Crônica de Aniversário | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um estranho incidente literário
>>> Na Cama Com Tarantino
>>> Someone On Your Side
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
Mais Recentes
>>> O filósofo e sua história de Michael B. Wringley (org.) pela Fapesp (2003)
>>> Cadernos de Tradução de Núcleo de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999)
>>> Afro Ásia 41 de Centro de Estudos Afro Orientais pela Universiadade Federal da Bahia (2011)
>>> A democracia ameaçada: o MST, o teológico político e a liberdade de Denis Lerrer Rosenfield pela Top books (2006)
>>> Onde existe amor, Deus aí está de Tolstói pela Versus (2001)
>>> Unidos pelo casamento de Rinaldo Seixas pela Mundo Cristão (2014)
>>> Sempre, às vezes, nunca de Fábio Arruda pela Arx (2003)
>>> Educação Geográfica em movimento de Larissa Corrêa Firmino (org.) pela Fapesc (2010)
>>> Sobre moeda, método e Keynes de Victoria Chick pela Unicamp (2010)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 12 de Ufsc pela Cidade Futura (2008)
>>> O Bom Ladrão de Hannah Tinti pela Rocco (2011)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 03 de Ufsc pela Cidade Futura (2003)
>>> Um Grapiúna Em Frankfurt de Cyro de Mattos pela Dobra (2019)
>>> Biblioteca Universitária da Ufsc: Memória Oral e Documental de Ieda Maria de Souza / Joseane Chagas e Outros pela Ufsc (2002)
>>> Grávida Com Estilo: um Manual Como Se Vestir - de Christiana Francini pela Alegro (2004)
>>> Arte Contemporânea Em Santa Catarina de João Evangelista de Andrade Fo - Organizador pela Museu de Arte de Santa Catarin (2001)
>>> O Peru Indutivista Temas de Filosofia de Marconi Oliveira da Silva pela Ufpe (2014)
>>> Terceiro Setor: um Estudo Comparado Entre Brasil e Eua de Simone de Castro Tavares Coelho pela Senac (2002)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Dores Ocultas de Juliana Bueno pela Outras Linhas (2012)
>>> Silêncios de Paz e Guerra de Conrrado Balduccini pela Autor (2013)
>>> A Prática da Conversão Pastoral de Heije Faber e Ebel Van Der Schoot pela Sinodal (1973)
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
COLUNAS

Quinta-feira, 1/2/2018
Crônica de Aniversário
Julio Daio Borges

+ de 2100 Acessos

Eu tenho sérias restrições ao Facebook. Considero mais uma grande “lista telefônica”, onde estão pessoas com as quais, de outra forma, eu não teria contato.

Nesse ponto, a plataforma funciona. E, no dia do aniversário, é uma apoteose. De tal forma que justifica continuar no Facebook só pelas pessoas mais variadas que vêm te cumprimentar na data.

Já começa de manhã. Sempre tem alguém: ou que acorda mais cedo; ou que está em outro país, em outro fuso horário. Neste ano, foi o Rene de Paula Jr. (esse acorda cedo) e o meu primo, Antonio Simon (eu ia escrever que ele está na Suíça - porque ele *estava* -, mas acabo de descobrir que ele está em Trinidad, na Bolívia).

O Rene é uma referência da internet brasileira e eu o conheci porque gostava do podcast dele, quando ele trabalhava no Yahoo. E o Antonio é um primo muito querido, que eu nunca encontrei pessoalmente - mas por quem tenho um enorme carinho, pois ele me lembra o Tio Antonio, pai dele, com quem convivi quando era criança.

Na sequência, veio me cumprimentar o Daniel Japiassu, que eu só encontrei uma vez, mas que me marcou, porque foi numa das conversas que tivemos, com grandes portais, quando pensávamos em levar o Digestivo para algum deles (no caso, o Cidade Internet - alguém lembra?).

Depois, veio o Pellanda. Imagina, o Pellanda - eu só encontrei uma vez, também. E me marcou, especialmente, porque a Catarina tinha uma semana de vida - e a filhinha dele tinha *meses*. Meu colega de literatura e de paternidade ;-)

Aí, o Antonio Fernando Borges, que faz uns comentários ótimos nos posts do Polzonoff - mas que nunca encontrei pessoalmente (só nos conhecemos de ler um ao outro). Ah, e não somos parentes (não que eu saiba)!

Depois, veio o Fabio Girão. O Fabio é irmão de um dos meus melhores amigos de adolescência, o Bruno Borgneth. Mas o Bruno tem uma relação de amor e ódio com o Facebook. De modo que, hoje, falo mais com o Fabio, que é músico, mas, numa reviravolta, virou diretor da Oracle - e me manda coisas da banda dele, e conversamos sobre rock, é muito interessante.

Aí, veio o Zé Mauricio, que eu conheci prestando Vestibular, e acabamos entrando na Poli, e acabamos virando amigos. Estudamos tantas vezes juntos, no Biênio, na Elétrica, e nas outras unidades da Poli. Festas na USP, estágios, tantas histórias...

O Mauricio, como ele prefere ser chamado, acabou fazendo outra Ênfase: eu acabei ficando mais um ano, para fazer Computação. Acabamos nos desencontrando. Ele acabou virando diretor da Perdigão, depois acabou saindo. Ficamos de tomar um café - e, até hoje, nada ;-)

Aí, o Diego resolveu me cumprimentar no meu álbum de fotos do Instagram, porque eu não deixo meu “mural” aberto no Facebook. Aí as pessoas descobriram esse “truque” - aí foi um monte de gente pra lá. Aí começou o dia - e, de repente, eu perdi o controle das respostas...

Porque as pessoas querem te cumprimentar em público. Enquanto estava “no privado”, por mensagem, eu estava dando conta. Mas quando virou uma enxurrada de comentários, uma pessoa chamando a outra... Chamando a outra... Apenas olhei e me resignei: “Paciência, uma hora eu respondo”.

E comentário, tem de responder, porque fica aberto, para todo mundo ver. E se você não responde, você é mal educado. Ou responde ou, pelo menos, curte. Para você mostrar que leu, viu, gostou. Para agradecer, de certa forma. Afinal, você tem educação.

Nessa árvore de comentários, foram descendo a prima Lorena, o Papai, o primo Aloysio Azevedo, o primo Eduardito, a Tia Lilian, a prima Jeanine, a prima Titinha ;-)

A Denise. Imagina, a Denise... Ela era secretária quando eu era estagiário na (M)GDK. E, depois que eu saí, e me formei, e era trainee do Itaú, a Rita Lee respondeu a um texto meu sobre um disco dela. E a Rita Lee me chamou de “James Dean”, porque eu assinava J.D. Borges. E a Denise lembra disso até hoje ;-)

Aí, veio serpenteando até o Claudião. Imagina, o Claudião... meu colega de Jardim II, quase 40 anos de amizade. Que eu reencontrei quando ele fazia FGV. Que comentava meus textos da Califórnia. Que eu reencontrei, de novo, por causa da Kelly Lobos, que me mandava pautas, e eu escrevia sobre gastronomia, no Digestivo.

Nessa altura, eu já tinha ido pra escola, porque ia começar a reunião da Catarina. Reunião que sempre acontece, no início do ano, para apresentar as professoras, as coordenadoras, as matérias, as mudanças... Aí as mães amigas, que se lembraram, me cumprimentaram pessoalmente.

Nessa reunião, eu sempre lembro da Mamãe. Lembro da primeira reunião do ano em que a Mamãe não estava mais. E a Carol foi escrever na agenda da Catarina os telefones das pessoas próximas. E o da Mamãe não estaria mais... E Carol comentou, desconcertada... E, de repente, tudo era tão absurdo.

Mais tarde, a Thais, grande amiga da Mamãe, veio me cumprimentar, no Messenger, e me lembrar do bolo que a Mamãe fazia, no aniversário de cada filho, o bolo de que cada filho mais gostava...

Na saída da escola, eu busquei a Catarina na despedida de uma amiguinha, cuja família vai mudar para os Estados Unidos, e fomos buscar a torta de morango que eu encomendei, porque, uma vez, estava bonita, e eu tentei comprar (dessa outra vez), mas não tinha mais...

Compramos velas; a Catarina quis. Eu não fazia questão dos números. Mas a Marilia me disse, no seu cumprimento, que números iguais dão sorte. Depois meu padrinho, Renê, também disse, no Messenger, que a idade era bonita. Acreditei neles. (Aniversariante acredita em tudo.) Peguei as “velinhas” (como a Mamãe dizia).

E só retomei os cumprimentos no intervalo entre o pedido e a chegada das pizzas. Me empolguei com o recurso de mandar áudios. Fui respondendo a mais uma bateria de mensagens que se acumulavam. Também no WhatsApp.

Nessa altura, eu já estava retumbante porque o Felipe Machado tinha me cumprimentado. Sim, o Felipe do Viper. O mesmo Viper que abriu pro Metallica (naquela época). O mesmo Viper que a gente ouvia e ponderava se era melhor que o Sepultura... A banda de rock do Brasil que foi mais longe (depois dos Mutantes).

Acontece que o Felipe virou meu colega de jornalismo cultural, no começo do Digestivo. E a gente frequentava as cabines junto. E comentava os filmes. E ele teve uma coluna de música no JT. E eu, uma vez, fiz a “ponte” entre ele e um outro herói musical, e amigo, o violonista, maestro, produtor cultural e secretário de cultura, Leandro Carvalho ;-)

E a Tia Janette veio me cumprimentar. “Tia” porque ela foi quase minha professora, no Compa, quando eu tinha a idade da Catarina, e fui aluno da “Tia” Cristina. E a Tia Janette dava aula na sala ao lado...

E o Mario Gardano veio me cumprimentar. E esse cumprimento foi muito especial, também. Porque o Mario é pai do meu primeiro melhor amigo, o Cristiano. E hoje o Mario lê e comenta meus textos.

No dia seguinte, coloquei uma foto, de mim com a Catarina, e a famosa torta de morango e as “velinhas”... Aí, eu nem tinha acabado de responder aos cumprimentos do dia anterior, vieram outros, *novos* - agora, também, no Instagram.

Atrasado, mas especial, foi o do Raul Juste Lores. Que faz dia 27 (eu faço dia 29). O Raul, que eu conheci na festa do Edu, no primeiro semestre de 2017 - que ia lançar seu livro, “São Paulo nas Alturas”... Que eu dei de presente, duas vezes, no final de 2017. Fazendo lobby para os aquarianos, o Raul comentou: “Janeiro reúne gente boa”. A Mamãe, que fazia dia 19, teria concordado ;-)

Tantos outros cumprimentos de familiares, queridos, e de amigos, também, queridos (brothers!). A ponto de eu querer responder a todo mundo e chegar ao cúmulo de agradecer o Fê duas vezes: “Fê, não lembro onde você me cumprimentou - mas estou te agradecendo pelo WhatsApp” (sendo que eu já tinha agradecido a ele pelo Messenger!).

O Polzonoff, que apareceu no começo deste texto, me mandou um singelo parabéns também. Ao que eu respondi com um áudio apoteótico, no meio do bombardeio do aniversário. E que ele comentou: “Você parece feliz na mensagem de voz. Isso é bom”.

Nos primeiros anos de Facebook, eu cumprimentava praticamente todos os aniversariantes. Com o passar do tempo, fui acessando menos e fui largando... Não prometo que vou retomar o hábito. Mas prometo que serei mais enfático quando lembrar a data de cada pessoa - e tentarei cumprimentar como me cumprimentaram agora ;-)

Para ir além

Compartilhar


Julio Daio Borges
São Paulo, 1/2/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Wunderteam de Celso A. Uequed Pitol
02. Por que a discussão política tem de evoluir de Julio Daio Borges
03. Repensando a esquerda de Celso A. Uequed Pitol
04. Soluções geniais para a escola e a educação de Ana Elisa Ribeiro
05. Manauara ou Manauense de Marcela Ortolan


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges
01. Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges - 29/1/1974
02. Freud e a mente humana - 21/11/2003
03. A internet e o amor virtual - 5/7/2002
04. Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas - 25/4/2003
05. Novos Melhores Blogs - 17/3/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CENOGRAFIA
ANNA MANTOVANI
ÁTICA
(1989)
R$ 22,00



VIAGEM NO TEMPO - EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA TEMPORAL
COLIN BENNETT
EDIOURO
(1987)
R$ 15,00



CAÇA SUBMARINA
CLAUDIO GUARDABASSI / WALDIR NACCARATO
MAR AZUL
(1996)
R$ 25,00



50 ANOS A MIL
LOBÃO COM CLAUDIO TOGNOLLI
NOVA FRONTEIRA
(2010)
R$ 39,99



AS SURPRESAS DO CORPO
PAULO BENTANCUR
DIFUSAO CULTURAL
(1997)
R$ 8,00



FUNDAMENTOS DA FILOSOFIA SER SABER E FAZER
GILBERTO COTRIM
SARAIVA
(1996)
R$ 25,00



24 HOURS IN CYBERSPACE COM CD
JENNIFER ERWITT RICK SMOLAN
MACMILLAN
(1996)
R$ 5,07



DICIONÁRIO DE REGIONALISMOS DO RIO GRANDE DO SUL
ZENO CARDOSO NUNES E RUI CARDOSO NUNES
MARTINS LIVREIRO
(2003)
R$ 59,00



PARTIDO REPUBLICANO FEDERAL 1893-1897
JOSÉ S. WITTER
BRASILIENSE
(1987)
R$ 7,00



DOIS MUNDOS UM HERÓI UMA AVENTURA NÃO OFICIAL DE MINECRAFT
VÁRIOS AUTORES
SUMA DE LETRAS
(2015)
R$ 10,00





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês