Existe na cidade alguém, assim como você... | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> A Arte de Amar: curso online desvenda o amor a partir de sua representação na arte e filosofia
>>> Consuelo de Paula e João Arruda lançam o CD Beira de Folha
>>> Festival Folclórico de Etnias realiza sua primeira edição online
>>> Câmara Brasil-Israel realiza live com especialistas sobre “O Mundo da Arte”
>>> Misturando música, filosofia e psicanálise, Poisé lança seu primeiro single
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> O Céus e o Inferno de Allan Kardec pela Feb (1989)
>>> Amor, medicina e milagres - A Cura espontânea de doentes graves de Bernie S. Siegel pela BestSeller (1989)
>>> Mayombe de Pepetela pela Leya (2019)
>>> Os Segredos Para o Sucesso e a Felicidade de Og Mandino pela Record (1997)
>>> Para Viver Sem Sofrer de Gasparetto pela Vida E Consciencia (2002)
>>> Guía Rápida del Museo Nacional de Bellas Artes de Vários pela Mnba (1996)
>>> A profecia celestina de James Redfield pela Objetiva (2001)
>>> The Forecast Magazine January 2020 - 2020 de Diversos pela Monocle (2020)
>>> O Diário da Princesa de Meg Cabot pela Record (2002)
>>> The Forecast Magazine January 2017 - Time to Talk? de Diversos pela Monocle (2017)
>>> Mojo December 2018 de Led Zeppelin pela Mojo (2018)
>>> Mojo 300 November 2018 The Legends de Diversos pela Mojo (2018)
>>> Mojo 299 October 2018 de Paul McCartney pela Mojo (2018)
>>> Mojo 297 August 2018 de David Bowie pela Mojo (2018)
>>> Mojo 307 June 2019 de Bob Dylan pela Mojo (2019)
>>> Mojo 296 July 2018 de Pink Floyd pela Mojo (2018)
>>> Mojo April 2018 de Arctic Monkeys pela Mojo (2018)
>>> Mojo 294 May 2018 de Roger Daltley pela Mojo (2018)
>>> Mojo 292 April 2018 de Neil Young pela Mojo (2018)
>>> Mojo 292 March 2018 de Nick Drake pela Mojo (2018)
>>> Mojo 291 February 2018 de The Rolling Stones pela Mojo (2018)
>>> Mojo 290 January 2018 de The Jam pela Mojo (2018)
>>> Mojo 289 December 2017 de Bob Dylan pela Mojo (2017)
>>> Mojo 286 September 2017 de Allman Brothers pela Mojo (2017)
>>> Mojo 310 September 2019 de Tom Waits pela Mojo (2019)
>>> Mojo 309 August 2019 de Bruce Springsteen pela Mojo (2019)
>>> Mojo 304 March 2019 de Joni Mitchell pela Mojo (2019)
>>> Como cuidar do seu automóvel de Ruy Geraldo Vaz pela Ediouro (1979)
>>> Mojo 236 July 2013 de The Rolling Stones pela Mojo (2013)
>>> Mojo 250 January 2014 de Crosby, Still, Nash & Young pela Mojo (2014)
>>> Gilets Brodés - Modèles Du XVIII - Musée des Tissus - Lyon de Várioa pela Musee des Tíssus (1993)
>>> Mojo 249 August 2014 de Jack White pela Mojo (2014)
>>> Mojo 252 October 2014 de Siouxsie And The Banshees pela Mojo (2014)
>>> Mojo 251 October 2014 de Kate Bush pela Mojo (2014)
>>> Mojo 302 January 2019 de Kate Bush pela Mojo (2019)
>>> Mojo 274 September 2016 de Bob Marley pela Mojo (2016)
>>> Universo baldio de Nei Duclós pela Francis (2004)
>>> Mojo 245 April 2014 de Prince pela Mojo (2014)
>>> Mojo 256 March 2015 de Madonna pela Mojo (2015)
>>> Musée de La Ceramique - Visit Guide de Vários pela Cidev (1969)
>>> Mojo 159 February 2007 de Joy Division pela Mojo (2007)
>>> Mojo 170 January 2008 de Amy Whinehouse pela Mojo (2008)
>>> Mojo 229 December 2012 de Led Zeppelin pela Mojo (2012)
>>> Retrato do Artista Quando Velho de Joseph Heller pela Cosac & Naify (2002)
>>> No Tempo das Catástrofes de Isabelle Stengers; Eloisa Araújo pela Cosac & Naify (2015)
>>> Manual de esquemas de Klöckner- Moeller pela Do autor (1971)
>>> Inesgotáveis Enigmas do Passado de Vários pela Século Futuro (1987)
>>> Evidências dos Ovnis - As Ciências Proibidas de Vários pela Século Futuro (1987)
>>> Características de Deus que chamam a nossa atenção. de Silas Malafaia pela Central Gospel (2012)
>>> Encontro diário com Deus de Frei Edrian Josué Pasini,Ofm pela Vozes (2010)
COLUNAS

Quinta-feira, 11/8/2016
Existe na cidade alguém, assim como você...
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2800 Acessos

Existe alguém na cidade que, assim como você, usa óculos de vez em quando. Isso porque prefere agora manter a vida meio que low profile, tentando se esmaecer numa multidão distorcida pelo astigmatismo. E que caminha, observando as coisas, as casas, os jardins, e ao mesmo tempo talvez olhando para nada, apenas para algo dentro. E presta atenção quando fala com alguém, olha no olho. O que pode ser perigoso. Existe na cidade alguém que frequenta os mesmos cinemas, se forem de rua, melhor. E se interessa, assim como você, pelos mesmos filmes, logicamente. Em geral, são sessões vazias, quase que exclusivas, mas esse alguém, como você, acha que os ingressos vão se esgotar. E quando entra na sala vazia, toma um susto em ver que The Red Shoes, Les trois coulers, Grande Otelo e alguns bons egípcios e nacionais não causam burburinho em quaisquer corações. Alguém, como você, existe na cidade e te olha assim como ele te observa num relance de caminhada. Tudo não passa de um lampejo, que mais poderia se parecer com o reflexo de um espelho que logo esvoaça. Você vê muito tranquilo Di Cavalcanti sozinho na galeria de arte, quando alguém como você aparece e fica te olhando meio que narcisisticamente, isto é, como se admirasse seu próprio reflexo. Então você repara que esse alguém não é bem como você, aqui houve um engano. Daí alguém está na sessão masculina de cachecóis e lenços, que é para aonde você está indo. Para que não haja um encontro, você finge que olhas umas camisetas até esse alguém sair de lá. E, como irmãos desconhecidos, saem com o mesmo cachecol leve de petit poits.

E se às vezes tem uma sede de tudo, que venham as paisagens, os livros, os diferentes perfumes; também igualmente um cansaço, uma vontade de nada, uma infinda desistência. Alguém, assim como você, é frenético, dinâmico, decidido, ultrapassa qualquer atleta olímpico enquanto percorre a cidade. Assim, algumas vezes, apostam corrida como cavalos gêmeos numa biga. Mas observam com minúcia as galinhas em parque rural. Encontram todo o tempo do mundo para se infiltrar pelas alamedas luxuriosas, onde há água e sombras. E nelas você e um alguém parecido com você podem se entrecruzar sem medo, protegidos pelo doce anonimato das sensações do tempo. E nos museus, nas lanchonetes, nos quilos vegetarianos, nas lojas de departamento, nos shoppings centers, nas livrarias, nas escadarias do metrô, nas ruas do centro da cidade, nas salas de teatro, nas academias de ginástica e escolas de dança, nas piscinas e nos parques públicos você encontra alguém, assim como você, cada vez menos. Há poucos de você, e eles mal se encontram. Ninguém está a fim de forçar um encontro, e a voz está cansada quando alguém como você quer falar, elétrica quando o silêncio impera. Existe na cidade alguém assim como você, que não precisa de você; nem nunca precisará. Assim como você definitivamente não precisa desse alguém. São vidas correndo independentes. Chamas em um mesmo velário. E vivamos, tão bem ou tão mal como seria de repente com você, como alguém.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 11/8/2016


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2016
01. Um safra de documentários de poesia e poetas - 2/6/2016
02. A noite em que Usain Bolt ignorou nosso Vinicius - 25/8/2016
03. Antonia, de Morena Nascimento - 14/4/2016
04. Meu querido mendigo - 18/8/2016
05. O bosque das almas infratoras - 23/6/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CADERNO DE CINEMA DO PROFESSOR
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
TRÊS
(2009)
R$ 12,66



CICATRIZ
TERESA RITA LOPES
EDITORIAL PRESENCA
(1997)
R$ 43,88



MEU TIO ATAHUALPA
PAULO DE CARVALHO NETO
CIRCULO DO LIVRO
(1972)
R$ 5,00



AMOR DE PERDIÇÃO
CAMILO CASTELO BRANCO
ED. ÁTICA
(1988)
R$ 5,90



EMERGÊNCIAS EM PEDIATRIA: PROTOCOLOS DA SANTA CASA
COORD. FABIOLA PEIXOTO FERREIRA LA TORRE E OUTROS
MANOLE E SANTA CASA
(2011)
R$ 130,00



BRASIL 2020: SOCORRO O FUTURO CHEGOU
BRUNO MAZZEO
FRENTE
R$ 5,00



HISTÍORIAS DE UMA SABICHONA NEM UM POUCO ESPERTA - VOL 5
RACHEL DE QUEIROZ
VERUS
(2013)
R$ 21,90



L ILE DES PINGOUINS (PRESSES-POCKET)
ANATOLE FRANCE
PRESSES
(1991)
R$ 18,28



Á PRIMEIRA VISTA
NICHOLAS SPARKS
ARQUEIRO
(2012)
R$ 17,00



A MÁQUINA HUMANA SISTEMAS E FUNÇÕES - ATLAS DE ANATOMIA
GRUPO BANDEIRA
GRUPO BANDEIRA
R$ 10,00





busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês