Daniel Piza me fez começar a escrever | Rafael Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
61534 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Distribua você também em 2008
>>> A proposta libertária
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> As fronteiras da ficção científica
>>> Cebrián sobre o fim
>>> Nem tudo é pessoal
Mais Recentes
>>> O Carvalho de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Os Clássicos da Política vol. 1- Mquiavel-Hobbes-Montesquieu- Rousseau de Francisco C. Welfort (Org.) pela Ática (2006)
>>> Nacionalismos - O estado nacional e o nacionalismo no século XX de Montserrat Guibernau pela Jorge Zahar (1997)
>>> Bibliografia Estudos Sobre Violência Sexual Contra a Mulher:1984-2003 de Kátia Soares Braga - Elise Nacimento (Orgs.) pela Letras Livres - UNB (2004)
>>> O reino de James T. harman pela Restauração (2013)
>>> A importancia da cobertura de Lance Lambert pela Classicos (2013)
>>> O Reino Entre Nós de Não Informado pela O Lutador
>>> Como Realizar a Aprendizagem de Robert M. Gagné pela Mec (1974)
>>> Yoga para a Saúde do Ciclo Menstrual de Linda Sparrowe/ Patrícia Walden pela Pensamento (2004)
>>> Pequenos Segredos da Arte de Escrever de Luiz A. P. Victoria pela Ouro (1972)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1988)
>>> Deus Cristo e Caridade Reformador Revista de Espiritismo Cristão de Federação Espírita pela Federação Espírita (1989)
>>> Paca, Tatú...Contos Infantis de Malba Tahan pela Cruzada da Boa Imprensa (1939)
>>> A Marquesa de Reval de May Logan pela Anchieta (1944)
>>> Camilo Compreendido Tomo 1 e 2 de Gondim da Fonseca pela Martins (1953)
>>> Técnicas de Yoga de Dr.M.L.Gharote pela Phorte (2007)
>>> A Essência da Alma de Sônia Tozzi (psicografia) pela Lúmen (2006)
>>> Minutos de Oração de Legrand (coord) pela Soler (2007)
>>> A Norma Jurídica de Tercio Sampaio Ferraz Jr. E Outros pela Freitas Bastos (1980)
>>> Le Bateau Ivre Análise e Interpretação de Augusto Meyer pela São José (1955)
>>> Franz Kafka Os Filhos Rossmann Bendemann e Samsa de Ruth Cerqueira de Oliveira Röhl pela Universidade de São Paulo (1976)
>>> Fios de Ariadne - Ensaios de interpretação marxista de Centro de Estudos Marxistas pela Universidade de Passo Fundo (1999)
>>> Três Momentos Poéticos de Nelly Novaes Coelho pela Conselho Estadual de Cultura
>>> A Luz Perdida de Murillo Araujo pela Pongetti (1952)
>>> História e Consciência Social de Leôncio Basbaum pela Globo (1985)
>>> Dostoievsky de David Magarshack pela Aster
>>> Asanas de Swami Kuvalayananda pela Phorte (2009)
>>> A Ciência do Yoga de J.K.Taimni pela Teosófica (2006)
>>> Osso no seu Osso indo além da imitação de cristo de F. j. Huegel pela Restauração (2019)
>>> 100 Kixti (estórias) Tukano de Eduardo Lagório (Coord) pela Fundação Nacional do índio (1983)
>>> O corpo de Cristo uma realidade de Watchman nee pela Clássicos (2006)
>>> Vamos Praticar Yoga? Yoga para Crianças, Pais e Professores de Maria Ester Azevedo Massola pela Phorte (2008)
>>> Revisa-nos novamente de Frank viola pela Restauração (2017)
>>> Os Jardins da Psicologia Comunitária de Israel Rocha Brandão / Zulmira Áurea (orgs.) pela Ufc (1999)
>>> Em seus passos o que faria Jesus? de Charles m Sheldon pela Mundo cristão (2015)
>>> Yoga Terapia Hormonal para Menopausa de Dinah Rodrigues pela Madras (2007)
>>> Fé para a salvação da alma de Philip Mauro pela Restauração (2015)
>>> Do Roraima ao Orinoco - Volume 1 de Theodor Koch-Grunberg pela Unesp (2006)
>>> Reconsiderando a vontade de Deus de Frank viola pela Restauração (2017)
>>> Chamados à comunhão de Cristo de Paulo real pela Garimpo (2017)
>>> Filhos da Cobra de Pedra: Organização Social e Trajetórias Tuyuka no rio Tiquié (noroeste Amazônico) de Aloisio Cabalzar pela Unesp (2009)
>>> O Código do Ser de James Hillman pela Objetiva (1997)
>>> Reconsiderando a vontade de Deus de Frank viola pela Restauração (2019)
>>> A Duração Da Pessoa : Mobilidade, Parentesco E Xamanismo Mbya (guarani) de Elizabeth Pissolato pela Unesp (2007)
>>> Cidade do índio: transformações e cotidiano em Iauaretê de Geraldo Andrello pela Unesp (2006)
>>> Histórias Curativas para Comportamentos Desafiadores de Susan Perrow pela Antroposófica (2010)
>>> O Nome e o Tempo dos Yaminawa: Etnologia e história dos Yaminawa do rio Acre de Oscar Calavia Saez pela Unesp (2007)
>>> Imagens de Foucault e Deleuze - Ressonâncias Nietzschianas de Margareth Rago/Luiz B. Lacerda Orlandi/ Alfredo Veiga-Neto (Orgs.) pela Dp&a (2002)
>>> De volta ao lago de leite: gênero e transformação no Alto Rio Negro de Cristiane Lasmar pela Unesp (2005)
>>> A Ciência Oculta de Rudolf Steiner pela Antroposófica (2001)
COLUNAS >>> Especial Daniel Piza (1970-2011)

Quarta-feira, 25/1/2012
Daniel Piza me fez começar a escrever
Rafael Fernandes

+ de 4000 Acessos



Daniel Piza me fez começar a escrever
Não sei dimensionar a relevância de Daniel Piza para o jornalismo cultural. Não tenho o conhecimento, nem o interesse para tanto. Mas sei de sua importância para mim. Ele foi a minha referência de erudição cultural. Por muito tempo, a primeira coisa que eu fazia no domingo era abrir o Estadão na página da Sinopse. Era obrigatório ― virou um ritual. Quando se é jovem, uma coluna como essa era tudo o que se podia querer: uma quantidade enorme de referências, conhecimento, inteligência e texto impecável. Aliás, a primeira coisa que me impressionou nele ― e ainda impressiona ― foi a fluidez, elegância, leveza e beleza de seu texto. Sem saber, Daniel Piza me fez começar a escrever. Eu quis escrever como ele. Eu quis ter uma coluna como a Sinopse.

Alívios em tempos difíceis
Em alguns momentos, na faculdade, tudo parecia árido. Eu me sentia fora do lugar; as matérias ora pareciam fora da realidade em geral, ora da minha realidade. Muita coisa parecia careta, desnecessária e atrasada. Outras tantas pareciam constantemente vestidas de terno e gravata emitindo falas de manuais e chavões corporativos. Tudo parecia um cubículo de multinacional. O alívio vinha das artes. De ler, por exemplo, o Digestivo. E, principalmente, o Daniel Piza ― seja aos domingos ou vasculhando seu site. Ele conseguia, como poucos, extrair beleza das coisas mais brutas. Até quando se saia com suas críticas mais pesadas conseguia, pelo seu estilo, aliviar a dureza de certos temas ― e sem perder o conteúdo. E seus textos sobre as artes emanavam uma paixão de causar inveja, já que poucos conseguem se envolver tanto e tão bem com um assunto.

Estilo
Piza se expressava numa linha tênue entre o excesso de erudição e o informal, entre a seriedade excessiva e a descontração. Poderia parecer pedante demais em alguns momentos, ou exagerar no tom da observação. Mas eu sempre vi esse seu lado como a exceção e não a regra. Embora faltassem pitadas de humor em seus textos ― algo que me incomodou nos últimos anos ― para mim o saldo era positivo: a erudição no ponto certo. Ele tinha, também, um olho raro para as pequenas grandes coisas do dia a dia ― fatos aparentemente banais ganhavam contornos mais fortes graças à sua sensibilidade. Sempre teve preocupação de juntar uma opinião com boas frases, ou seja: apresentava seus argumentos com clareza e força, mas junto com um texto bonito e bem montado. Um não era mais importante que o outro. É um talento raro.

De la musique
Mas, é claro, ele não conhecia bem todos os assuntos que comentava. Música popular era um tema em que pecava, muitas vezes. E quanto mais pop o estilo, menos ele acertava. Em muitos casos, parecia faltar certa bagagem. Em outros, até conhecimento. Em mais de uma oportunidade, por exemplo, elogiou o White Stripes. Essa "banda" é o oposto do que Piza gostava e defendia. E demonstrava falta de conhecimento básico da "linhagem" do rock desde o blues, ao afirmar que a banda tinha algo de diferente. Em MPB ele acertava mais ― escreveu, por exemplo, um excelente perfil sobre o André Mehmari. Me lembro que numa coluna ele criticou a safra de compositores nacionais naquele momento. Mandei um e-mail discordando, ele me respondeu com outros tantos argumentos. Hoje, entendo mais o que ele quis dizer: não condenava tanto o panorama musical em si, mas a falta que andava (e anda) fazendo uma melodia marcante, com acordes bem trabalhados. Sem serem banais, nem excessivamente rebuscados. Enfim, uma carência de canções bem acabadas e memoráveis. Faz certo sentido, até hoje. E, mesmo nos pontos falhos na música, continuava acima da média. Inteligente e observador que era, sabia pegar atalhos: se lhe faltava a tal bagagem sobre o assunto, conseguia extrair um comentário interessante de uma canção ou um disco. Algo a despertar nosso pensamento da inércia.

Ludopédio e A prova do 9
Daniel Piza gostava de futebol e escrevia bem sobre o assunto. Tinha o defeito de muitos intelectuais de exagerar na tinta na importância ou até na "arte" do futebol. Mas passava longe dos chavões, gostava de observar tática, subtextos do jogo e tinha belos comentários sobre a técnica dos jogadores ― talvez, neste último quesito, só o Tostão faça o mesmo tão bem. Piza foi um dos poucos jornalistas ― ou o único ― que defendia que Ronaldo Fenômeno poderia voltar a jogar bem depois de sua contusão de 2000. Comprou a briga e chegou até a provocar. Numa coluna de fevereiro de 2002, cravou: "Agora, os urubus que perdoem, mas a volta dele é fundamental ― e todos continuaremos torcendo por ela". Essas defesas fizeram com que Piza se tornasse um dos poucos jornalistas em quem o jogador confiava, dando exclusivas ― como a confirmação de sua aposentadoria na noite anterior. De qualquer forma, voltando a 2001, eu também acreditava que Ronaldo voltaria bem e mandei um e-mail agradecendo por uma coluna anterior em que ele defendia a tese. O Fenômeno já tinha voltado a jogar pela Inter de Milão e estava cada dia melhor física e tecnicamente. Piza me citou na coluna seguinte (eu ainda assinava como Rafael Azevedo, antes de entrar para o Digestivo). E eu, claro, fiquei extasiado. Naquele domingo eu estava num hotel e não me fiz de rogado: surrupiei a página do Estadão da recepção. Foi tão marcante que guardo até hoje o recorte da página ― e ela ilustra esta coluna. Nos últimos dois anos, através de sua paixão pelo futebol, pelo jornalismo e pelo Corinthians se tornou coordenador editorial da revista do time, a Corinthians Mag, até sua edição mais recente. Coincidentemente, um especial sobre Ronaldo, com as matérias principais escritas por Piza.

Uma lágrima
É curioso como acabamos tendo uma forte conexão com pessoas que sequer conhecemos. Admiramos suas obras e algumas de suas atitudes de tal maneira e durante tanto tempo que parece que somos próximos. A tal ponto que, quando se vão, causam impacto. De certa forma, algo parecido aconteceu com o guitarrista Wander Taffo, morto em 2008. Sempre achei uma figura importante para a guitarra nacional, acompanhei sua carreira e estudei na sua escola. Foi um baque. Com Daniel Piza, a mesma coisa. Seus textos, observações e ideias me influenciaram tanto na área cultural que também foi um choque quando, num começo de tarde de um sábado meu pai ― também seu leitor ― me deu a noticia. Hoje em dia, morrer com 41 anos é partir muito cedo. Para alguém que trabalhava no campo intelectual, então, é quase uma injustiça. Certamente ele ainda tinha muito a evoluir e produzir. Mas ninguém disse que a vida é justa. Na pior das hipóteses temos ainda seus livros, o acervo do seu site e os textos do blog. E fica, principalmente, o exemplo de sua sede pelo conhecimento e paixão por seu ofício.


Rafael Fernandes
Sorocaba, 25/1/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Ourivesaria fantasista: Saramago nas alturas de Renato Alessandro dos Santos
02. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
03. On the Road, 60 anos de Luís Fernando Amâncio
04. Margeando a escuridão de Elisa Andrade Buzzo
05. Memorial de Berlim de Marilia Mota Silva


Mais Rafael Fernandes
Mais Acessadas de Rafael Fernandes
01. 10 vídeos musicais no YouTube - 23/8/2006
02. High School Musical e os tweens - 9/1/2008
03. Quem ainda compra música? - 2/8/2006
04. Os piores músicos da década - 22/9/2010
05. 10 músicas: Michael Jackson - 22/7/2009


Mais Especial Daniel Piza (1970-2011)
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DIREITO ADMINISTRATIVO ESAF
HENRIQUE CANTARINO
FERREIRA
(2008)
R$ 6,00



MAIS COISAS QUE TODA GAROTA DEVE SABER
ANTONIO CARLOS VILELA
MELHORAMENTOS
(1998)
R$ 5,00



INGLÊS EM CASA - THE PASSIVE VOICE - VOL 11
FIRST AMERICAN LANGUAGE CENTER
BIPEM
(1981)
R$ 10,00



BIOLOGIA VOLUME 2 - ENSINO MÉDIO
CÉSAR, SEZAR E CALDINI
SARAIVA
(2011)
R$ 19,00



SELECTA - 10288
GOMES RIBEIRO
DESCONECIDA
R$ 28,00



SELETA DE LINGUA PORTUGUESA
B. SAMPAIO FRANCISCO RIBEIRO SAMPAIO
JOÃO AMENDOLA
R$ 30,00



A BOMBA ATÔMICA DE DEUS
GUIDO WILMAR SASSI
FCC
(1985)
R$ 7,00



REVUE D HISTOIRE DE LA PHARMACIE BULLETIN 199
E. H. GUITARD
E H GUITARD
(1967)
R$ 23,34



O EGOÍSTA
GEORGE MEREDITH
EDIOURO
(1995)
R$ 30,00



ADMINISTRAÇÃO
ROBERT MURDICK
BARROS FISCHER & ASSOCIADOS
(2014)
R$ 15,90





busca | avançada
61534 visitas/dia
2,1 milhões/mês