Vai lavar uma pia de louça que passa | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
38130 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Talvez...
>>> 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 1
>>> A felicidade, segundo Freud
>>> Memória das pornochanchadas
>>> Magia além do Photoshop
>>> Meu Telefunken
>>> Meu Telefunken
>>> Vida Virtual? Quase 10 anos de Digestivo
>>> Sombras Persas (X)
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Mais Recentes
>>> Comunicando Mensagens Bíblicas de Dennis J. Mock pela Dennis J. Mock (2002)
>>> Comunicando Mensagens Bíblicas de Dennis J. Mock pela Dennis J. Mock (2002)
>>> Guia de Interpretação de Diego Grando pela Leitura XXI (2015)
>>> Princípios e Métodos de Ensino - Curso 8 de Dennis J. Mock pela Dennis J. Mock (2002)
>>> Princípios e Métodos de Ensino - Curso 8 de Dennis J. Mock pela Dennis J. Mock (2002)
>>> Demolidor o Homem sem Medo Nº18 - Confronto Com a Yakuza de Marvel pela Panini (2005)
>>> Cidadania Pequena: Série Polêmicas do Nosso Tempo de Pedro Demo pela : Autores Associados (2001)
>>> Senhor, Faça de Minha Vida um Milagre! de Raymond C. Ortlund pela Mundo Cristão (1986)
>>> Prosperidade Profissional de Luiz Antonio Gasparetto pela Vida e Consciência (1996)
>>> Os Muçulmanos na Península Ibérica de Ruy Andrade Filho pela Contexto (1994)
>>> Monstro do Pântano Especial: a Morte Ronda o Homem-morcego de Bissette / Broderick / Randall / Barreto pela Vertigo/dc. Comics (1999)
>>> Microbiologia Clínica de Roberto A. de Almeida Moura pela Mc Will (1986)
>>> Diferencial Competitivo - o Segredo para Alcançar Nelhores Resultados. de John L. Nesheim pela : Best Seller (2007)
>>> O Direito Humano Fundamental ao Desenvolvimento Social: .. de Sabrina Morais pela Oab/sc (2007)
>>> O Direito Humano Fundamental ao Desenvolvimento Social: .. de Sabrina Morais pela Oab/sc (2007)
>>> O Direito Humano Fundamental ao Desenvolvimento Social: .. de Sabrina Morais pela Oab/sc (2007)
>>> Conhecendo Erval Velho - Dinâmicas e Perspectivas de Maurício A. dos Santos - Org. pela Modelo (2011)
>>> A Saga da Wilson Sons de Patricia Saboia pela Index - Basi (1997)
>>> Paixão por Cabelos: Instruções Passo a Passo para Criar 82 Penteados de Christina Butcher pela Sextante (2015)
>>> Conceitos Sobre Advocacia, Magistratura, Justiça e Direito de B. Calheiros Bomfim pela Oab (2006)
>>> Ouvidos Dominantes Vozes Silenciadas de Noeli Gemelli Reali pela Argos (2001)
>>> O Petróleo é Nosso - 1948/1953 - a Campanha no Paraná de Carlos Alfredo Gomes pela Cefuria (2005)
>>> Glossário de Oceanografia de Argeo Magliocca pela Nova Stella (1987)
>>> A Estratégia da Teia de Aranha de Amit S Mukherjee pela Campus (2009)
>>> Descomplicando a Vida de Christoph Schalk pela Esperança (2005)
>>> Ouvindo os Passos da Memória de Álvaro de Carvalho pela Do Autor
>>> Educar é Apontar Caminhos - Reflexões para o Desenvolvimento de José Zinder pela Autor (2000)
>>> Hipnotismo e Auto-hipnotismo de Indução Rápida de Ana Cristina Massa pela Biruta (2009)
>>> Caminhando para o Cárcere da Liberdade e Outros Escritos de Alexsandro Grola pela Literatura Brasileira (2013)
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Fotoleitura de Paul R. Scheele pela Summus (1995)
>>> O Rosto Materno de Deus de Leonardo Boff pela Vozes (2000)
>>> Terapia do Abraço 2 de Kathleen Keating pela Pensamento (2012)
>>> História Resumida da Civilização Clássica - Grécia/Roma de Michael Grant pela Jorge Zahar (1994)
>>> Cães de Guerra de Frederick Forsyth pela Record (1974)
>>> Jogo Duro de Mario Garnero pela Best Seller (1988)
>>> Psicologia do Ajustamento de Maria Lúcia Hannas, Ana Eugênia Ferreira e Marysa Saboya pela Vozes (1988)
>>> Uma Mulher na Escuridão de Charlie Donlea pela Faro (2019)
>>> Pra discutir... e gerar boas conversas por aí de Donizete Soares pela Instituto GENS (2015)
>>> Educomunicação - o que é isto de Donizete Soares pela Projeto Cala-boca já morreu (2015)
>>> Ficções fraternas de Livia Garcia-Roza - organizadora pela Record (2003)
>>> Prisioneiras de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (2017)
>>> O diário de Myriam de Myriam Rawick pela Dark Side Books (2018)
>>> Contos de Rubem Fonseca pela Nova Fronteira (2015)
>>> Notícias - Manual do usuário de Alain de Botton pela Intrínseca (2015)
>>> Um alfabeto para gourmets de MFK Fisher pela Companhia das Letrs (1996)
>>> Os Mitos Celtas de Pedro Paulo G. May pela Angra (2002)
>>> A vida que ninguém vê de Eliane Brum pela Arquipélago Editorial (2006)
COLUNAS

Quarta-feira, 30/10/2013
Vai lavar uma pia de louça que passa
Adriana Baggio

+ de 3100 Acessos

Parece piadinha machista, mas não é. Um dia desses, reclamei no Facebook que estava com preguiça de lavar louça. Os talheres sujos se acumulavam na pia e eu não queria tomar tempo do trabalho, mesmo que pouco, pra fazer o serviço. Uma amiga comentou na postagem que lavar louça era como meditar. Em certo ponto, acredito que ela tem razão.

Louça chata é aquela do dia a dia, que tira o tempo do trabalho, do descanso, do lazer ou de qualquer outra coisa melhor/mais importante que se tenha para fazer. É aquela tarefa repetitiva, monótona, sem sentido. Você lava a louça, ela suja, você lava de novo, e assim vai. Mas aquela louça grande, que enche a pia depois de uma refeição especial, é diferente: lavar os pratos, copos e talheres que foram anfitriões de um encontro entre amigos, da reunião de família ou de um jantar romântico, ah, aí sim, é como meditar. Lava-se não apenas a louça, também a alma. É purificador. Depois de água, esponja e detergente, tudo fica mais brilhante, inclusive os pensamentos.

E se os pratos saíram da mesa para a pia praticamente limpos, dá aquele orgulho: as pessoas gostaram da sua comida. Tem coisa melhor do que ver gente se deliciando com algo que você cozinhou? Tem: ver o homem que você ama raspar o prato. Pode ser o amor da sua vida ou o amor daquela noite. Mas que delícia, no dia seguinte, ao encher pratos e copos de espuma, lembrar do apetite dele. Enfim, voltemos à meditação.

Como a meditação, esse lavar-louças terapêutico tem um método. E acredito que ele varia de pessoa pra pessoa. O meu é o seguinte: primeiro, é preciso preparar o ambiente. Tirar todas as coisas da mesa, guardar o que pode ser guardado, para não ocupar espaço na cozinha. Botar os restos de comida no lixo. Organizar os utensílios por categoria: os copos, os pratos, os talheres, as travessas, as panelas, os plásticos. Encher a chaleira e colocar água pra ferver. Guardar a louça seca que porventura esteja no escorredor. Colocar as luvas de borracha (água, especialmente quente, e detergente, são péssimos para a pele das mãos). Depois desses preparativos, a louça está pronta para ser lavada e a cabeça pode se deixar levar, já que são as mãos que vão trabalhar.

Gosto de colocar boa parte da louça dentro da pia. Assim, enquanto vou lavando algumas, a água vai caindo nas outras, amolecendo a sujeira. Molho a esponja, coloco detergente e começo pelos copos e xícaras, como minha mãe me ensinou. Ah, antes de continuar, um parêntesis sobre o detergente: gosto daqueles transparentes, porque me passam uma sensação maior de limpeza e de pureza. Sem falar que não "poluem" visualmente a pia. Acho que a marca Ypê (olha o jabá aí, gente!) é de boa qualidade e atende essa minha exigência estética. Fecha parêntesis.

Pois bem, os copos. Se teve vinho na refeição, fiz questão de usar minhas taças bojudas de cristal, que são meu orgulho (posso abrir mais um parêntesis? A Danuza Leão diz que o Brasil é o único lugar onde se chama copo de vinho de "taça". Em outros idiomas temos glass, verre, bicchiere... Fecha parêntesis de novo). Elas serão lavadas por primeiro, com bastante cuidado, e serão colocadas pra secar em segurança na mesa da sala, onde a chance de serem atingidas pelos meus movimentos espaventados é bem menor.

Depois dos copos e das xícaras, vêm os pratos de sobremesa. E em seguida os pratos da refeição. A cada grupo que é ensaboado, a torneira fica fechada. Quando as peças são enxaguadas, já fazem uma espécie de pré-lavagem naquelas que estão na pia. Economiza água sem prejudicar o desempenho da tarefa - assim como a gente não deve desperdiçar energia com pensamentos/coisas/pessoas que não vão agregar nada em nossa vida.

Uma parte importante é a organização dos utensílios no escorredor. A ordem ao lavar deve levar isso em conta. Copos ficam no suporte específico. Xícaras e canecas mais largas podem ir sobre eles. Pratos grandes mais ao fundo, depois os menores. Por fim, os potes e travessas no espaço que restou, sempre com os menores embaixo e os maiores em cima, para aproveitar espaço. As peças mais delicadas ou muito grandes, coloco na mesa mesmo. E os talheres vão para algum recipiente grande, porque nessas ocasiões são muitos e ficam caindo do lugar destinado a eles no escorredor (pense numa coisa irritante).

Depois de tudo lavado, inclusive as panelas, é a vez da lixeirinha de lixo orgânico e o suporte do detergente, os cantinhos da pia, ou seja, de fazer aquela limpezinha detalhada que nenhuma diarista faria, mesmo que eu tivesse uma. Quando tudo isso tá pronto, vem a melhor parte. A apoteose. O namastê.

A cozinha do meu apartamento foi comprada numa loja de bairro, uma casas bahia da vida. É uma cozinha branca, modular, simples mas bonitinha (e boa, porque tem seis anos e continua firme e forte). Não fazia questão de marca e nem que fosse planejada. Guardei minhas exigências para outra parte: a pia. O tampo não podia, em hipótese alguma, ser de aço inox. Tinha que ser de granito. E quando fui escolher a cor da pedra, percebi que só seria feliz com o verde labrador, a mais cara de todas.

Limpar esse granito depois de lavar toda louça é um prazer quase sensual. Por mais que tenha usado água quente da torneira nas etapas anteriores, ela não é quente o bastante. Lembram que eu coloquei água pra ferver antes de começar os trabalhos? Pois bem, agora a chaleira está chiando, impaciente, e a água borbulha alucinadamente. Desligo o fogo e verto a água sobre o granito e a cuba de aço. Quase posso ver a gordura se dissolvendo, as partículas de sujeira se desintegrando, tudo sendo carregado para o ralo. Com a ajuda de um rodinho, tiro o excesso de água, que seca rapidinho porque está muito quente. Minha pedra fica linda, imaculada e seca. Purificada e serena, como eu.


Adriana Baggio
Curitiba, 30/10/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
02. Minimundos, exposição de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
03. Precisamos falar sobre Kevin de Renato Alessandro dos Santos
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas de Heloisa Pait
05. Três filmes sobre juventude no novo século de Guilherme Carvalhal


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio
01. Apresentação - 31/5/1974
02. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
03. Dicas para você aparecer no Google - 9/3/2006
04. Ser bom é ótimo, mas ser mau é muito melhor* - 24/4/2003
05. E você, já disse 'não' hoje? - 19/10/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PAIXÃO POR CABELOS: INSTRUÇÕES PASSO A PASSO PARA CRIAR 82 PENTEADOS
CHRISTINA BUTCHER
SEXTANTE
(2015)
R$ 12,50



EL GRUPO PSICOLOGICO
L. GRINBERG M. LANGER E. RODRIGUE
NOVA
(1959)
R$ 29,00



A FORMA DO REAL
JOSEP M. CATALÁ DOMÉNECH
SUMMUS
(2011)
R$ 41,86



HISTOIRE DU DROIT PÉNAL
RAYMOND CHARLES
UNIVERSITAIRES DE FRANCE
(1976)
R$ 50,00



REFLEXOS DA VIOLÊNCIA NA LITERATURA INFANTO-JUVENIL
ANTONIETA DIAS DE MORAES
LETRAS E LETRAS
(1991)
R$ 7,90



LIBERDADE SINDICAL E NEGOCIAÇÃO COLETIVA COMO DIREITOS FUNDAMENTA
JONABIO BARBOSA DOS SANTOS
LTR
(2008)
R$ 65,46



COMUNICAÇÃO EM PROSA MODERNA
OTHON M. GARCIA
FGV
(2004)
R$ 35,00



SANTO ANTÔNIO DAS ARTES
SAULO GARROUX LEVI MENDES JR.
CONTEÚDO
(2009)
R$ 40,00



FILOSOFIA POLITICA E LIBERDADE
ROLAND CORBISER
PAZ E TERRA
(1975)
R$ 14,00



BYTE CORAÇÃO
RITA ESPESCHIT
GLOBAL
(1997)
R$ 4,80





busca | avançada
38130 visitas/dia
1,3 milhão/mês