O Anvil e o amor à música | Rafael Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> El sueño de la razón
>>> Machado de Assis dos folhetins ao Orkut
>>> Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Curtas e Grossas
>>> Ribamar, de José Castello
>>> Whoopee
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
>>> Os Romances de Mainardi
Mais Recentes
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Íntriseca (2013)
>>> O anjo do Adeus de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1995)
>>> Iniciação ao Direito do Trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela LTr (2005)
>>> O verde Violentou o Muro de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1984)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1982)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1984)
>>> Nancy Maria Mendes de Apesar do Tempo... pela Scriptum/ Belo Horiznte
>>> Recados da Lua - Amor e Romantismo de Helena Jobim pela Record/ RJ. (2001)
>>> Inovação -A Arte de Steve Jobs de Carmine Gallo pela Lua de Papel (2010)
>>> Machado de Assis de Augusto Meyer pela Globo/ Porto Alegre (1935)
>>> Os Putos de Altino Total pela Livr. Sá daCosta/ Lisboa (1980)
>>> Vinte E Quatro Horas na Vida de uma Mulher e outras Novelas de Stefan Zweig pela Record/ RJ. (1999)
>>> Empresas de ComércioInternacional: Organização e Operacionalidade de Dalton Daemon pela Edit. da FURBE (1993)
>>> Princípios e procedimentos notariais de Odelmir Bilhalva Teixeira pela Russell (2009)
>>> Elogio da Loucura de Erasmo de Roterdam pela Ediouro/ RJ.
>>> Os Possessos 2 Volumes de Dostoiewsky pela Livraria Progredior Porto
>>> Em Busca da Arca de Noé de Dave Balsiger Charles E. Sellier Jr pela Record (1976)
>>> Noite de Erico Verissimo pela Globo (1954)
>>> O Discípulo de Paulo Bourget pela Irmãos Pongetti (1944)
>>> O mito da neutralidade científica de Hilton japiassu pela Imago (1975)
>>> Curso de direito civil brasileiro 7 volume responsabilidade civil de Maria helena diniz pela Saraiva (2001)
>>> Patrícia Bins de Janela do Sonho pela Nova Fronteira/ RJ. (1986)
>>> Introdução ao estudo do direito de Tercio sampaio ferraz jr pela Atlas (1994)
>>> Themen 2- Lehrwerk Für Deustsch als Fremdsprache - Kursbuch de Hartmut Auderstrabe/ Heikop Bock/ Helmut Müller pela Max Huber/ EPU (1993)
>>> Organon da arte de curar de Samuel hahnemann pela Ihfl (1995)
>>> Noite na taverna de Alvares de azevedo pela Klick
>>> Mini) Reforma Tributária: Reflexões Sobre a Lei N. 10. 637/2002 (... de Fábio Junqueira de Carvalho (...) Coord. pela Mandamentos (2003)
>>> Vademecum do direito de família e sucessões de Márcia Cristina Ananias Neves pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Guida Allo Studio Della Linguistica Storica (i) Profilo Storico... de Benvenuto Terracini pela EdizioneDell Ateneo/ Roma (1948)
>>> Curso de direito civil brasileiro 5 volume direito da família de Maria helena diniz pela Saraiva (2000)
>>> Escola, Estado e sociedade de Bárbara freitag pela Corte (1979)
>>> Las Lenguas y los Pueblos Indoeuropeos - Con Mapas En Colores de P. Kretschmer y B. Hrozný pela Madrid (1934)
>>> La Parola Quale Mezzo D Espressione de Vittorio Bertoldi pela Raffaele Pironte & Figli/ Ital (1946)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini...Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini: Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> O Abismal de Maria Helena Nóvoa pela Melhoramentos/ Bienal Nestlé (1986)
>>> Prática dos registros públicos de Ozeias J. Santos pela Fapi (2007)
>>> Fordlândia de Eduardo Sguiglia pela Iluminuras (1997)
>>> Não Verás Nenum País Como Este: Um Relato Cronlógico da Violência e do Arbítrio - A Censura, As Negociatas, a Corrupção Impune de Sebastião Pereira da Costa pela Record/ RJ. (1992)
>>> Novo Código civil explicado e aplicado ao processo 2 volumes de Wilson Gianulo pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Novo dicionário de economia de Organização; Paulo Sandroni pela Best Seller (1998)
>>> Um Velho Velhaco e Seu Neto Bundão de Lourenço Cazarré pela Atual/ Sp. (1993)
>>> A Vingança do Timão de Carlos Moraes pela Brasiliense/ SP (1982)
>>> Um Herege Vai ao Paraíso: Cosmologia de um Ex- Colono Condenado P/ Inquisição (1680-1744) de Plínio Freire Gomes pela Companhia das Letras/SP. (1997)
>>> Sociedade pós-capitalista de Peter Drucker pela Pioneira (1999)
>>> Um Chute na Rotina: os Quatro Papéis Essenciais do Processo Criativo de Roger Von Oech/ Ilustr. C. Scatamacchia pela Cultura Editores Associados (1998)
>>> Um Toc na Cuca: Técnicas para quem quer Ter Mais Criatividade na Vida de Roger Von Oech/ Ilustr. C. Scatamacchia pela Cultura Ed. Associados (1990)
>>> A filosofia na obra de Machado de Assis de Miguel Reale pela Pioneira (1982)
>>> La Rose du Peuple - La poésie de Carlos Drummond de Andrade de Dionysio Toledo- Wander Mello de Miranda- Celso Libânio (orgs.) pela Ufmg (2019)
>>> Cristianismo e Espiritismo de Léon Denis pela Feb (1994)
COLUNAS

Terça-feira, 1/5/2012
O Anvil e o amor à música
Rafael Fernandes

+ de 10700 Acessos



Anvil! A história do Anvil (Anvil! The Story of Anvil, de 2008), de Sacha Gervasi, é um ótimo documentário sobre música. Conta a trajetória da banda do título do começo até...bem, não é até o estrelato. Afinal, o Anvil foi uma daquelas bandas que, por motivos diversos, acabou ficando pelo caminho. Não alcançou o sucesso comercial de bandas contemporâneas como Scorpions, Whitesnake e Bon Jovi, que aparecem no começo do filme participando do Super Rock Festival, no Japão, em 1984. Apesar disso, a banda não se desfez e continuou batalhando - apesar da torcida contra. Esse é o mote do roteiro: acompanhar o dia a dia de quem fracassou. A história contada, em geral, é de quem fez (muito) sucesso. Mas a vida é também feita por quem ficou para trás. Para cada Metallica existem milhares de Anvils.

O documentário pode ser apreciado por qualquer interessado nos pequenos dramas humanos. Mas é mais saboroso para quem ama música e tem algum conhecimento de metal. E, mais ainda, para quem já teve uma banda com amigos e imaginou, mesmo que por pouco tempo, ser um astro do rock. O filme conta com depoimentos de especialistas como Malcom Dome (da revista Metal Hammer) e de músicos do rock e metal, como Lars Ulrich (Metallica), Scott Ian (Anthrax), Lemmy (Motorhead), Tom Araya (Slayer) e Slash. Todos contribuem com depoimentos honestos, mas que também têm uma carga de condescendência.

No filme, a dupla Steve "Lips" Kudlow (guitarra e vocais) e Rob Reiner (bateria), os remanescentes da banda original, personifica o ideal de milhares de adolescentes de "explodir" no mercado. Lips, o líder, atualmente trabalha com entrega de refeições para buffets de escolas no Canadá. A banda de um lado aparece como um eterno sonho; de outro, como a válvula de escape para as pressões do dia a dia (alguém mais se reconheceu aí?). Ele fica o tempo inteiro tentando racionalizar suas dificuldades e insucessos; busca se convencer de que tem feito de tudo para a banda dar certo. Rob Reiner, seu fiel escudeiro, trabalha com construção e está na mesma situação - a banda lhe dá equilibrio e um toque de esperança. Em diversos momentos, apesar de ainda sonhar, Rob parece mais resignado em relação à situação atual do Anvil do que seu amigo.

Lips sempre demonstra um misto de ingenuidade e rancor: acha que a banda pode ser redescoberta e ter sucesso; por outro lado, destila ódio em relação a gravadoras que os dispensaram ou a quem não acredita mais neles. Muitas vezes parece ainda um adolescente cheio de sonhos, argumentos insossos e ansioso para falar "oi" para alguns de seus ídolos, em alguns dos raros festivais de maior porte que o grupo participou.

A verdade é que o tipo de heavy metal que o grupo faz - mais tradicional - está em decadência comercial e estilística há anos. Seu auge foi no meio dos anos 80. Depois, queda livre. Qualquer exemplo contrário será a exceção. O Anvil é o estereótipo do metal daquela década: os riffs clichês do gênero, as letras tolas, as roupas de couro, os movimentos corporais e a mesmice de um gênero que insiste em não mudar.

Apesar disso, a banda sobrevive. Quando o documentário se encaminha para sua metade, surge uma oportunidade de turnê pela Europa: os países agendados e o valor dos cachês animam. Mas a realidade é bem diferente. Os shows passam por festivais de pequeno porte, locais muito pequenos até bares moquifados com menos de trinta pessoas. No meio da turnê, depois de ficarem sem pagamento e de não terem tocado num dos bares, Reiner vai no ponto certo - o gancho do filme: por quanto tempo uma pessoa pode colocar amor e dedicação em algo? Mas talvez a maior ducha de água fria, uma visão realista, seja dada pela irmã de Rob. Ela afirma que, se depois de trinta anos, não se consegue colocar mais de cem pessoas num bar é porque "acabou". É uma bela observação, mas será que desistir da banda, realmente, traria algum beneficio para eles? Ou simplesmente a válvula de escape teria desaparecido?

Em outro momento a dupla chega à conclusão de que o problema estaria na má quailidade de som de seus discos. Eles recontatam Chris Tsangarides (Thin Lizzy, Angra, Black Sabbath, Judas Priest, etc), seu produtor do começo. Chris, além de ter de lidar com brigas da dupla, faz algumas observações interessantes sobre os problemas da produção independente. Não é só o som da gravação. É também a falta de ter apoio, de uma equipe que ajude. E é preciso que cada um nessa equipe saiba fazer bem apenas a sua parte: o artista, tocar; o produtor, ajudar a tirar o som; o manager, cuidar do dia a dia e da turnê; alguém para fazer o marketing, etc. Chega uma hora em que só a vontade e dedicação dos músicos não basta.

É simbólica a cena em que o duo se encontra com um executivo da EMI canadense. É nítida a falta de conexão entre eles: o executivo está à procura da próxima novidade, provavelmente tentando salvar sua gravadora, seu emprego; o Anvil apresenta um metal oitentista caricato. Lips tem um argumento banal, pueril, dizendo que é preciso fazer "justiça" com algo que soa tão bem. O executivo balança a cabeça concordando - mas fica claro que ele está desconfortável com a situação toda. E é óbvio que a reunião não dá em nada e eles lançam novamente um disco independente.

Lips e Rob Reiner de certo modo personificam também o eterno "e se" que todos nós enfrentamos. "E se eu tivesse feito diferente?". Num primeiro momento, a impressão que nos dá é a de dois fracassados. Mas além de ser uma leitura muito injusta e rasa, talvez haja algo mais: Lips e Robb são menos hipócritas que a maioria de nós. Eles continuam perseguindo o tal "sonho", enquanto nós o escondemos em alguma caixa, numa foto, num desejo. No final das contas, não somos tão diferentes deles.

A trajetória do Anvil mostra um amor quase puro à música. A necessidade de quem ama a arte dos sons de apenas estar em contato com ela, independente do resto. Racionalmente, podemos listar inúmeros fatores para a não ascenção da banda. E também diversos motivos pelos quais deveriam encerrar suas atividades. Mas o que fica é o valor da amizade, das pessoas, dos bons momentos e, claro, da música.


Rafael Fernandes
Araçoiaba da Serra, 1/5/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Famílias terríveis - um texto talvez indigesto de Ana Elisa Ribeiro
02. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait
04. Bates Motel, o fim do princípio de Luís Fernando Amâncio
05. O jornalismo cultural na era das mídias sociais de Fabio Gomes


Mais Rafael Fernandes
Mais Acessadas de Rafael Fernandes
01. 10 vídeos musicais no YouTube - 23/8/2006
02. High School Musical e os tweens - 9/1/2008
03. Quem ainda compra música? - 2/8/2006
04. 10 músicas: Michael Jackson - 22/7/2009
05. Os piores músicos da década - 22/9/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ENGLISH WAY 17 8889
DIVERSOS
ABRIL
R$ 10,00



MARCEL PROUST PARA ALÉM DAS MADELEINES
MICHELLE JACOB
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 489,00



A ÁGUA E OS SERES VIVOS
MASSAO HARA
SCIPIONE
(1990)
R$ 19,90
+ frete grátis



AS MUTAÇÕES DO CINEMA NO TEMPO DO VÍDEO
MANUEL CARVALHEIRO
LIVROS HORIZONTE
(1989)
R$ 47,77



26 GRANDES MESTRES DA LITERATURA POLICIAL
ROSS PYNN
EDITORIAL IBIS
(1965)
R$ 60,00



SIPHILIS - MOLÉSTIA E TERMO - ATRAVÉS DA HISTÓRIA
AFRANIO DO AMARAL
INSTITUTO NACIONAL DO LIVRO
(1959)
R$ 39,00



EL MANIERISMO
ARNOLD HAUSER
EDICIONES GUADARRAMA
(1965)
R$ 13,30



ESTUDO AMBIENTAL DE UMA ÁREA DE MANGUEZAL NO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA(PA)
IVAN C. DA C. BARBOSA, REGINA C. S. MÜLLER UND JOSÉ F. BERRÊDO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



A GRANDE DESCOBERTA - NOVO TESTAMENTO VIVO
CEMEAR
CEMEAR
(1994)
R$ 5,00



A VERSÃO DE BARNEY
MORDECAI RICHLER
CIA DAS LETRAS
(2008)
R$ 12,00





busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês