde na Terceira Idade de Hermógenes pela Nova Era (1996)
>>> Estudar História - das origens do homem á era digital - 9º de Patrícia Ramos Braick e Anna Barreto pela Moderna (2018)
>>> Geografia 9º ano de Fernando dos Santos Sampaio e Marlon Clovis Medeiros pela Edições SM (2019)
>>> Logistica e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição de Novaes Antonio Galvão pela Campus (2005)
>>> Cavaleiros do Zodíaco - Saintia Shô - Vol. 8 de Masami Kurumada e Chimake Kuore pela Jbc (2016)
COLUNAS

Segunda-feira, 4/7/2016
Eu blogo, tu blogas?
Fabio Gomes

+ de 3200 Acessos

Em 23 de junho, coloquei no ar aquele que é (se não erro nas contas) meu décimo blog - Fabio Gomes Foto & Cinema. Como o nome já indica, naquele espaço estarei destacando meu trabalho com as imagens, ao contrário de quase todos os anteriores, voltados para o meu trabalho como jornalista cultural. Eu já divulgava meus filmes e fotos em uma fan page no Facebook, mas conforme vinha intensificando meu trabalho nesta área (audio)visual, fui sentindo a necessidade de ter um local específico na internet. Num blog (assim como num site), você pode gerenciar melhor o aspecto das publicações, assim como o público dispõe de ferramentas para localizar facilmente o que procura, dois aspectos em que o Facebook historicamente deixa a desejar.

Enquanto eu configurava as diferentes áreas do novo blog, foi inevitável ficar me sentindo como em 2009, quando criei meu primeiro blog que teve destaque, o Som do Norte. Não apenas por questões emocionais (ao estio 'passa um filme na minha cabeça - risos), mas porque ao longo desses sete anos pouca coisa de fato mudou no bom e velho Blogger. A facilidade de uso é a mesma, assim como o caminho para localizar e implantar algumas funcionalidades continua tortuoso. De toda forma, ao menos para mim, o Blogger é bem mais fácil de operar que seu congênere Wordpress - ao menos mais intuitivo.

Minha primeira experiência com blogs foi em 2003, ano em que o formato se impôs como uma novidade na websfera brasileira. Criei um blog do qual confesso que já nem lembro o nome, até porque ele só esteve no ar uns poucos dias, e para o qual não produzi conteúdo original, limitando-me a republicar nele textos sobre cinema. Mais especificamente, resenhas de filmes, escritas para meu site Brasileirinho. Minha intenção era entender a ferramenta; cumprida essa meta, excluí o blog. A experiência talvez tenha ocorrido em maio, pois em 9 de junho daquele ano lancei dentro do Brasileirinho o informativo Mistura e Manda, que incorporava algumas características de blog - atualização periódica (semanal, aos domingos), textos curtos e o convite para que a pessoa comentasse e enviasse sua opinião (ou, no caso, "misturasse e mandasse"); este último cumpria a função da caixa de comentários de um blog. Além de ser postado no site, o M&M era enviado por e-mail a assinantes. O M&M seguiu sendo atualizado até o começo de 2009.

Minha experiência seguinte com blog foi como colaborador do Protocolo do Incenso - Ritual & Atração, criado pela jornalista e atriz paulista Vanessa Morelli, ali por 2008. Meus textos não tinham um tema e periodicidade definidos, apenas o compromisso de falarem sobre cultura; quase sempre eu produzia textos inéditos, que eventualmente republicava em outros espaços - o que fez com que eles sobrevivessem, já que tempos depois Vanessa retirou o blog do ar. Foi também como colaborador que participei de outro blog sediado em São Paulo, o Falando das Telas. A iniciativa do crítico Ruy Jobim Neto visava comentar a produção de cinema e TV; minha presença no blog se resumiu a um comentário sobre a minissérie Maysa, que a TV Globo apresentou no começo de 2009. Posteriormente fui colaborador também do blog do Coletivo Megafônica, de Belém (2011).

Minha opção por trabalhar com blog, e não site, ao me propor a abordar a musicalidade da Amazônia, em meados de 2009, foi em parte pela facilidade de uso, já comentada ao início desse texto, e também porque os blogs viviam talvez seu momento de maior prestígio e influência no Brasil, ao contrário do que ocorria seis anos antes. Na época o Google (dono do Blogger) não disponibilizava as estatísticas de acesso, mas para ilustrar a popularidade que o Som do Norte obteve logo de saída basta dizer que em dezembro de 2009, com apenas quatro meses no ar, enquete realizada pelo blog para escolher a Música do Ano recebeu mais de 21 mil votos!

Isto me levou a no ano seguinte dedicar novo blog à sonoridade amazônica: o Música do Norte, onde só posto álbuns inteiros, sejam clássicos ou lançamentos.

Já em 2011, transformei em blog meu antigo site Jornalismo Cultural, lançado em 2005, e criei meu único fan-blog, o Noel Rosa Sempre, onde publicava notícias sobre o artista e disponibilizava material de sua autoria que está em domínio público. No ano seguinte, pus no ar meu blog mais ao estilo "internet roots", o Rapidola. O Rapidola começou em 2010 como um informativo do Som do Norte enviado a assinantes, ao estilo do Mistura & Manda, porém com um diferencial: não continha textos completos, apenas links, com uma breve frase de abertura, pinçada de uma das notícias linkadas. A seleção incluía posts de outros blogs que também falassem da música nortista. O Rapidola-blog nasceu para deixar acessíveis esses informativos, e a referência a 'roots' é porque eram exatamente assim os primeiros blogs da internet: uma coleção de links.... A primeira publicação do Rapidola na internet aconteceu numa página do Multiply, rede social que já foi desativada (e que a bem da verdade nunca emplacou no Brasil). O Rapidola como blog que merece ser lembrado nasceu durante uma breve passagem minha por Manaus, em setembro de 2012. Na mesma viagem, mas em Porto Velho, comecei a editar o blog da Poeta Amadio, artista cujo trabalho venho produzindo desde aquela época.

Em 2013, lancei meus únicos blogs sem ligação direta com meu trabalho de jornalista cultural. O primeiro, totalmente despretencioso, era o Apontam Estudos, com o propósito de perpetuar as "pérolas" que escrevo em meu Facebook pessoal. Sua função se esvaziou desde que o Facebook passou a permitir acesso às "lembranças" (ou seja, postagens de ano anteriores, feitas no mesmo dia do ano em que estamos). O segundo se chamou Comendo Bem e Barato e foi uma tentativa de criar um guia online de restaurantes baratos, do tipo onde você poderia almoçar por até 20 reais, e que normalmente não aparecem nos guias turísticos nem são recomendados pelas agências de viagem. A ideia era que obter anúncios dos próprios estabelecimentos citados no blog, o que não se confirmou, e me levou a excluí-lo após 40 dias. A lista se encerra com o blog do projeto As Tias do Marabaixo, no ar desde 2014, quando comecei o trabalho de resgate e divulgação do Marabaixo, cultura tradicional de matriz africana típica do Amapá.

Como já mencionei, vai longe o auge dos blogs no Brasil. A audiência foi caindo lentamente a partir de 2012; no começo de 2013, pareceu embalar novamente (lembro de ter falado sobre isso numa conversa que tive com alunos da PUC-SP em abril daquele ano), mas depois seguiu em queda, mantendo-se agora estável. Digamos que é um público pequeno, porém fiel. Claro que estou falando de meus espaços no Blogger.

Completamente diferente é o blog que desde o ano passado mantenho dentro do site Digestivo Cultural, o Cinema Independente na Estrada. Em média, meus posts lá têm 339 acessos, com a fantástica marca de 1.652 para o post inaugural do blog, que conta a história do projeto As Tias do Marabaixo (os números foram colhidos em 24.6.16).

Já no Som do Norte, os posts que atualmente chegam a 300 acessos são os de entrevistas ou lançamentos exclusivos. Aliás, exclusividade me parece ser a palavra-chave que justifica a manutenção de blogs, era assim no passado e hoje segue sendo. Desde o ano passado, parei de postar no SdN agenda de shows - as informações sobre os shows em sua cidade você obtém hoje muito mais fácil através de redes sociais ou Whatsapp, não há porque ocupar espaço no blog com isso.

Pra concluir: considero sim que os blogs seguem sendo boas ferramentas, principalmente se quem o edita tem noções de HTML, que ajudam a compensar a limitação de recursos. Para quem gosta de publicar regularmente, um blog ainda é preferível às redes sociais (estas, sim, são grandes ferramentas para a difusão do conteúdo blogado), mais ainda se você pretende usar o blog como forma de oferecer serviços e produtos (o mural do Facebook, talvez propositalmente, não se presta muito bem a este fim). Por fim, só posso comemorar o final de cobranças tipo - Ah, seu blog é tão legal, por que você não o transforma num site? São coisas diferentes: cada vez mais, um site é recomendado se você quer publicar um conteúdo de forma institucional, com atualizações ocasionais. Para publicar regularmente e se manter pesquisável & localizável neste mar sem fim que é a internet, a melhor opção em 2016 segue sendo o bom e velho blog.


Fabio Gomes
Macapá, 4/7/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A vida muda no ponto de Elisa Andrade Buzzo
02. Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 2 de Rafael Fernandes
03. Algumas leituras de 2009 de Vicente Escudero
04. A graça da coisa de Pilar Fazito
05. Vida ou arte em Zuzu Angel de Marcelo Miranda


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2016
01. Etapas em combustão - 18/4/2016
02. Caiu na rede, virou social - 8/8/2016
03. Eu blogo, tu blogas? - 4/7/2016
04. Você sabe quem escreveu seu show preferido? - 21/3/2016
05. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas - 11/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sempre um Colegial
John Le Carré
Circulo do Livro
R$ 25,90



Geração Subzero
Felipe Pena, Thalita Rebouças, André Vianco
Record
(2012)
R$ 17,00



Maya - Romance
Jostein Gaarder
Companhia das Letras
(2000)
R$ 33,00



Viva Com Mais Saúde
Jose Antonio Franchini Ramires
Phorte
(2009)
R$ 7,00



Civilização e Outros Contos
Eça de Queiroz
Ediouro
(1991)
R$ 5,00



Ler Viver e Amar Em los Angeles
Jennifer Kaufman e Karen Mack
Casa da Palavra
(2008)
R$ 6,00



O Guia do Mochileiro das Galáxias
Douglas A13:D28Adams
Sextante
(2009)
R$ 24,90



Depois da Montanha Azul
Christiane Gribel; Bebel Callage
Salamandra
(2013)
R$ 18,00



O Avesso das Coisas
Carlos Drummond de Andrade
Record
(1987)
R$ 20,00



Frei Francisco e o Movimento Franciscano
David Flood
Vozes
(1983)
R$ 60,00





busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês